A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Gerência de Manutenção Prof. Jorge Marques Aula 5 Analise de Falhas Referências TAVARES, Lorival. Administração Moderna da.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Gerência de Manutenção Prof. Jorge Marques Aula 5 Analise de Falhas Referências TAVARES, Lorival. Administração Moderna da."— Transcrição da apresentação:

1 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Gerência de Manutenção Prof. Jorge Marques Aula 5 Analise de Falhas Referências TAVARES, Lorival. Administração Moderna da Manutenção. Novo Polo, XENOS, H. Gerenciando a Manutenção Produtiva. INDG, Telecurso 2000 – Manutenção.

2 Análise de Falhas Origem das falhas Erros de especificação ou projeto – Falta de informação de alguma característica necessária no campo de trabalho – Mal dimensionamento – Seleção errônea do material a ser construído – Especificação incorreta de tratamentos térmicos, acabamentos superficiais, folgas, etc.

3 Análise de Falhas Origem das falhas Erros de fabricação – Materiais inadequados – Tolerâncias dimensionais não cumpridas – Tratamentos incorretos (térmicos, químicos, mecânicos) – Falhas na montagem dos componentes

4 Análise de Falhas Origem das falhas Instalação Inadequada – Fundação insuficiente (não suporta as vibrações) – Desalinhamento – Desnivelamento – Apertos incorretos – Energia insuficiente/deficiente

5 Análise de Falhas Origem das falhas Manutenção Inadequada – Sujeira – Lubrificação deficiente – Ausência de controle das vibrações – Aperto insuficiente ou excessivo de parafusos – Inobservância de aquecimento e outros sintomas de falhas. – Danificação de componentes em recuperação com solda.

6 Análise de Falhas Origem das falhas Operação Inadequada – Sobrecargas – Choques mecânicos – Uso de materiais inadequados (que provocam reações químicas com elementos da máquina) Desgaste natural do uso

7 Análise de Falhas Analisando criteriosamente as falhas, duas ações são mais eficazes: Tomada de ações corretivas para eliminação definitiva do modo de falha identificada Alerta e treinamento aos envolvidos com a origem da falha. Mas não basta analisar apenas a peça que apresenta defeito, é preciso identificar as causas mais remotas.

8 Análise de Falhas Alguns defeitos típicos de projeto ou fabricação Concentração de tensão devido a: – Mudança abrupta de seção – Cantos Vivos – Excesso de raio

9 Análise de Falhas Alguns defeitos típicos de projeto ou fabricação Esforços excessivos em molas – Falta de coxim para suportar sobrecargas – Flambagens instalar guias – Aquecimento por solicitações de alta frequência substituir uma de fio grosso por duas de fio mais fino, que resulte na mesma constante de elasticidade.

10 Análise de Falhas Alguns defeitos típicos de projeto ou fabricação Folgas excessivas Falta de folga

11 Análise de Falhas Algumas falhas típicas de operação Manuseio incorreto de cabos de aço

12 Análise de Falhas Algumas falhas típicas de operação Liberação instantânea de cargas de cabos de aço. Provoca o defeito gaiola de passarinho

13 Análise de Falhas Algumas falhas típicas de operação Sobrecargas

14 Análise de Falhas Algumas falhas típicas de operação Exposição a ambientes corrosivos sem necessidades.


Carregar ppt "ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Disc.: Gerência de Manutenção Prof. Jorge Marques Aula 5 Analise de Falhas Referências TAVARES, Lorival. Administração Moderna da."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google