A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Processadores 1971 até 1981 Em 1971, a Intel lançou seu primeiro processador. O Intel 4004 era usado apenas em calculadoras e tinha capacidade de processamento.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Processadores 1971 até 1981 Em 1971, a Intel lançou seu primeiro processador. O Intel 4004 era usado apenas em calculadoras e tinha capacidade de processamento."— Transcrição da apresentação:

1 Processadores 1971 até 1981 Em 1971, a Intel lançou seu primeiro processador. O Intel 4004 era usado apenas em calculadoras e tinha capacidade de processamento de 8 bits, mas mostrou na prática a idéia usada até hoje nos processadores: a capacidade de reunir todos os componentes necessários num único chip.

2 Processadores Usando o processador 8088 da Intel, lançado em 1978 como uma versão mais barata do modelo 8086 (ambos de 16 bits), o IBM PC (Personal Computer) foi um sucesso absoluto, vendendo cinco vezes mais do que o planejado pela empresa em seu ano de lançamento. Um dos pontos mais interessantes do IBM PC estava em sua arquitetura

3 Processadores 1981 até 1984 Um dos 'problemas' da IBM antes do lançamento do IBM PC estava na escolha do sistema operacional para a máquina. Após tentativas frustradas com a Digital Research, a IBM procurou a Microsoft, que adquiriu o sistema QDOS (criado por Tim Patterson), melhorou-o e o licenciou como PC-DOS (quando vinha com o IBM PC) ou MS-DOS (quando adquirido separadamente). Em 1982, a Intel lançou seu novo processador 80286, sucessor do 8086/8088, com velocidades entre 6 MHz e 25 MHz. Neste mesmo ano, a AMD surgiu como uma empresa de processadores, trabalhando com os modelos da Intel, já que a IBM começou a exigir pelo menos duas indústrias para o fornecimento de processadores para suas máquinas

4 Processadores 1984 até 1985 Também em 1985, a Intel lança o sucessor do processador O 80386, com velocidades entre 12 MHz e 40 MHz, foi o primeiro processador a trazer instruções de 32 bits (as mesmas instruções usadas até hoje). O chip também foi o primeiro a receber variações dentro da mesma arquitetura, com versões SX (de baixo custo), SL (com instruções próprias para computadores portáteis) e DX (versão original, que recebeu a sigla para se destacar perante as variações).

5 Processadores 1985 até 1993 nasceu a empresa Cyrix, que fabricava co-processadores matemáticos, que aumentavam de forma visível o desempenho de processadores e processadores Intel 486 vinham com este co- processador embutido. A partir de 1992, a Cyrix também começou a criar processadores compatíveis com os da Intel, o que rendeu processos entre as empresas (já que, ao contrário da AMD, a Cyrix não tinha autorização da Intel para tal). Os nomes dos processadores da Cyrix, com numeração semelhante à usada pela Intel, juntamente com decisões legais, fizeram a Intel adotar uma marca registrada para seus futuros processadores.

6 Processadores 1993 até 1998 Em 1993, a Intel lançou o sucessor do 486. O processador Pentium, com velocidades entre 60 MHz e 300 MHz, foi um sucesso de mercado graças também ao sucesso do Windows 95, que usava (e abusava) do processamento. Um ano depois, surgiu a linha Pentium MMX, com as mesmas características, com instruções de processamento voltadas para aplicações multimídia.

7 Processadores No ano seguinte, a AMD lançou seu primeiro processador rival do Pentium feito com tecnologia própria. O AMD K5 não conseguiu uma porcentagem significativa de mercado, pois era mais lento do que os modelos Pentium compatíveis. Em 1997, a Intel lança o Pentium II, com velocidades entre 233 MHz e 450 MHz, e a AMD lança o sucessor do K5. Seu processador K6, com velocidades entre 166 MHz e 300 MHz, é a primeira ameaça real ao mercado da Intel, já que oferecia o mesmo processamento do Pentium II com preços menor

8 Processadores A Intel decidiu contra atacar em 1998, dividindo sua família de processadores em três: Pentium para o mercado doméstico; Celeron, para computadores de baixo custo; e Xeon, para servidores que precisavam de alto desempenho. Embora o formato dos processadores fisicamente não tenha mudado muito, a Intel resolveu inserir seus recursos numa espécie de placa própria de circuito integrado, o que fez com que os chips viessem numa espécie de cartucho.

9 Processadores 1999 até 2004 Em 1999, Intel e AMD lançaram seus novos processadores. Enquanto o Pentium III apresentava velocidades entre 450 MHz e 1.4 GHz, o AMD Athlon ganhou várias revisões, que permitiram velocidades entre 500 MHz e 2.33 GHz. Ambas as empresas mudaram levemente a arquitetura de seus chips, mas melhorias feitas nas revisões do Athlon permitiram que o mesmo tivesse uma vida comercial bem maior do que os processadores Pentium III.

10 Processadores Os processadores Pentium IV nunca foram realmente bem aceitos pelo mercado, já que, com o tempo, esta afirmação pode ser comprovada nos próprios produtos. Como grande novidade, estes processadores apresentaram a tecnologia Hyper-threading (HT), que permite que um único processador opere como dois processadores virtuais.

11 Processadores Enquanto isso, a AMD lançava a revisão mais famosa do Athlon, chamada de Athlon XP (uma referência não oficial ao Windows XP) e lançava o primeiro processador doméstico com tecnologia 64 bits (mantendo a compatibilidade com a atual tecnologia 32 bits). O Athlon 64 foi um sucesso de mercado e obrigou a Intel a adotar a mesma arquitetura 64 bits um ano após sua grande rival.

12 Processadores 2004 até 2008 Com a AMD obtendo cada vez mais espaço, a Intel decidiu contra-atacar com base na arquitetura mais recente do Pentium III (provando que a arquitetura do Pentium IV evoluiu pelo caminho errado). No entanto, a AMD mais uma vez inovou no mercado de processadores domésticos, sendo a primeira empresa a lançar um processador dual-core (Athlon 64 X2, em Junho de 2005) para o mercado de PCs. A nova arquitetura permitiu ter dois núcleos de processamento num único chip de processador, aumentando o desempenho do mesmo sem a necessidade de aumentar a velocidade de processamento.

13 Processadores A Intel chamou a atenção do mercado em 2006 com a linha de processadores Core Duo e Core Solo (respectivamente com dois e um núcleo), resultantes das várias melhorias aplicadas na plataforma dos processadores Pentium Mobile (para Notebooks), que por sua vez são derivados do Pentium III. No ano seguinte, os sucessores da linha Core 2 apresentam versões Solo (com um chip), Duo (com dois chips), Quad (com quatro chips) e Extreme (com dois ou quatro núcleos, voltada para entusiastas).

14 Processadores


Carregar ppt "Processadores 1971 até 1981 Em 1971, a Intel lançou seu primeiro processador. O Intel 4004 era usado apenas em calculadoras e tinha capacidade de processamento."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google