A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health Tabagismo, saúde e cuidados sociais na Escócia John Rafferty Smoking Health Environment Officer, City.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health Tabagismo, saúde e cuidados sociais na Escócia John Rafferty Smoking Health Environment Officer, City."— Transcrição da apresentação:

1 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health Tabagismo, saúde e cuidados sociais na Escócia John Rafferty Smoking Health Environment Officer, City of Edinburgh Council Edimburgo, Escócia

2 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 2 A lei Lei de tabagismo, saúde e cuidados sociais (Escócia), Infração ao permitir que outras pessoas fumem em locais de não fumantes 2.Infração ao fumar em locais de não fumantes 3.Infração ao não exibir os avisos obrigatórios nos locais de não fumantes Regulamentações da proibição de fumar em determinados locais (Escócia), 2006, (as regulamentações de fumo) elaboradas sob a parte um da lei de 2005

3 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 3 Fumo Fumo significa fumo de tabaco, qualquer substância ou mistura que o inclua ou qualquer outra substância ou mistura Considera-se que uma pessoa está fumando se estiver segurando ou de outra forma na posse ou no controle de tabaco incandescente, de qualquer substância ou mistura incandescente que inclua tabaco, ou de qualquer outra substância ou mistura incandescente que esteja em uma forma ou em um receptáculo no qual possa ser fumado

4 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 4 Locais de não fumantes Locais que são total ou substancialmente fechados ou seja, locais que têm um teto e paredes em mais de 50% do perímetro do local E que também se enquadrem nas seguintes categorias: Locais aos quais o público ou uma parte do público tem acesso Locais que estão sendo usados total ou principalmente como local de trabalho Locais que estão sendo usados por e para as finalidades de um clube ou outro tipo de associação não personificada Locais que estão sendo usados total ou principalmente para fornecer educação ou serviços de saúde ou outros cuidados

5 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 5 Locais isentos Acomodação residencial Quartos designados em lares de cuidados a adultos, hospitais psiquiátricos, unidades psiquiátricas e em instalações offshore Casas de repouso Quartos de hotel designados Salas de detenção ou entrevista designadas Veículos privados

6 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 6 Poder de busca Um fiscal autorizado da entidade apropriada pode entrar e fazer uma busca em locais de não fumantes para determinar se nesses locais foram ou estão sendo cometidas infrações sob as seções um, dois ou três Uma pessoa que um fiscal autorizado de uma entidade responsável acredite, com motivos razoáveis, que cometeu ou está cometendo infrações sob as seções um, dois ou três Uma pessoa que tenha informações relativas a tais infrações e, sem motivos razoáveis, se recuse a fornecer ao fiscal, sob solicitação do mesmo, o nome e o endereço postal da pessoa que cometeu tais infrações Uma pessoa que comete uma infração

7 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 7 Aplicando a lei do fumo Em Edimburgo, a lei é aplicada por fiscais com treinamento em saúde ambiental Faz parte das inspeções de rotina em comida, saúde e aplicação de segurança Estes fiscais já trabalham pessoalmente com as empresas e vão usar uma abordagem semelhante para implementar a nova lei do fumo fornecendo aconselhamento e apoio sempre que possível

8 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 8 Aplicação da lei Fiscais autorizados podem realizar vários tipos diferentes de inspeções relativos aos controles do fumo: 1.Inspeção oficial (proativa) 2.Inspeção secreta (reativa) 3.Inspeção secreta e saída (reativa)

9 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 9 A abordagem de Edimburgo Mais de locais a serem inspecionados, ocupados por várias empresas Uma abordagem não conflituosa Foco na sensibilização e compreensão sobre as proibições de fumar para assegurar conformidade com a nova legislação Esperava-se que, com o apoio da população, houvesse um alto nível de conformidade voluntária de todas as empresas

10 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 10 Antes de 26 de março de 2006 Dois fiscais destacados para a aplicação da lei do fumo e saúde, 1 de fevereiro de 2006 Coleta de informações do governo escocês e de Dublin Programa dinâmico de apresentações e encontros em locais de alto risco para educar e informar o maior número possível de pessoas sobre a legislação antitabagista Forte envolvimento da mídia 97 pesquisas na mídia entre 6 de janeiro e 6 de abril

11 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 11 Proibição de fumar: Previsões assustadoras

12 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 12 Depois de 26 de março de 2006 Lançamento de alto perfil Diretor de mídia em período integral Presença inicial muito visível Visitas ao maior número possível de locais visitas nas primeiras três semanas, 24 horas por dia Usando todos os fiscais de saúde ambiental dos departamentos de alimentação, saúde e segurança

13 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 13 Proibição de fumar: Um enorme sucesso

14 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 14 Multas fixas Notificações de multas fixas oferecem uma oportunidade para as pessoas evitarem uma possível condenação judicial pela infração ao pagar a quantia determinada Sob as seções um e três da lei, a multa é de £200, pagável no prazo de 29 dias, ou £150 se paga em até 15 dias após a notificação Sob a seção dois da lei, a multa é de £50, paga no prazo de 29 dias, ou £30 se paga dentro de 15 dias após a notificação Se uma multa fixa não for paga, a aplicação da lei pode prosseguir pelo procurador público ou por processo civil como uma dívida recuperável pelo município de Edimburgo A recusa ou incapacidade de pagar podem resultar em instauração de processo e multa de até £2.500

15 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 15 Controles de gestão Recomenda-se que as pessoas responsáveis por locais de não fumantes: 1.Criem uma política sem fumo (escrita, de preferência) 2.Criem um procedimento para lidar com quaisquer pessoas que fumem (por escrito, de preferência) 3.Ensinem os funcionários quanto à política e procedimentos escritos 4.Mantenham registros escritos de qualquer incidente (e os resultados deste) quando um funcionário responsável confrontar um indivíduo por fumar no local

16 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 16 Sinalização para as instalações As placas de Proibido fumar devem ser exibidas de forma conspícua e permanente, para ficarem visíveis e legíveis para as pessoas dentro e as que se aproximam dos locais de não fumantes As exigências mínimas de sinalização para os locais são um aviso de proibido fumar que: Tenha dimensões de pelo menos 230 mm por 160 mm; Declare que o local é de não fumantes e que é uma infração fumar ou permitir que se fume; Exiba o símbolo internacional de Proibido fumar (com pelo menos 85 mm de diâmetro); Exiba o nome da pessoa a quem deve ser enviada uma reclamação na eventualidade de não conformidade; e Seja exibido de tal maneira que esteja protegido de adulteração, danos, remoção ou ocultamento

17 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 17 Sinalização para as instalações Fonte: Rafferty.

18 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 18 Sinalização para as instalações Fonte: Rafferty.

19 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 19 Sinalização para veículos Devem ser exibidas placas de proibido fumar em quaisquer veículos afetados pela proibição, de forma que as placas possam ser vistas e lidas por pessoas que estejam no veículo e que se aproximam do veículo em questão Os veículos a que se refere a legislação incluem trens, ônibus, táxis, carros de aluguel privado e qualquer embarcação, barco ou aerobarco

20 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 20 Sinalização para veículos Fonte: Rafferty.

21 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 21 Problemas associados Barulho Lixo nas ruas Entradas Aumento nas licenças de mesas e cadeiras no exterior dos locais licenciados

22 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 22 Abrigos para fumantes Fonte: Rafferty.

23 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 23 Cervejarias em áreas externas Fonte: Rafferty.

24 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 24 No exterior de bares Fonte: Rafferty.

25 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 25 Dados da linha nacional de conformidade

26 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 26 Resultado 84% das pessoas entre anos de idade apoiam a legislação antitabagista A mais recente pesquisa interna mostrou que cerca de ¾ dos residentes de Edimburgo apoiam esta proibição Mais de 90% dos trabalhadores de bares disseram em uma pesquisa que o seu local de trabalho passou a ser um lugar mais saudável desde a introdução da legislação, e mais de ¾ acreditam que isso irá beneficiar a sua saúde a longo prazo

27 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 27 Benefícios para os funcionários dos bares Melhoria imediata e dramática na saúde dos funcionários dos bares desde 26 de março de 2006 Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Dundee demonstrou que em uma série de indicadores de saúde, as mudanças positivas eram evidentes das seguintes maneiras: Os sintomas adversos relacionados com o fumo caíram de mais de 80% para menos de 50% Os níveis de nicotina na corrente sanguínea diminuíram Melhora na função pulmonar entre 5% e 10% Menos inflamação na corrente sanguínea As maiores mudanças ocorreram com os funcionários asmáticos dos bares

28 2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health 28 Conclusão geral A maioria do povo escocês (incluindo fumantes) agora apoia a legislação antitabagista e a considera benéfica


Carregar ppt "2007 Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health Tabagismo, saúde e cuidados sociais na Escócia John Rafferty Smoking Health Environment Officer, City."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google