A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

METODOLOGIA DA PESQUISA. A matriz do projeto de pesquisa 2.1 – Escolha do tema 2.2 – Definição do problema 2.3 – Formulação de hipóteses 2.4 – A importância.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "METODOLOGIA DA PESQUISA. A matriz do projeto de pesquisa 2.1 – Escolha do tema 2.2 – Definição do problema 2.3 – Formulação de hipóteses 2.4 – A importância."— Transcrição da apresentação:

1 METODOLOGIA DA PESQUISA

2 A matriz do projeto de pesquisa 2.1 – Escolha do tema 2.2 – Definição do problema 2.3 – Formulação de hipóteses 2.4 – A importância da justificativa e do referencial teórico 2.5 – Formulação de objetivos claros

3 Projetar = Planejar Documento contemplando a descrição da pesquisa em seus aspectos fundamentais. É um planejamento do que, por que, como e quando será feito. Projeto de Pesquisa

4 Perguntas norteadoras: O quê? Pra quê? Por quê? Onde e Como? Quando? Baseado em quem?

5 Deve responder às perguntas norteadoras: O que pesquisar? (Tema) Por que pesquisar? (Justificativa) Para que pesquisar? (Objetivo) Onde e como pesquisar? (Metodologia) Quando pesquisar? (Cronograma) Qual o embasamento teórico? (Referencial teórico) Projeto de Pesquisa

6 Definição do Tema Fatores que interferem na definição do tema: 1- Fatores internos 2- Fatores externos

7 Fatores Internos: –Afetividade em relação a um tema ou alto grau de interesse pessoal. –Tempo disponível para a realização do trabalho de pesquisa. –Limitações do pesquisador em relação ao tema pretendido.

8 Fatores Externos: –O significado do tema escolhido: sua novidade, sua oportunidade e seus valores acadêmicos e sociais. –O limite de tempo disponível para a conclusão do trabalho. –Material de consulta e dados necessários ao pesquisador.

9 ONDE ENCONTRAR O TEMA / O OBJETO DA PESQUISA Vivência pessoal/profissional Dúvida/questão teórica/comparação Necessidade de analisar/aprofundar algo Desvendar uma questão polêmica/atual Defender/Atacar uma posição política/existencial/religiosa/epistemológica Criar solução para problema social/pessoal Necessidade de reflexão/ampliação do pensamento Estabelecer um diálogo com o campo

10 A A escolha do tema: algumas considerações Qualquer tema ou assunto (da atualidade, do passado ou do futuro) pode ser objeto de uma pesquisa científica. É preciso conhecer o problema minimamente para perceber coisas que os outros não conseguem ver. É preciso fazer uma imersão sistemática no assunto/Estudar a literatura existente

11 Exemplos de temas: –Nutrição parenteral –Gangs no ambiente escolar –Violência urbana –Assédio moral –Controle de qualidade

12 DELIMITAÇÃO DO OBJETO Leitura exploratória/análise preliminar Excluir o que não interessa Buscar compêndios/autores Conversar com o professor/orientador Conversar com profissionais do campo Registrar definições/classificações Documentar o processo histórico Especificar o objeto (de forma precisa)

13 Delimitação do tema Pesquisa objetiva Respostas específicas indicar a abrangência do estudo estabelecer os limites extensionais e conceituais do temaobjetividade quanto maior a extensão conceitual, menor a compreensão conceitual quanto menor a extensão conceitual, maior a compreensão conceitual.

14 Exemplos de delimitação de temas: –Tema: Gangs no ambiente escolar Delimitação: Relação entre prática de esportes de equipe e a redução da violência entre as gangs nas escolas públicas –Tema: Violência urbana Delimitação: Relação entre o desarmamento da população e a melhoria dos índices de violência urbana em Florianópolis-SC

15 Exemplos de delimitação de temas: –Tema: Assédio moral Delimitação: Influência do assédio moral no desempenho de corretores da bolsa de valores

16 Problematização ou Definição do Problema Continuidade da delimitação Apresenta uma pergunta, questionamento (cada trabalho uma pergunta) Contextualização sucinta do tema Introduz o leitor no tema em que o problema está inserido

17 O problema, geralmente, é mostrado sob a forma de pergunta. Assim, torna-se fator primordial que haja possibilidade de responder a pergunta ao longo da pesquisa. Aconselha-se a não fazer mais de uma pergunta, para não incorrer no erro de não serem apresentadas as devidas respostas ou apresentá-las de maneira insatisfatória.

18 –Tema: Gangs no ambiente escolar Delimitação: Relação entre prática de esportes de equipe e a redução da violência entre as gangs nas escolas públicas –Pergunta: A violência entre gangs nas escolas públicas é reduzida com a prática de esportes de equipe?

19 Exemplos de perguntas: –Tema: Violência urbana Delimitação: Relação entre o desarmamento da população e a melhoria dos índices de violência urbana em Florianópolis-SC –Pergunta: O desarmamento da população reduziu os índices de violência urbana em Florianópolis?

20 A formulação de Hipóteses Hipo = o que está embaixo/o que sustenta Thesis = proposta/proposição/Tese Hipóteses são afirmação provisórias a respeito de determinado fenômeno em estudo O que fundamenta/dá o alicerce Mas ela é uma conjectura, uma suposição que pode ser verdadeira ou falsa. É um ponto de partida que precisa ser provado. Elas ajudam a definir o quadro conceitual

21 HIPÓTESE Suposição, explicação provisória Está relacionada com a pergunta feita Pode ser confirmada Pode ser rejeitada, negada Deve estar fundamentada pela contextualização Possibilidade de mais de uma hipótese

22 A função da hipótese Propor explicação para certos fatos e, ao mesmo tempo, orientar a busca de outras informações. Elas devem ser claras e objetivas. Não há regras para a formulação de hipóteses de trabalho, mas é preciso que haja algum embasamento teórico para que ela ajude na pesquisa (e não atrapalhe).

23 Principais dificuldades na formulação de hipóteses: Ausência ou desconhecimento do quadro de referências teóricas. Falta de habilidade para utilizar o esquema teórico conceitual escolhido. Desconhecimento das técnicas de pesquisa existentes para ser capaz de viabilizar o estudo.

24 JUSTIFICATIVA É o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental de ser efetivado. O tema escolhido pelo pesquisador e a Hipótese levantada são de suma importância, para a sociedade ou para um grupo de indivíduos, de serem comprovados.

25 JUSTIFICATIVA (POR QUÊ?) Expõe as razões de ordem teórica e motivos de ordem prática que tornam a pesquisa importante. Destaca as contribuições para o campo. Demonstra a pertinência da abordagem com relação ao tema escolhido. Ressalta a importância da pesquisa em geral, sua originalidade e relevância da abordagem específica.

26 A justificativa envolve aspectos de ordem: Teórica, para o avanço da ciência Pessoal/profissional Institucional Social

27 Exemplos de justificativas Delimitação: Relação entre prática de esportes de equipe e a redução da violência entre as gangs nas escolas públicas –Pergunta: A violência entre gangs nas escolas públicas é reduzida com a prática de esportes de equipe? –Hipótese: A necessidade de interação e união entre membros de diferentes gangs para o sucesso das equipes leva ao conhecimento mútuo e ao bom convívio. –Justificativa: 1) Auxiliar na reformulação dos programas de Educação Física adotados pela rede pública 2) Contribuir para a redução da violência nas escolas 3) Contribuir para redução da evasão escolar

28 OBJETIVO Indica o que se pretende conhecer, investigar, ou medir, ou provar no decorrer da pesquisa, ou seja, as metas que se deseja alcançar. Relaciona-se com a visão global do tema delimitado e com os procedimentos práticos.

29 Os objetivos podem ser discriminados em: Objetivo geral Objetivos específicos

30 Objetivo geral –Indica uma ação muito ampla –Indica o resultado pretendido Um trabalhoum objetivo geral Verbos adequados: identificar, levantar, descobrir, caracterizar, investigar, descrever, traçar, analisar, explicar

31 Objetivos específicos –procuram descrever ações pormenorizadas ou aspectos detalhados –indicam as metas das etapas que levarão à realização do objetivo geral Verbos adequados: classificar, aplicar, distinguir, enumerar, exemplificar, selecionar

32 Fundamenta a pesquisa Fornece sustentação teórica Definição de termos e conceitos fundamentais ao trabalho Informação ao leitor das principais teorias sobre o tema REFERENCIAL TEÓRICO

33 Referencial teórico, também conhecido como: Revisão da literatura Marcos teóricos Fundamentação teórica Estado da arte

34 Nesta fase, o pesquisador, para compor o referencial teórico, deverá responder às seguintes perguntas: 1) quem já escreveu e o que já foi publicado sobre o assunto? 2) Que aspectos já foram abordados? 3) O que se diz sobre o tema na atualidade? 4) Qual o enfoque que está recebendo hoje? 5) Quais as lacunas existentes na literatura?

35 Em geral, a construção do referencial teórico se dá numa dimensão do tema geral para o específico. Etapas da construção do referencial teórico: 1ª. Etapa: abordagem do tema de forma abrangente 2ª. Etapa: abordagem do tema de forma específica

36 Faça a pergunta certa! Fazer uma pesquisa significa aprender a organizar as próprias idéias. Significa também aprender a buscar informações confiáveis por conta própria. É uma ocasião única de fazer exercícios que nos serão úteis por toda a vida. Mais importante que a realização da pesquisa é o aprendizado dos mecanismos de pesquisar sem depender de ninguém. É o caminho das pedras

37 Paquera – escolha do tema / fugir dos temas / relacionamentos complicados. Namoro – fase exploratória / momento de conhecer melhor / aprofundar a relação / penetrar no tema ou objeto de estudo Casamento – exige compromisso, seriedade, dedicação p/ enfrentar as crises / hora de discutir a relação Separação – preparação da versão final / momento de fazer uma auto-avaliação e ver o que pode ser reparado / aperfeiçoado

38 O início da pesquisa depende: Da escolha do tema Da delimitação do problema Da definição do objeto de estudo Da escolha da abordagem Da formulação de hipóteses Da escolha do referencial teórico Da capacidade de coletar de informações. Importante: Não se deve começar uma pesquisa sem prever os passos que serão dados.

39 Se eu tivesse que elaborar um projeto de pesquisa hoje... Definir um tema Delimitar um Objeto Pensar um Objetivo Fazer uma pergunta ao Objeto Esboçar quadro teórico e metodológico

40 Lembre-se: 80% do conhecimento do homem vêm da leitura. Boa parte do sucesso de um trabalho atribui-se a ler muito e ler bem.

41 Partes constituintes do Projeto de Pesquisa 1) Capa 2) Introdução * Problema * Hipóteses (se houver) * Justificativa * Relevância * Objetivo 3) Referencial Teórico 4) Metodologia 5) Cronograma 6) Referências


Carregar ppt "METODOLOGIA DA PESQUISA. A matriz do projeto de pesquisa 2.1 – Escolha do tema 2.2 – Definição do problema 2.3 – Formulação de hipóteses 2.4 – A importância."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google