A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Hospital da Gamboa Profa. Paula Voloch.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Hospital da Gamboa Profa. Paula Voloch."— Transcrição da apresentação:

1 SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Hospital da Gamboa Profa. Paula Voloch

2 SEMIOLOGIA Anamnese Exame físico Exames complementares Diagnóstico

3 ANAMNESE Queixa principal Duração História pregressa da doença

4 Queixas mais freqüentes Dor Incapacidade funcional Deformidade

5 DOR Início (trauma precipitante, esforço) Localização Tipo (pontada, queimação, peso, facada, alfinetada) Intensidade, horário e duração

6 DOR Irradiação Relação dor x atividade corporal x repouso Fatores psicossomáticos Fenômenos concomitantes

7 SINAIS DE ALERTA

8 PARA TUMOR OU INFECÇÃO: – IDADE > 50 ANOS OU < 20 ANOS; – HISTÓRIA DE CÂNCER; – SINTOMAS COMO FEBRE, CALAFRIOS, PERDA DE PESO; – INFECÇÃO BACTERIANA RECENTE, VICIADOS, IMUNOSUPRIMIDOS; – DOR COM PIORA NOTURNA; – DOR COM PIORA EM DECÚBITO DORSAL.

9 SINAIS DE ALERTA PARA FRATURA: – TRAUMA MAIOR; – TRAUMA MENOR EM IDOSOS OU OSTEOPORÓTICOS

10 SINAIS DE ALERTA PARA SÍNDROME DA CAUDA EQUINA: – ANESTESIA EM SELA; – DISFUNÇÃO DE BEXIGA; – DÉFICIT NEUROLÓGICO PROGRESSIVO OU GRAVE EM MEMBROS INFERIORES.

11 EXAME FÍSICO Inspeção Palpação Movimentos Testes neurológicos Testes especiais

12 Inspeção Assimetrias musculares Tumorações Inspeção da pele (presença de manchas, sardas, tufos pilosos) Desvios

13 Alinhamento da coluna no plano sagital Observar se as lordoses cervical e lombar estão compensadas pela cifose torácica

14 SAGITAL CORONAL

15 Inspeção Neurofibromatose

16 Inspeção Cifose Juvenil

17 Inspeção Torcicolo Congênito

18 Inspeção Escoliose

19 Exame Físico Assimetrias dos contornos dos ombros, cintura escapular e cintura pélvica Marcha Mensuração dos MMII (discrepância)

20 Inspeção Dinâmica Arco de movimento cervical Flexão 30 a 60° Extensão 30 a 60° Rotação 60 a 80° Inclinação 30 a 45°

21 Inspeção Dinâmica Arco de movimento lombar Flexão 40 a 60° Extensão 20 a 35° Rotação 3 a 18° Inclinação lateral 15 a 20°

22 PALPAÇÃO Osso hióide = C3 Cartilagem tireóide = entre C4 e C5 Primeiro anel cricóide e tubérculo carotídeo = C6 C3C45 C6

23 PALPAÇÃO Protuberância occiptal Processo espinhoso de C7 Esternocleidomastóideo Cadeia linfática Pulso carotídeo Trapézio

24 PALPAÇÃO ÓSSEA Cristas ilíacas = L4-L5 EIPS = S2 Processos espinhosos

25 PALPAÇÃO PARTES MOLES Musculatura paravertebral

26 EXAME NEUROLÓGICO Sensibilidade Força Motora Reflexos

27 EXAME NEUROLÓGICO Sensibilidade - Dermátomos Térmica Tátil Dolorosa

28 EXAME NEUROLÓGICO Força Motora Graus de Força Muscular Grau 0 – ausência de contração muscular Grau 1 – presença de contração muscular, sem movimento Grau 2 – movimentos com eliminação da força da gravidade Grau 3 – movimento vence a força da gravidade Grau 4 – movimento contra a força da gravidade e alguma resistência Grau 5 - normal

29 EXAME NEUROLÓGICO C5 –Força muscular do deltóide e biceps braquial –Sensibilidade da face lateral do braço –Reflexo biciptal

30 EXAME NEUROLÓGICO C6 –Força muscular dos extensores do punho –Sensibilidade da face lateral do antebraço, polegar, indicador e metade do dedo médio –Reflexo estilo radial

31 EXAME NEUROLÓGICO C7 –Força muscular do tríceps, flexores do punho e extensores dos dedos –Sensibilidade do dedo médio –Reflexo triciptal

32 EXAME NEUROLÓGICO L4 –Força muscular do Tibial Anterior –Sensibilidade da face medial da perna –Reflexo Patelar

33 EXAME NEUROLÓGICO L5 –Força muscular do extensor do hálux –Sensibilidade do dorso do pé

34 EXAME NEUROLÓGICO S1 –Força muscular do Tríceps sural e Fibulares –Sensibilidade do maléolo lateral e face lateral do superfície plantar do pé –Reflexo Aquileu

35 EXAME NEUROLÓGICO Teste de elevação da perna retificada (Forst / Lasègue) – SE HOUVER REPRODUÇÃO DA CIATALGIA É INDICATIVO DE COMPRESSÃO RADICULAR (SINAL DE IRRITAÇÃO RADICULAR) – DIFERENCIAR RADICULOALGIA E DOR POR ESTIRAMENTO DOS MÚSCULOS ISQUIOTIBIAIS

36 Sinais de Mielopatia Babinski / Oppenheim

37 Sinais de Mielopatia Babinski

38

39 Teste de Patrick (Fabere) Avaliação da articulação sacro ilíaca

40 Manobra de Valsalva (pressão intratecal)

41 Apesar dos avanços nos métodos por imagem, a história e o exame físico bem feitos continuam sendo a base para o diagnóstico e o tratamento das doenças da coluna vertebral.


Carregar ppt "SEMIOLOGIA DA COLUNA VERTEBRAL Hospital da Gamboa Profa. Paula Voloch."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google