A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Marta Assuane Duarte – Psicóloga. dislexia. Definição. Mabel Condemarín. Mary Blomquist. Entende-se sobre a dislexia específica ou dislexia de evolução,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Marta Assuane Duarte – Psicóloga. dislexia. Definição. Mabel Condemarín. Mary Blomquist. Entende-se sobre a dislexia específica ou dislexia de evolução,"— Transcrição da apresentação:

1 Marta Assuane Duarte – Psicóloga. dislexia

2 Definição. Mabel Condemarín. Mary Blomquist. Entende-se sobre a dislexia específica ou dislexia de evolução, um conjunto de sintomas indicativos de uma disfunção parietal ou parieto-occipital geralmente herdada, ou as vezes adquirida, afetando, por vezes, a aprendizagem da leitura de um contínuo de leve ao grave. A dislexia é acompanhada com grande freqüência de dificuldades na aprendizagem da escrita, gramática, ortografia e redação. A dislexia é o termo aplicável à criança que é incapaz de ler com a mesma facilidade com que lêem os seus pares, apesar de possuir uma inteligência normal, saúde e órgãos sensoriais intactos, liberdade emocional, motivação e incentivos normais bem como instrução adequada

3 dislexia O lobo parietal O lobo parietal localiza-se na parte superior do cérebro, no córtex cerebral, interpreta os estímulos sensoriais provenientes do corpo, sendo responsável pela combinação das impressões relacionadas à forma, à textura e ao peso e as transformam em percepções gerais. Os lobos parietais também ajudam as pessoas a se orientar no espaço e a perceber a posição das partes do corpo, estando envolvido na recepção e processamento das informações sensoriais do corpo.

4 dislexia O lobo occipital Os lobos occipitais estão localizados na parte inferior do cérebro. Esta parte do cérebro define uma das funções essenciais para uma vida autónoma de um ser Humano, a visão (a capacidade de entender o que se vê). Por ter esta função também é designada por córtex visual. Os lobos occipitais são especializados no processamento e na percepção visual.

5 dislexia Premissas. Critchley Se a leitura deficiente persistir na idade adulta. Erros na leitura e escrita são de natureza peculiar e específica. Há uma incidência familiar da síndrome hereditária. A dificuldade se associa, também à interpretação de outros símbolos.

6 dislexia História pessoal. Existência de um familiar próximo que apresente ou tenha apresentado problemas na linguagem ou dificuldades na aprendizagem da leitura e da escrita. Dificuldades no parto: anoxia, hipermaturidade, prematuridade do tempo e/ou peso. Doença infecto-contagiosa que tenha produzido no sujeito um período febril, com vômitos, convulsões e/ou perda de consciência. Atraso na aquisição da linguagem e/ou perturbações na articulação. Atraso na locomoção. Problemas de dominância lateral. Os antecedentes enunciados raras vezes se apresentam em sua totalidade na história de um disléxico; entretanto, basta a presença de um ou mais para levar à suspeita de uma possível disfunção neurológica..

7 dislexia Leitura e escrita 1-Confusão entre letras, sílabas ou palavras com diferanças sutis de grafia: a- o; c-o; e-c; f-t; h-n; i-j; m-n; v;u; etc. 2- Confusão entre letras, sílabas ou palavras com grafia similar, mas com diferente orientação no espaço: b-d; b-p; b-q; d-b; d-p; n-u; w-m; a-e. 3-Confusão entre letras que possuem um ponto de articulação comum, e cujos sons são acusticamente próximos: d-t; j-x; c-g; m-b; m-p; v-f. 4-Inversões parciais ou totais de sílabas ou palavras: me – em ; sol – los; som- mos; sal – las; pal – pla. 5- Substituição de palavras por outras de estrutura mais ou menos similar ou criação de palavras porém com diferente significado: soltou/salvou; era/ficava.

8 dislexia Leitura e escrita 6- Contaminação de sons. 7- Adições ou omissões de sons, sílabas ou palavras: famoso substituído por fama, casa por casaco. 8- Repetições de sílabas, palavras ou frases. 9- Pular uma linha, retroceder para linha anterior e perder a linha ao ler. 10- Excessivas fixações do olho na linha.

9 dislexia Leitura e escrita 11- Soletração defeituosa: reconhece letras isoladamente, porém sem poder organizar a palavra como um todo, ou então lê a palavra sílaba por sílaba, ou ainda lê o texto palavra por palavra. 12- Problemas de compreensão. 13- Leitura e escrita em espelho em casos excepcionais. 14- Ilegibilidade. 15- Leitura hiperanalítica e decifratória.

10 dislexia Outras perturbações da aprendizagem Alterações na memória Alterações na memória em série e seqüências: dias da semana, meses, alfabeto. Linguagem escrita Dificuldades na matemática.

11 dislexia Aspectos emocionais. Na maior parte das vezes, os problemas emocionais aparecem no disléxico depois de seus fracassos escolares. Ou seja, os problemas emocionais surgem como reação secundária a seus problemas de rendimento escolar como por ex: atitudes depressivas, agressividade, baixa auto-estima.

12 dislexia O exame do disléxico. A - Estudo da capacidade intelectual B - Estudo dos principais fatores que influenciam na aprendizagem da leitura: A percepção O esquema corporal A noção temporal A linguagem C - Estudo dos fatores emocionais.

13 dislexia Exame de leitura do disléxico. Nível de leitura: primário, secundário e terciário. Análise dos erros, interpretação. Após isso, monta-se um plano de trabalho para a reeducação da leitura.

14 dislexia Algumas palavras. Flausquipitãespleor Quiguisfjuchuxprioztchi Teotihuacan- ( sítio arqueológico na cidade do México) Popocatépetl ( vulcão do México)

15 dislexia Reeducação da leitura. Reconhecimento das palavras Exercícios para discriminar vogais Exercícios para discriminar letras de grafia similar: m-n; c-o; h-b; g-p Exercícios para discriminar sons acusticamente próximos: Apresenta-se palavras começada com d – p e b ; ch e j; etc

16 dislexia Compreensão da leitura Como se chama a menina? O que ela faz? Onde ela foi? O que ela fez lá? Onde ela mora?

17 dislexia Prognóstico A maioria dos disléxicos podem chegar a dominar as habilidades da leitura informativa ou do estudo. Raramente os disléxicos transformam-se em interessados leitores de material de leitura recreativa. Para a maioria dos disléxicos, aprender uma segunda língua é muito difícil.

18 Mabel Condemarin e Marlys Blomquist Dislexia - Manual de leitura corretiva Ed. artes médicas Bibliografia.

19 Graduada pela Universidade Federal de Uberlândia. Especializada em Psicopedagogia pela Universidade Federal de Uberlândia. Especializada em Alfabetização pela Faculdade de Filosófia, Ciências e Letras de Araguari. Formação em Terapia Cognitiva Comportamental. Psicóloga Marta Assuane Duarte


Carregar ppt "Marta Assuane Duarte – Psicóloga. dislexia. Definição. Mabel Condemarín. Mary Blomquist. Entende-se sobre a dislexia específica ou dislexia de evolução,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google