A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Na aula passada vimos como fatores bióticos e abióticos influenciam na distribuição de espécies. Fatores bióticos: ação dos seres vivos no meio onde vivem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Na aula passada vimos como fatores bióticos e abióticos influenciam na distribuição de espécies. Fatores bióticos: ação dos seres vivos no meio onde vivem."— Transcrição da apresentação:

1

2 Na aula passada vimos como fatores bióticos e abióticos influenciam na distribuição de espécies. Fatores bióticos: ação dos seres vivos no meio onde vivem. Fatores abióticos: temperatura, água, salinidade, luminosidade, rochas e solo.

3 O que é um bioma? – São zonas de vida caracterizadas em geral pela sua composição biológica.

4 Biomas aquáticos – Maior em termo de área; – Classificados pela concentração salina: >0,1% água doce. Entre 0,1% e 3% são águas salobras. < 3% são marinhos. – O maior bioma é o oceano (75%);

5 Dependente da penetração da luz. Distância das margens. Profundidade da água.

6 Responsável pela maior parte das chuvas no planeta; Suas temperaturas influenciam diretamente no clima e padrões de vento; Responsável pela maior produção de oxigênio e consumo de gás carbônico do planeta (algas e cianobactérias);

7 Estão relacionados com a composição do solo do local onde estão inseridos; Dependente do curso de água que o alimenta e do clima do bioma terrestre no qual esta inserido.

8

9 Água parada, pode ser doce ou salgada, a intensidade luminosa varia com a profundidade e com a distribuição de organismos na superfície.

10 Ambiente sujeito a correntezas por isso apresenta grande teor de oxigenação da água. Um dos maiores problemas enfrentados por essas áreas com certeza é a poluição.

11 São áreas que sofrem ação de cheias em determinados períodos do ano o que gera uma grande produção de matéria orgânica decomposta favorecendo o desenvolvimento de vários organismos. São as regiões mais diversas do planeta.

12 Região com exposição tanto a um ambiente úmido e salino (subida da maré) como a um ambiente seco e quente (maré baixa). Exige dos organismos mecanismos específicos de resistência ao meio. Grande variedade de organismos. Um dos principais problemas é a poluição por petróleo.

13 Área de transição entre rios e mares co salinidade variável. Organismos variados que enfrentam muitos problemas ambientais

14

15 distribuição O clima é o principal fator de determinação de um bioma terrestre além de estar intimamente ligado com a distribuição da sua riqueza natural. São modificados por perturbações e eventos que alteram as comunidades ali existentes (tempestades, incêndios, ação humana). A temperatura, a precipitação e o solo são fatores de suma importância.

16 Características gerais dos biomas terrestres Denominado pela característica física ou climática e pela vegetação dominante. Seus limites são chamados ecótonos. Sua estratificação é vertical: Dossel superior Camada de árvores menores Sub-bosque arbustivo Plantas herbáceas Serrapilheira Raízes Os biomas não florestados apresentam essas divisões em menor escala. Composição variável. Evolução convergente. Biomas dinâmicas e as perturbações são regras.

17 Floresta tropical Encontradas nas regiões equatoriais e subequatoriais. Apresentam grande taxas de precipitação anual e também altas taxas de temperatura, porém com amplitudes baixas. As árvores apresentam folhas grande e largas que favorecem a transpiração além de um grande número de animais adaptados a esse ambiente. O principal impacto causado pelo homem é o crescimento populacional e o aumento das áreas para agricultura.

18 Floresta Amazônica

19 Mata atlântica

20 Deserto Estão localizados à 30° de latitude norte e sul e interior de continentes. Apresentam baixa taxa de precipitação e alta amplitude térmica que pode ir de 50°C à - 30°C. a vegetação é bem específica para este lugar assim com a fauna. O impacto humano é difícil de ser previsto.

21 Savana- Cerrado e Caatinga Regiões equatoriais e subequatoriais com precipitações baixas e sazonais, o clima é quente o ano todo com médias entre 24 à 29°C. A vegetação é espinhosa com árvores com troncos retorcidos e adaptadas a seca. Enquanto que os animais comuns dessa região em geral são grandes pastadores e pequenos invertebrados adaptados a clima seco. A pecuária extensiva é o maior impacto humano.

22 Chaparral – Clima Mediterrâneo É a antiga vegetação Mediterrânea, comum na África do Sul, Costa da Califórnia, Costa Centro-Norte do Chile, sul da Austrália e Mar Mediterrâneo. As chuvas são sazonais com invernos chuvosos e verões secos. A amplitude térmica varia entre 10 e 12°C no outono, inverno e primavera e pode chagar a 40°C no verão. A vegetação é arbustiva, com árvores de troncos retorcidos e com casca grossa. Um dos grandes problemas enfrentados por esse bioma é a urbanização já que se encontra em áreas com crescimento acelerado.

23 Pradarias temperadas - Pampas Ocorrem na África do Sul, Sul do Brasil e Uruguai, Rússia e América do Norte, possuem invernos secos e verões chuvosos com precipitação mediana. Os invernos geralmente frios (-10°C) e verões quentes (30°C). Ocorre um grande número de plantas rasteiras nesta região, em geral gramíneas e pequenos animais. Atualmente vem sendo utilizada com pastagem para gado em grandes centros pecuários.

24 Floresta temperada Localizadas no hemisfério norte em regiões de média latitude, sua precipitação vai de moderada a abundante e sua amplitude térmica vai de 0° à 30° C durante o ano. Possui uma fauna característica e uma vegetação bem peculiar chamada de caduca (perdem as folhas nas estações frias). Foi praticamente todo desmatado por conta da urbanização e revolução industrial.

25 Floresta Boreal Ocorre no Norte da América do Norte e Eurásia.. Possui precipitação de moderada a baixa mas no norte dos EUA são bem úmidas. Os invernos são longos e frios e os verões que podem ser quentes. Na Sibéria o inverno chega a -50°C e no verão aos 20°C. a vegetação típica desse clima são gimnospermas no geral. Possuem uma fauna variada que prejudicada graças ao grande desmatamento sofrido por essas áreas.

26 Mata de Araucária

27 Tundra Ocorre no Ártico e alto de cadeias montanhosas, a precipitação é baixa mas mesmo assim é muito úmido por conta do gelo. No inverno pode ter temperaturas inferiores a -30°C e verão com máxima de 10°C. só existem briófitas e pequenas plantas. O maior impacto ambiental está na extração mineral.

28


Carregar ppt "Na aula passada vimos como fatores bióticos e abióticos influenciam na distribuição de espécies. Fatores bióticos: ação dos seres vivos no meio onde vivem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google