A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Métodos Contraceptivos Não Naturais de Barreira Trabalho realizado por Gonçalo Pinho (Nº 8) e Joana Cunha (Nº 12) Escola Secundária com 2º e 3º ciclos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Métodos Contraceptivos Não Naturais de Barreira Trabalho realizado por Gonçalo Pinho (Nº 8) e Joana Cunha (Nº 12) Escola Secundária com 2º e 3º ciclos."— Transcrição da apresentação:

1 Métodos Contraceptivos Não Naturais de Barreira Trabalho realizado por Gonçalo Pinho (Nº 8) e Joana Cunha (Nº 12) Escola Secundária com 2º e 3º ciclos do Ensino Básico Anselmo de Andrade Ciências Naturais | Professora Isabel Marques | Ano Lectivo 2011/2012 | 9º D 1) 2)

2 A Relação Sexual A actividade sexual está cada vez mais presente nas nossas vidas. 3)

3 O Método Contraceptivo O método contraceptivo é uma acção, dispositivo ou medicamento que serve para prevenir ou reduzir a propensão de uma mulher engravidar. A maneira mais eficaz de evitar a fecundação entre os gâmetas sexuais é através da utilização de métodos contraceptivos não naturais. 4) Dentro dos métodos não naturais, os mais utilizados hoje em dia continuam a ser os mecânicos – de barreira.

4 Os vários Métodos Contraceptivos Há quatro métodos contraceptivos não naturais de barreira. 5) 6) 7) 8) 5. O preservativo (masculino ou feminino); 6. O diafragma ; 7. O (s) espermicida (s); 8. O dispositivo intrauterino.

5 O preservativo masculino É um invólucro de borracha (látex) muito fino e descartável que é colocado, pelo homem, antes da actividade sexual, quando o pénis está erecto. Vantagens Eficaz; Protege contra DSTs; Fácil compra e transporte; Não tem efeitos secundários. Desvantagens Tem de se adquirir antes de se decidir ter uma actividade sexual; É muito frágil – pode-se romper. 9)

6 O preservativo feminino É um invólucro de borracha (látex) muito fino composto por dois anéis – um fechado e o outro aberto - em ambos os seus lados e é colocado, pela mulher, no interior da vagina, tapando o colo do útero. Vantagens Eficaz; Protege contra DSTs; É mais resistente que o preservativo masculino; Não tem efeitos secundários. Desvantagens Tem de se adquirir antes de se decidir ter uma actividade sexual; Diminui a sensação vaginal; Elevado custo. 10)

7 O diafragma É uma cúpula de borracha fina, com um aro de metal flexível e é introduzido, até cinco horas antes da relação sexual, pela mulher, no interior da vagina, obstruindo completamente o colo do útero. Vantagens Diminuição do risco de cancro do colo do útero; Pequeno tamanho; Resistência. Desvantagens Eficácia não muito alta; Difícil colocação; Não protege contra as DSTs; Riscos de odor fétido, corrimento vaginal e de infecção do sistema urinário. 11)

8 O espermicida É um creme, geleia ou espuma que é utilizado pela mulher através da colocação deste no fundo da vagina. O espermicida aniquila os espermatozóides através de substâncias químicas que fazem parte da sua constituição. Vantagens Simples utilização; Não necessita de prescrição médica; Protege contra doenças ginecológicas; Aumenta a lubrificação da vagina; Pode ser utilizado como coadjuvante de outros métodos contraceptivos. Desvantagens Muito pouca protecção em relação às DSTs; Reacções alérgicas na mulher ou no homem; Risco de infecções urinárias. 12)

9 O dispositivo intrauterino (DIU) É um dispositivo metálico ou plástico colocado no interior do útero por um ginecologista especializado no procedimento. Impede a fecundação e a nidação, pois altera a estrutura do endométrio. Vantagens: Eficácia contraceptiva permanente (período entre 3 e 5 anos); Não há necessidade de haver uma acção diária. Desvantagens Aumento das dores dos fluxos menstruais; Não protege contra as DSTs; Infecções na mucosa uterina ou nas trompas de Falópio – esterilidade. 13)

10 Conclusão Esperemos que tenham gostado do nosso trabalho e que, com a nossa apresentação, tenham retirado conhecimentos no que toca aos Métodos Contraceptivos Não Naturais de Barreira. Trabalho realizado por Gonçalo Pinho (Nº 8) e Joana Cunha (Nº 12) Ciências Naturais | Professora Isabel Marques | Ano Lectivo 2011/2012 | 9º D 14)

11 Webgrafia Informação Manual de Ciências Naturais 9º Ano Novo Descobrir a Terra 9, da Areal Editores, escrito por Cristina Antunes, Manuela Bispo e Paula Guindeira. Edição de 2011; | Consulta em 11/11/2011 | Consulta em 11/11/2011 | Consulta em 20/11/2011 Imagens (Consultadas em 20/11/2011) 1) 2) 3) jpg 4) gravidez jpg 5) 6) 7) 8) 9) sano/come_usare_il_condom/come_usare_il_condom/ ita-IT/come_usare_il_condom1_full.jpg 10) 11) 12) 13) 14) ash4/308380_ _ _ _ _n.jpg


Carregar ppt "Métodos Contraceptivos Não Naturais de Barreira Trabalho realizado por Gonçalo Pinho (Nº 8) e Joana Cunha (Nº 12) Escola Secundária com 2º e 3º ciclos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google