A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO Aula 6

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO Aula 6"— Transcrição da apresentação:

1 TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO Aula 6
04/02/2013 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

2 Agenda Sustentabilidade Redução do consumo de energias
Diminuição da emissão de gases Reciclagem e descarte devido de equipamentos eletrônicos. 02/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com

3 OBJETIVOS DA AULA Compreender o conceito, identificar as principais estratégias e conhecer as melhores práticas e experiências em sustentabilidade e desenvolvimento sustentável praticadas no mundo e nas organizações Compreender o conceito, ter contato com o estado da arte e conhecer algumas das melhores práticas e experiências da Tecnologia da Informação Verde (ou Computação Verde)

4 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
SUSTENTABILIDADE e DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Em 1987, representantes de 21 governos, líderes empresariais e representantes da sociedade, membros da Comissão Mundial sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento da ONU criaram: O desenvolvimento sustentável é aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem às suas próprias necessidades Em outras palavras, é o equilíbrio na convivência entre o homem e o meio ambiente. Isso significa cuidar dos aspectos ambientais, sociais e econômicos e buscar alternativas para sustentar a vida na Terra sem prejudicar a qualidade de vida no futuro

5 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
SUSTENTABILIDADE e DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Compreende as ações da empresa que visam elevar sua produtividade, melhorar seus produtos e métodos de gestão e contribuir para a preservação do meio ambiente. Segundo o professor holandês Peter Nijkamp, a sustentabilidade envolve três aspectos: atividade economicamente viável, socialmente justa e ecologicamente correta.

6 SUSTENTABILIDADE e TI O setor de TI já é um dos maiores responsáveis pelo aquecimento global, emitindo mais dióxido de carbono (cerca de 2%) que o setor de aviação TI é o setor que mais cresce em termos de emissão de carbono a uma taxa de 12 % ao ano 20 % do consumo de energia de um prédio comercial advém dos equipamentos de escritório O consumo de energia dos “gadgets” tem incrementado 15 % ao ano

7 SUSTENTABILIDADE e TI Um microcomputador ligado durante 10 horas todos os dias, equivale a 10 % da emissão anual de gás carbônico de um automóvel Os microcomputadores representam entre 40% do consumo de energia e 30 % das emissões de dióxido de carbono do setor de TI 75 a 95 % da capacidade dos servidores é desperdiçada

8 AS MAIS SUSTENTÁVEIS DA TI
info.abril.com.br/noticias/corporate/cisco-e-a-empresa-de-ti-mais-verde shl Como empresas globais de TI estão oferecendo soluções tecnológicas que contribuam para a redução dos gases do efeito estufa, iniciativas para reduzir suas próprias emissões e defesa de políticas climáticas e energéticas? A Cisco é a empresa mais empenhada em utilizar soluções tecnológicas verdes (62 pontos): tecnologia de smartgrid e o gerenciamento de energia nos escritórios

9 AS MAIS SUSTENTÁVEIS DA TI
O segundo lugar ficou com a Ericsson (53), que desenvolveu uma metodologia para medição do impacto de seus produtos e soluções de TI em larga escala O Google ficou em sexto lugar (33). O relatório destaca a ferramenta PowerMeter, que oferece informações em tempo real de consumo de energia aos consumidores. Segundo o Greenpeace, nenhuma empresa demonstra maior potencial de contribuição ao clima como o Google. Um detalhe importante: no ranking das 15 empresas de TI mais verdes, a Apple nem aparece. Veja a lista completa no endereço

10 AS MAIS SUSTENTÁVEIS NA FABRICAÇÃO DE COMPONENTES ELETRÔNICOS
Nokia Sony Ericsson Philips Motorola Apple Panasonic Sony HP Sharp Dell Acer LG Eletronics Samsung Toshiba Fujitsu Microsoft Lenovo Nintendo AS MAIS SUSTENTÁVEIS NA FABRICAÇÃO DE COMPONENTES ELETRÔNICOS Na lista anual das empresas que fabricam componentes eletrônicos menos poluentes do mundo, segundo o Greenpeace, figuram: Em primeiro lugar se manteve a fabricante finlandesa de celulares Nokia. Em último está a Nintendo, empresa japonesa que produz consoles e games. A Nokia eliminou totalmente alguns compostos químicos em seus novos produtos e o CEO da empresa promete cortar em 30% a emissão de CO2 das fábricas localizadas em países industrializados. Já a Nintendo continua zerando em todos os critérios de desperdício de energia e as emissões de CO2 da empresa só vêm aumentando.

11 TI VERDE (ou COMPUTAÇÃO VERDE)
É que a prática sustentável de produção, gerenciamento e descarte dos equipamentos eletrônicos, bem como economia de energia elétrica TI Verde é a soma de economia de energia com gestão de recursos desde as cadeias produtivas, e todo o ciclo que vai da extração de matéria-prima até o final da vida útil do equipamento, incluindo o seu descarte

12 TI VERDE (ou COMPUTAÇÃO VERDE)
TI Verde possui áreas e focos que podem ser apresentados como: computação com o uso eficiente da energia gerenciamento de energia projetos de Data Centers Verdes virtualização de servidores descarte responsável e reciclagem utilização de fontes de energia renováveis produtos de TI com selos ecológico

13 TI VERDE: ALERTA !!! Estima-se que mais de 20 milhões de servidores são subutilizados, sendo que cada um emite 4 toneladas de dióxido de carbono por ano 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico foram descartados em 2010 e menos de 20% foi reciclado Vamos assistir um vídeo...

14 O QUE PODE SER FEITO? FORA DA ESCRITÓRIO
Colaboração virtual (teleconferência, videoconferência, web conferência, áudio-conferência) Teletrabalho Acesso remoto

15 O QUE PODE SER FEITO? NO ESCRITÓRIO Thin clients & laptops
Serviços de impressão gerenciados Monitores multifunção Ferramentas de gerenciamento de energia Dispositivos multifunção Longos Ciclos de Vida

16 O QUE PODE SER FEITO? NO DATACENTER Redução de servidores
Consolidação de Armazenamento Redução de condicionamento de ar Centralização de Data Center

17 O QUE PODE SER FEITO? AINDA MAIS Reuso de ativos Reciclagem
Alternativas para combustíveis fósseis Redução de emissão de Carbono

18 O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO
O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO? Livro “Tecnologia da Informação (TI) e Sustentabilidade”, de Ivan Luizio R. G. Magalhães Tirar da tomada carregadores de bateria e de celulares, quando eles não estiverem em uso Trocar os monitores CRT por LCD, que são mais eficientes, garantindo o descarte correto dos antigos, que contêm material poluente Considerar fornecer laptops aos usuários, ao invés de desktops. Você irá reduzir o gasto de energia e eliminar a necessidade de comprar dois equipamentos para os trabalhadores móveis

19 O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO
O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO? Livro “Tecnologia da Informação (TI) e Sustentabilidade”, de Ivan Luizio R. G. Magalhães Instalar e estimular o uso de equipamentos de teleconferência e outras ferramentas de colaboração que reduzem a necessidade de viagens sem sacrificar os negócios Desligar os descansos de tela, passando a desligar os equipamentos ou, no máximo, colocar em estado de hibernação Imprimir frente e verso e reposicionar as impressoras longe dos funcionários, desencorajando impressões desnecessárias Utilizar equipamentos multifunção

20 O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO
O QUE PODE FAZER DE IMEDIATO? Livro “Tecnologia da Informação (TI) e Sustentabilidade”, de Ivan Luizio R. G. Magalhães Estimular e propiciar o tele-trabalho. isso vai reduzir a quantidade de veículos na rua e a necessidade de mais espaço no escritório Não imprimir as mensagens de correio eletrônico Divulgar os conceitos da TI Verde Desligando o seu microcomputador todas as noites, você poderá economizar até US$ 130,00 por ano em sua conta de energia elétrica

21 Bibliografia Bibliografia Basica – GUEDES (1) é o principal
<BIBLIOGRAFIA BÁSICA 1 FOROUZAN, Behrouz; MOSHARRAF, Firouz. Fundamentos da Ciência da Computação. 2ª Edição. São Paulo: Cengage, 2011. 2 OLIVEIRA, Jayr Figueiredo de; MANZANO, José Augusto N. G. Algoritmos: Lógica para Desenvolvimento de Programação de Computadores. 23ª Edição. São Paulo: Érica: 2010. 3 STALLINGS, Willian. Arquitetura e Organização de Computadores. 8º edição. São Paulo: Prentice Hall Brasil, 2010. BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DALE, Nell; LEWIS, John. Ciência da Computação. 4ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2010. PERES, Fernando Eduardo; FEDELI, Ricardo Daniel; POLLONI, Enrico G. F. Introdução à Ciência da Computação. 2ª Edição. São Paulo: Cengage Learning, 2010. MAIA, Luiz Paulo. Arquitetura de redes de computadores. 1ª Edição. Rio de Janeiro: LTC, 2009. 4 STUART, Brian L. Princípios de Sistemas Operacionais – Projetos e Aplicações. 1ª Edição. São Paulo: Cengage Learning, 2010. 5 TANENBAUM, Andrew S. Organização Estruturada de Computadores. 5ª Edição. São Paulo: Prentice Hall Brasil, 2007. Bibliografia Basica – GUEDES (1) é o principal 02/08/2011 Professor Leomir J. Borba- –http://professorleomir.wordpress.com 25/04/2011 Professor Leomir J. Borba- –http:professorleomir.wordpress.com


Carregar ppt "TECNOLOGIA EM REDES DE COMPUTADORES INTRODUÇÃO A COMPUTAÇÃO Aula 6"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google