A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Teoria da Competitividade O Que É Competitividade? Competitividade não é: - uma taxa de câmbio favorável - uma balança comercial positiva - subsídios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Teoria da Competitividade O Que É Competitividade? Competitividade não é: - uma taxa de câmbio favorável - uma balança comercial positiva - subsídios."— Transcrição da apresentação:

1 1 Teoria da Competitividade O Que É Competitividade? Competitividade não é: - uma taxa de câmbio favorável - uma balança comercial positiva - subsídios para a indústria - - inflação baixa - - simplesmente exportar commodities Competitividade é a produtividade com a qual recursos são utilizados e aproveitados - recursos humanos - capital financeiro - ativos físicos Setores industriais e empresas competem, e não países - O governo tem um papel parcial, mas significativo na criação da base sobre a qual ocorre a concorrência entre empresas

2 2 Construindo Prosperidade através de Competitividade Bases microeconômicas e Padrão de Vida Egito India França Costa Rica Indonesia Estados Unidos Finlândia Holanda Suécia Suíça Alemanha Dinamarca Canada Reino Unido Áustria Singapura Australia Japão Nova Zelândia Irlanda Noruega Taiwan Israel Hong Kong Islândia Espanha Chile Itália África do Sul Malásia Coréia Portugal Ilhas Maurício Turquia Jordânia Hungria Mexico Brasil Grécia Polônia Thailand Argentina República Checa Filipinas Zimbabwe Peru El Salvador Eslováquia China Vietnã Venezuela Colômbia Bulgária Russia Ucrânia Equador Bolivia Bélgica 1998 PIB per Capita (US$ correntes ajustados para PPC) Fator de Competitividade Microeconômica (MICI) Fonte: M. Porter, Microeconomic Competitiveness: Findings from the 1999 Executive Survey, Global Competitiveness Report, Geneva: World Economic Forum, Refere-se também ao relatório de 1998.

3 3 Este fenômeno se reproduz em outros países que têm suas exportações concentradas em commodities. As nações e regiões que concentram suas exportações nestes produtos básicos desfrutam de um padrão de vida significativamente mais baixo Nota: 1) Produtos básicos incluem produtos primários e produtos manufaturados intensivos em recursos naturais e mão-de-obra. 2) O coeficiente de correlação encontrado foi de 0,77. Fonte: ITC - International Trade Center, CIA World Factbook 1999, Análise da Monitor PPC Per Capita (US$) % do total das exportações referentes aos produtos básicos Estados Unidos Singapura Irlanda Coréia Alemanha Canadá Japão Reino Unido Suécia Itália Chile Argentina Equador Venezuela Brasil China Indonésia Nigéria Haiti Nicarágua Honduras Costa Rica Turquia Colômbia Índia El Salvador Lituânia Bolívia Nordeste Rússia Guatemala Foco Estratégico Atual Relação entre Riqueza e Exportações de Maior Valor Agregado Porcentagem das Exportações de Produtos Básicos x Paridade de Poder de Compra per Capita, 1998

4 4 Cobre Milho Níquel Algodão Açúcar TabacoSorgo Chá US$ Centavos / Libra US Dollars / Bushel US$ Dólares / Tonelada m. Queda dos Preços de Commodities, 1970–1998 CAGR : -4% CAGR 1970–1998: -3% CAGR 1970–1998: -3% CAGR 1970–1998: -2% CAGR 1970–1998: -1% CAGR 1970–1998: -3% CAGR 1970–1998: -2% CAGR 1970–1998: -1%

5 5 Mercado lento e físico Mercados protegidos Enfoque macroeconômico Organizações rígidas e hierárquicas Dependência de ajuda externa Influenciar líderes Fatores básicos O Antigo Modelo O Novo Modelo Mercado rápido e virtual Globalização e competição Enfoque microeconômico Organizações flexíveis e meritocráticas Estratégia de migração Produtividade empresarial Inovação O Novo Meio Ambiente Globalizado

6 6 NewYork Serviços financeiros Publicidade Editoriais Silicon Valley Micro-eletrônica Venture Capital Rochester Equipamentos de imagem Hartford Seguros A área de Los Angeles Defesa aeroespacial Entretenimento Wichita Aeronaves leves Dallas/ Houston Desenvolvimento da Indústria Imobiliária Baton Rouge/ New Orleans Especialidades alimentícias Texas/ Louisiana Químicos Nashville/ Louisville Direção de Hospitais Wisconsin/ Iowa / Illinois Máquinas agrícolas Detroit Auto-peças Warsaw, Indiana Aparelhos ortopédicos Dalton, Georgia Tapetes South Florida Tecnologia médica Computadores North Carolina Móveis para o lar Fibra sintética Meias West Michigan Equipamentos de escritório Western Massachusetts Providence Jóias Boston Biotecnologia Microcomputadores Fundos mútuos Cuidado da saúde Capital de inversão Software Telecomunicações Pensilvania/ New Jersey Farmacêuticos Omaha Telemarketing Reservas de hotel Processamento de cartões de crédito Teoria sobre a Competitividade Clusters Regionais de Indústrias Competitivas A competitividade tende a ocorrer em agrupamentos regionais das redes de empresas e serviços que chamamos de cluster FONTE: Michael Porter, As Vantagens Competitivas das Nações, 1990

7 7 Organizações Educacionais, de Pesquisa, & Comerciais (ex.: Inst. do Vinho, UC Davis, Inst. Culinários) Organizações Educacionais, de Pesquisa, & Comerciais (ex.: Inst. do Vinho, UC Davis, Inst. Culinários) Produtores de uva Fontes:Instituto do Vinho da Califórnia, pesquisa na Internet, Legislação do Estado da Califórnia. Pesquisa dos estudantes de MBA de 1997: R. Alexander, R. Arney, N. Black, E.Frost e A. Shivananda. Vinícolas / Processamento Estoque de Uva Fertilizantes, Pesticidas, Herbicidas Equipamento de Colheita de Uva Tecnologia de Irrigação Cluster de Alimentação Cluster de Turismo Cluster de Agricultura da Califórnia Agentes do Governo (ex.: Comitê selecionado de produção e economia de vinho) Equipamento de produção de vinho Barrís Rótulos Garrafas Rolhas / Cortiça Relações Públicas e Propaganda Publicações Especiais (ex.: Apreciadores de Vinho, Jornal do Comércio) Cluster do vinho na Califórnia

8 8 CulturalCultural HumanoHumano ConhecimentoConhecimento InstitucionalInstitucional FinanceiroFinanceiro Infra-estruturaInfra-estrutura Recursos Naturais Social Físico Fonte: World Bank, OnTheFrontier Construindo Prosperidade através da Competitividade Sete Formas de Capital

9 9 Crescimento Econômico Eqüidade Social SustentabilidadeProdutividade Construindo Prosperidade por meio da Competitividade Crescimento Econômico e Eqüidade Social Investimento em Capital Social Capacidade p/ Exportar Produtos Complexos RiquezaRiqueza Capacidade de Inovação Fonte: OnTheFrontier

10 10 Empresas Competitivas Empresas Não Competitivas Eficiência operacional Desenvolvida Pobre BaixaAlta Estratégia O sucesso das empresas não é definido apenas pela sua eficiência operacional mas também por um posicionamento estratégico bem desenvolvido. O conjunto desses dois fatores é que cria um diferencial competitivo sustentável (não replicável pela concorrência). ESTRATÉGIA E Competitiveness

11 11 Principais Desafios das Empresas Brasileiras

12 12 Estratégia é a concepção e execução de um leque integrado de escolhas baseadas nas necessidades dos clientes, que identificam o posicionamento essencial e as vantagens competitivas necessárias para vencer a concorrência e atingir objetivos financeiros e não- financeiros Estratégia Escolha da Empresa Vantagem Competitiva Escolha de Escopo Escopo Escolha de Vantagem Preço baixo Preço baixo Diferen- ciada Escolha de Tecnologia Líder Seguidor Negócio Producto Segmento Geográfica

13 13 Compreender as necessidades dos meus clientes Identificar consumidores potenciais Compreender os custos / benefícios das novas tecnologias Administrar minha operação interna Obter insumos de qualidade Entender minha posição de custos em relação à concorrência Compreender as estratégias da concorrência Encontrar capital humano capacitado Criar estratégia de distribuição para meu produto ou serviço Ter acesso a capital financeiro Administrar burocracia e legislação Divulgar meu produto ou serviço 1: Não importante 5: Extremamente Importante FONTE: Pesquisa da ontheFRONTIER, Business Challenges and the Internet. Júlio-Agosto Brasil N=306 Quais as Questões Centrais que Sua Empresa Enfrenta? O Empresário Brasileiro

14 14 Quais Desafios a Sua Empresa Enfrenta no Momento? O Empresário Brasileiro em suas Próprias Palavras Conseguir enfrentar a concorrência e derrotá-la Manter-me competitivo no mercado global Concorrência desleal Competir com grandes empresas e multinacionais Boa qualidade de nossos fornecedores Logística -- conseguir fluxo rápido e barato de nossos produtos A globalização do mercado Adaptar-me ao mercado internacional -- à economia global O posicionamento do produto brasileiro no mercado internacional Conseguir novos clientes/consumidores Nosso problema principal é a satisfação do cliente Dar o melhor atendimento possível Concorrência Questões Operacionais Globalização Questões sobre o Cliente FONTE: Pesquisa da ontheFRONTIER, Business Challenges and the Internet. Júlio-Agosto Brasil N=306

15 15 Identificar segmentos atraentes de clientes Ingressar em novos mercados Distinguir-se da concorrência Gerenciar custos Investir na satisfação dos clientes Avaliar a atratividade da sua indústria Criar e liderar uma organização competitiva Enfrentando os seus Principais Desafios Estratégicos

16 Identificar Segmentos Atraentes de Clientes: Compradores de Vestuário dos EUA Eficiência Conveniência Qualidade Compradores de Relacionamento Qualidade em Primeiro Lugar Barato e Fácil

17 17 Turistas Natureza - Aventura dos EUA no Peru Perfil do Subsegmento: Segmento C Qualidade e Emoção Atrações bem mantidas Guias Preço baixo Logística de viagens Hospedagem e Alimentação mais importante menos importante FONTE: Análises da ontheFRONTIER

18 18 2. Ingressar em Novos Mercados: Mangas por 9 dólares na Internet

19 19 3. Diferenciar-se da Concorrência: Pesquisa sobre Turistas no Peru Exemplos de outros atributos: Planejamento da viagem Atrações Acomodação Qualidade do guia Alimentação Transporte interno Acompanhamento pós-viagem Segurança Ecuador Costa Rica Peru

20 20 Custo / libra (EE.UU. centavos) Logística Outbound Outros VG & A Gastos Fixos Mão de Obra Serviços Outras matérias primas Propileno PROPILCO (Colombia) PEMEX (México) INDELPRO (México) PROPILVEN (Venezuela) Fonte: Análises da OnTheFrontier 4. Gerenciar Custos Eficientemente: O Caso do Polipropileno Custo Total para Servir ao Mercado Doméstico

21 21 5. Fazer Investimentos que Satisfaçam seus Clientes: Pesquisa de Torrefadores Norte-Americanos Não-importante Muito importante

22 22 Receita líquida por rosa para cada componente do sistema de valor FONTE: Entrevistas no México, Colômbia, Miami, Boston, Análises da OnTheFrontier Centavos de dólar Sistema de Valor de Flores de Corte Colombianas 2.1

23 Avaliar a Atratividade de sua Indústria As Cinco Forças Poder dos Fornecedores Poder dos Compradores Ameaça de novos Entrantes Ameaça de Novos Produtos ou Serviços Rivalidade entre Concorrentes

24 24 Contexto Mundial Concorrentes: As Cinco Forças do Café Verde Comercial MODERADA/ALTA ALTA ALTO MODERADA 10 países controlam aproximadamente 80% do consumo de café no mundo 60% do comércio de café é controlado por 10 empresas Aproximadamente 50 países no mundo possuem as condições climáticas necessárias para produzir café Baixas barreiras de entrada para moderar o investimento necessário para comprar equipamento de colheita e processamento Há uma redução da mão-de-obra ao surgirem indústrias (ex. máquinas) com ofertas mais atraentes Maquinaria de processamento e classificação freqüentemente importada e custosa por causa das taxas de importação A natureza do produto promove uma concorrência feroz por preços Sobrecapacidade instalada como forma de benefício Os refrigerantes e a água engarrafada cresceram significativamente, especialmente em mercados desenvolvidos, particularmente nos EUA Os concorrentes finalmente estão inovando para criar produtos novos e diferentes tipos de café (gourmet, orgânico) FUENTE: Análisis de Monitor. Poder dos Compradores Rivalidade Entre Concorrentes Poder dos Fornecedores Ameaça de Novos Produtos Ameaça de Novos Entrantes MODERADA/ALTA ALTA

25 25 Estratégia Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Ativos Competitivos Ativos Competitivos 7. Criar e Liderar uma Organização Competitiva: Elementos Principais da Estratégia de uma Empresa

26 26 O Software de Competitividade para Empresas da ontheFRONTIER Ferramentas de competitividade Fronteira do Conhecimento Conexões

27 27 Backup

28 28 ontheFRONTIER Quem somos e o que fazemos Nosso objetivo: Incentivar a criação de prosperidade no mundo todo, ajudando empreendedores a construir as melhores empresas Os assessores preferidos por empresários e governos em mercados emergentes Nossas atividades: – – Treinar líderes dos setores público e privado em competitividade e estratégia – – Assessorar empresas, indústrias e nações em suas estratégias para criar prosperidade – – Moldar o discurso global sobre questões relacionadas à prosperidade – – Fornecer um software de competitividade para empresas Pacotes integrados sobre competitividade e prosperidade para empresas, indústrias e nações

29 29 Por que a prosperidade é importante... Existe uma relação positiva entre renda e: tolerância em relação a outros e apoio às liberdades civis receptividade em relação a estrangeiros, relacionamentos positivos com subordinandos, auto-estima, senso de competência pessoal, satisfação com a própria vida, disposição para participar de questões comunitárias e nacionais, e confiança interpessoal Alex Inkeles, Stanford University

30 30 Ativos Competitivos Modelo Velho (Começa com ativos) Modelo Novo (Começa com Estratégia) Sistemas Operacionais Estratégia Competitiva (Físicos) Recursos naturais Infra-estrutura feita pelo homem Capital financeiro (Preserva Fontes) Sistemas de linha de montagem Distribuição por atacado Estrategista mestre, pesadas regulamentações (Preços mais Baixos) Preço, volume, competição dirigida Todos os fregueses Serviços básicos Companhias independentes Ativos Competitivos Sistemas Operacionais Estratégia Competitiva O Impacto da Nova Economia nas Empresas O Novo Modelo de Negócios (Social) Capital humano habilitado Confiança Instituições de ensino Insights únicos (Maximizar Valor) Sistemas flexíveis Logística sob medida Visão Compartilhada entre setores público e privado (Diferenciar) Competição de valor dirigido Segmentos específicos Experiências de alta qualidade Parceiros


Carregar ppt "1 Teoria da Competitividade O Que É Competitividade? Competitividade não é: - uma taxa de câmbio favorável - uma balança comercial positiva - subsídios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google