A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Criação de Grupos de Pesquisas no Campus de Sertãozinho Aristeu Gomes Tininis Agosto /2009.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Criação de Grupos de Pesquisas no Campus de Sertãozinho Aristeu Gomes Tininis Agosto /2009."— Transcrição da apresentação:

1 Criação de Grupos de Pesquisas no Campus de Sertãozinho Aristeu Gomes Tininis Agosto /2009

2 Fonte: Alberto Mesquita Filho Ensino

3 Extensão

4 PESQUISA

5 Modelo atual das IES

6 PESQUISA Básica Básica Aplicada Tecnológica Aplicada TecnológicaBásica não possui aplicação imediata na sociedade. não possui aplicação imediata na sociedade. auxilia outros cientistas novas pesquisas. auxilia outros cientistas novas pesquisas. alcance fica circunscrito a comunidade científica. alcance fica circunscrito a comunidade científica. necessita de Doutores e Alicerces. necessita de Doutores e Alicerces.

7 Pesquisa Tecnológica ligada à ciência aplicada. ligada à ciência aplicada. têm aplicação mais imediata na sociedade. têm aplicação mais imediata na sociedade. o resultado é o desenvolvimento de um novo produto ou processo. o resultado é o desenvolvimento de um novo produto ou processo.

8 Pesquisa Tecnológica Isso não faz a pesquisa tecnológica ser menos científica do que as demais áreas do saber.Isso não faz a pesquisa tecnológica ser menos científica do que as demais áreas do saber. Não se pode dizer que um pesquisador é melhor que o outro, pois isso depende muito dos interesses e objetivos de cada um.Não se pode dizer que um pesquisador é melhor que o outro, pois isso depende muito dos interesses e objetivos de cada um. Existe dentro do campo das ciências uma grande diversidade de metodologias, objetivos e resultados a serem desenvolvidos e alcançados.Existe dentro do campo das ciências uma grande diversidade de metodologias, objetivos e resultados a serem desenvolvidos e alcançados. A escolha de cada um deles depende das motivações/ aptidões de cientista.A escolha de cada um deles depende das motivações/ aptidões de cientista.

9 A ciência é a forma de conhecimento que está presente no ensino escolar.A ciência é a forma de conhecimento que está presente no ensino escolar. As escolas servem para sua difusão.As escolas servem para sua difusão. Permeia quase todos os momentos de nosso dia a dia.Permeia quase todos os momentos de nosso dia a dia. Saber como funciona ou como é criado, é uma forma de nos mantermos atualizados e informados.Saber como funciona ou como é criado, é uma forma de nos mantermos atualizados e informados. Editais do CNPq, FINEP, etc Voltados para PT.Editais do CNPq, FINEP, etc Voltados para PT. Algumas Considerações

10 O que temos? Apoio e estrutura administrativa Condições físicas; Técnicos Administrativos e Docentes; Alunos;Comunidade;Idéias; 1 projeto escrito e enviado: Biodiesel

11 De que precisamos? Mudança no pensar Voluntários: Alunos Docentes Docentes Técnicos Administrativos Técnicos Administrativos Verbas: Reitoria Agências de Fomento Agências de Fomento Apoio da Direção IDÉIAS x PROJETOS

12 Como a Reitoria nos enxerga hoje? Um Campus de dimensões interessantes porém sem nenhuma iniciativa para pesquisa ou extensão. Se quisermos conseguir verbas, devemos mostrar projetos e sermos insistentes.

13 Como iniciar um programa de pesquisa no IF Campus Sertãozinho? (Com visibilidade) RH?Idéias?Comunidade? Alunos e professores e/ou servidores alunos? E aí sim…Agencias de fomento à pesquisa!!!

14 Algumas formas de obtenção de $$$ FAPESP;CNPq;FINEP;BNDS;ONGs;Reitoria;Bancos; Empresas Privadas: Pequeno e médio porte

15 O que os projetos de pesquisa poderão nos trazer? Livros Livros Laboratórios adequados e equipados; Laboratórios adequados e equipados; Participação em congressos; Participação em congressos; Criação de cursos de pós graduação; Criação de cursos de pós graduação; Melhoria nas condições de ensino; Capacitação Melhoria de salários; Capacitação Melhoria de salários; Egressos dos cursos superiores pós graduação; Egressos dos cursos superiores pós graduação; Contribuição com a Comunidade. Contribuição com a Comunidade.

16 Projetos idéias viabilidade capacitaçãoimplementação Lançamento Portão do projeto Portão do contrato Portão do Lancamento

17 Necessidades Imediatas Criação de um grupo de pesquisa registrado no CNPq; Elaboração das possíveis linhas de pesquisa do Instituto – Campus Sertãozinho; Elaboração/envio de projetos individuais; Elaboração/envio de projetos coletivos; Busca de empresas; Busca de alunos; Docentes; Busca de parcerias.

18 Proposta Terça Feira (03/09 – 10:00h) Reunião com os interessados Definição de linhas de pesquisa e Subgrupos; Levantamento dos seguintes dados: Nome, CPF, Data Nascimento; Área de formação, Mês/Ano de formação, Área de atuação; Maior Nível de titulação, Linha de pesquisa que atuará.

19 Proposta Terça Feira (03/09 – 14:00h) Reunião com os interessados (Biodiesel): Confirmação de linhas de pesquisa e Subgrupos; Confirmação dos dados: Nome, CPF, Data Nascimento; Área de formação, Mês/Ano de formação, Área de atuação; Parcerias/ edição de projetos, Participação confirmada de servidores de São Roque.

20 Consideraçoes Finais Processo Contínuo; Processo Contínuo; Necessidade obrigatória do cadastramento Individual na Plataforma LATTES; Necessidade obrigatória do cadastramento Individual na Plataforma LATTES; Plataforma Lattes Cadastrar Currículo. Plataforma Lattes Cadastrar Currículo. Cadastramento na Plataforma Carlos Chagas Cadastramento na Plataforma Carlos Chagas

21 Reações de Obtenção de Biodiesel Catalisador Reações Biomassa Oléica Metanol ou Etanol Biodiesel Glicerina Ácido Básico Enzimático Automação, Mecânica, Química e Gestão

22 OBRIGADO PELA ATENÇÃO!!!

23 Criação de Grupos de Pesquisas no Campus de Sertãozinho Aristeu Gomes Tininis Agosto /2009


Carregar ppt "Criação de Grupos de Pesquisas no Campus de Sertãozinho Aristeu Gomes Tininis Agosto /2009."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google