A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONINFRA 2009 Análise SICRO 3 Visão Empresarial Geraldo Augusto da Rocha Lima.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONINFRA 2009 Análise SICRO 3 Visão Empresarial Geraldo Augusto da Rocha Lima."— Transcrição da apresentação:

1 CONINFRA 2009 Análise SICRO 3 Visão Empresarial Geraldo Augusto da Rocha Lima

2 CONINFRA – Administração Local / Manutenção de Canteiro O Acórdão 325/07 TCU-Plenário define que este item deve constar na planilha orçamentária (item 9.1.2). Proposto organograma geral / planilha de cargos, insumos e demais itens para elaboração deste custo. Para Orçamento do Órgão: Adotar curvas que determine um percentual da incidência deste custo, em função do tipo de obra, valor, prazo e sua localização. O valor constante do orçamento do órgão será expresso em parcelas mensais, = % obtido x CD x (1+BDI) / prazo da obra em meses. Para Orçamento do Proponente: Composição de preço baseado no planejamento e estrutura organizacional da obra, cuja remuneração ocorrerá em parcelas mensais = total da composição de preço / prazo da obra em meses.

3 CONINFRA Mobilização e Desmobilização O Acórdão 325/07 TCU-Plenário define que este item deve constar na planilha orçamentária (item 9.1.2). Para Orçamento do Órgão: Considerar percentual fixo para este item, que incidirá sobre o custo direto do orçamento, acrescido de BDI. Para Orçamento do Proponente: Considerar para mobilização e desmobilização de equipamentos pesados três tipos de transporte (cotados no SICRO 3), suficientes e previamente definidos para cada tipo de equipamento a ser transportado. Incluir a mobiliz./demobiliz. de veículos de produção, pequenos equipamentos, outros materiais e mão de obra. Medição em seis parcelas iguais constantes nas três primeiras e três últimas medições.

4 CONINFRA Instalação de Canteiro O Acórdão 325/07 TCU-Plenário define que este item deve constar na planilha orçamentária (item 9.1.2). Para Orçamento do Órgão: Considerar percentual fixo para este item, que incidirá sobre o custo direto do orçamento, acrescido de BDI. Para Orçamento do Proponente: Considerar área x custo SINAPI para os diversos tipos de edificações, mantendo composições específicas para instalações industriais e, inclusão de despesas diversas tais como: sinalização provisória, licenças, acessos, desmontagem das instalações e recomposição das áreas degradadas dentre outras. O layout do canteiro de obras, de apoio e das instalações industriais deve ser apresentado nas propostas. Considerar a medição em duas parcelas iguais, sendo a primeira incluída na 1ª medição e a segunda quando da conclusão de todas as instalações de canteiro, inclusive as industriais

5 CONINFRA – Composições de custo unitário Manter critério atual de composições utilizando a produção de equipes.

6 CONINFRA Transportes Materiais de terraplanagem: Considerar veículos transportadores com capacidade de 14 m³, utilizando-se do custo unitário de momento de transporte (m³ x km) após atingir a velocidade de operação dos caminhões. Considerar caminhos de serviço em vias pavimentada e não pavimentada. Insumos: Incluir o custo fixo do veículo transportador no serviço que irá demandar o transporte (escavação de jazidas, usinagem de CBUQ etc.). Criar preços unitários de momento de transporte (t x Km) para caminhão basculante de 10 m³, carroceria de 15 t e caminhão betoneira em caminhos de serviço pavimentado e não pavimentado. Definir a densidade dos insumos cujos transportes estarão inseridos nas composições do SICRO 3 (agregados, aço, tubos etc.).

7 CONINFRA Custo Horário de Equipamentos Rever a tabela de Período de Vida Útil do Equipamento. Incluir parcela de juros no custo horário do equipamento (SICRO 3 considera o juros incluído no BDI,sem definir seu valor). Adotar o custo horário improdutivo = M.O. + Juros + Depreciação (SICRO 3 considera custo improdutivo = 3% do custo produtivo). Rever o consumo horário de combustíveis e lubrificantes.

8 CONINFRA – Perda de Produção Incluir fator de interferência de tráfego, e de áreas urbanas. Incluir do fator de interferência de chuva.

9 CONINFRA – Adicional de mão de obra Adotar Tabela de Custo Horário de Mão de Obra, que incorpora devidamente, à cada categoria profissional, os adicionais referentes, tais como: alimentação, EPI, periculosidade, insalubridade, hora intínere, treinamento, ferramentas, hospedagem, etc.

10 CONINFRA Aferição de Produtividades A aferir produtividades deve ser obtida coletando dados em várias obras, nas diversas regiões, por alongado tempo, para cada tipo de serviço a ser aferido. Deve-se considerar a curva de aprendizado, principalmente para novas atividades. Incluir a atividade de aferição no contrato de supervisão de obras.


Carregar ppt "CONINFRA 2009 Análise SICRO 3 Visão Empresarial Geraldo Augusto da Rocha Lima."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google