A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Os Caminhos da Pesquisa

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Os Caminhos da Pesquisa"— Transcrição da apresentação:

1 Os Caminhos da Pesquisa
Frederico R. B. Cruz Instituto de Ciências Exatas da Universidade Federal de Minas Gerais Palestra proferida no “Show de Ciência, Cultura e Tecnologia”, 2005, organizada pela Faculdade de Ciências e Tecnologia de Montes Claros - © 2005 F. R. B. Cruz

2 Minhas qualificações para falar sobre o assunto
Bolsista de Iniciação Científica Há algum tempo atrás ... Escola de Engenharia da UFMG Aluno de Mestrado De 1989 a 1991 Departamento de Ciência da Computação da UFMG Monitor de Pós-Graduação 1993 Universidade Federal de Minas Gerais Aluno de Doutorado De 1993 a 1997 Pesquisador Visitante De 2001 a 2002 Departamento de Engenharia Mecânica e Industrial Universidade de Massachusetts – E.U.A.

3 Sobre que tipo de pesquisa falamos afinal?
É aquela de ir na biblioteca e copiar trechos de livros? Feira de Ciências? Aquelas feitas somente em grandes empresas (Philips, GM, IBM, AT&T, NASA)? Para quê fazer pesquisa afinal?

4 ... Para quê fazer pesquisa?
... contribuir para o avanço científico, ... tornar empresas mais competitivas, ... desenvolver novos produtos e novas tecnologias ...

5 realizar a pesquisa interpretar resultados formular a pergunta divulgar resultados Divulgar resultados é muito importante, caso contrário, sua pesquisa não servirá a seu fim

6 Pesquisa exige escrita e escrever pode auxiliá-lo na:
organização das idéias planejamento dos experimentos organização dos resultados interpretação, conclusões compreensão dos princípios sob investigação colocação no mercado de trabalho valoriza quem escreve bem.

7 O cientista escreve: relatório de Iniciação Científica,
projeto de Mestrado, dissertação de Mestrado, projeto de Doutorado, tese de Doutorado, projetos para solicitar recursos ao CNPq, FINEP, FAPs, PADCT... relatórios para CNPq, FINEP, FAPs, PADCT... resumos para apresentação em congressos, livros e capítulos de livros, artigos científicos completos.

8 Ou, em outras palavras ... você não vai escapar de escrever!

9 Quem trabalha com pesquisa também não escapará de:
Participar de apresentações em público Exemplos: Seminários, congressos, simpósios, etc. Exposição ao seu chefe Exposição ao seu cliente / finaciador

10 Você ficou interessado, mas não muito pois:
Não gostaria de se matar de estudar? Tem medo que a atividade pode prejudicar seu desempenho escolar? Detesta escrever? Tem horror de falar para uma platéia? Então você precisa PENSAR MELHOR!

11 Pensando melhor: Atividades de pesquisa ajudam você aprender a planejar melhor seu tempo: A turma de alunos de iniciação científica é bem social Você acaba se dedicando sem sentir Desempenho de alunos envolvidos em atividades de pesquisa melhora Você precisa melhorar sua escrita Empregadores freqüentemente exigem testes de escrita Uma “má” notícia: Apresentações são uma rotina na vida profissional

12 Um bom começo: Vá devagar trabalhando como voluntário em projetos
Torne-se conhecido Você verá se/que tem jeito para a coisa! Candidate-se a uma bolsa de iniciação científica Remuneraçao R$ 250,00!

13 Obtendo informações: Pergunte ao seu professor
Pergunte aos estudantes veteranos Internet Fique atento aos cartazes FREQUENTE O AMBIENTE DA ESCOLA!

14 Iniciação científica - Características
Disponível para alunos a partir do segundo período Dura de um mês a dois anos Ocupa 20 (vinte) horas semanais Proposto por um professor (o orientador), mas o aluno pode “incentivar” Seu orientador não precisa ser da sua Escola

15 Iniciação científica - Características
Suas notas precisam ser boas Você não pode ter carteira assinada Apenas uma bolsa por aluno Tem que escrever relatório Tem que apresentar resultados em público

16 Iniciação científica - Recursos necessários
Uma boa biblioteca Internet

17 Iniciação científica - Recursos necessários
Um financiador: CNPq = Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (http://www.cnpq.br) FAPEMIG = Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (http://www.fapemig.br) FIEMG Etc

18 Iniciação científica - Recursos necessários
E, mais importante, um aluno com entusiasmo!

19 Há vida após a iniciação científica?
Ou o que normalmente faz um aluno após concluir um projeto de iniciação científica? O mercado absorve o aluno e ele vai trabalhar O mercado absorve o aluno e ele monta uma empresa Uma Faculdade / Universidade absorve o aluno e ele vai fazer mestrado e / ou doutorado

20 O mestrado e o mestre Dura cerca de dois anos, após a graduação
Faculdades concedem bolsa para mestrandos (mais ou menos salário inicial de recém-formado) O mestre dá aulas: expansão do ensino superior abriu muito o mercado nessa área O mestre trabalha em empresas: empresas valorizam profissional com o perfil de mestre Alguns mestres são empresários (consultores)

21 O doutorado e o doutor Normalmente dura cerca de quatro anos, após o mestrado O doutorando também recebe bolsa No Brasil, o doutor primordialmente trabalha no Ensino Superior: Orienta alunos de iniciação científica Orienta mestrandos Orienta outros futuros doutores

22 O mercado realmente valoriza a pesquisa?
Em países do primeiro mundo: Muito! Em países em desenvolvimento: Mercado em expansão (globalização etc.)

23 Conclusões Você encontrou respostas?

24 Para receber uma cópia desta apresentação ou tirar alguma dúvida ...
Acesse ou escreva para


Carregar ppt "Os Caminhos da Pesquisa"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google