A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

E. E. E. M. Adolfo Fetter DISCIPLINA DE BIOLOGIA NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR Profª Maria Cecília Madruga Monteiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "E. E. E. M. Adolfo Fetter DISCIPLINA DE BIOLOGIA NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR Profª Maria Cecília Madruga Monteiro."— Transcrição da apresentação:

1 E. E. E. M. Adolfo Fetter DISCIPLINA DE BIOLOGIA NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR Profª Maria Cecília Madruga Monteiro

2 NÚCLEO presente apenas em células eucarióticas; onde se localiza o DNA. Centro de controle das atividades celulares e o arquivo das informações hereditárias, que a célula transmite às suas filhas ao se reproduzir. do grego nux, que significa semente

3 NÚCLEO CARIOTECA possui dupla membrana lipoproteica - poros para a passagem de íons, moléculas e complexos moleculares; a membrana externa tem continuação com o RER, apresenta ribossomos; permite que o conteúdo nuclear seja diferente quimicamente do meio citoplasmático.

4 é um conjunto de filamentos – CROMOSSOMOS; certas regiões da cromatina se coram mais intensamente do que outras (heterocromatina) zona menos coradas eucromatinas (genes mais ativos). CROMATINA NÚCLEO

5 NUCLÉOLO NÚCLEO corpúsculo denso e arredondado, não delimitado por membrana; ribossomos em processo de amadurecimento; desaparecem durante a divisão celular. Nucléolo (seta) em núcleo de ovócito (400x)

6 solução aquosa que envolve a cromatina e os nucléolos; presentes diversos tipos de íons, moléculas de ATP, nucleotídeos e enzimas. NÚCLEO CARIOLINFA

7 DIVISÃO CELULAR

8 NUCLEAR CITOPLASMÁTICA DIVISÃO CELULAR

9 MITOSE MEIOSE DIVISÃO CELULAR

10 CICLO CELULAR interfase; mitose.

11 INTERFASE DIVISÃO CELULAR G 1 - sintetiza proteínas, lipídios e glicídios. S - síntese de DNA (duplicação). G 2 - sintetiza proteínas e membranas.

12 DIVISÃO CELULAR Fonte: biologiacesaresezar.editorasaraiva.com.br

13 DIVISÃO CELULAR crescimento de órgãos e tecidos; reposição de células mortas; regeneração de tecidos danificados; proliferação de células de defesa; crescimento de órgãos e tecidos; reposição de células mortas; regeneração de tecidos danificados; proliferação de células de defesa; Processo de divisão celular, no qual uma célula somática (2n) gera duas células-filhas (2n). MITOSE crescimento de órgãos e tecidos; reposição de células mortas; regeneração de tecidos danificados; proliferação de células de defesa; crescimento de órgãos e tecidos; reposição de células mortas; regeneração de tecidos danificados; proliferação de células de defesa;

14 DIVISÃO CELULAR PRÓFASE condensação das cromatinas; forma-se o fuso acromático; desaparecem o nucléolo e a membrana nuclear. condensação das cromatinas; forma-se o fuso acromático; desaparecem o nucléolo e a membrana nuclear.

15 DIVISÃO CELULAR METÁFASE cromossomos atingem o máximo de condensação; cromossomos formam a placa equatorial; fase ideal para visualização. cromossomos atingem o máximo de condensação; cromossomos formam a placa equatorial; fase ideal para visualização.

16 DIVISÃO CELULAR ANÁFASE duplicação dos centrômetros; separação das cromátides irmãs; migração dos cromossomos para os polos. duplicação dos centrômetros; separação das cromátides irmãs; migração dos cromossomos para os polos.

17 DIVISÃO CELULAR TELÓFASE cromossomos se descondensam; formam-se novas membranas nucleares; ocorre a citosinese. cromossomos se descondensam; formam-se novas membranas nucleares; ocorre a citosinese.

18 DIVISÃO CELULAR CITOCINESE inicia-se no final da anáfase ou na telófase; organelas citoplasmáticas se distribuem; células se separam. inicia-se no final da anáfase ou na telófase; organelas citoplasmáticas se distribuem; células se separam.

19 DIVISÃO CELULAR MITOSE- CÉLULA VEGETAL é acêntrica; ocorre nos meristemas; não ocorre estrangulamento na região equatorial da célula.

20 20

21 DIVISÃO CELULAR MEIOSE Processo de divisão celular utilizado para formar os gametas. ocorre em células germinativas: redução do material cromossômico; troca de material genético; aumento da variabilidade dos gametas. ocorre em células germinativas: redução do material cromossômico; troca de material genético; aumento da variabilidade dos gametas.

22 DIVISÃO CELULAR MEIOSE divisão reducional – MEIOSE I; divisão equacional – MEIOSE II divisão reducional – MEIOSE I; divisão equacional – MEIOSE II

23 DIVISÃO CELULAR MEIOSE PRÓFASE I

24 DIVISÃO CELULAR MEIOSE – PRÓFASE I os cromossomos replicados, iniciam a condensação meiótica e aparecem como filamentos longos e delgados. os cromossomos condensam-se mais e ocorre a sinapse.

25 DIVISÃO CELULAR MEIOSE – PRÓFASE I cromossomos mais curtos e mais condensados,cada par de homólogos pareados é chamado de bivalente e cada bivalente apresenta quatro cromátides (tétrade) Ocorrem quebras casuais nas cromátides e uma troca de pedaços entre as cromátides homólogas, fenômeno conhecido como crossing- over (ou permuta).

26 O crossing é um fenômeno que envolve cromátides homólogas. Consiste na quebra dessas cromátides em certos pontos, seguida de uma troca de pedaços correspondentes entre elas.

27 DIVISÃO CELULAR MEIOSE – PRÓFASE I os cromossomos continuam encurtando e condensando, tentam se separar mas são impedidos pelos quiasmas cromossomos começam a se afastar mas permanecem unidos pelos quiasmas, indicando permutas cromossômicas.

28 DIVISÃO CELULAR MEIOSE – METÁFASE I os cromossomos homólogos emparelhados, ocupam o equador da célula, presos a fibras do fuso acromático.

29 os cromossomos, constituídos por duas cromátides unidas pelo centrômero, que não duplicou, migram para pólos opostos da célula. DIVISÃO CELULAR MEIOSE – ANÁFASE I

30 MEIOSE – TELÓFASE I DIVISÃO CELULAR cromossomos descondensam-se parcialmente; membrana nuclear se refaz; divide-se o citoplasma e formam-se duas células haplóides. cromossomos descondensam-se parcialmente; membrana nuclear se refaz; divide-se o citoplasma e formam-se duas células haplóides.

31 MEIOSE II as duas células resultantes da meiose I passam para a meiose II sem que haja interfase. DIVISÃO CELULAR

32 MEIOSE- PRÓFASE II DIVISÃO CELULAR cromossomos espiralizam- se, a membrana nuclear desaparece e se forma o fuso.

33 DIVISÃO CELULAR MEIOSE- METÁFASE II cromossomos localizados na placa equatorial da célula; fibras do fuso ligadas ao centrômeros; difere da metáfase I pelos cromossomos estarem duplicados em número haplóide. cromossomos localizados na placa equatorial da célula; fibras do fuso ligadas ao centrômeros; difere da metáfase I pelos cromossomos estarem duplicados em número haplóide.

34 DIVISÃO CELULAR MEIOSE- ANÁFASE II divisão dos centrômeros e migração das cromátides irmãs para os pólos opostos da célula

35 MEIOSE- TELÓFASE II os cromossomos simples chegam aos polos; reaparece a membrana nuclear e o nucléolo; o fuso desaparece. os cromossomos simples chegam aos polos; reaparece a membrana nuclear e o nucléolo; o fuso desaparece. DIVISÃO CELULAR

36

37 Fonte: www. biologiacesaresezar.editorasaraiva.com.br

38 DIVISÃO CELULAR MITOSEMEIOSE Nas células somáticasNas células germinativas Uma divisão cromossômica e uma citoplasmática Uma divisão cromossômica e duas citoplasmáticas Resultam duas células-filhas com 2n cromossomos Resultam quatro células-filhas com n cromossomos Ocorre em todas as fazes da vida Ocorre no período reprodutivo, após a maturação sexual Não introduz variabilidade genética Introduz variabilidade genética Tem como finalidade crescimento e regeneração celular Tem como finalidade a formação de gametas

39 DIVISÃO CELULAR OBRIGADA!


Carregar ppt "E. E. E. M. Adolfo Fetter DISCIPLINA DE BIOLOGIA NÚCLEO E DIVISÃO CELULAR Profª Maria Cecília Madruga Monteiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google