A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O AMBIENTE ESCOLAR EM TEMPOS DE CYBERBULLYING Gabriel Perissé www.perisse.com.br.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O AMBIENTE ESCOLAR EM TEMPOS DE CYBERBULLYING Gabriel Perissé www.perisse.com.br."— Transcrição da apresentação:

1 O AMBIENTE ESCOLAR EM TEMPOS DE CYBERBULLYING Gabriel Perissé

2

3

4

5

6 O QUE VOCÊ JÁ LEU SOBRE O BULLYING ?

7 Fenômeno Bullying: Como prevenir a violência nas escolas e educar para a paz, de Cleo Fante. Campinas (SP): Verus, 2005.

8 Bullying e suas implicações no ambiente escolar, de Sônia M. Pereira. São Paulo: Paulus, 2009.

9 Bullying – o que você precisa saber, de Lélio Braga Calhau. Niterói (RJ): Impetus, 2009.

10 Mentes perigosas nas escolas: como identificar o preconceito, a violência e a covardia entre alunos, de Ana Beatriz B. Silva. Rio de Janeiro: Fontanar, 2010.

11 Proteja seu filho do bullying – impeça que ele maltrate os colegas ou seja maltratado por eles, de Allan L. Beane. Rio de Janeiro: Best Seller, 2010.

12 Manual Antibullying – para alunos, pais e professores, de Gustavo Teixeira. Rio de Janeiro: Best Seller, 2011.

13 Bullying e cyberbullying: o que fazemos com o que fazem conosco?, de Maria Tereza Maldonado. São Paulo: Moderna, 2011.

14

15 ALGUNS DADOS Crianças e adolescentes brasileiros passam 60% de seu tempo online em sites de entretenimento e comunicação. A população online total no País, incluindo acessos públicos, cafés e universidade, são mais de 73 milhões. Usuários de 15 a 34 anos são 56,1% da população online. Usuários acima de 35 anos registraram 32,1%. A região sudeste é a que mais se destaca no consumo do conteúdo online: 67%. (Fonte: comScore, 2010)

16 Professor vira alvo de chacota e ofensa de aluno na internet RICARDO WESTIN FOLHA DE SÃO PAULO - 18/07/2010. A professora Etiene Selbach foi vítima de cyberbullying. Estudo do Rio Grande do Sul mostra que, a cada quatro professores gaúchos, um já sofreu agressão na internet.

17 Ao lado de uma foto de Etiene riscada com um xis, as meninas escreviam com deboche sobre o corpo, o cabelo e até as roupas dela. Etiene foi uma vítima do bullying. No ambiente escolar, o bullying sempre foi associado àquele aluno valentão infernizando a vida do colega mais fraco. A novidade é que ele agora ataca o professor. E pela internet. Faça uma pesquisa no Orkut com odeio e professor, e surgirão mais de mil grupos de discussão. A lista terá comunidades aparentemente inofensivas como Odeio a voz do meu professor, mas também incluirá outras raivosas e com nome da vítima como Odeio a professora Etiene. Primeiro, fiquei chocada. Depois, senti vergonha, tristeza. Chorei, diz Etiene Selbach, 43, professora de educação física num colégio particular de Porto Alegre. A comunidade havia sido criada por um grupinho de alunas de 13 anos após serem repreendidas numa aula.

18 Alguns alunos acham que não passa de brincadeira. Outros creem que estão anônimos na internet, diz o delegado Pedro Marques, da Delegacia contra Crimes Cibernéticos de Minas Gerais. Calúnia, difamação e injúria são crimes. Quando o autor é maior de idade, pode ser condenado à prisão. Quando menor, ser advertido ou, em caso grave, internado em entidade como a antiga Febem. Em 2008, os pais de um grupo de alunos de um colégio particular de Rondônia foram sentenciados a pagar R$ 15 mil por danos morais a um professor de matemática vítima de chacota no Orkut. Estudo do Sinpro (sindicato de mestres) do Rio Grande do Sul mostra que, a cada quatro professores gaúchos, um já sofreu agressão na internet. Os motivos: o aluno tirou nota baixa, incomodou-se com um trejeito do professor ou simplesmente não foi com a cara dele.

19

20


Carregar ppt "O AMBIENTE ESCOLAR EM TEMPOS DE CYBERBULLYING Gabriel Perissé www.perisse.com.br."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google