A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EPR-06 Custos Industriais MEC Dinâmica do Curso. Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 012 3 2 1 HHHH AAAA 4 5 6 7 1.Objetivo do curso 2.Dinâmica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EPR-06 Custos Industriais MEC Dinâmica do Curso. Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 012 3 2 1 HHHH AAAA 4 5 6 7 1.Objetivo do curso 2.Dinâmica."— Transcrição da apresentação:

1 EPR-06 Custos Industriais MEC Dinâmica do Curso

2 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA Objetivo do curso 2.Dinâmica do curso 3.Bibliografia 4.Metodologia 5.Avaliação 6.Datas Importantes 7.Endereços interessantes na Internet Site do professor

3 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 013 Charles T. Horngren Estudar custos é um dos melhores investimentos que qualquer aluno pode fazer, porque o sucesso de uma organização – da menor loja à maior corporação multinacional – depende do uso de conceitos e práticas dessa disciplina HHHH AAAA

4 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 014 Capacitar os alunos a compreender, analisar, controlar e implantar Sistemas de Custeio. 1. Objetivo do curso HHHH AAAA

5 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Dinâmica do Curso Aula 01 – 02/03 Apresentação Dinâmica do Curso (Programa, Metodologia e Datas Importantes) Parte I: Fundamentos da Cont. Custos 1. Introdução e Histórico Aula 02 – 09/03 Parte I: 2. Conceitos e Classificação dos Custos Aula 03 – 16/03 Parte II: Determinação dos Custos de Produção 3. Custos indiretos de produção HHHH AAAA

6 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Dinâmica do Curso Aula 04 – 23/03 Parte II: 4. Materiais Diretos e Custo de Pessoal Aula 05 – 30/03 Parte II: 5. Custo Tributário Aula 06 – 06/04 Parte II: 6. Resolução de exercícios Aula 07 – 13/04 Parte II: 6. Resolução de exercícios Aula 08 – 20/04 Parte I e II: PROVA I (P1) HHHH AAAA

7 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Dinâmica do Curso Aula 09 – 04/05 Parte III: Sistemas e Métodos de Custeio 7. Custeio por Absorção (Tradicional) Aula 10 – 11/05 Parte III: 8. Custeio direto (variável) Aula 11 – 18/05 Parte III: 9. Custeio ABC (A) Aula 12 – 25/05 Parte III: 10. Custeio ABC (B) HHHH AAAA

8 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Dinâmica do Curso Aula 13 – 01/06 Parte III: 11. Custo-padrão Aula 14 – 08/06 Parte III: 12. Implantação de sistemas de Custos Aula 15 – 15/06 Parte III: Resolução de exercícios Aula 16 – 22/06 Parte III: PROVA II (P2) 29/06 - Parte I, II e III: EXAME HHHH AAAA

9 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 019 FERREIRA, José Antônio Stark; Contabilidade de custos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. 9ª ed. São Paulo: Atlas, 2006 HORNGREN, C. T; SUNDEM, G. L.; STRATTON, W. O. Contabilidade gerencial. São Paulo: Pearson Prentice Hall OSTRENGA, M. et al. Guia da Ernst & Young para Gestão Total dos Custos. Rio de Janeiro: Record, 1993 JOHNSON, H. Thomas, KAPLAN, Robert S. Contabilidade Gerencial: a restauração da relevância da Contabilidade nas empresas. Rio de Janeiro: Editora Campus, 1993 Artigos da área 3. Bibliografia HHHH AAAA

10 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0110 O curso será ministrado de uma forma em que a participação é fundamental. Assim as aulas serão divididas em uma parte de exposição teórica pelo professor e a outra parte de resolução de exercícios pelos participantes. Os conteúdos deverão possibilitar a aplicação em casos reais de forma imediata. 4. Metodologia HHHH AAAA

11 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula avaliações; 1 exame final; 75% de freqüência; Composição da avaliação: Prova escrita: 75% da nota (P1 e P2); Exercícios em sala (participação - ES): 10%; Lista de exercícios (LE – L1 e L2): 15%. valores bimestrais. 5. Avaliação HHHH AAAA

12 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0112 Prova I (P1): 20/04 Lista de exercícios (L1) Prova II (P2): 22/06 Lista de exercícios (L2) Exame: 29/06 6. Datas importantes HHHH AAAA

13 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0113 Atendimento para dúvidas: Todas as segundas-feiras das 14:00 às 17:00; Local: Gabinete do Professor. 6. Datas importantes HHHH AAAA

14 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Endereços na internet (Associação Brasileira Custos) ml (empresa especializada na implementação de custos industriais) ml (empresa desenvolvedora de softwre ABC) (Instituto Internacional de Custos) HHHH AAAA

15 Sumário 8. Site do professor: 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

16 Parte I: Fundamentos da Contabilidade de Custos 1. Introdução e Histórico Baseado em: PAMPLONA, E. de O.; GONÇALVES JÚNIOR, C.; MAUAD, L. G., Custos. UNIFEI: 2006 – FERREIRA, J. A. S.; Contabilidade de custos. São Paulo: Pearson Prentice Hall, MARTINS, E. Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas. 2006

17 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA 1.Objetivos de aprendizagem 2.Histórico da Contabilidade de Custos 3.Sistemas tradicionais de custeio

18 Sumário 1. Objetivos de aprendizagem Contextualizar a contabilidade de custos; Apresentar a necessidade de apuração adequada dos custos de produção (de bens ou de serviços); Compreender a evolução das correntes de pensamento; Compreender as práticas contábeis atuais. 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

19 Sumário 2. Histórico da Contabilidade de Custos Primeiras práticas contábeis: surgiu na Itália por volta de 1300 d.C.; método utilizado era o das partidas dobradas; objetivos: registrar os volumes de transações que eram realizadas; facilitar as transações de créditos; e avaliar o desempenho dos gestores. Práticas contábeis atuais: aplicam os mesmos métodos desenvolvidos naquela época; tentam acompanhar as necessidades das empresas de controlar melhor as despesas e os custos indiretos. 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

20 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Histórico da Contabilidade de Custos Surgimento da Contabilidade de Custos: Linha do tempo do mundo dos negócios Século XVIII Era MercantilistaEra Industrial Empresas comerciaisEmpresas industriais Características: bens produzidos por artesãos; empresas viviam do comércio; compras facilmente mensuráveis; resultado medido simplesmente por subtrações. Características: produção em grande escala; deixou-se de comprar simples mercadorias para comprar fatores de produção; adaptação do método de mensuração do resultado. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL HHHH AAAA

21 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Histórico da Contabilidade de Custos Surgimento da Contabilidade de Custos: HHHH AAAA

22 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0122 Surgimento da Contabilidade de Custos (cont.): 2. Histórico da Contabilidade de Custos Linha do tempo do mundo dos negócios Século XVIII Era MercantilistaEra Industrial Empresas comerciaisEmpresas industriais REVOLUÇÃO INDUSTRIAL APURAÇÃO DOS RESULTADOS Vendas Líquidas (–) CMV Estoques iniciais (+) Compras (–) Estoques finais (=) Lucro Bruto (–) Despesas Comerciais (vendas) Administrativas Financeiras (=) Resultado antes IR Vendas Líquidas (–) CPV (+) Custos Diretos (+) Custos Indiretos (=) Lucro Bruto (–) Despesas Comerciais (vendas) Administrativas Financeiras (=) Resultado antes IR ADAPTAR HHHH AAAA

23 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0123 Por quê essa adaptação continua sendo utilizada? padronização de resultados de empresas diferentes (facilidade na análise de crédito para investidores); o FISCO da grande maioria dos países adotam esses critérios na tributação dos resultados das empresas (Imposto de Renda). 2. Histórico da Contabilidade de Custos HHHH AAAA

24 Sumário 2. Histórico da Contabilidade de Custos Contabilidade de custos: sistema de informações que possui vários objetivos em uma empresa; Métodos de custeio: desenvolvidos para atenderem a diferentes objetivos em uma empresa. 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

25 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0125 Objetivos dos Sistemas de Custos: cálculo do custo dos produtos; controle de custos; elaboração de demonstrações financeiras. Relação custo e preço: Preço = custo + lucro ? Lucro = preço – custo ? Custo = preço – lucro ? Custo Lucro Preço 2. Histórico da Contabilidade de Custos HHHH AAAA

26 Sumário 3. Sistemas tradicionais de custeio Ambiente em que foram concebidos: ambientes em que a mão-de-obra direta e os materiais predominavam na construção do custo dos produtos. Regra da distribuição dos custos indiretos: cada unidade produzida recebe custos indiretos na proporção de uma medida de base temporal (número de horas de trabalho ou horas-máquina) ou de volume de produção (unidades produzidas). Aumento na complexidade da produção: aumento dos custos (indiretos) que não variam diretamente com o volume (distorções nos resultados); sistemas orientados para apresentação de resultados financeiros – falta de tempo útil para decisão. 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

27 Sumário 3. Sistemas tradicionais de custeio Características de um sistema de custeio moderno (que auxilie na obtenção da capacidade competitiva): fornecer informação sobre aquilo que realmente interessa ao cliente (como medir a rentabilidade de produtos e de clientes); ser de fácil utilização; gerar informação que suporte a melhoria contínua dos produtos e processos; identificar os custos dos diferentes objetos de custo; refletir o comportamento do custo ante aos diferentes fatores que o influenciam; identificar as atividades que não geram valor agregado para os clientes 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula HHHH AAAA

28 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 0128 Contabilidade Financeira: condensa todos os dados da empresa em relatórios financeiros (geral). Contabilidade de Custos: valoração dos estoques para o Balanço patrimonial; apuração do Custo dos Bens e Serviços Vendidos, para a Demonstração de Resultados. Contabilidade Gerencial: usa a informação contábil como ferramenta de gestão (as informações devem ser desejáveis e úteis); utiliza outras disciplinas como economia, finanças, estatística, PO, etc. 3. Sistemas tradicionais de custeio HHHH AAAA

29 Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula Sistemas tradicionais de custeio C ONTABILIDADE F INANCEIRA S ISTEMA O RÇAMENTÁRIO C ONTABILIDADE G ERENCIAL C ONTABILIDADE DE C USTOS Fonte: Martins (2006) Sistema de Informações Gerenciais: tarefas: avaliação de estoques, controle e decisão HHHH AAAA

30 Parte I: Fundamentos da Contabilidade de Custos 1. Introdução e Histórico


Carregar ppt "EPR-06 Custos Industriais MEC Dinâmica do Curso. Sumário 7/5/2014EPR-06 Custos Industriais - Aula 012 3 2 1 HHHH AAAA 4 5 6 7 1.Objetivo do curso 2.Dinâmica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google