A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Metro Ethernet Aluno: Igor do Valle Campbell Professores: Luís Henrique M. K. Costa Otto Carlos M. B. Duarte Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Metro Ethernet Aluno: Igor do Valle Campbell Professores: Luís Henrique M. K. Costa Otto Carlos M. B. Duarte Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ."— Transcrição da apresentação:

1 Metro Ethernet Aluno: Igor do Valle Campbell Professores: Luís Henrique M. K. Costa Otto Carlos M. B. Duarte Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ Grupo de Teleinformática e Automação – GTA Redes de Computadores II – 2008/2

2 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Índice Introdução Características Arquitetura Conclusão Perguntas e Respostas Referências Bibliográficas

3 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Introdução Rede Metropolitana Padrão Ethernet

4 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Introdução Rede Metropolitana – Cobre uma área de 5 a 50 Km de diâmetro, equivalente a uma cidade ou uma região inteira. – Interconecta LANs (Local Area Network) – Podem ser conectadas por WANs (Wide Area Network)

5 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Introdução Rede Metropolitana Figura 1 - Os tipo de rede classificados por extensão geográfica.

6 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Introdução Padrão Ethernet – CSMA/CD (Carrier Sense Multiple Access Collision Detection) – Enquadramento Ethernet versão 2: Figura 2 – O quadro Ethernet versão 2.

7 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Características Vantagens: – Baixo Custo – Facilidade e granularidade na troca de bandas. – Integração com LANs – Melhor aproveitamento do meio – Facilidade no planejamento, gerenciamento e manutenção

8 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Características Desvantagens: – Níveis de segurança baixos – Níveis de qualidade de serviço baixos

9 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Arquitetura Figura 3 – Modelo básico de uma Metro Ethernet.

10 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Arquitetura Figura 4 – Tipos de EVC.

11 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Arquitetura VLAN -> LAN virtual – C-VLAN -> VLAN do cliente – S-VLAN -> VLAN da Metro Ethernet

12 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Serviços na Metro Ethernet O que é um serviço Ethernet? Tipos de Serviços Perfil de Banda – Perfil por UNI – Perfil por EVC – Perfil por Classe de Serviço

13 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Conclusão Número de empresas que utilizam já é grande. Empresas que não utilizam planejam utilizar algum dia. Já estão sendo propostas soluções para os problemas de segurança e qualidade de serviço.

14 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 1.Quais são as três formas de definir o perfil de tráfego na metro Ethernet?

15 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 1.Quais são as três formas de definir o perfil de tráfego na metro Ethernet? R - O perfil de tráfego é definido por UNI, onde cada UNI tem um perfil, por EVC, cada EVC de cada UNI tem um perfil, ou pela classe de serviço, neste os pacotes pertencentes a cada classe de serviço em um EVC possuem o mesmo perfil.

16 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 2.Qual foi a solução encontrada para prover serviços de forma diferenciada para cada cliente, sendo que o protocolo Ethernet provê acesso semelhante para todos os usuários? E por que a solução encontrada não entra em conflito com soluções para redes locais?

17 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 2.Qual foi a solução encontrada para prover serviços de forma diferenciada para cada cliente, sendo que o protocolo Ethernet provê acesso semelhante para todos os usuários? E por que a solução encontrada não entra em conflito com soluções para redes locais? R - A solução foi a mesma utilizada em redes locais, utilizando as LAN's virtuais, permitindo separar os usuários em redes virtuais diferentes de acordo com o tipo de serviço requerido. Para evitar o conflito com as VLAN's utilizadas pelos clientes, foi feito o encapsulamento de uma VLAN dentro de outra, sendo que a VLAN do usuário é nomeada como C-VLAN e a da metro Ethernet S- VLAN, utilizando algumas diferenças no pacote.

18 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 3.Qual é a área que uma MAN cobre?

19 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 3.Qual é a área que uma MAN cobre? R - Uma MAN geralmente cobre uma área de 5 a 50 Km de diâmetro.

20 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 4.Quais são os dois tipos de EVC?

21 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 4.Quais são os dois tipos de EVC? R - Um EVC pode ser ponto-a-ponto (E-LINE) ou multiponto-multiponto (E-LAN).

22 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 5.Cite três vantagens da Metro Ethernet em relação às outras tecnologias de redes metropolitanas.

23 Metro Ethernet – GTA / UFRJ Perguntas 5.Cite três vantagens da Metro Ethernet em relação às outras tecnologias de redes metropolitanas. R – Menor custo de equipamentos. Permite fácil mudança de banda do assinante com grande granularidade. Integração direta com a maioria das LAN's. Melhor aproveitamento do canal por causa da comutação de pacotes. Facilidade no planejamento, gerenciamento e manutenção.


Carregar ppt "Metro Ethernet Aluno: Igor do Valle Campbell Professores: Luís Henrique M. K. Costa Otto Carlos M. B. Duarte Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google