A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL: olhares cruzados entre economia do conhecimento e ciências de gestão Reflexão a partir da Universidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL: olhares cruzados entre economia do conhecimento e ciências de gestão Reflexão a partir da Universidade."— Transcrição da apresentação:

1 APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL: olhares cruzados entre economia do conhecimento e ciências de gestão Reflexão a partir da Universidade Camponesa 27 de fevereiro de 2009 Sob a orientação de: Hélène Rey-Valette Jean-Philippe Tonneau Emilie Coudel

2 Desenvolvimento territorial proximidades recursos locais identidade afirmação de um projeto comum (Deffontaines ; Pecqueur) Problemática 1. Contexto e desafios Pergunta : Como acompanhar os atores para permiti-los contribuir para desenvolvimento territorial? Governança regulação não-autoritária participação de atores multiplos capacidade de participar e de propor projetos (Stocker ; Baqué, Rey, Sintomer) Aprendizagens informações conhecimento, competências formas de organização possibilidade de aprender juntos (Foray; Argyris et Schön) 2. Teoria e metodologia3. Resultados

3 Acompanhamento e formação Quais dispositivos para incentivar a aprendizagem ? Acompanhamento do processo de negociação por um articulador Quadro mais formalizado : formação As vantagens de uma formação Progressão pedagógica Grupos de atores Contrato de aprendizagem Um quadro « protegido » Uma oportunidade de contribuir nessa reflexão : Uma Universidade Camponesa, voltada a fomentar a participação de agricultores no desenvolvimento territorial 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

4 Participação de agricultores nas politicas territoriais? Renovação da politicas rurais Um território para decidir projetos: 30 municípios Quais oportunidades oferece o Fórum aos agricultores? Paraiba Territorio do Cariri 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

5 Uma Universidade Camponesa no Brasil Uma formação inovadora para agricultores líderes Uma pedagogia oriunda por princípios fortes: identidade camponesa, co-construção de conhecimento (pesquisa a partir da realidade local, intercâmbio) Vontade de federar uma rede de iniciativas Uma experiência piloto: a UniCampo 3 ciclos (sensibilização, pesquisa, projetos) Aulas técnicas mas também culturais e sociais Primeiros resultados: mudanças importantes de visão, emergência de uma associação Um sucesso: propostas de « replicação » Necessidade de avaliar essa primeira experiência Um doutorado para permitir uma reflexão crítica Uma avaliação « externa » mas com implicação A Universidade Camponesa: uma formação inovadora 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

6 Perguntas levantadas Como a formação favoreceu a aprendizagem? A formação permitiu aos atores se inserirem nas dinâmicas territoriais? Quais são os ensinamentos em termos de acompanhamento de atores ? Objetivos do doutorado Realizar uma avaliação ex post para ajudar a melhorar a formação Uma reflexão que vai além: entender ambos os processos e o impacto de uma formação em relação ao desenvolvimento territorial Definir um quadro de análise das aprendizagens Desenvolver um referencial de avaliação (métodos) Validar a metodologia em outras situações Desafios científicos 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

7 Necessidade de integrar diferentes niveis de aprendizagem Combinar processo e resultados na analise Conciliar diferentes abordagens da aprendizagem Abordagens em economia e gestão Teorias para formalizar aprendizagem Evolução dos dispositivos de aprendizagem extensão community- learning Governância Informação, conhecimento Grupos, redes, capital social Social learning, instituções Resultados : Acquisição de praticas Mecanismos : Intercambio e mudança de valors Processo : Aprender à aprender juntos Evolução dos dispositivos de aprendizagem (Röling ; Scott ; Leeuwis ; Turcotte) (Rogers ; Chambers ; Darré ; Dasgupta) (Rivera et Quamar ; Murray ; Black ; ) Quadro de análise Abordagens em economia e gestão (Allen ; Lundvall ; Foray)(Hatchuel ; Avenier ; Nonaka et Takeuchi ) Economia do conhecimento Ciências de gestão Informações, conhecimento Ações, praticas, relações FatoresProcesso Individuo / sociedadeColetivos / empresas Avaliação, indicadoresPesquisa-ação Formalisar os mecanismos e as ligações Formaliser les mécanismes et les liens valores praticas ação única volta tripla volta o quadro de aprendizagem dupla volta volta « zero » (Bateson ; Argyris et Schön ; Foldy and Creed ; Turcotte) Teorias para formalizar aprendizagem 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

8 Capital (Schultz ; Lin ; Ponthieux ; Ostrom ; Garrabé ) Pode incluir vários elementos para o capital humano: competências, motivações, identidade Visão dinâmica construção e mobilização: aprendizagem na ação Diferentes níveis de aprendizagem capital humano, capital social e mesmo capital institucional Quadro de análise: o conceito central 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

9 Capital institucional Capital social Capital humano Nível individual Nível do grupo Nível do território Hipótese 1 : interatividade das aprendizagens para contribuir no desenvolvimento territorial Hipótese 2 : A cada nível, há condições e dispositivos específicos para permitir os diferentes tipos de aprendizagens Condições e dispositivos influenciando o processo Um processo de acompanhamento deve se preocupar com a implementação de condições e dispositivos que permitam o desenvolvimento integrado de aprendizagens aos três níveis. Construção Mobilização Quadro de análise e hipóteses Integrar diferentes níveis de a prendizagens Combinar processo e resultados na análise Formalizar as ligações entre aprendizagens Necessidades para analise 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

10 Combinar métodos para revelar as aprendizagens Desafios da avaliação DificuldadesMétodos utilizados Entender um processo dinâmico e complexo A formação acabada ao momento da avaliação Arquivos, entrevistas individuais aprofundadas, grupos de trabalho, projetos Apreender aprendizagens diversas (competências, redes, valores) Aprendizagens tácitas, informais, dificilmente explicitáveis Métodos de pesquisa interativos (mapas mentais, jogos de cartas, analise multi- critério) Obter resultados genéricos Uma amostra limitada, contextualizada Análise qualitativa se apoiando em indicadores precisos e métodos de análise (tipologia, AFM), comparação Permitir uma apropriação pelos atores envolvidos Atores diversos, alguns quase analfabeto Explicitação dos objetivos da pesquisa, apresentação visual dos resultados 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

11 Evolução da inserção territorial Escala de ação animação / mobilização aplicação técnica Mediador territorial Técnico Mobilizador comunitário individual comunidade território Distante 6 Antes a formação Domínio de ação Agricultor Após a formação N = Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

12 Análise do capital humano: estrela de competências Meio ambiente Instituições Organização Sabe que existe Sabe aplicar Sabe evoluir Sabe analisar Técnico Social Cariri Metodológico Questionário / auto-avaliação Contribuição da UniCampo para construir essa competência Importância dessa competência para as atividades cotidianas Nível de competência avaliado a traves do questionário Nível de competência avaliado pelos próprios atores 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

13 Um capital humano que se diversifica Pouca especialização por perfil Uma ligação entre a capacidade de implementar os conhecimentos e a inserção territorial Um alargamento das competências: uma abertura a conhecimentos poucos utilizados nas atividades cotidianas agricultortécnicomobilizadormediador Meio ambiente Instituições Organização Sabe que existe Sabe aplicar Sabe evoluir Sabe analizar Técnico Social Cariri Metodologico Meio ambiente Instituições Organização Técnico Social Cariri Metodológico Meio ambiente Instituições Organização Técnico Social Cariri Metodológico Meio ambiente Instituições Organização Técnico Social Cariri Metodológico 1. Contexto e desafios2. Teoria e metodologia3. Resultados

14 Análise do capital social: mapas mentais Mapas mentais: As organizações importantes no território Onde o ator se situa Os contatos reforçados / os novos contatos 1. Contexto e desafios 2. Teorias e métodos3. Resultados

15 Formação- pesquisa Organismos de apoio Instituições sociais Instituições territoriais Vida Comunitaria AAUC Politicas locais UniCampo As redes individuais foram reforçadas (mais contatos com as organizações) Os mediadores desenvolveram novos contatos à um nível territorial e com as organizações de pesquisa A rede dos alunos permitiu novos ligações entre as organizações Um capital social reforçado 1. Contexto e desafios2. Teorias e métodos3. Resultados Contatos reforçados Novos contatos

16 Análise do capital institucional: jogo de cartas Cartas para caracterizar três representações do desenvolvimento: produtivo, comercial, camponês 1. Contexto e desafios2. Teorias e métodos3. Resultados AtorTécnicasPrincípiosForça de trabalhoOrientado por Objetivos SaberesAquisição AtorTécnicasPrincípiosForça de trabalhoOrientado porObjetivosSaberesAquisição AtorTécnicasPrincípiosForça de travabalhoOrientado porObjetivos Organização SaberesAquisição CamponêsTécnicas adaptadas Familiar Diversidade Recursos disponíveis Viver no campo SolidariedadeSaber localConstrução colectiva Empreendedor Técnicas rentaveis Empregados Rentabilidade Mercado Ganhar dinheiro CadeiaPreço do mercado Jornais, boletins AgricultorTécnicas modernas Mecanização Productividade Princípios técnicos IntensificarIndividualCiêntificoTécnico Organização

17 Emergência de um capital institucional Os alunos construíram uma representação coerente e comum do modelo de desenvolvimento agrícola Essa representação comum permite construir um projeto comum dentro da associação categorias Força de trabalho Saber Modelo produtivo Modelo comercial Modelo camponês Sistema de produção Aquisição Organização Objetivo Orientado por… Principio guia camponês agricultor técnicas adaptadas tecnicas rentaveis mecanização empregados familiar produtividade diversidade recursos disponíveis progresso tecnico mercado ganhar dinheiro intensificar Viver no campo individual cadeia solidariedade Ciêntifico Preço do mercado saber local Co- construção técnico Ator Porcentagem de cartas escolhidas pelos alunos 100% 1. Contexto e desafios2. Téoria e metodologia3. Resultados

18 Ensinamentos das três analises ConhecimentoRedes territoriaisVisão do desenvolvimento grau de aprofundamento (de 1 a 4) numero de instituições mencionadas número de cartas do modelo camponês (em %) agricultores % técnicos2.27,469 % mobilizadores comunitários 2.79,281 % mediadores territoriais % As análises permitem revelar uma ligação entre os capitais mobilizados e a inserção territorial. 1. Contexto e desafios2. Téoria e metodologia3. Resultados

19 Avaliação global da formação: indicadores UniCampo Formação ADS Capital humano Relação entre alunos (confiança, reciprocidade) Diversidade dos alunos Relação profs-alunos Valores comuns Reconhecimento dos alunos (inserção) Evolução dos alunos Contextualização Diversidade dos conhecimentos ensinados Diversidade dos parceiros Capacidade dos alunos de se organizarem Ligação com as instituições do território Capacidade de adaptação da formação Construção do conhecimento (debates, pesquisa) Circulação de informações Estabilidade da formação Implementação de projetos (aplicação dos conhecimentos) Lugares de encontro Legitimidade social da formação Capital institucional Capital social 1. Contexto e desafios2. Téoria e metodologia3. Resultados

20 Hipótese 1: combinação de capitais Permitiu analisar diferentes facetes da aprendizagem e da inserção de atores no desenvolvimento territorial Hipótese 2: modos de aquisição específicos Permitiu ligar escolhas pedagógicas e aquisição de competências A UniCampo: Uma formação que teve um impacto considerável mas que ficou muito isolada no território Recomendações para acompanhar atores: levar em conta os três níveis de aprendizagens ao longo de todo o processo, sem esquecer o capital institucional Resultados da análise Conclusão

21 Validação dos métodos utilizados Permitiram « quantificar » certos aspectos da aprendizagem Aplicação em outros estudos: comparação Permitiram alimentar uma reflexão crítica dos atores sobre o processo para melhorá-lo Aportes teóricos Concilia diferentes abordagens teóricas Um quadro de análise para avaliar as aprendizagens para o desenvolvimento territorial Aspectos inovadores a prolongar Articulação entre capital social e capital institucional Tripla volta: entender como se formam quadros de aprendizagem Capacidades territoriais: capacidades versus oportunidades Aportes e perspectivas do doutorado Conclusão

22 Obrigada pela atenção


Carregar ppt "APRENDIZAGEM E FORMAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO TERRITORIAL: olhares cruzados entre economia do conhecimento e ciências de gestão Reflexão a partir da Universidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google