A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

DIABETES e DOENÇA CELÍACA Secretaria de Estado da Educação Departamento de Apoio Escolar.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "DIABETES e DOENÇA CELÍACA Secretaria de Estado da Educação Departamento de Apoio Escolar."— Transcrição da apresentação:

1 DIABETES e DOENÇA CELÍACA Secretaria de Estado da Educação Departamento de Apoio Escolar

2 DIABETES

3 É uma doença que causa o aumento de açúcar (glicose) no sangue. Quando não é tratada de maneira correta, causa graves problemas principalmente nos olhos, rins, coração, vasos sangüíneos e nervos. Existe dois tipos: Diabetes tipo 1 e 2. Diabetes

4 De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil 7,6% da população sofre de diabetes. Estima-se que no Brasil cerca de pessoas tenham DM tipo 1 na Rede Estadual de ensino do PR temos (0,17%)

5 Começa de maneira repentina, normalmente na infância. O organismo não produz a INSULINA, que é um hormônio que leva o açúcar do sangue para dentro das células. Diabetes tipo 1

6 Atividade física constante Alimentação balanceada Medicação Monitorização da glicose com exames de sangue Como cuidar do Diabetes

7 DIET... LIGHT? QUAIS SÃO OS ALIMENTOS QUE PODEM USAR A EXPRESSÃO DIET? Aqueles para dietas com restrição de carboidratos, gorduras, proteínas e sódio - presença de até 0,5 g do nutriente de referência /100g ou 100ml ou total isenção;

8

9 E LIGHT? Aqueles produtos com: ENERGIA: no máximo de 40 kcal/100g ou 20 kcal/100ml. CARBOIDRATOS; Máximo de 5 g de açúcar em 100 g ou 100 ml e máximo de 40 kcal/100g ou 20 kcal/100 ml. GORDURAS: Máximo de 3 g de gordura em 100 g ou 1,5 g de gordura em 100 ml.

10 E a merenda escolar? Lei estadual nº /06/2004; Obriga todas as escolas da Rede Estadual de Ensino a utilizar de alimentação especial na merenda escolar para alunos portadores de diabetes mellitus.

11 Alimentação balanceada na merenda escolar A alimentação não deve ser um fator de exclusão do convívio social; A merenda do escolar com diabetes deve ser semelhante a de todos os alunos: saudável, equilibrada e consumida sem excessos;

12 Merenda escolar Pães, cereais e massas podem e devem ser consumidos, pois são fontes de energia; Atentar para a quantidade de alimento a ser servida à criança:

13 Preparar separadamente a merenda doce (arroz doce, sagu, canjica doce...) optando substituir o açúcar pelo adoçante (pode ser comprado com o dinheiro do PEC); Se a criança preferir, oferecer frutas no lugar da merenda doce; Evitar o uso de achocolatado em pó, preferir café com leite; Merenda Escolar

14 DOENÇA CELÍACA O que é a Doença Celíaca (DC)? Doença do intestino delgado, caracterizada pela intolerância permanente ao glúten em pessoas geneticamente predispostas. O único tratamento possível para esta doença é a dieta isenta de glúten.

15 O QUE É O GLÚTEN? É uma proteína presente no trigo, aveia,centeio, cevada e malte (sub- produto da cevada). Sendo assim, esses cereais com glúten bem como os alimentos, bebidas, medicamentos e cosméticos fabricados com os mesmos, não podem ser ingeridos e/ou utilizados nas preparações.

16 A quem a DC afeta? Maior prevalência: Predominantemente na raça branca Crianças de seis meses a cinco anos Em mulheres

17

18

19

20 Existem 300 mil portadores da doença no Brasil 6% residentes no Paraná (Associação Brasileira dos Celíacos)

21 Quais são os sintomas da DC? Diarréia/esteatorréia (84,4%) fezes fétidas Constipação intestinal Excesso de gases X soluços constantes Distensão abdominal (81%) Cólicas e vômitos Perda de musculatura Perda de peso (70,2%) Baixa estatura Cólicas Manchas nos dentes hipoplasia do esmalte dentário Irritabilidade Anemia ferropriva não curável Aftas

22 Como se trata? -O tratamento consiste basicamente em uma dieta SEM GLÚTEN por toda a vida. - Na escola, as merendeiras podem ajudar o doente celíaco indicando e preparando o alimento que ele pode consumir.

23 Alimentos da Merenda Escolar sem Glúten Leite; bebida láctea sabor morango e coco; achocolatado em pó; refresco; sagu; canjica; fubá; amido de milho; mistura para o preparo de molho bolonhesa; farinha de milho; fubá de milho; óleo; feijão; arroz;

24 Alimentos da Merenda Escolar com Glúten Sucrilhos; Aveia; Granola; Biscoito doce e salgado; Picadinho; Macarrão; Carne bovina moída ao molho;

25 Preparação da merenda Os utensílios para preparação da merenda do celíaco devem sem exclusivos e devem ser higienizados e armazenados em local separado; não utilizar o mesmo óleo que fritou empanados ou outros produtos com glúten na alimentação do celíaco!

26 -São extremamente importantes, principalmente no caso de alguns grupos específicos, como: Diabetes Doença Celíaca e outros ROTULAGEM DE ALIMENTOS

27 Biscoitos sortidos - INFORMAÇÃO NUTRICIONAL Porção de 30g – 4 biscoitos 00mgCálcio 248mgSódio 20,4gFibra Alimentar **0,5mgGorduras Trans 51,1gGorduras Saturadas 73,9gGorduras Totais 43,0gProteínas 721,0gCarboidratos 7132KcalValor Energético % VD*Quantidade por porção * Valores Diários de Referência com base em uma dieta de Kcal. ** VD não estabelecido

28 Leia atentamente os rótulos. Os alimentos proibidos devem ter a expressão CONTÉM GLÚTEN, na embalagem

29 OBRIGADA!


Carregar ppt "DIABETES e DOENÇA CELÍACA Secretaria de Estado da Educação Departamento de Apoio Escolar."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google