A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Brasil o país do carnaval. Como surgiu o carnaval ? Todo mundo pensa que o Carnaval é uma festa típica do Brasil. Mas toda essa farra existe desde a Antiguidade.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Brasil o país do carnaval. Como surgiu o carnaval ? Todo mundo pensa que o Carnaval é uma festa típica do Brasil. Mas toda essa farra existe desde a Antiguidade."— Transcrição da apresentação:

1 Brasil o país do carnaval

2 Como surgiu o carnaval ? Todo mundo pensa que o Carnaval é uma festa típica do Brasil. Mas toda essa farra existe desde a Antiguidade e vem de muito longe. O Carnaval originário tem início nos cultos agrários da Grécia, de 605 a 527 a.C. Com o surgimento da agricultura, os homens passaram a comemorar a fertilidade e produtividade do solo. O Carnaval Pagão começa quando Pisistráto oficializa o culto a Dioniso na Grécia, no século VII a.C. e, termina, quando a Igreja Católica adota a festa em 590 d.C.

3 O primeiro foco de concentração carnavalesca se localizava no Egito. A festa era nada mais que dança e cantoria em volta de fogueiras. Os foliões usavam máscaras e disfarces simbolizando a inexistência de classes sociais. Depois, a tradição se espalhou por Grécia e Roma, entre o século VII a.C. e VI d.C. A separação da sociedade em classes fazia com que houvesse a necessidade de válvulas de escape. É nessa época que sexo e bebidas se fazem presentes na festa.

4 O carnaval cristã O Carnaval Cristão passa a existir quando a Igreja Católica oficializa a festa, em 590 d.C. Antes, a instituição condenava a festa por seu caráter pecaminoso. No entanto, as autoridades eclesiásticas da época se viram num beco sem saída. Não era mais possível proibir o Carnaval. Foi então que houve a imposição de cerimônias oficiais sérias para conter a libertinagem. Mas esse tipo de festa batia de frente com a principal característica do Carnaval: o riso, a brincadeira...

5 Seu reconhecimento só em 1545, no Concílio de Trento, que o Carnaval é reconhecido como uma manifestação popular de rua. Em 1582, o Papa Gregório XIII transforma o Calendário Juliano em Gregoriano e estabelece as datas do Carnaval. O motivo da mobilidade da data é não coincidir com a Páscoa Católica, que não pode ter data fixa para não coincidir com a Páscoa dos judeus.

6 Seu surgimento no brasil O Carnaval brasileiro surge em 1723, com a chegada de portugueses das Ilhas da Madeira, Açores e Cabo Verde. A principal diversão dos foliões era jogar água nos outros. O primeiro registro de baile é de 1840.

7 Em 1855 surgiram os primeiros grandes clubes carnavalescos, precursores das atuais escolas de samba. No início século XX, já havia diversos cordões e blocos, que desfilavam pela cidade durante o Carnaval. A primeira escola de samba foi fundada em 1928 no bairro do Estácio e se chamava Deixa Falar. A partir de então, outras foram surgindo até chegarmos à grande festa que vemos hoje.

8 História do Carnaval Brasileiro 1641 O entrudo, uma festa popular portuguesa, desembarca na cidade do Rio de Janeiro.

9 1855 É fundada a 1ª sociedade carnavalesca, a Tenentes do Diabo (inicialmente com o nome Zuavos Carnavalescos). Suas cores são o vermelho e preto, e são conhecidos por baetas, por usarem as mesmas cores do tecido (baeta) muito usado na época para a confecção de cobertores. 1º desfile feito pelo clube Congresso das Sumidades Carnavalescas. É inaugurado o precursor da vida noturna do Rio de Janeiro, o teatro Alcazar, na antiga rua da Vala, atual Uruguaiana

10 1870 No carnaval carioca, surge a canção Zé Pereira. Zé Pereira, Zé Pereira Zé Pereira, Zé Pereira Viva o Zé Pereira Viva o Zé Pereira E viva o carnaval

11 1873 Surge o primeiro rancho carnavalesco, o Reis de Ouro, fundado pelo baiano Hilário Jovino Ferreira (os ranchos iriam desaparecer no início da década de 1920) No Rio surgem os "Pufes", que eram uma espécie de desafio guerreiro entre os blocos, em versos

12 1891 Transferência do carnaval, As autoridades, por razões médicas, tentam transferir o carnaval para junho, por ser uma época mais amena; de nada adianta; fica em fevereiro mesmo. No ano seguinte tentam novamente mas não conseguem.

13 1892 No carnaval desse ano surgem as serpentinas e confetes, vindas de Paris 1895 No carnaval desse ano surgem as "Línguas de sogra".

14 As músicas executadas não tem qualquer sentido carnavalesco. As que tem, raras as exceções, são relativamente pobres. O que povo canta e dança, até meados de 1916, é basicamente o mesmo que predominava até o fim do século XIX, ou seja: valsas, modinhas, cançonetas, canções folclóricas, cantigas de roda, hinos militares, quadrilhas, xotes (schottisch - dança húngara) ou polcas. 1916

15 1901 Início do carnaval carioca se dá com os cordões carnavalescos saindo dos bairros para o centro da cidade. Nenhuma música nova. Ó abre alas ainda é cantada pelo povo.

16 1901 Início do carnaval carioca se dá com os cordões carnavalescos saindo dos bairros para o centro da cidade. Nenhuma música nova. Ó abre alas ainda é cantada pelo povo.

17 1903 É instituída no carnaval carioca pelo prefeito Pereira Passos, um costume trazido de Paris, a batalha das flores, hoje completamente desaparecida por ser um folguedo caríssimo. No carnaval a polícia proíbe o uso de bisnagas, substituídas pelo lança-perfume (de vidro, marca ngl). Antes das bisnagas, a prática era dar um banho no folião e depois jogar cal, polvilho ou algo mal cheiroso (herança de um folguedo trazido de Portugal: o Entrudo).

18 1905 Eu vou beber. No Rio, a velha canção popular surge na boca do povo, diante da repressão policial aos excessos de liberação. Eu vou beber Eu vou me embriagar Eu vou fazer barulho Pra polícia me pegar Que eu sambe aqui Eu sambo ali Sambo acolá

19 1907 Na recém inaugurada Avenida Central é criado o carnaval de corso com famílias ricas desfilando de automóvel. Surge o 1º baile infantil (matinê)

20 1932 A Prefeitura do Rio oficializa o concurso para a escolha das melhores músicas carnavalescas. No Rio, na Praça 11, é realizado o 1º desfile e concurso de Escolas de Samba, organizado e patrocinado pelo jornal Mundo Sportivo: A Mangueira consagra- se campeã.

21 1933 O governo carioca começa a patrocinar o carnaval como evento turístico. A Comissão de Turismo pela primeira vez envia a outro país (França) cartazes referentes ao Carnaval Carioca. É realizado o 2º concurso de Escolas de Samba, desta vez patrocinado pelo jornal O Globo. Com 28 agremiações participantes, a Mangueira sagra-se novamente campeã.

22 Em 1942, os desfiles passam para a Avenida Presidente Vargas. Em 1963, as escolas já se tornam o grande centro das atenções do carnaval brasileiro e, em 1974, o desfile carioca passa a ser na Avenida Rio Branco até 1984, quando foi inaugurado o Sambódromo

23 1990 O carnaval já tomou conta de todo o país,e se torna uma realização do calendário brasileiro,tornado assim uma atração de renovação a cada geração e criatividades em suas alegoria e adereços.

24 Anos 200 Chega um novo século,e o carnaval que já vem de longos antepassados continua com suas variedades renovações,as escolas de samba do rio de janeiro já não são mais asa mesma de anos anteriores,suas apresentações renovadoras agora mostram em suas alegorias trabalhos voltados para a sociedade.

25 As escolas de samba

26 Beija-flor

27 Mangueira

28 Vila izabel

29 Não podemos brincar o carnaval sem as famosas marchinhas Ô balancê balancê Quero dançar com você Entra na roda morena pra ver Ô balancê balancê Quando por mim você passa Fingindo que não me vê Meu coração quase se despedaça No balancê balancê Você foi minha cartilha Você foi meu ABC E por isso eu sou a maior maravilha No balancê balancê Eu levo a vida pensando Pensando só em você E o tempo passa e eu vou me acabando No balancê balancêcoraçãotempo Braguinha-Alberto Ribeiro, 1936

30 Projeto feito pelo aluno: Clebison andre da rocha

31 Fontes de pesquisas Google -wikipédia -estrelaguia - historiadocarnaval.com.br -

32 Governo do estado do acre instituto dom moacir campos pereira


Carregar ppt "Brasil o país do carnaval. Como surgiu o carnaval ? Todo mundo pensa que o Carnaval é uma festa típica do Brasil. Mas toda essa farra existe desde a Antiguidade."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google