A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Memórias do Clube Os Clorofila Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva Ano letivo 2012/2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Memórias do Clube Os Clorofila Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva Ano letivo 2012/2013."— Transcrição da apresentação:

1 Memórias do Clube Os Clorofila Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva Ano letivo 2012/2013

2 Hino do Prosepe Vou explicar-vos a todos O que é o PROSEPE. É tão simples e tão claro Como a água da nascente. É um Projecto que trata da Floresta, De um futuro sempre em festa, De quem quer um mundo diferente. É a esperança que se sente, Uma árvore chamada amor. É podermos dar de presente Uma floresta cheia de cor. PRO de Projecto, S de Sensibilização, E de Educação P de População, População Escolar. PROSEPE PROSEPE PROSEPE…. PROSEPE sempre a dar

3 Anexos Trabalhos realizados ao longo dos vários anos…

4 Neste dia vivemos um dia diferente Só quando a última árvore for derrubada, o último peixe for morto e o último rio for poluído é que o homem perceberá que não pode comer dinheiro. (Provérbio Indígena )

5 Quadras de S. Martinho Nós, os meninos e as meninas Saltamos por cima da fogueira Cantamos e dançamos É uma grande brincadeira Raquel Ferreira n.º 15 S. Martinho rasgou a capa, Para dar aos pobrezinhos. Queria ser como tu, E seguir os teus caminhos. Hernâni Lopes Lima

6 Quadras de S. Martinho No S. Martinho quero brincar Saltar por cima da fogueira As castanhas vou apanhar É um dia de brincadeira Mara Machado, n.º 14 No dia de S. Martinho Salta-se à fogueira, Bebe-se vinho, Às vezes apanha-se a bebedeira. Tiago Henrique, nº 19

7 Quadras de S. Martinho S. Martinho, S. Martinho Foste corajoso e amigo Saltaste do teu cavalo E ajudaste um mendigo Inês Freitas, n.º 9 No S. Martinho quero brincar Saltar por cima da fogueira As castanhas vou apanhar É um dia de brincadeira Mara Machado, n.º 14

8 Quadras de S. Martinho Vou dá-las ao pai Vou dá-las à mãe. Castanhas quentinhas Que sabem tão bem! Rafael Gonçalves O dia de S. Martinho É dia de brincadeira. Vamos cantar e dançar À volta da fogueira. André Cerqueira O dia de S. Martinho É dia de brincadeira. Vamos cantar e dançar À volta da fogueira. André Cerqueira

9 Quadras de S. Martinho S. Martinho corajoso A sua capa dividiu Com um mendigo choroso E logo o seu caminho seguiu! Daqui a algum tempo Com os meus amigos vou recordar O dia de S. Martinho Que estamos a comemorar! Cidália 5ºC nº 4 o dia de s. Martinho É dia de brincadeira Sujamo-nos uns aos outros E saltamos à fogueira! Ia S. Martinho a cavalgar, Num dia tempestuoso Quando dividiu sua capa a meio O dia tornou-se radioso!

10 Quadras de S. Martinho Estamos no Outono As folhas vão cair Vem aí o S. Martinho Para nos divertir. Claúdio Araújo n.º 3 Estava muito vento e chuva Ele subia as serras S. Martinho era um jovem soldado Mas não gostava de guerras Ilda Correia, n.º 10

11 A natureza é … Toda a natureza é uma harmonia divina, sinfonia maravilhosa que convida todas as criaturas a que acompanhem sua evolução e progresso "Para dar ordens à natureza é preciso saber obedecer-lhe."

12 A natureza é … A natureza é racional e revelará seus segredos àqueles que aprenderem a ler e a entender sua linguagem "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma." "A natureza é sábia e justa. O vento sacode as árvores, move os galhos, para que todas as folhas tenham o seu momento de ver o sol

13 Amor é … "Amar não é apoderar-se do outro para completar-se, mas se dar ao outro para o completar." Anónimo "O amor é a força mais subtil do mundo." Mahatma Gandhi "Tudo o que sabemos do amor, é que o amor é tudo que existe." Emily Dickinson

14 Só quando a última árvore for derrubada, o último peixe for morto e o último rio for poluído é que o homem perceberá que não pode comer dinheiro. (Provérbio Indígena ) É verdade …

15 Como defender a natureza? Como defender a natureza? Natureza é uma vida muito importante!!!!!!!

16 Natureza Medidas a tomar para defender a Natureza: Não devemos cortar muitas árvores. Não devemos cortar muitas árvores. Quando cortamos árvores temos de plantar outra. Quando cortamos árvores temos de plantar outra. Devemos reparar os males que fazemos à Natureza Devemos reparar os males que fazemos à Natureza

17 Poluição da Natureza As industrias deviam ser menos poluidoras. As industrias deviam ser menos poluidoras. As industrias não deviam produzir tantos químicos. As industrias não deviam produzir tantos químicos. Os fumos deviam ser não poluidores. Os fumos deviam ser não poluidores. Cada vez que poluíssem deviam ter uma multa. Cada vez que poluíssem deviam ter uma multa.

18 Porquê??? Porque a humanidade depende da Natureza. Porque a humanidade depende da Natureza. Porque sem Natureza não há vida. Porque sem Natureza não há vida. Porque a Natureza protege a nossa saúde. Porque a Natureza protege a nossa saúde. Porque a natureza não só nos ajuda a termos saúde como em bens materiais. Porque a natureza não só nos ajuda a termos saúde como em bens materiais.

19 Concurso Arte e Jardim O Clube da Floresta organizou um concurso de Arte e Jardim ao longo deste período o qual foi integrado na Semana da Floresta, onde visava a elaboração de um vaso ao critério de cada concorrente.

20

21 Postais de Natal

22 Natal Prosepe

23

24

25

26 Acontecimentos….. 11 de Novembro Plantação de castanheiros- 08:30 Actuação Musical: Hino do Prosepe A

27 CURIOSIDADES Os métodos tradicionais de extração de madeira causam grande desperdício de árvores com valor comercial para cada árvore extraída. O manejo florestal reduz a perda em quase 50%.

28 4 De Março

29 Encontro Distrital

30

31

32 Olimpíadas da Floresta

33

34

35 Arte e Jardim

36 Maios

37

38 Hino dos Clorofila Chegaram os clorofila O seu lema é preservar Para o dia nascer feliz Da floresta vão cuidar Lá no alto o sol diz Os clorofila estão a chegar E a floresta tão feliz De manhã ao acordar Sussurra uma perdiz Os clorofila estão a chegar Vamos lá participar A floresta está em perigo É preciso preservar Estamos cá para ajudar Para cuidar! P`ra limpar! Semear! Plantar! Preservar! Ramos, folhas e até raízes Todos correm a espreitar Entrelaçam-se aos abraços Fazem arcos tão felizes Pois dos perigos estão safos. Os Clorofila estão a chegar! Para cuidar! P`ra limpar! Semear! Plantar! Preservar! Escutem bem a melodia Da Ribeira a cantar Pegando na mão do Neiva Convidando-o a dançar. Como fundo, a sinfonia Do cantar da cotovia São os clorofila que estão a chegar

39 Esta é a nossa casinha

40 O nosso espaço é … verde

41

42

43 Clube da Floresta


Carregar ppt "Memórias do Clube Os Clorofila Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva Ano letivo 2012/2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google