A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Nasceu em Fumel, França em 12 de agosto 1945 Graduou-se em arquitetura na Beaux- Artes do DES de Ecole, Paris 1971 Geração de:Toyo Ito, Daniel Lebeskind,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Nasceu em Fumel, França em 12 de agosto 1945 Graduou-se em arquitetura na Beaux- Artes do DES de Ecole, Paris 1971 Geração de:Toyo Ito, Daniel Lebeskind,"— Transcrição da apresentação:

1 Nasceu em Fumel, França em 12 de agosto 1945 Graduou-se em arquitetura na Beaux- Artes do DES de Ecole, Paris 1971 Geração de:Toyo Ito, Daniel Lebeskind, Zaha Hadid, Prix, Thom Mayne, Tod Williams- um dos criadores do movimento High- Tech, porém mais, mais poético que seus companheiros ingleses Abriu seu próprio escritório, e participou de diversas competições, criou uma linguagem arquitetônica própria. Biografia – Jean Nouvel

2 Características Arquitetônica -inicia cada projeto com a mente cancelada de todas as idéias pré concebidas. -idéias consistente de transparência, tecnologia, claro-escuro, movimento, reflexos -defensor de projetos que respeitem o meio ambiente, e a geografia do local Interesses Passatempo: teatro, cinema ( filmes de Ridley Scott e Peter Hyams), desenho industrial, e figuras abstrata- cubista que impulsiona a arquitetura num futurismo monumental. Perfil Caráter provocativo, arrogante é conhecido como o enfant- terrible da arquitetura francesa pala maneira intransigente com que participa de discussões sobre grandes projetos, e um dos nomes mais conhecidos e respeitados da arquitetura contemporânea. Uma obra deve provocar os sobressaltos de sua época Nouvel.

3 Instituto do Mundo Árabe( )- Paris Conj. experimental Habitacional Namausus 1 ( )- Paris Fundação Cartier( ) Paris Reforma Ópera de Lyon( )- França Galeria Lafayette ( ) - Berlim Projeto ópera de Tóquio( 1986)- Japão Hotel butique ( ) Lucerna- Suíça Obras Seis museus: Museu de Arte e História ( Genebra- Suíça), 1999; Museu Quai Branly ( Paris), de 1999; Museu Reina Sofia ( Madri, Espanha), de 1999; Los Aangeles Couty Museum of Aart ( Los Angeles, EUA), 2001; Projeto do Guggenheim Tóquio (Tóqio Japão) 2001; Projeto do Guggenheim –Hermitage- Rio ( Rio de Janeiro, Brasil), 2002.

4 O IMA é um centro de cultura que compreende um museu e espaço para exibições temporárias, uma biblioteca, um centro de documentação, um auditório para espetáculos e conferências, um restaurante e oficinas infantis. Institut du Monde Árabe Projeto vencedor da concorrência, paris,

5 Ao longo do rio Sena aproximadamente no limite do centro histórico de paris, e uma tela urbana mais moderna ao sudeste. O começo é marcado pelo edifício da universidade de Jussieu. Localização:

6 Uma brecha profunda, cortada segundo o eixo da cabeceira da catetral de Notre Dame, desemboca num pátio quadrado.

7 Técnica estrutural: Estrutura de concreto e fachada envidraçada; Acabamento em alumínio cobre as partes estruturais;

8 Elementos arquitetônicos da tradicional arquitetura árabe; 300 mil diafragmas super- sensível são projetados para regular a penetração da luz no edifício.

9 O IMA é um edifício absolutamente moderno E notável pela alternância espacial de dilatação e construção, pelo hispótilo que lembra as grandes mesquitas e pelo uso perspicaz de reflexos.

10 Fundação Cartier Paris, Localização: Área do Boulevard Raspail

11 Arvores transparessem por tras da alta barreira invidraçada de M 2 de uma longa parade sega

12 Idéia: Desmaterialização através de uma delicada estrutura e do amplo uso de vidro transparente e metal.

13 Mostruário caleidoscópio que muda de acordo com a hora do dia ou da noite captando luz e cores das estações. É uma arquitetura que se assemelha a uma ilusão tangível..

14 Guggenheim Rio – Será?

15 - A Fundação Guggenheim inova sua política de multiplicar suas unidades pelo mundo - Competição entre Salvador, Recife, Curitiba, Rio de Janeiro e Argentina - A mística capital do carnaval foi a escolhida. - Em presidente da Fundação Thomas Krens faz a primeira visita ao Brasil e define com o então prefeito Conde um contrato de estudo de viabilização da implantação do museu no Rio de janeiro. 14 de abril de o prefeito César Maia assina o contrato de estudo de viabilidade no valor de 2 milhões de dólares. Histórico

16 Custos do empreendimento: Estudo de viabilidade US$ 2,1milhões- Guggenheim Anteprojeto US$ 1,1 milhões- arquiteto Jean nouvel Projeto executivo US$ 11 milhões – Jean Nouvel Construção de museu US$134milhões- estimativa Uso da marca Guggenheim –US$ 40 milhões Taxa de associação US$ 3 milhões ( anuais)- Content Alliance Programa de exposições temporárias US$ 9 milhões -através de incentivos fiscais de Gov. Federal pela lei Rouanet Aquisição de coleções brasileira/latino americana – não definido Fundo de reseserva (seguro financeiro, melhora de capital- não definido Infra- estrutura na área do Cais do Porto- não definido Total previsto US$ 200milhões

17 Déficit anual do museu Despesas operacionais US$ 23,809 milhões- pagos pela prefeitura Previsões de receita anual US$ 14,766 milhõe3s ( incluindo US$ 9 milhões pela Lei Rouanet que não estão garantidos) Déficit operacional a partir do primeiro ano com previsão de aumentar nos anos seguintes- US$ 8 a 12 milhões (ou US$ 17 a21 milhões caso não se concretize os patrocínios pela Lei Rouanet

18 Polêmica -Comissão Parlamentar de Inquérito(CPI)-vereador Eliomar coelho (PT)- ação popular –pedindo o cancelamento do contrato. -Debate aberto na câmara municipal - discutir os efeitos legal do contrato, e da instalação do museu no cais do porto. -Juiz concede liminar.- prefeito recorre -STJ- mantém a liminar- prefeito diz que vai respeitar a decisão da justiça -Processo do Vereador.... pede a suspensão dos pagamentos ao arquiteto jean Nouvel e a devolução do dinheiro já recebido de US$ 1,1 milhões dos US$ 16 milhões valor do contrato para o projeto.

19 21 metros de área construída, ao longo do Píer Mauá, um retângulo de 400metros de extensão por 80 de largura. Localização Paradoxalmente seu aspecto é simples, quase minimalista, por utilizar uma quantidade limitada de elementos e não entregar o jogo a primeira vista, mas dependendo do ângulo, assume deferentes configuração, como se o jogo fosse esse, e o Guggenheim, assume uma instalação interativa. Descrição

20 O tema É o tema de um antigo mito: Atlântida a cidade perdida, submersa no oceano. A arquitetura tem aqui um caráter marítimo, evocativo da simplicidade repetitiva dos prédio funcionais comuns a todos os portos.Por isso o Museu fica metade submerso nas águas da baia (Nouvel)

21 Com uma grande parte oculta, pode ser visto como um conjunto que, observado lateralmente, lembra uma barcaça. Daquelas de fundo achatado atracada no cais.

22 Painel branco Véu/Vela do tamanho de um edifício de 15 andares para reprodução de imagens diversificadas, marca a entrada do museu.

23 Cilindros que ira abrigar duas salas de exposição sobrepostas, o teto será móvel, para abrigar obras de arte ou instalações de qualquer tamanho

24 No alto do cilindro será instalado um mirante cujo teto será a reprodução de uma foto do Cristo Redentor. Essa será a maior foto já usada em um museu até hoje no mundo todo

25 Telhados em série (que fica na superfície, tem a forma cônica e inspiram-se em cúpula medievais) são abertos, aproveitando-se o máximo da luz natural através de fendas envidraçadas.

26 O jardim tropical ficará submerso a 33,50 metros abaixo do nível do mar e ocupará dois mil metros quadrados de área.

27

28 Com sistema de drenagem específico e constituído de terra vegetal adubada. O jardim contará com uma cachoeira de água doce e espécies vegetais da nossa floresta tropical.

29 Na área externa será instalada duas passarelas sobre a água, para que os visitantes possam apreciar a vista da Baía de Guanabara no caminho em direção ao Museu.

30 Hall de entrada túnel com cobertura e parede de vidro preenchidas de água.

31 Rochas onde será construído o jardim tropical, será vedada e impermeabilizada.

32 Expressão usada para designar pequenos estabelecimentos de luxo, com espaços criativos e personalizados. Hotel butique O projeto Segundo Nouvel deveria ser apropriado ao século, em que o hotel não fosse apenas lugar de dormir, mas propiciasse sentimentos de integração e identificação. Localização Em pleno centro da cidade próximo da estação de trem e de frente para um grande parque arborizado, Terreno 14x14 metros, de cinco pavimentos, fachadas mantidas, e 25 apartamentos foram construídos, cada um deles com formas, tamanhos, mobiliários, cores e temas diferentes.

33 Hall Surpreende pelas dimensões reduzidas e pelo rigor do balcão da recepção, paredes em tons castanho- vermelho.

34 A base do edifício Encontra-se o lobby bar, elevador escadas e demais serviços Bar painel atrás do bar para 35 pessoas. Semelhante a escultura talhada na parede, mas que na realidade é uma estrutura metalizada em estanho.

35 Restaurante O desafio consistia em tirar o restaurante de seu buraca negro e fazer reverter a ordem exterior interior.

36 Afrescos com temas mitológicos A pintura especial fez com que as cores do teto contaminassem as paredes. Os diferentes desenhos dão liberdade á imaginação Apartamentos

37 Janelas do apartamento Emolduram o parque em frente

38 Sanca ilumina o teto com imagem cinematográfica

39 A iluminação indireta e o uso de cores fortes no mobiliário ajudam a compor os ambientes do hotel

40 O arqruiteto, à semelança de um diretor de cinema deve saber captura a luz o movimento, produzindo por meio de seus projetos uma coreografia de ritimus, gestos, imagens, tomadas (planos) e fantasia. Saber realizar, em fim, acintese entre o universo real e vistual... (Novel – 11/1997).


Carregar ppt "Nasceu em Fumel, França em 12 de agosto 1945 Graduou-se em arquitetura na Beaux- Artes do DES de Ecole, Paris 1971 Geração de:Toyo Ito, Daniel Lebeskind,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google