A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Teoria Geral de Sistemas – TGS Parte 1 Disciplina: Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Agosto 2011 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Teoria Geral de Sistemas – TGS Parte 1 Disciplina: Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Agosto 2011 1."— Transcrição da apresentação:

1 Teoria Geral de Sistemas – TGS Parte 1 Disciplina: Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Agosto

2 Conteúdo Exercício de Folha de Ponto – Levantar os impactos em várias instâncias organizacionais História TGS Desenvolvimento e propósitos da TGS O enfoque sistêmico nas organizações: Visão Sistêmica Abordagem Sistêmica Pensamento Sistêmico 2

3 3 Teoria Geral de Sistemas Teoria - Ação de examinar, contemplar, estudar, etc. É um mapeamento para a observação de um fenômeno. Geral - Pode ser aplicada a todo o tipo de sistemas. Sistemas - Conjunto de elementos, materiais ou ideais, entre os quais se possa encontrar ou definir alguma relação. Um todo organizado ou complexo. Um conjunto ou combinação de coisas ou partes, formando um todo complexo ou unitário.

4 4 Teoria Geral de Sistemas Bertalanffy ensinou: – Interessante abordar questão do todo (sistema) – Características de um sistema observadas em outro – Aplicação em diversas áreas do conhecimento – Cunhou a expressão Teoria Geral de Sistemas

5 Histórico Desde 1950 que a Teoria Geral de Sistemas (TGS) é estudada. O biólogo alemão Ludwig von Bertalanffy, abordando as questões científicas e empíricas ou pragmáticas dos sistemas, deu os primeiros passos. O foco de seus esforços estava na produção de conceitos que permitissem criar condições de aplicações na realidade empírica e pragmática, sob a óptica das questões científicas dos sistemas. Muito rapidamente houve uma preocupação de integrar as premissas da TGS nas várias ciências naturais e sociais. Como resultado, a teoria tornou-se um gênero mais amplo de estudar os campos não-físicos do conhecimento científico, especialmente as Ciências Sociais. É claro que essa teoria de sistemas, ao desenvolver princípios unificadores que atravessam verticalmente os universos particulares das diversas ciências envolvidas, aponta para um objetivo definido: a unidade da ciência. TGS surgiu como uma teoria dos sistemas biológicos, econômicos ou mecânicos. 5

6 6 Teoria Geral de Sistemas TEORIA GERAL DE SISTEMAS é uma teoria que tem por objetivo melhorar a compreensão sobre sistemas, podendo ser aplicada, de forma geral, a todo o tipo de sistemas. É interdisciplinar, pois para a sua compreensão e aplicação recorre-se a conceitos de Filosofia, Sociologia, Biologia, Psicologia e Administração, entre outros.

7 7 Teoria Geral dos Sistemas Teoria dos Sistemas EconomiaFisiologiaAstronomia Sistema Monetário Sociologia Sistema RespiratórioSistema SolarSistema Social Da Biologia…para várias ciências : Aplicação da Teoria dos Sistemas

8 É um conjunto de elementos interdependentes e interagentes ou um grupo de unidades combinadas que formam um todo organizado É um conjunto de partes reunidas que se relacionam entre si formando um todo É um grupo de unidades combinadas que formam um todo organizado cujas características são diferentes das características das unidades Conceitos de Sistemas Aluno 1Aluno 2Aluno 3Aluno 4Aluno 5 Área 1 Área 2 Área 3 8

9 Conceito de Sistemas O aspecto mais importante do conceito de sistema é a idéia de um conjunto de elementos interligados para formar um todo. 9

10 Exemplos de Sistemas ÁreaExemplo BiologiaSer humano PsicologiaIndivíduo; Família SociologiaUniversidade – Classes - Alunos AdministraçãoEmpresa -> Subsistemas político, organizacional, operacional, social, recursos humanos Tecnologia da InformaçãoQualquer combinação organizada de pessoas, hardware, software, redes de comunicação, recursos de dados e políticas e procedimentos que armazenam, restauram e transformam e disseminam informações em uma organização 10

11 TIPOS DE SISTEMAS: Quanto sua constituição: – Físicos ou concretos – Abstratos ou conceituais Quanto a sua natureza: – Fechados – sem interação com o meio ambiente – Abertos – possui interação com o meio ambiente. É influenciado e influencia o mesmo. A adaptabilidade é um contínuo processo de aprendizagem e auto-organização. O CONCEITO DE SISTEMA ABERTO É PERFEITAMENTE APLICÁVEL À ORGANIZAÇÃO EMPRESARIAL 11

12 TEORIA GERAL DE SISTEMAS Três premissas básicas: – Os sistemas existem dentro dos sistemas. Sistemas são constituídos de subsistemas. – Os sistemas são abertos. Não existem sistemas fechados no mundo real. – As funções de um sistema dependem de sua estrutura. 12

13 13 Sistema e Seus Componentes Representação diagramática – Em cada nível componentes se agregam – Fazem emergir sistemas em outro nível

14 TEORIA GERAL DE SISTEMAS Não é propriamente a TGS que interessa, mas seu produto principal: a sua abordagem de sistemas (teoria de sistemas) A teoria de sistemas permite reconceituar os fenômenos dentro de uma abordagem global, permitindo a inter-relação e integração de assuntos que são, na maioria das vezes, de naturezas completamente diferentes. 14

15 TEORIA GERAL DE SISTEMAS O conceito de sistema proporciona uma visão compreensiva, abrangente, holística (as totalidades representam mais que a soma de suas partes) e gestáltica (o todo é maior que a soma das partes) de um conjunto de coisas complexas, dando-lhes uma configuração e identidade total. 15

16 TEORIA GERAL DE SISTEMAS O conceito geral de sistema passou a exercer significativa influência na administração, sob a óptica da ciência, favorecendo a abordagem sistêmica, que representa a organização em sua totalidade com seus recursos e seu meio ambiente externo e interno. 16

17 Propósito ou objetivo: definidos pelos arranjos de suas unidades ou elementos. Globalidade ou totalidade: qualquer estimulação em qualquer unidade do sistema afetará todas as unidades. Duas características básicas 17

18 Exercício – 2 características básicas Colocar em ordem de prioridade os objetivos abaixo, supondo os como objetivos pessoais a serem atingidos nos próximos 10 anos. A – Ter uma excelente saúde física e com salário suficiente para comer e viver modestamente B – Ter um emprego estável, com salário em torno de R$ 4.000,00 e um período de 8 horas de trabalho por dia C – Ter uma remuneração acima de R$ 10M porém prejudicando a saúde e com alta instabilidade emocional D – Arranjar a companheira (o) ideal da sua vida E – Ser reconhecido como uma pessoa de muito sucesso no seu meio de relacionamento F - Estar em harmonia e paz consigo mesmo G – Ter um emprego estável, porém com muito trabalho (10 horas por dia), um pouco de estresse e remuneração em torno de R$ 7M mês H - Estar fazendo o que adora e sentindo-se muito feliz com isso 18

19 Exemplo Propósitos ou Objetivos ÁreaExemploPropósitos ou objetivos BiologiaSer humanoBoa saúde; Atender necessidades fisiológicas PsicologiaIndivíduo; FamíliaSer feliz? Ser reconhecido SociologiaUniversidade – Classes - AlunosAtingir o objetivo social AdministraçãoEmpresa -> Subsistemas político, organizacional, operacional, social, recursos humanos Atingir os objetivos da empresa => Lucro Objetivo individual --> +R$ Sistema de Informação Pode ser qualquer combinação organizada de pessoas, hardware, software, redes de comunicação, recursos de dados e políticas e procedimentos que armazenam, restauram e transformam e disseminam informações em uma organização. Suportar da melhor forma possível as atividades da empresa 19

20 Conclusão do exercício O indivíduo é componente/elemento de composição de vários tipos de sistemas. Em cada sistema o indivíduo se relaciona com outros indivíduos visando atingir os objetivos do sistema em questão. Em cada tipo de sistema o indivíduo tem que atingir o objetivo do sistema (função específica). A participação do indivíduo nos vários sistemas são interconectados e qualquer alteração na relação em um sistema impacta mudanças em outras sistemas.: – Ganhar mais pode significar uma melhora na parte financeira (sistema biológico – aumentando o nível de sobrevivência) porém com risco de perda na parte física e ou no social (atrito no trabalho, aumento de inveja, etc.). – Uma pressão maior da empresa sobre o funcionário irá afetar o equilíbrio nos outros sistemas aos quais o funcionário faz parte. A mesma análise feita sobre o indivíduo deve ser feita sobre a organização. Analisando suas relações com outras organizações e também as relações internas (relações dos seus subsistemas). (Rever slide Duas Características Básicas) 20

21 Complexidade de um sistema Elem. 1Elem. 5Elem. 4Elem. 3Elem Elem. 1Elem. 3Elem. 2 Elem. 1Elem. 4Elem. 3Elem Quantidade de relacionamentos = (número de elementos*(número de elementos - 1))/2 Desta forma, se um sistema tiver 9 elementos teremos: (9*(9-1))/2 = 9*8/2 = 36 relacionamentos no sistema Relacionamentos podem ser interações organizacionais, trocas de energias, comunicações, relacionamento familiar, etc. 9

22 SISTEMAS Comportamento probabilístico e não determinístico, pois seu comportamento nunca é totalmente previsível. Os sistemas abertos são complexos e respondem a muitas variáveis que não são totalmente compreensíveis. 22

23 23 A realidade é feita de sistemas As propriedades dos sistemas não podem ser descritas em termos dos seus elementos separados A compreensão do sistema somente ocorre quando se estuda os sistemas globalmente, envolvendo todas suas relações e suas partes O todo pode ter propriedades que as partes não possuem e vice-versa SISTEMAS

24 24 Visão sistêmica Visão macro – Sistema solar

25 25 Visão sistêmica Visão micro – DNA

26 Abordagem Sistêmica A abordagem sistêmica para a solução de problemas usa uma orientação de sistemas para definir os problemas e em resposta desenvolver soluções viáveis e adequadas: 1.Reconhecer e definir um problema ou oportunidade usando pensamento sistêmico 2.Desenvolver e avaliar as alternativas de soluções de sistemas 3.Selecionar a solução de sistema que melhor responda às suas necessidades 4.Projetar a solução de sistema escolhida 5.Implementar e avaliar o êxito do sistema projetado (Fonte: OBrien – pág. 364 a 367) 26

27 Pensamento Sistêmico A essência da disciplina do pensamento sistêmico é enxergar a floresta e as árvores em qualquer situação: Vendo a inter-relação entre os sistemas mais do que cadeias de causa e efeito lineares quando quer que o evento ocorra Vendo processos de mudança entre os sistemas mais do que lances discretos de mudança, quando quer que as mudanças ocorram (Fontes: Senge, Peter. A Quinta Disciplina; OBrien – pág. 364 a 367) 27

28 Exercício Pensamento Sistêmico O que faz uma pessoa roubar o arquivo de clientes da empresa? Por que os funcionários possuem performances diferentes na utilização dos sistemas de informação da empresa? Por que os sistemas caem? 28

29 Exemplo Compreensão do Sistema ÁreaExemploPropósitos ou objetivos BiologiaSer humanoBoa saúde, Atender necessidades fisiológicas PsicologiaIndivíduo; FamíliaSer feliz? SociologiaUniversidade – Classes - AlunosAtingir o objetivo social AdministraçãoEmpresa -> Subsistemas político, organizacional, operacional, social, recursos humanos Atingir os objetivos da empresa => Lucro Objetivo individual --> R$ Tecnologia da Informação Qualquer combinação organizada de pessoas, hardware, software, redes de comunicação, recursos de dados e políticas e procedimentos que armazenam, restauram e transformam e disseminam informações em uma organização Suportar da melhor forma possível as atividades da empresa 29

30 Aplicação em Administração As organizações buscam constantemente aumentar a produtividade e a qualidade do seu processo produtivo. Organizando melhor o processo produtivo e alocando uma configuração otimizada dos recursos ao sistema produtivo obtêm-se claramente uma maior produtividade e qualidade. Por exemplo: Mapeamento de Processos de Negócios tendo como objetivo obter melhorias de processos. 30

31 Aplicação em Administração Henry Mintzberg em seu livro Imagens da Organização define que a estrutura organizacional da empresa define a estratégia que a empresa adota. Esta é uma prática administrativa adotada por quase a totalidade das grandes empresas. 31

32 Exercício Por exemplo, se em uma determinada área da empresa está previsto uma redução nos próximos 6 meses em 10% do seu quadro atual e com aumento previsto de 20% na demanda, qual é o objetivo do diretor definindo essa configuração de estrutura? Como é a configuração de recursos (tempo) que você aloca para os vários sistemas aos quais você participa? Está em equilíbrio? 32

33 Conceito de Entropia 2º Lei da Termodinâmica Refere-se à perda de energia em sistemas isolados, levando-os a degradação, desintegração e ao desaparecimento Ao processo reativo dá-se o nome de entropia negativa A informação é a base da configuração e da ordem. Isto é, a medida que as informações são trocadas com o meio ambiente o sistema irá se adaptando. 33

34 Exemplo de Entropia Um prisioneiro na solitária Uma pessoa perdida em uma ilha desabitada Um loja quando começa a perder muitos clientes Um funcionário que de repente começa a não se relacionar com os outros membros da equipe (isolamento) Empresas que se distanciaram da inovação em alguns dos seus produtos (Sony, Nokia) 34

35 É importante que os administradores empresariais entendam o relacionamento existente entre os componentes técnicos de um sistema e a estrutura, o funcionamento e o processo político das organizações. Tecnologia e organização (ou empresa), devem ser ajustadas entre si para que se obtenha uma harmonização perfeita entre os dois domínios. Inter-relacionamento entre sistemas 35

36 Exemplo Inter-relacionamento entre sistemas 36 Vendas e Marketing Recursos Humanos CAIXA (Finanças e Contabilidade) Produção (REPOSIÇÃO) Suponha que numa loja de departamentos ficou decidido que será implantado um sistema de automação de caixas utilizando código de barras. No momento atual tudo é controlado na mão. O preços são etiquetados diretamente nos artigos. Discuta em grupo quais são os principais impactos e ações que precisam ser tomadas antes da implantação do sistema.

37 Exemplo Inter-relacionamento entre sistemas 37 Vendas e Marketing Recursos Humanos CAIXA (Finanças e Contabilidade) Produção (REPOSIÇÃO) Suponha que numa loja de departamentos ficou decidido que será implantado um sistema de controle de ponto eletrônico (RH). Atualmente o controle é feito diretamente pelos coordenadores de cada departamento. Todas as atividades das outras áreas são executadas manualmente ou seja sem automação. Discuta em grupo quais são os principais impactos e ações que precisam ser tomadas antes da implantação do sistema.

38 Revisão: Complexidade de Sistemas Quanto maior a quantidade de áreas que o sistema estiver impactando maior a dificuldade de implantação Abordagem Sistêmica: Entender todas as relações entre as áreas (componentes) e implantar o sistema somente em uma única área por vez 38 Área 1Área 5Área 4Área 3Área Área 1Área 5Área 4Área 3Área

39 Revisão: Complexidade de Sistemas Imaginem o aumento de dificuldade se fosse decidido implantar o novo processo de automação de caixa e também o de controle de ponto no mesmo instante? Além de tratar os relacionamentos 2, 3, 8 e 9 ao implantar o sistema de ponto eletrônico (área 4) teríamos que tratar os relacionamentos 4, 7 e 10, aumentando em muito a complexidade da implantação. Ler caso Hershey Foods (pág. 18) 39 3 Área 1Área 5Área 4Área 3Área

40 Teoria dos Sistemas Fim Parte I - TGS 40


Carregar ppt "Teoria Geral de Sistemas – TGS Parte 1 Disciplina: Sistemas de Informação - UNIP Professor: Shie Yoen Fang Agosto 2011 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google