A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS Ano Letivo 2012 / 2013 – abril de 2013 PORTUGUÊS – 9.º Ano - Turmas A e B.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS Ano Letivo 2012 / 2013 – abril de 2013 PORTUGUÊS – 9.º Ano - Turmas A e B."— Transcrição da apresentação:

1 Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS Ano Letivo 2012 / 2013 – abril de 2013 PORTUGUÊS – 9.º Ano - Turmas A e B

2 Aspetos Episódio do Gigante Adamastor Poema O Mostrengo Poema O Mostrengo Localização geográfica Cabo das Tormentas / da Boa Esperança Cabo das Tormentas / da Boa Esperança Cabo das Tormentas / da Boa Esperança Cabo das Tormentas / da Boa Esperança Localização temporal Viagem de Vasco da Gama (1497); Reinado de D. Manuel I Viagem de Vasco da Gama (1497); Reinado de D. Manuel I Viagem de Bartolomeu Dias (1487) Reinado de D. João II Viagem de Bartolomeu Dias (1487) Reinado de D. João II

3 Aspetos Episódio do Gigante Adamastor Poema O Mostrengo Poema O Mostrengo Aparecimento Noite escura e tempestuosa (est. 37, vv. 5 e 7; est. 38, v. 1) Noite escura e tempestuosa (est. 37, vv. 5 e 7; est. 38, v. 1) Noite escura (v. 2 – Na noite de breu) Noite escura (v. 2 – Na noite de breu) Descrição e movimentação Figura enorme e disforme; Aspeto e atitudes humanas. Figura enorme e disforme; Aspeto e atitudes humanas. Aspeto semelhante a um animal; Voa e chia. (vv. 2 – 4) Aspeto semelhante a um animal; Voa e chia. (vv. 2 – 4) Reação dos portugueses Medo, que, mais tarde, é superado. Relação entre emissor e recetor Desigualdade.

4 Aspetos Episódio do Gigante Adamastor Poema O Mostrengo Poema O Mostrengo Exaltação / Elogio dos portugueses O Gigante exalta e elogia o povo português. O Mostrengo reconhece a coragem do marinheiro, representante da vontade do Rei e do povo português. Desaparecimento Desaparece subitamente. Conhecimento que tem dos portugueses Conhece bem os feitos dos portugueses Interrogações: vv. 5 – 7 vv. 10 – 11 vv. 14 – 16

5 Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS Ano Letivo 2012 / 2013 – abril de 2013 PORTUGUÊS – 9.º Ano - Turmas A e B

6 Verbos e tempos verbais utilizados Abundância de formas verbais que sugerem movimento: «ergueu-se», «voou», «entrar», «tremendo», «roço», «rodou», «tremeu», «ergueu», «roda», … Abundância de formas verbais que sugerem movimento: «ergueu-se», «voou», «entrar», «tremendo», «roço», «rodou», «tremeu», «ergueu», «roda», … Utilização do verbo «tremer»: no gerúndio (v. 8) ideia de continuidade da ação; no pretérito perfeito do indicativo (v. 17) ação acabada; no infinitivo (v. 21) ação assumida sugere a superação do medo. Utilização do verbo «tremer»: no gerúndio (v. 8) ideia de continuidade da ação; no pretérito perfeito do indicativo (v. 17) ação acabada; no infinitivo (v. 21) ação assumida sugere a superação do medo.

7 Uso de interrogações e exclamações Concede vivacidade ao diálogo entre o Mostrengo e o «homem do leme» Intervenções do Mostrengo: Frases de tipo interrogativo Intervenções do «homem do leme»: Frases de tipo exclamativo

8 Referência constante ao número 3 Três estrofes com nove versos cada. Verbo «tremer» utilizado três vezes. Exprime a totalidade e a perfeição da unidade divina Estrofes 1 e 2: ações do Mostrengo; Estrofe 3: ações do «homem do leme».


Carregar ppt "Agrupamento de Escolas n.º 1 de Serpa ESCOLA BÁSICA DE PIAS Ano Letivo 2012 / 2013 – abril de 2013 PORTUGUÊS – 9.º Ano - Turmas A e B."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google