A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Senhoras e senhores internautas-espectadores Este programa não possui censura, é livre e foi feito especialmente para vocês!

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Senhoras e senhores internautas-espectadores Este programa não possui censura, é livre e foi feito especialmente para vocês!"— Transcrição da apresentação:

1

2 Senhoras e senhores internautas-espectadores Este programa não possui censura, é livre e foi feito especialmente para vocês!

3 Este programa foi originalmente produzido em preto e branco…

4 Novela de Benjamin Baseada na obra de Guilherme Figueiredo Tratado Geral dos Chatos Direção: Daniele Rodrigues

5 A primeira novela das 8 saudável, inteligente, útil e sem intervalo comercial !

6 Trilha sonora original Ludwig Van Beethoven

7 O GEH respeitosamente apresenta

8

9 8º Capítulo

10 A CRIANÇA CHATA Imagine (ou tente se recordar) da incrível dose de chateação que é a saída daquela aconchegante, quentinha, amorosa e silenciosa piscina materna, para a fria-barulhenta-holofótica-sem sentimentos sala de cirurgias da maternidade com todos os seus tormentos…

11

12

13 Portanto, desde o embrião, a criança armazena, do meio ambiente a que está coagida, uma quantidade de chatice que chamaríamos a chateação original, que os pais, amigos, vovós, tios, parentes, babás, etc tratam de desenvolver em constantes e continuados exercícios, daí a carga de chatice posteriormente apresentada pelas crianças, a qual só o tempo, a reação contra o meio e a idade poderão eliminar ou minorar. (chateação é algo passivo, algo que se sofre, e chatice é o ato de provocar chateação. A criança muda de atitude, ao perceber, pouco a pouco, que a estratégia de chatear… acaba conseguindo tudo do meio ambiente! A considerável extensão dos tipos de chatice infantil não permite uma classificação perfeita. Aqui apresentaremos uma tentativa, a ser corrigida, ampliada ou substituída por outras, à medida que progredirem os estudos especializados sobre o assunto:

14 1 - as diarréicas ou à milanesa 2 - as zurradoras 3 - as insones ou dráculas 4 - as prurídicas ou pestilentas 5 - as remelentas 6 - as desaforentas ou bocagianas 7 - as ludo-exaustivas, campeãs esportivas, viciadas em games 8 - as pedinchonas ou curiós 9 - as graciosas ou frankensteins 10 - as prodigiosas (mozartianas, dalinescas, shakespeareanas, einsteinianas) 11 - as queixosas ou calabares 12 - as ludoclastas, destruidoras de brinquedos, ou megatônicas 13 - as piranhas, também chamadas acrídios 14 - as insaciáveis, quero-mais, ou moisenianas

15 Como se vê, a lista é incompleta e provisória. Cabe notar que a criança pode passar rapidamente de uma para a outra classificação e que nenhuma delas, na realidade, é um arquétipo. Assim, por exemplo, Mozart, por influência paterna, era um protótipo raro, mas, tornando-se adulto, virou anjo; enquanto Beethoven, cujas orelhas o pai puxava para torná-lo mozartiano, virou gênio, porém surdo. O tipo primeiro-da-classe (prodigioso einsteiniano) pode tornar-se matemático, como Pascal, ou assassino, como Landru e Einstein (inventor da bomba atômica), ou prodígio mnemônico, como Pico Della Mirandola. A criança que prometia muito e a criança por quem não se dava nada são surpresas e mistérios para seus futuros biógrafos e psicanalistas, quando encaradas sob o prisma da chateabilidade.

16 Alguns exemplos

17

18

19 Os médicos especializados conhecem alguns tratamentos redutores da chatice infantil em determinados casos: clisteris, sulfas, (que às vezes ensurdecem as crianças mas não ensurdecem os pais), mordaças, camisas-de-força, óleo de rícino. Mas a pediatria e a pedagogia ainda não encontraram melhores corretivos do que a palmada (aplicada pelos pais e parentes próximos) e o beliscão (aplicado por qualquer um). Mas, de um modo geral, observa-se que os melhores corretivos para as crianças deviam ser aplicados aos pais (vide Mário de Andrade Eduquemos nossos pais in Os filhos da Candinha). A criança ama e admira os pais e por isso nada mais natural do que procurar absorver suas maneiras de sentir, pensar e agir. A imitação é um dos fatores fundamentais do aprendizado a que os psiquiatras chamam de identificação. Por isso, não é, pois, surpreendente que a confusão dos pais referente ao errado e certo, conduzindo-os a um comportamento dúbio, ambíguo, dizendo uma coisa e fazendo outra, será logo incorporado pelos filhos.

20 A idéia ou comportamento mais absurdo, repetido constantemente com ar de grande importância diante da criança menor de cinco anos, pode fixar-se indelevelmente na mente humana. Schopenhauer

21 Na atualidade a chatice infantil aumentou assustadoramente. Tal fato se deve ao advento da televisão e do computador, além da proliferação de uma nova geração de mães intelectualizadas, as quais, embora inseridas profissionalmente na competição do mercado globalizado, continuam desejando um filho como símbolo de auto-realização. Porém, tais mães não suportam as atividades maternais porque são repetitivas e por isso mesmo chatas, como dar comidinha, limpar bumbum, trocar fralda, etc; e a pobre da criança acaba sendo vista então como estorvo para sua carreira profissional, principalmente porque exige cuidados em demasia fora da vida profissional. Suspeita-se que essa situação chata em que a educação falta é que faz brotar uma geração de chatos, mandões, narcisistas, hedonistas, individualistas, e indiferentes ao semelhante.

22 Dos adultos chatos em relação às crianças As crianças, com seu extraordinário dom de apreensão do Universo, mesmo quando possuem QI igual a zero, e com a espantosa capacidade dialética de que são dotadas (atributos não necessariamente hereditários). Uma investigação cuidadosamente procedida pelo pediatra Silveira Sampaio em crianças apresentou o seguinte resultado. São chatos em relação às crianças:

23 1 - os pais 2 - os avós 3 - os irmãos 4 - os parentes 5 - os padrinhos 6 - as babás 7 - os professores 8 - os médicos 9 - os hóspedes 10 - as visitas 11 - os inspetores de classe 12 - as oficialas de justiça

24 A mesma investigação permitiu verificar também as coisas, fatos, fenômenos e ações que as crianças acham chatas, todas relacionadas com os adultos e por eles, de certo modo produzidas: 1 - sabonete 2 - escova de dentes 3 - pente 4 - hora certa 6 - colégio 7 - dia de chuva 8 - dia útil 3 - remédios 4 - pátrio poder 6 - falta de dinheiro 7 - castigo 8 - lição de casa 9 - regresso das férias 10 - ópera 11 - cama (com a idade a criança mudará de opinião)

25 Infelizmente, mesmo com todo o avanço tecnológico, cibernético, atômico, psicanalítico e científico, os pais e profissionais da área, em sua esmagadora maioria, ainda se comportam como João levando Maria pela mão quando perdidos na floresta. Em determinadas ocasiões, João pode localizar alguns pontos invisíveis para Maria. Em outras, contudo, ele, assim como Maria, poderão ter de conformar-se com palpites, ansiedades, erros e tentativas frustradas de acertos antes de encontrarem o caminho que os levará sem desvios ao lugar certo. E esse caminho, certamente, é o da verdadeira espiritualidade, que é indicado por quem o conhece, e que conduz às leis eternas e imutáveis da vida, nas quais não há a menor sombra de dúvida entre o errado e o certo, porque o certo não pode ser errado e o errado não pode ser certo. Tal conceito de relatividade quanto a isso é uma imensa e perigosa falácia democrática, de conseqüências terríveis e irreparáveis.

26 Meu Deus!

27 Semana que vem tem mais!

28 Não percam no próximo capítulo:

29 O CHATOLESCENTE

30 Uma produção Sama Multimídia Educação e Arte Todos os direitos reservados


Carregar ppt "Senhoras e senhores internautas-espectadores Este programa não possui censura, é livre e foi feito especialmente para vocês!"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google