A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

EDUCAÇÃO INFANTIL: AFETIVIDADE, LUDICIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "EDUCAÇÃO INFANTIL: AFETIVIDADE, LUDICIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS."— Transcrição da apresentação:

1 EDUCAÇÃO INFANTIL: AFETIVIDADE, LUDICIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS

2 vamos falar sobre as crianças de hoje

3 Classified - Internal use elas passam menos tempo com os pais

4 Classified - Internal use mais tempo com mais brinquedos

5 Classified - Internal use pressionadas pela performance escolar

6 um modelo que reproduz pequenos espectadores ao invés de grandes criadores

7 QUAL SERIA UM BOM ESTÍMULO EDUCATIVO, CRIATIVO E INTERATIVO PARA CRIANÇAS DO NOSSO TEMPO CRESCEREM BEM ?

8

9 isso mesmo, uma folha em branco.

10 A ciência comprova A atividade de desenhar é um dos estímulos exteriores mais importantes para o desenvolvimento da criança, para exercitar sua mente e imaginação (PIAGET, 1978) As crianças que utilizam o desenho para se expressar têm maior facilidade de aprender. O desenho é um pré- requisito para a aquisição da linguagem escrita (MELLO, 2012) De forma prazerosa, aprende a desenvolver noção de espaço, apropriando-se do seu próprio conhecimento construído respeitando seu ritmo. (MELLO, 2012) O modo como o desenho infantil vem sendo trabalhado na escola tem desvalorizado o processo de criação das crianças, tendo em vista a obtenção de um produto final a partir de modelos prontos, sem significado para as crianças. (AFFONSO; SOUZA, 2007).

11 Classified - Internal use DESENHAR NA INFÂNCIA É UM DIREITO TÃO IMPORTANTE QUANTO O ENSINO FUNDAMENTAL

12 TODA CRIANÇA É ARTISTA, NASCE ARTISTA. O PROBLEMA É COMO FAZER COM QUE ELA SE CONSERVE ARTISTA DEPOIS DE CRESCIDA. Pablo Picasso

13 CRIANÇA QUE DESENHA NÃO PASSA A INFÂNCIA EM BRANCO

14 Classified - Internal use

15

16 SÉCULO XX - ERA DA INFORMAÇÃO SÉCULO XXI - ECONOMIA CRIATIVA ERA DE CONCEITOS NINGUÉM PODE SE DAR AO LUXO DE IGNORAR O ARTISTA QUE MORA EM SI, NO LADO DIREITO DO CÉREBRO

17

18 OS DOIS LADOS DO CÉREBRO TROCAM SINAIS A TODO O TEMPO, POR UMA REDE DE 200 MILHÕES A 300 MILHÕES DE FIBRAS NEURAIS QUE AJUDAM A BALANCEAR A APRENDIZAGEM, ANÁLISE, COMUNICAÇÃO E MOVIMENTOS DO CORPO ENTRE OUTRAS FUNÇÕES.

19

20 MTE ALERTA MENTE ALERTA nos permite ENXERGAR ALÉM

21

22

23

24 A análise de figuras A análise de desenhosincoerentes despertou muito interesse de psicólogos estudando o processo de interação cognitiva. O espectador depara-se realmente com uma experiência deceptiva, como um problema sem solução. Apenas para constatar como é complexo o ato perceptivo quando se trata de uma ILUSÃO DE ÓTICA. INTERAÇÃO COGNITIVA

25

26

27

28

29 Classified - Internal use

30

31 A FALTA DE RECURSOS NÃO PODE SER ENCARADA COMO UM FREIO DA INICIATIVA, CRIATIVIDADE, INOVAÇÃO. AO CONTRÁRIO, DEVE SER UM ACELERADOR PARA A SUPERAÇÃO QUE NOS LEVA DE ENCONTRO AO OBJETIVO.

32 Classified - Internal use QUAL É O COMBUSTÍVEL DA CRIATIVIDADE?

33 CRIATIVIDADE A Ambição – Audácia E Estímulo – Excelência I Inteligência – Informação – Idéia O Olhar – Observação – Oportunidade U Útil – Utilidade ( adequação ao público a que se destina) PROCESSO DE CRIAÇÃO DAS VOGAIS:

34 4 Cs C onfiança C oragem C onstância C uriosidade 4 Cs

35 Classified - Internal use DESCOBRIR CONSISTE EM OLHAR PARA O QUE TODO MUNDO ESTÁ VENDO E PENSAR UMA COISA DIFERENTE. Albert Szent-György Prêmio Nobel de Medicina

36 Classified - Internal use

37

38

39

40

41

42 O HOMEM É DO TAMANHO DO SEU SONHO Fernando Pessoa


Carregar ppt "EDUCAÇÃO INFANTIL: AFETIVIDADE, LUDICIDADE E PRÁTICAS EDUCATIVAS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google