A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estrutura de Dados Alocação Dinâmica de Memória Professor Mário Dantas Contribuição: Professor Marcelo Douglas.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estrutura de Dados Alocação Dinâmica de Memória Professor Mário Dantas Contribuição: Professor Marcelo Douglas."— Transcrição da apresentação:

1 Estrutura de Dados Alocação Dinâmica de Memória Professor Mário Dantas Contribuição: Professor Marcelo Douglas

2 Alocação Dinâmica de Memória Ponteiros fornecem o suporte necessário para o poderoso sistema de alocação dinâmica. Alocação dinâmica é o meio pelo qual um programa pode obter memória enquanto está em execução. Nenhuma variável pode ser acrescentada em um programa em tempo de execução. Porém haverá momentos em que um programa precisará usar quantidades de armazenamento variáveis.

3 Alocação Dinâmica de Memória Por exemplo, um processador de texto ou um banco de dados aproveita toda a RAM de um sistema. Porém, como a quantidade de RAM varia entre computadores esses programas não podem usar variáveis normais. Em vez disso, esses e outros programas alocam memória, conforme necessário, usando as funções de alocação de memória.

4 Alocação Dinâmica de Memória A memória alocada pelas funções de alocação dinâmica é obtida do heap – a região de memória livre do seu computador. Embora o tamanho do heap seja desconhecido, ele geralmente contém uma quantidade razoavelmente grande de memória livre.

5 Alocação Dinâmica de Memória No padrão C ANSI existem 4 funções para alocações dinâmica pertencentes a biblioteca stdlib.h. São elas malloc(), calloc(), realloc() e free(). Sendo que as mais utilizadas são as funções malloc() e free(). malloc() aloca memória free() libera memória

6 Alocação Dinâmica de Memória A alocação dinâmica é muito utilizada em problemas de estrutura de dados como por exemplo, listas encadeadas, pilhas, filas, arvores binárias e grafos.

7 malloc() A sintaxe da função malloc() é dada por: numero_de_bytes é o número de bytes da memória que você quer alocar. O tipo size_t é definido em stdlib.h como sendo um inteiro sem sinal. O interessante é que esta função retorna um ponteiro do tipo void podendo assim ser atribuído a qualquer tipo de ponteiro. void *malloc(size_t numero_de_bytes);

8 malloc() O fragmento de código mostrado abaixo aloca 1000 bytes de memória: Em alguns compiladores o código acima retornará um erro de conversão de tipo:

9 malloc() Para garantir portabilidade é interessante então efetuar o cast para o tipo de ponteiro que você deseja: Após a atribuição, p aponta para o primeiro dos 1000 bytes de memória livre.

10 malloc() O próximo exemplo aloca espaço para 50 inteiros. Observe o uso de sizeof para assegurar a portabilidade:

11 malloc() Como o heap não é infinito, sempre que alocar memória, você deve testar o valor devolvido por malloc(), antes de usar o ponteiro, para estar certo de que não é nulo. Usar um ponteiro nulo quase certamente travará o computador.

12 free() A função free() é o oposto de malloc(), visto que ela devolve memória previamente alocada ao sistema. Uma vez que a memória tenha sido liberada, ela pode ser realocada por uma nova chamada a malloc(). Aqui, pont é um ponteiro para a memória alocada anteriormente por malloc(). É muito importante que você nunca use free() com um argumento inválido, isso destruiria a lista de memória livre. void free(void *pont)

13 Estrutura de Dados Exemplos de Alocação Dinâmica de Memória

14

15

16

17


Carregar ppt "Estrutura de Dados Alocação Dinâmica de Memória Professor Mário Dantas Contribuição: Professor Marcelo Douglas."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google