A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CO 2 H2OH2O Sais Minerais Energia Luminosa FOTOSSÍNTESEGlicose + O 2 Carboidratos + Proteínas + Lipídios NUTRIÇÃO DIGESTÃO C I R C U L A Ç Ã O Órgãos Respiratórios.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CO 2 H2OH2O Sais Minerais Energia Luminosa FOTOSSÍNTESEGlicose + O 2 Carboidratos + Proteínas + Lipídios NUTRIÇÃO DIGESTÃO C I R C U L A Ç Ã O Órgãos Respiratórios."— Transcrição da apresentação:

1 CO 2 H2OH2O Sais Minerais Energia Luminosa FOTOSSÍNTESEGlicose + O 2 Carboidratos + Proteínas + Lipídios NUTRIÇÃO DIGESTÃO C I R C U L A Ç Ã O Órgãos Respiratórios E X C R E Ç Ã O Alimentos não digeridos Alimentos digeridos Fezes Alimentos digeridos O2O2 CÉLULA RESPIRAÇÃO CELULAR H2OH2OCO 2 NH 3 ENERGIA A M B I E N T E Predação Parasitismo Decomposição Mutualismo Herbivorismo Detritivorismo ++ Funções de Nutrição do Ser Vivo TROCAS GASOSAS

2 H 2 O + CO 2 Energia luminosa (luz) Clorofila + Sais minerais C 6 H 12 O 6 + O 2 + H 2 O A m b i e n t e AmidoRespiração Celular Vegetal Glicose Carboidratos, Proteínas e Lipídios (ALIMENTOS) CO 2 Ambiente Trocas Gasosas CO 2 FOTOSSÍNTESE Produção de alimentos a partir de energia e nutrientes retirados do ambiente

3 Produção de C 6 H 12 O 6 (glicose) Quebra de C 6 H 12 O 6 (glicose) FOTOSSÍNTESERESPIRAÇÃO

4 Fotossíntese Transformações de Energia Transformações da Matéria Propriedades da Matéria Massa Peso Volume Densidade Estados Físicos Inércia Impenetrabilidade Porosidade Compressibilidade Unidades de Medida Cor Transparência Dureza Ponto de Solidificação Ponto de Condensação Energia Potencial Gravitacional Cinética Luminosa Sonora Térmica

5 NUTRIENTES ÁGUA LIPÍDIOS (Alimento) Sementes, óleos, ceras PROTEÍNAS (Alimento) Carne, leite, ovos CARBOIDRATOS (Alimento) Massas, farinhas, açúcares SAIS MINERAIS VITAMINAS GÁS OXIGÊNIO Reações químicas Regular temperatura Ferro, cálcio, magnésio, fósforo Composição de substâncias e órgãos, pressão arterial Intermediação de processos A, B, C, D, E Respiração Celular Hormônios, banha ENERGIA Miosina, caseína,albumina ENERGIA Glicose, amido.,sacarose ENERGIA

6 DIGESTÃO : processo de redução e transformação dos alimentos complexos TIPOS EXTERNA: acontece fora do organismo do ser vivo INTERNA: acontece dentro do organismo do ser vivo INTRACELULAR: acontece dentro do organismo e dentro da célula de alguns seres vivos EXTRACELULAR: acontece dentro do organismo, dentro de órgãos, mas fora da célula FÍSICA: ocorre somente redução no tamanho dos alimentos QUÍMICA: ocorre redução e transformação química dos alimentos EXTERNA: aranhas INTERNA: protistas, animais INTRACELULAR: protistas, alguns animais (poríferos e celenterados), glóbulos brancos do sangue humano EXTRACELULAR: maioria dos animais FÍSICA: animais que possuam dentes ou substâncias que dissolvam alimentos (saliva, bile) - DF QUÍMICA: seres vivos que possuam enzimas digestivas (protistas, animais) - DQ

7 SISTEMA DIGESTÓRIO HUMANO BOCA: dentes, língua (DF), saliva (DF) - dissolução de alguns alimentos saliva (DQ) - amilase salivar (atua sobre o amido) FARINGE: passagem comum à comida e ar (sistema digestório e respiratório) EPIGLOTE: permite a passagem de comida para o esôfago ou de ar para a laringe ESÔFAGO: movimentos peristálticos (DF) ESTÔMAGO: movimentos peristálticos (DF), suco gástrico (DQ) - atua sobre as proteínas INTESTINO DELGADO: movimentos peristálticos (DF), absorção (difusão) dos nutrientes simples suco intestinal (DQ)- atua sobre as proteínas - atua sobre os lipídios FÍGADO: bile (DF)- reduz o tamanho dos lipídios PÂNCREAS: suco pancreático (DQ) - atua sobre as proteínas, lipídios e carboidratos (amido, sacarose) INTESTINO GROSSO: movimento peristáltico, absorção de água, produção de fezes (alimentos não digeridos) RETO : armazenamento das fezes ÂNUS: eliminação das fezes

8 DIGESTÃO QUÍMICA Reações químicas entre os alimentos e a água dos sucos digestivos, auxiliadas pela ação das enzimas digestivas ÓRGÃO DE ATUAÇÃOALIMENTOENZIMAPRODUTO FINAL BOCA (saliva) AMIDOAMILASE SALIVARMALTOSE E GLICOSE ESTÔMAGO (suco gástrico) PROTEÍNAPEPSINAPEPTONAS INTESTINO DELGADO (suco intestinal) PEPTONASTRIPSINAPEPTÍDEOS INTESTINO DELGADO (suco pancreático) PEPTÍDEOSEREPSINA AMINOÁCIDOS INTESTINO DELGADO (suco pancreático) AMIDOAMILASE PANCREÁTICA GLICOSE INTESTINO DELGADO (suco pancreático e intestinal) LIPÍDIOSLIPASE ÁCIDO GRAXO E GLICEROL INTESTINO DELGADO (suco intestinal) MALTOSEMALTASE GLICOSE INTESTINO DELGADO (suco intestinal) LACTOSELACTASE GALACTOSE E GLICOSE INTESTINO DELGADO (suco intestinal) SACAROSESACARASE FRUTOSE E GLICOSE

9 Cavidade Bucal Anatomia do dente Língua e percepção dos sabores Movimentos peristálticos

10 Fígado Pâncreas Intestino delgado Sistema Digestório Detalhes do interior do intestino delgado

11 É muito comum ocorrer a comparação entre o corpo humano e uma máquina perfeita. Em diversos livros de ciências, ou mesmo em livros indicados às faculdades, aparecem ilustrações, como essa ao lado, em que os órgãos digestivos são vistos como máquinas, peças de máquinas ou substâncias químicas, que operam ou agem em completa independência do estado geral da pessoa. Observe essa figura com muita atenção e veja se todos os passos da digestão estão presentes. Após ter feito isso, explique o que poderia ter acontecido com essa máquina, caso ela estivesse com: a.Uma gastrite b.Uma úlcera c.Uma diarréia d.Uma hepatite Tente explicar agora porque essa máquina vai deixar de funcionar direito, caso você esteja com depressão. Há pessoas que respondem a esse transtorno psicológico comendo a mais do que deveria e outras a menos. Deveria acontecer isso, caso nosso corpo fosse uma máquina? Pense nisso!


Carregar ppt "CO 2 H2OH2O Sais Minerais Energia Luminosa FOTOSSÍNTESEGlicose + O 2 Carboidratos + Proteínas + Lipídios NUTRIÇÃO DIGESTÃO C I R C U L A Ç Ã O Órgãos Respiratórios."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google