A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA BANCO DO BRASIL TEXTO) Final de semana na residência Mello. Num dos quartos – embalada – decorado com toda sorte de mimos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA BANCO DO BRASIL TEXTO) Final de semana na residência Mello. Num dos quartos – embalada – decorado com toda sorte de mimos."— Transcrição da apresentação:

1

2 NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA BANCO DO BRASIL

3 TEXTO) Final de semana na residência Mello. Num dos quartos – embalada – decorado com toda sorte de mimos e bichos de pelúcia – dorme – ao doce embalo de sonoridade angelical que coaduna com um ambiente reflexo do céu – uma criança. Ainda que por uma lógica preconceituosa e de costumes, a resposta coerente para o destaque seria a) homem b) mulher c) adotada d) especial e) futuro homossex São pessoas pobres ou ricas? qual a cor do quarto? Resposta a

4 Alguns anos vivi em Itabira. Principalmente nasci em Itabira. Por isso sou triste, orgulhoso: de ferro. Noventa por cento de ferro nas calçadas. Oitenta por cento de ferro nas almas. E esse alheamento do que na vida é porosidade e comunicação Resposta E

5 PONTUAÇÃO REGRA GERAL ORDEM DIRETA: Sujeito + verbo + complemento + acessório – 2 – 3 : não se separam por vírgula, independente da ordem; 4 : separado ou isolado por vírgula (s) se fora da ordem.

6 exemplo No Rio de Janeiro uma menina de apenas 7 anos filha de pai acreano e mãe carioca foi uma das vítimas dos deslizamentos de terra que atingem a capital.,,, 1 - Uma menina de apenas 7 anos 2 – foi 3 – uma das vítimas dos deslizamento de terra 3.1 – que atingem a capital 4 – no Rio de Janeiro Aposto – filha de pai acreano e mãe carioca

7 1. (ABC-SP) Assinale a alternativa cuja frase está corretamente pontuada: a) O sol que é uma estrela, é o centro do nosso sistema planetário. b) Ele, modestamente se retirou. c) Você pretende cursar Medicina; ela, Odontologia. d) Confessou-lhe tudo; ciúme, ódio, inveja. e) Estas cidades se constituem, na maior parte de imigrantes alemães. X

8 2. (BB) "Os textos são bons e entre outras coisas demonstram que há criatividade". Cabem no máximo: a) 3 vírgulas b) 4 vírgulas c) 2 vírgulas d) 1 vírgula e) 5 vírgulas X

9 3. (CESGRANRIO) Assinale o texto de pontuação correta: Não sei se disse, que, isto se passava, em casa de uma comadre, minha avó. Eu tinha, o juízo fraco, e em vão tentava emendar-me: provocava risos, muxoxos, palavrões. A estes, porém, o mais que pode acontecer é que se riam deles os outros, sem que este riso os impeça de conservar as suas roupas e o seu calçado. Na civilização e na fraqueza ia para onde me impeliam muito dócil muito leve, como os pedaços da carta de ABC, triturados soltos no ar. Conduziram-me à rua da Conceição, mas só mais tarde notei, que me achava lá, numa sala pequena. X

10 4. (TTN) Das redações abaixo, assinale a que não está pontuada corretamente: (aluno, altere a letra B) a) Os candidatos, em fila, aguardavam ansiosos o resultado do concurso. b) Em fila, os candidatos aguardavam, ansiosos, o resultado do concurso. c) Ansiosos, os candidatos aguardavam, em fila, o resultado do concurso. d) Os candidatos ansiosos aguardavam o resultado do concurso, em fila. e) Os candidatos, aguardavam ansiosos, em fila, o resultado do concurso. X

11 5. (CARLOS CHAGAS-BA) Os períodos abaixo apresentam diferenças de pontuação, assinale a letra que corresponde ao período de pontuação correta: a) Pouco depois, quando chegaram, outras pessoas a reunião ficou mais animada. b) Pouco depois quando chegaram outras pessoas a reunião ficou mais animada. c) Pouco depois, quando chegaram outras pessoas, a reunião ficou mais animada. d) Pouco depois quando chegaram outras pessoas a reunião, ficou mais animada. e) Pouco depois quando chegaram outras pessoas a reunião ficou, mais animada. X

12 6. (CESGRANRIO) Das seguintes redações, assinale a que não está pontuada corretamente: a) Os meninos, inquietos, esperavam o resultado do pedido. b) Inquietos, os meninos esperavam o resultado do pedido. c) Os meninos esperavam, inquietos, o resultado do pedido. d) Os meninos inquietos esperavam o resultado do pedido. e) Os meninos, esperavam inquietos, o resultado do pedido. X

13 7. (CARLOS CHAGAS-PR) Assinale a alternativa em que o texto está corretamente pontuado: a) Bem te dizia eu, que não iriam a bons resultados as tuas paixões b) Bem te dizia eu que, não iriam a bons resultados as tuas paixões c) Bem te dizia eu que não iriam a bons resultados, as tuas paixões. d) Bem te dizia eu que não iriam a bons resultados as tuas paixões. e) Bem te dizia eu que não iriam, a bons resultados as tuas paixões. X

14 8. (AFTN) Indique o trecho que apresenta erro quanto ao emprego dos sinais de pontuação: a) "Interferências demagógicas de governos, levaram o Sistema Brasileiro de Habitação à falência em que hoje se encontra." (Folha de São Paulo, 05/10/89, p. A-4). b) "Mas a disputa pelos direitos do livro - a ser editado no Brasil, evidentemente, pela Marco Zero, da qual Márcio de Souza é diretor - apenas começou." (Leia, agosto / 89, p. 14) c) "O convite veio de Jofre Rodrigues, sócio principal da produtora J. N. Filmes. Assim que a notícia foi divulgada na Europa, editoras alemãs, francesas e americanas começaram a assediar o agente literário Thomas Colchio, que responde pelo escritor brasileiro na França." (Leia, agosto / 94, p. 14). d) "Ao lado da disputa pelos direitos de filmagem da vida do líder seringueiro Chico Mendes, arma-se uma outra briga: o alvo, agora, é o argumento do filme, que será escrito pelo romancista amazonense Márcio de Souza." (Leia, agosto / 94, p. 14). e) "O bom humor voltou à vida de Arraes depois do encontro com Brizola na semana passada. Exatamente o que conversaram os dois políticos ninguém sabe." (Folha de São Paulo, 05/10/89, p. A-4 X X

15 9. (TTN) Identifique o trecho em que algum sinal de pontuação não foi corretamente empregado: a) Sócrates tem consigo, a seu lado, o que, primeiro, antes dos outros, ele mesmo chamou o seu demônio. b) E, assim, nos seus momentos de hesitação e incertezas, era "a voz divina" (expressão sua) que lhe falava, onde ia achar novamente a segurança. c) Freqüentemente, ó paradoxo! a voz o aconselhava a abstenção e não a ação. d) E Nietzsche: Nessa natureza anormal, a sabedoria instintiva só se manifesta quando é para opor-se ao conhecimento consciente. e) Se, em todos os homens produtivos o instinto, é uma força afirmativa e criadora, e a consciência crítica e negativa, em Sócrates, o instinto é crítico e a consciência uma afirmação. (Mário Pedrosa, com modificações) X X

16 10. (BANESPA) Assinale a alternativa em que a pontuação do período é incorreta: a) Só te peço isto: que não demores. b) A raposa, que é matreira, enganou o corvo. c) Mal ele entrou, todos se retiraram. d) A cartomante fez uma só previsão; que ele ainda seria feliz. e) Pensei que não mais virias. X

17 11. (ESAF) Assinale a frase correta quanto à pontuação: a) O parágrafo único do artigo 37, também trata da isenção do imposto em caso semelhante ao estudado. b) A mãe do soldado implorara piedade, confidenciou-me o tenente; o general porém, mandou executar a sentença. c) Eu para não ser indiscreto, retirei-me calmamente da sala, quando percebi que o assunto era confidencial. d) Embora o doente não corresse mais perigo, os médicos resolveram mantê-lo em observação durante doze horas. e) É alentador, o que os indicadores econômicos demonstram: uma retomada do desenvolvimento em São Paulo, o maior parque industrial brasileiro. X

18 12. (ITA) Assinale a questão que contenha o texto pontuado corretamente: a) Ele não virá hoje; não contem, portanto, com ele. b)O reitor daquela famosa universidade italiana, chegará aqui amanhã. c) São José dos Campos 15 de março, de d) Quero que, assine o contrato. e) Qualquer bebida que, contenha álcool, não dever ser tomada por você. X

19 13. (ITA) Dada as sentenças: 1. Quase todos os habitantes daquela região pantanosa, e longe da civilização, morreram de malária. 2. Pedra que rola não cria limo. 3. Muitas pessoas observaram com interesse, o eclipse solar. Deduzimos que: a) apenas a sentença número 1 está correta b) apenas a sentença número 2 está correta c) apenas a sentença número 3 está correta d) todas estão corretas e) n.d.a X

20 14. (AFTN) Assinale a seqüência de sinais de pontuação que preenche corretamente os espaços numerados no texto: "É através da dinâmica institucional (1) que se fabrica(2) quase sempre (3) o delinqüente juvenil. A instituição (4) ao invés de recuperar (5) perverte (6) ao invés de reintegrar e ressociatizar (7) exclui e marginaliza (8) ao invés de proteger (9) estigmatiza." (Vicente Faleiros) a),,, ;, ;, b),, ;, ;, c),, : ; : ; : d),, ;, e),,, - -,, ;, X

21 15. (TRE-RJ) A alternativa em que há erro no uso da vírgula é: a) Fui à Faculdade, não o encontrei, porém. b)Depois falaram, o professor, os pais, os alunos e o diretor. c) No dia 15 de novembro, feriado nacional, foi proclamada a República. d) Pelé, Ministro dos Esportes, está preocupado com a violência dos estádios. e) Chirac, que é Presidente da França, ainda não suspendeu as experiências nucleares. X

22 CRASE

23 - SEMPRE OCORRE CRASE Antes de horas (oposto ao meio-dia) Antes de locuções adverbiais femininas - PROIBIDO CRASE Antes de verbos Antes de masculinos, salvo MODA, ESTILO, TENDÊNCIA Antes de pronomes em geral, salvo demonstrativo (aquele), relativo (que, a qual), tratamento (senhora, senhorita) Preposição (a) + substantivo plural Entre palavras repetidas - FACULTATIVO Nomes próprios Palavra até Pronomes possessivos femininos singulares Locução adverbial feminina de instrumento - OBSERVAÇÕES Palavras CASA, TERRA e DISTÂNCIA À procura / a procurar Crase é a fusão da preposição (a) exigida por verbos e substantivos com artigo (a) de substantivos femininos ou inicial (a) de demonstrativos aquele e flexões. convocou o aluno / a aluna O professor telefonou ao aluno / aa (à) aluna

24 Macete: a crase é típica antecedente de palavras femininas. Assim, substitui a feminina por masculina qualquer. A masculina exige ao, a feminina é crase. _____ noite _____ Candinha das tavernas envia ____ cesta de docinhos ____ madre superiora no convento. anoitecer Tião das tavernas envia modelo de docinhos marceneiro do bairro ao à o o a à a

25 1. Em "...inerentes a minha condição," (L. 15), segundo o registro culto e formal da língua, o acento grave indicativo da crase é facultativo. A crase também é facultativa na frase a) A ninguém interessam os meus erros. b) Contou os seus problemas a um profissional especializado. c) Ele estava disposto a tentar de novo. d) Correu até a amiga para pedir desculpas. e) Fez, de caso pensado, críticas a ela. X - FACULTATIVO Nomes próprios Palavra até Pronomes possessivos femininos singulares Locução adverbial feminina de instrumento

26 2. Das alterações feitas abaixo na redação do trecho "tocando aquela música em que RC declara à amada" (3º parágrafo), aquela em que o acento da crase tem emprego facultativo é: a) tocando aquela música em que RC declara à mulher amada. b) tocando aquela música em que RC declara à Julieta, a mulher amada. c) tocando aquela música em que RC declara à moça por ele muito amada. d) tocando aquela música em que RC declara à nova amada. e) tocando aquela música em que RCdeclara à única amada de sua vida. X - FACULTATIVO Nomes próprios Palavra até Pronomes possessivos femininos singulares Locução adverbial feminina de instrumento

27 3. (IBGE) Assinale a opção em que o A sublinhado nas duas frases deve receber acento grave indicativo de crase: a)Fui a Lisboa receber o prêmio. / Paulo começou a falar em voz alta. b) Pedimos silêncio a todos. Pouco a pouco, a praça central se esvaziava. c) Esta música foi dedicada a ele. / Os romeiros chegaram a Bahia. d) Bateram a porta fui atender. / O carro entrou a direita da rua. e) Todos a aplaudiram. / Escreve a redação a tinta. X

28 4. Considerando-se o emprego do acento indicativo da crase, no trecho -. e uma decisão passional pode custar indenizações milionárias ao réu. - a expressão ao réu pode ser corretamente substituída por a) à um condenado pela lei. b) à quem for condenado. c) à uma pessoa que for condenada. d) àquele que for condenado. e) à alguém que seja condenado. X

29 5. O acento indicativo de crase foi corretamente empregado apenas em: a) o cidadão não atende à apelos sem fundamento. b) no artigo, o autor citou à necessária reforma do Estado. c) convencemos à todos da necessidade de um pacto social. d) o cidadão não se rendeu àqueles discursos demagógicos. e) os governantes dispuseram-se à colaborar. X

30 6. O acento indicativo da crase só está corretamente empregado em a) Só consegui comprar a televisão à prestações. b) O comerciante não gosta de vender à prazo. c) Andar à pé pela orla é um ótimo exercício. d) Entregue o relatório à uma das secretárias. e) Chegaremos ao trabalho à uma hora da tarde. -Crase é obrigatório nas indicações de horas, no sentido de apontar As indicações dos ponteiros do relógio. (oposto a ao meio-dia); ATENÇÃO: se indicar intervalo de tempo (período): -futuro, usa-se a preposição a; -Passado, usa-se o verbo há. X

31 7. O sinal indicativo de crase deve ser usado somente no a presente em a) Mas a dor de dente pode passar a ser um problema. b) Os pais costumam levar a seus filhos a obrigação de serem felizes. c) Não se deve dar importância a chamada da capa da revista d) Os livros publicados por universidades devem ser levados a sério. e) O dinheiro não traz a felicidade que se imagina, quando se luta por ele. X

32 8. (UM-SP) Marque o período em que o uso da crase é permitido: a) Enviei à Roma suas fotografias. b) Foi à Lapa para inaugurar a gráfica. c) Alô, franceses, chegamos à Paris. d) Viajou à Londres, a fim de rever antigo amor. e) Referimo-nos à Niterói, em nossa excursão pelo interior. VEM DE: A VEM DA: À Considerando que ocorra alguma especificação ou adjetivação para o nome geográfico, inverte a regra vem de / vem da X

33 9. Está correto o emprego ou a ausência do sinal de crase na frase: a) Consumidores menos abastados, com menor poder de negociação, submetem-se as exigências dos credores a fim de obterem crédito. b) Lado a lado com as conquistas econômicas, os estratos sociais mais baixos ascenderam a uma classe social superior. c) Os produtos destinados à classes sociais de maior poder aquisitivo estão a disposição da classe C, por conta do crédito fácil. d) O poder público busca atender, à todo momento, com medidas pertinentes, as necessidades das classes mais desfavorecidas. e) A mídia estampa de maneira persuasiva e à qualquer hora produtos destinados à uma classe emergente cada vez maior. X

34 10. Julgue os itens a seguir quanto ao emprego do acento grave nas frases neles apresentadas. I Acostumado à vida parlamentar, o senador resistiu à reação desproporcional pretendida pela bancada oposicionista. II A rotina, à qual o ator aderira em 2001, era igual à de sua parceira de novelas. III Inúmeros países, à partir daí, não criaram obstáculos à paz. IV A globalização financeira, associada à melhores instituições e à estabilidade macroeconômica, contribuiu para elevar a taxa de investimento do Brasil. Estão certos apenas os itens a) I e II. b) I e III. c) I e IV. d) II e IV. e) III e IV. X

35 11. (UM-SP) I - Em relação a renda familiar, o emprego intensivo de mão-de-obra não é a melhor solução. II - Desde a última década, sinistros presságios atormentavam-lhe a mente. III - Os investidores americanos, habituados à lentidão do ritmo inflacionário, conseguem acumular fortuna. De acordo com o emprego adequado da crase, deduz-se que: a) todos os períodos estão corretos b) nenhum dos três períodos estão corretos c) estão corretos os períodos I e II d) estão corretos os períodos II e III e) somente o período III está correto X

36 12. Dos trechos transcritos, assinale aquele em que se poderia empregar opcionalmente o acento indicativo de crase. a) Preferência a respeito das ações humanas. b) Diante da multiplicidade de caminhos a nossa disposição. c) Na verdade, somos obrigados a escolher. d) Podem ser predicados a todos os atos humanos. e) Não se reduzem a fenômenos meramente subjetivos. - FACULTATIVO Nomes próprios Palavra até Pronomes possessivos femininos singulares Locução adverbial feminina de instrumento X

37 13. Há falta ou ocorrência indevida do sinal de crase em: a) Não é preciso agarrar-se à nenhuma teoria lingüística para se chegar à conclusão de que uma língua se constitui a partir de muitos intercâmbios com outras. b) Ao se referir à lingua de Cabral, o autor do texto lembra que, àquela época, certas sonoridades não eram estranhas às do português que se fala hoje no Brasil. c) Assim, à primeira vista, não é fácil avaliar o que há de idêntico entre a prosódia brasileira e aquela que se verifica em Lisboa. d) Tendo em vista a necessidade de se preservar a estrutura de uma língua, apela-se, com freqüência, às sistematizações da gramática normativa. e) Daqui a um bom tempo, o português falado no Brasil poderá estar a uma considerável distância do que se fala hoje. X

38 14. Quanto à observância da necessidade do sinal de crase, a frase inteiramente correta é: a) Voltam-me à memória os romances a que me dediquei como jovem leitor, bem como os filmes a que assisti com tanto prazer. b) Se à princípio os jovens demonstram pouco interesse pelas ficções, o contínuo estímulo a elas pode reverter esse quadro. c) Quem se entrega à boa leitura pode avaliar sua inestimável contribuição à uma vida interior mais rica e mais profunda. d) Ao se referir à ficção de "O Caçador de Pipas", o autor tomou-a como exemplo essencial a argumentação que desenvolvia. e) Os que se dedicam à cultivar a boa literatura sabem o quanto é difícil dotar as palavras de um sentido verdadeiramente essencial. X

39 1 - DITADO De repente Macaxeira Alvissareiro Miçanga Passional sacanagem Friagem Pajem Aragem Fuleiragem 1 – 10 palavras + de 10 palavras candeeiro promissor assessor ascensorista sarjeta mochila jirau piseiro caçarola berinjela

40 EXERCÍCIOS DE PARONÍMIA / HOMONÍMIA (Significação de Palavras)

41 1. Considerando-se as estruturas linguísticas a partir das quais se encontram organizadas as informações do TEXTO I, especialmente no que se refere aos aspectos morfológicos, é CORRETO afirmar que a) em: "...entre os que pensam a segurança nas universidades e os que combatem a violência..." (l. 12), as palavras destacadas desempenham a mesma função textual que desempenharia a palavra "aqueles", neste contexto; b) em: "incomum" (l. 04) e em: "incorpora" (l. 06), os segmentos destacados conferem à palavra à qual se agregam uma idéia de negação; c) a correção gramatical normativa e a compreensão das ideias veiculadas no texto seriam mantidas se o trecho "... a especialização, na Academia de Polícia do FBI, na Virgínia, em gestão de crises e ainda curso de gerenciamento de empresas." (l ) fosse reescrito da seguinte forma "... a especialização, na Academia de Polícia do FBI, na Virgínia, em gestões de crises e ainda cursos de gerenciamentos de empresas."; d) em: "Souza faz parte de uma nova geração..." (l. 08) e em: "...que está ascendendo na hierarquia da segurança pública." (l ), as palavras destacadas exercem a mesma função morfológica neste contexto; e) dadas a sua função morfológica e a sua importância, a palavra "finalmente" (l. 11) poderia ser retirada do texto sem que houvesse qualquer alteração de sentido e nem mesmo de sinalização do posicionamento do autor em relação à discussão. (trecho do texto:... Foi o primeiro a ocupar cargo tão alto e um sinal visível de que, finalmente, se começa a perceber no país como é importante estabelecer uma integração...) X

42 2. O valor semântico atribuído ao verbo dar, apresentado entre parênteses, está INCORRETO na frase a) Lamentavelmente, deu pouco tempo do seu dia para uma reflexão. (dedicar) b) Embora tivesse magoado algumas pessoas, não se deu conta. (percebeu) c) Daqui a um tempo, dará por terminado o seu problema maior. (considerar) d) O seu primeiro erro se deu quando tentou ajudar um amigo em apuros. (concedeu) e) No presente, a vida se dá tão pessimista. (apresenta) X

43 USO DO X / J USO DO CH / G Palavras vulgares, não técnicas, coloquiais, chulas, gírias; Ameríndias, africanas, árabes, indígenas; Após ditongos; Após EN ou ME* * encharcar, enchente, enchova; mecha Palavras cultas, técnicas, específicas; Europa e Ásia Final GEM* PAJEM, LAMBUJEM

44 3. Leia com atenção os dois fragmentos a seguir, analisando o significado de cada uma das palavras em destaque: "A participação política feminina encontra-se ESTAGNADA no Brasil" (1º parágrafo) / "adotando discursos agressivos, TÍPICOS de quem precisa lutar muito para ocupar um espaço" (2º parágrafo). Podem substituir as palavras em destaque nos fragmentos acima, sem prejuízo do sentido, respectivamente, as palavras do seguinte par: a) estancada / próprios; b) progredida / peculiares; c) detida / insólitos; d) jorrada / específicos; e) cristalizada / emblemáticos. X

45 4. Está correto o emprego de seção, em seção eleitoral (1º parágrafo), assim como está correto o do termo sublinhado na frase: a) A secção em que se deveria homenageá-lo foi adiada para a próxima semana. b) Ele se indispôs contra a seção de seus direitos em favor de tantos parentes e contraparentes. c) Na sessão para a qual foi indicado para assumir nova função, o chefe é reconhecidamente um intolerante. d) Não houve como obter dele a cessão de seu posto para um colega mais experiente. e) A sessão longitudinal dessa planta expôs os vestígios do parasita que a fez definhar. X

46 Paronímia e Homonímia SEÇÃO/SECÇÃO. (departamento, divisão, setor). Visitei a seção de presentes. SESSÃO (espetáculo, cerimônia, apresentação). Assistiremos à sessão das dez horas. CESSÃO (verbo ceder, doar, dar). Jorge Viana procedeu a cessão das casas populares.

47 5. A substituição de palavra ou construção sintática que altera fundamentalmente o sentido de: "Não penso no caso da tentativa de suicídio, porque esta pode decorrer de um sofrimento psíquico tão intenso que justifica a sociedade tratar não só os danos físicos, mas a causa íntima deles" (2º parágrafo) encontra-se proposta em: a) porque / haja vista que; b) esta / semelhante tentativa; c) decorrer de / determinar; d) tão intenso que justifica a sociedade tratar / intenso a ponto de justificar que a sociedade trate; e) não só os danos físicos, mas / os danos físicos e. X

48 Paronímia e homonímia POR QUE. - em início de perguntas. Por que você faltou? - substitui por pelo qual / pela qual. O caminho por que vim está tutmultuado. - substitui por por qual motivo. Não sei por que choras. POR QUÊ. - As mesmas regras do POR QUE, sendo usado próximo à pontuação da frase. Exemplos: Você faltou por quê ? Ela não veio nem explicou por quê.

49 Paronímia e Homonímia PORQUE. - Usado em início de respostas (períodos compostos). - substitui por: pois, por causa de, porquanto. Vim de taxi porque chovia muito. Por que me evita? Não será porque me devia aquele dinheiro. PORQUÊ. - Se vier precedido de um, o, este, algum, qualquer, do (de + o). - sinônimo de motivo. Não entendi o porquê da contenda entre elas.

50 6. A sentença em que as palavras "por que" têm o mesmo sentido com mesmo emprego de "sabe-se lá por que arcaico crime..." (L. 2) é a) Este é o lugar por que andou para chegar ao hotel. b) Por que a insônia é um problema crônico. c) Os autores lutam por que os direitos autorais lhes sejam pagos corretamente. d) Por que ler antes de dormir. e) Por que habilidade ele se destacou em sua carreira? X

51 7. A palavra em destaque está adequadamente empregada na seguinte frase: a) Esse é o produto anticético mais poderoso já utilizado no hospital. b) Temendo que sua fala fosse caçada, evitou agressões. c) Esse estrato social é o mais afetado quando há chuvas torrenciais. d) A correta emersão dos pães no caldo é que vai garantir o sucesso da receita. e) O ilícito tráfego de influências que praticava o levou ao banco dos réus. X

52 8.São heróis, não super-heróis ou celebridades, como os "heróis" de hoje. (final do 4º parágrafo). As aspas em "heróis" assinalam a) intenção de realçar o sentido da palavra, por sua repetição na frase. b) emprego desnecessário da palavra, por ter sido utilizada anteriormente. c) palavra empregada como gíria, com sentido fiel ao contexto das histórias de ficção. d) explicação necessária do sentido específico da palavra, como esclarecimento no contexto. e) sentido particular, diferente daquele com que a palavra foi empregada anteriormente na frase. X

53 9. Em "Quando o juazeiro flora..."(L. 4), a palavra em negrito é verbo. Pode, no entanto, num outro contexto, ser usada como substantivo. Dentre as seguintes, as palavras que também podem ocorrer como verbo ou substantivo, dependendo do contexto, são: a) bebo e falo. b) trafego e sirva. c) sento e banco. d) sofro e deixa. e) canto e passo. X

54 10. Considere o valor semântico do conectivo grifado no seguinte trecho: "as necessidades dos seres humanos não são apenas de ordem material, como os alimentos, a roupa, a moradia". Essa expressão tem o mesmo sentido na alternativa seguinte: a) Como só nos afirmamos na convivência com os outros, ninguém pode sobreviver sozinho. b) Todos conhecemos como é difícil viver sem a participação dos outros. c) A convivência social também implica a existência de limites; como acontece até mesmo com os grupos familiares. d) Falamos ou calamos como permitem os contextos sociais em que atuamos. e) Como aprender a conviver com as diferenças de pessoas e grupos? X

55 11. Kerckhove define que o meio é a base para esse salto da inovação. (3º parágrafo) Segundo o Dicionário Houaiss, o vocábulo meio pode significar: 1. parte de uma coisa equidistante de seus bordos, extremidades; metade. 2. o centro de um espaço; lugar que dista igualmente de todos os pontos a seu redor. 3. momento que separa em duas partes iguais um espaço de tempo. 4. aquilo que ocupa uma posição entre duas ou mais coisas. 5. aquilo que serve para ou permite alcançar um fim. O sentido de meio na frase acima está mais próximo de a) 5. b) 4. c) 3. d) 2. e) 1. X

56 12. os sinônimos de exilado, assustado, sustentar e expulsão são, respectivamente: a) degredado, espavorido, suster e proscrição. b) degradado, esbaforido, sustar e prescrição. c) degredado, espavorido, sustar e proscrição. d) degradado, esbaforido, sustar e proscrição. e) degradado, espavorido, suster e prescrição X

57 13. Ou seja, a natureza não dá mais conta de repor tudo o que o bicho-homem tira dela. (1° parágrafo). A expressão grifada assinala a) a retomada, em outros termos, do sentido da afirmativa anterior, para enfatizar a importância do respeito ao ritmo da natureza na reposição de seus elementos. b) uma oposição à informação anterior, tomando por base os dados contidos no relatório, de que há na natureza sinais de esgotamento de suas riquezas. c) uma retificação ao que foi informado anteriormente, a respeito da importância do fornecimento de recursos naturais para que o homem sobreviva no planeta. d) a adição de novos dados ao contexto, para que os problemas que vêm sendo mencionados sejam devidamente solucionados. e) uma dúvida a respeito da possibilidade de percepção de que o homem deve tornar-se um auxiliar da natureza na reposição de suas riquezas. X

58 Paronímia e Homonímia

59

60 14. ) Atenta as sentenças abaixo a) Na parte traseira do caminhão lia-se a seguinte inscrição: prá que esta pressa meu irmão? b) O mergulhador diante do recife de corais espanta-se com a maravilhosa fauna e com o aviso: cuidado, esses animais são venenosos. c) Durante o período de férias foi uma fuleiragem na minha cabeça. Visitou-me titia e priminhas e fomos à praia; com maravilhosas cangas estas e com sumário asa delta aquela. d) Minha querida, você não imagina as maravilhas que vi na Alemanha nessa Copa do Mundo. Museus, parques, delicatessens... e) Ah, minha amiga, quanto tempo. Bom, caminho ao canal. E você onde? X

61 15) Meu filho no Araújo, uma ____________ engraçada quando não ganha o que deseja. Na posse do presidente, a ________________ da faixa foi uma maravilha. Nessa época de políticas, e comícios, ____________ de cestas básicas é comum. sessão – cessão – cessão seção – sessão – cessão sessão – cessão – seção cessão – seção – sessão seção – seção – cessão X

62 ANÁLISE SINTÁTICA

63 IDENTIFICAÇÃO DOS TERMOS 1 Reconhece o verbo; 2 faze as perguntas QUE / QUEM antes do verbo – a resposta é o SUJEITO; o verbo e o demais é o PREDICADO após o verbo, marca o COMPLEMENTO (se necessário);

64 SUJEITO é o termo a que o predicado se refere. SIMPLES: um só núcleo; COMPOSTO: mais de um núcleo; IMPLÍCITO, DESINENCIAL, ELÍPTICO (oculto): a partir da flexão verbal (conjugação), determinam-se os pronomes EU, TU, EL (A), NÓS, VÓS* (*se o pronome implícito for ELES, o sujeito é indeterminado); INDETERMINADO: 1 ocorre com VTI / VI + SE, ou (2) verbo na 3ª plural (eles/implícito); SEM SUJEITO: 1 verbo HAVER (sentido existir, ocorrer...); 2 verbo FAZER (ideia de tempo passado); 3 verbo indicativo de fenômeno da natureza

65 1. (UF-MG) Em todas as alternativas, o termo em negrito exerce a função de sujeito, exceto em: a) Quem sabe de que será capaz a mulher de seu sobrinho? b) Raramente se entrevê o céu nesse aglomerado de edifícios. c) Amanheceu um dia lindo, e por isso todos correram às piscinas. d) Era somente uma velha, jogada num catre preto de solteiros. e) É preciso que haja muita compreensão para com os amigos. X

66 PREDICADO: informação a respeito do sujeito NOCIONAL: forma ideia ou tem objeto. NÃO NOCIONAL: não tem objeto / não forma ideia. verbalnominalVerbo-nominal - Verbos nocionais; - V.T ou V.I; - Objetos, adjuntos. -Verbos não nocionais; - adjuntos; - predicativo do sujeito -Verbos nocionais; - V.T ou V.I; - Objetos, adjuntos. - predicativos do sujeito e/ou do objeto.

67 2.Assinale a alternativa que apresenta uma afirmação INCORRETA, observando as relações sintáticas estabelecidas entre os termos em destaque. a) Nos trechos "Souza faz parte de uma nova geração..." (l. 08) e "Foi o primeiro a ocupar cargo tão alto..." (l. 10), os termos em destaque têm em comum o sujeito gramatical. b) No trecho: "... os que pensam a segurança nas universidades e os que combatem a violência nas ruas." (l ), a relação sintática estabelecida entre "a segurança" e "pensam" é a mesma que se verifica entre "a violência" e "combatem". c) Observa-se na sequência: "...bandidos são vítimas da sociedade..." (l ), o emprego da preposição "de" como exigência de "vítimas" e o artigo "a" como exigência do substantivo "sociedade". d) Em: "Havia por trás disso a visão distorcida..." (l. 17), se substituirmos a sequência em destaque por "as visões distorcidas" a forma verbal "Havia" tomará a sua forma de plural "Haviam", para que a correção gramatical se mantenha. e) Em: "mazelas sociais" (l. 17) e "reformas sociais" a palavra "sociais" estabelece, em cada ocorrência, com seu respectivo antecedente, a mesma relação sintática. X

68 3. O velho gaúcho foi ajudar, no posto mais próximo do hotel em que se hospedara, o serviço de assistência aos desabrigados pelo temporal. A função sintática do termo grifado acima é a mesma do termo, também grifado, da frase: a)... quando um mais afobado desanda a correr pelo pátio... b) Como tem prática de campo e prática de cidade... de repressão a contrabando... c)... propõe, de saída, a divisão dos serviços em setores bem caracterizados... d)... mas tudo se resolve com bom humor. e) Nomeia o rapazinho seu ajudante-de-ordens... X

69 4. Na fala da charge, reproduzida abaixo, os termos grifados exercem as seguintes funções sintáticas: "...e como eu ia dizendo, é muito mais econômico você andar devagar e ser assaltado por mim do que correr e ser assal tado pelo radar. E eu nem somo pontos em sua habitação ! a) objeto direto - objeto indireto - adjunto adverbial. b) adjunto adnominal - sujeito - adjunto adverbial. c) predicativo - agente da passiva - adjunto adverbial. d) objeto direto - objeto direto preposicionado - objeto indireto. e) aposto - objeto indireto - objeto direto preposicionado. X

70 5. A República criou o brasileiro genérico e abstrato. (2 o parágrafo) O mesmo tipo de complemento verbal grifado acima está na frase: a)... esse esporte assumiu entre nós funções sociais extrafutebolísticas... b)... respondem por sua imensa popularidade. c) O advento do futebol entre nós coincidiu com a busca de identidades reais... d)... a vida recomeça continuamente... e)... os 22 jogadores não atuavam como dois times de X

71 Os oblíquos e a complementação Os pronomes O, A, OS, AS (e cujas variações) funcionam como OBJETO DIRETO; Os pronomes LHE, LHES e A ELE(S) funcionam como OBJETO INDIRETO Os pronomes ME, TE, SE, NOS, VOS funcionam como OBJETO DIRETO ou INDIRETO

72 Verbos pronominais -Somente ocorrem com o pronome: QUEIXAR- SE, ARREPENDER-SE,SUICIDAR-SE, COMPADECER-SE (SE é partícula integrante)

73 6. "Ou será que existe outro modo de garantir nossa sobrevivência a longo prazo com mísseis carregando armas nucleares apontados uns para os outros, prontos a serem detonados?" Lendo o período acima, considere a resposta correta. a) O sujeito de "existe" é indeterminado b) O período é composto por subordinação e sua oração principal é "existe outro modo". c) "carregando armas nucleares" e "apontados uns para os outros" exercem função adjetiva. d) Armas nucleares é sujeito de carregando. e) Quanto à transitividade, existir é semelhante a carregar e garantir. X

74 7. Assinale a alternativa em que a função do termo grifado está corretamente indicada. a) "[...] será só o incentivo à violência o resultado [...]." (linha 23) - objeto indireto b) "Sobre os atentados brutais: elas os vêem." (linha 45) - adjunto adnominal c) "Hoje, ninguém idealiza nada." (linha 20) - sujeito indeterminado d) "Está secretando os anticorpos à violência e as atitudes necessárias à sua sobrevivência." (linhas 38-39) - objeto direto e) n.d.a X

75 8. Os trechos abaixo constituem parte de um texto adaptado de O Estado de S.Paulo de 16/3/2008. Assinale a opção em que há erro de sintaxe. a) O último balanço do desempenho dos tribunais superiores mostram a urgente necessidade de medidas processuais destinadas a descongestionar o Poder Judiciário. b) No STJ, desde o ano passado, estão sendo protocolados, diariamente, cerca de 1,5 mil processos, em média. c) E, no STF, verificou-se mais um recorde. Só em janeiro último, ele recebeu cerca de 18 mil novos recursos. d) Esse é o mesmo número de ações que a Corte protocolou durante todo o ano de 1988, quando foi promulgada a Constituição em vigor. Em 20 anos, o volume de processos no STF cresceu 500%. e) No ano passado, o STF julgou mais de 159 mil ações e recebeu cerca de 120 mil novos processos. Em média, cada ministro tem de relatar 10 mil ações por ano. A estimativa é de que esse número continue a crescer. X A concordância SUJEITO / VERBO está prejudicada

76 9. ?Anda tudo muito desorganizado, e, como deves notar, trago comigo um resto de verão [...].? (linhas 31-32) O termo destacado no trecho acima, quanto à função sintática, classifica-se em a) adjunto adverbial. b) aposto. c) predicativo do sujeito d) adjunto adnominal. e) n.d.a X

77 elas também causam impactos significativos na agricultura e na saúde humana. (final do texto) O verbo que exige o mesmo tipo de complemento que o do grifado acima está na frase: a)... grandes pinheiros brotam por toda parte. b)... mas que chegaram ao Brasil... c)... e aqui encontraram espaço... d)... o búfalo e o pinus são apenas espécies exóticas. e)... e competindo com elas por alimento. X

78 11. O elemento sublinhado que desempenha o papel de paciente do termo anterior é: a) "duas formas de revolução". b) "as lágrimas das populações". c) "novo patamar de desenvolvimento". d) "o valor do dinheiro". e) "o lançamento do real". X -Formas subordinam-se às revoluções; as revoluções têm formas; - as populações têm lágrimas (subordinado); - desenvolvimento tem patamares (subordinado); - dinheiro tem valores (subordinado); - real não tem lançamentos. Lançamento sobrepõe-se ao real (subordinado)

79 12. Quando amainar a chuva, veremos quantos bois sobreviveram às inundações de janeiro. Na frase acima, os termos destacados exercem a função sintática, respectivamente, de: objeto direto – objeto direto – adjunto adverbial objeto direto – objeto direto – adjunto adnominal objeto direto – sujeito – adjunto adverbial sujeito – sujeito – adjunto adnominal sujeito – objeto direto – adjunto adverbial X

80 16. O ensino técnico profissionalizante de fato precisa hoje correr contra o relógio, pois, se persistir a falta de pessoal qualificado, as oportunidades acabam definitivamente perdidas pela desistência dos potenciais empregadores. (L.46-50) O termo sublinhado no período acima exerce a função sintática de a) adj. adverbial. b) agente da passiva. c) compl. nominal. d) adj. adnominal. e) obj. indireto. X


Carregar ppt "NÍVEL MÉDIO LÍNGUA PORTUGUESA BANCO DO BRASIL TEXTO) Final de semana na residência Mello. Num dos quartos – embalada – decorado com toda sorte de mimos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google