A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Teruko Oda. CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O que é haicai A métrica A essência poética O conceito de aqui e agora A função.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Teruko Oda. CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O que é haicai A métrica A essência poética O conceito de aqui e agora A função."— Transcrição da apresentação:

1 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Teruko Oda

2 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O que é haicai A métrica A essência poética O conceito de aqui e agora A função do kigo Algumas sugestões para compor o haicai Bibliografia / Créditos

3 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O QUE É HAICAI No Japão e na maioria dos países (Estados Unidos, França, Alemanha, Canadá, Colômbia, Argentina, entre outros), o poema é conhecido sob a denominação de haiku. No Brasil, regra geral, usa-se haiku para designar os poemas compostos em japonês. E haicai, para os compostos em português. Considerado o menor poema do mundo, chegou ao Brasil no início do século XX, e segundo os estudiosos do assunto, Afrânio Peixoto (em 1919) foi o pioneiro na introdução e divulgação desse gênero poético entre nós (embora o haiku tenha chegado com o Kasato Maru, aportado em 1908, juntamente com os primeiros imigrantes japoneses). Quanto à forma: Por tradição, é um poema composto por dezessete sílabas distribuídas em versos de 5, 7 e 5 sílabas, respectivamente, sem título e sem rima. No Brasil, consideradas as diferenças gráficas/fonéticas, são aceitas aproximações quanto à métrica. Quanto ao conteúdo: É um poema em louvor a natureza. Então, o assunto do haicai é a natureza simbolizada pelo kigo; ou seja, um evento particular associado a uma das estações do ano. A natureza humana, representada pelos elementos vivenciais (tempo de plantio, de colheita, festas e comemorações, folguedos como a pipa, a bolha de sabão, entre outros) também é assunto para haicai. Som da cachoeira Carnaval na roça Inundando meus ouvidos Sem enfeite nem pandeiro Que frescor eu sinto! (Francisco Handa) Só com frigideira. (Masuda GOGA)

4 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Molhado e contente vou chegando em minha choça. Chuva de caju! (H. Masuda Goga) mo - lha - doe - con – ten (te) 5 sílabas vou - che - gan - doen - mi - nha – cho (ça) 7 sílabas chu - va - de - ca - ju. 5 sílabas

5 Os grilos cantam apenas do meu lado esquerdo Estou ficando velho. (Paulo Franchetti) Os - gri – los - can - tam - a - pe (nas) 7 sílabas do - meu - la - does - quer (do) 5 sílabas Es - tou - fi - can - do - ve (lho). 6 sílabas CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS

6 A ESSÊNCIA POÉTICA DO HAICAI As flores Da beira da estrada O cavalo comeu. (Bashô – 1644 ~1694) Em solidão como a minha comida – E sopra o vento de outono (Kobayashi Issa – 1763 ~ 1827) Quando a lua se move para oeste A sombra das flores Caminha para leste. (Busson ~1783) Como se pode perceber nos exemplos acima, na prática, o haicai é o registro de uma descoberta ou de uma percepção que nos chega através dos sentidos: a flor que se abre, o pássaro que canta, o calor que incomoda ou que anima, a lua, ou o vento de outono. Então podemos dizer, também, que o haicai é a poesia do presente, do que está acontecendo aqui e agora, ao nosso redor – fauna, flora, tempo, geografia (montanha, serra, rio, mar), fenômenos atmosféricos (chuva, arco-íris, névoa, granizo) e também a natureza humana ou os elementos vivenciais. Calma primavera. Festa de Natal. Pesquisam o solo adubado O aniversariante porcos e pardais. (Roberto Saito) pregado na cruz. (Teruko Oda)

7 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O CONCEITO DE AQUI E AGORA (H. Masuda GOGA) aqui e agora não significa apenas a localidade e o momento em que se acha o autor, quando produz o haicai. Esta frase deve ser aplicada mais ao caráter do poema, o que quer dizer que o próprio haicai tem de ser aqui e agora. Este conceito será explanado pela diferença dos haicais a seguir: Vivendo o presente, Vivendo o presente, O hoje, o aqui e o agora, O hoje, o aqui e o agora, Gira o girassol. Como o girassol. O girassol (kigo) é o aqui e agora do poema – o poeta vive a experiência de presenciar a flor que gira com o sol, mas não se coloca no poema o assunto é o girassol. Será fácil de entender que o primeiro haicai é produzido pela observação direta e objetiva, sem raciocínio. O segundo é puramente racional, subjetivo e também explicativo. O assunto é a vida do poeta. O autor se coloca no poema comparando o seu viver com o do girassol, que, neste poema, não exerce a função de kigo por ser mera referência.

8 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS A FUNÇÃO DO KIGO NO HAICAI Kigos são palavras, termos ou expressões que representam uma determinada estação do ano. Por exemplo: o café. Empregado no poema como sinônimo de cafezinho – bebida apreciada no Brasil e no mundo, e consumida a qualquer hora – não se deixa ler como kigo, pois não representa característica de determinada estação do ano, como por exemplo, o quentão e o vinho quente – bebidas típicas de inverno. Mas, se no texto poético, esse café está associado à época das floradas (flor de café, cafezal florido), o café ganha status de kigo (de primavera). Paro junto ao muro Calmamente vou contando flores de café. (Teruko Oda) Da mesma forma: Colheita de café = kigo de inverno Café verde (ouro verde) = kigo de verão Café maduro, café vermelho, café cereja, café rubi = kigo de outono (os kigos são classificados dentro das estações do ano de acordo com as particularidades apresentadas em cada estação)

9 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Algumas sugestões para a composição do haicai Oração de sentido completo, 17 sílabas métricas distribuídas em versos de 5, 7, 5 sílabas (aproximadamente); Rima e título são desnecessários; O assunto do haicai é a natureza representada pelo kigo, que deve ter existência real: ser o aqui e agora do poema; Os versos devem refletir o momento presente (acontecendo agora); portanto, use o verbo no tempo presente; O poema deve ser fruto de uma experiência verdadeira: evite pré conceitos, metáforas, racionalizações (análise, situações imaginárias); Na linda lagoa (visão do poeta/autor a lagoa pode estar suja, poluída). peixes preciosos e belos. (análise nem todo peixe é precioso ou belo) Pescador malvado. (preconceito nem todo pescador é malvado) ( continua)

10 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Algumas sugestões para a composição do haicai (continuação) Haicai é poema popular: use palavras do cotidiano. Evite: frases de efeito, adjetivos, explicações, comparações. Exemplos: Oh, frágil passarinho!/ Tão pequeno, preso ao ninho/ Asas que não voam. No bosque tão belo / o sabiá cantador / canta como um rei. expressões redundantes que nada acrescentam ao poema: No imenso mar azul/ As ondas gigantes se deitam/ No grande lençol azul. citações e frases soltas: Tarde de sol / um jardim florido / um beija-flor chegando. Um grande parque / Pipas colorem o céu / crianças a brincar. incluir suas opiniões e/ou conclusões. Exemplo: Pássaro no ninho / menino e estilingue / natureza triste. **************

11 CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Reflexão: As obras produzidas pelo espírito são boas, mas as produzidas apenas com artifícios de palavras não são dignas de respeito Bashô Bibliografia / Créditos Suzuki, Teiiti. De Renga a Haikai, in Estudos Japoneses (apostila). São Paulo, Centro de Estudos Japoneses, USP, Franchetti, Paulo (org); Doi, Elza Taeko; Dantas, Luiz. Haikai – Antologia e História, Campinas, Editora da UNICAMP, GOGA, H. Masuda. O Haicai no Brasil, São Paulo, Editora Oriento, Oda, Teruko e Handa, Francisco. Introdução ao Haicai. Grêmio Haicai Ipê e Aliança Cultural Brasil Japão editores, Goga, H. Masuda e Oda, Teruko. Natureza – Berço do Haicai, São Paulo, Empresa Jornalística Diário Nippak Ltda., Imagens 1, 2, 4 e 5 : Du Zuppani –


Carregar ppt "CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS Teruko Oda. CULTIVANDO UM JARDIM JAPONÊS O que é haicai A métrica A essência poética O conceito de aqui e agora A função."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google