A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CEJA – FILOSTRO M CARNEIRO. Características Gerais Uni ou pluricelulares Aclorofilados Heterótrofos (saprófitos ou parasitas) Parede celular geralmente.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CEJA – FILOSTRO M CARNEIRO. Características Gerais Uni ou pluricelulares Aclorofilados Heterótrofos (saprófitos ou parasitas) Parede celular geralmente."— Transcrição da apresentação:

1 CEJA – FILOSTRO M CARNEIRO

2 Características Gerais Uni ou pluricelulares Aclorofilados Heterótrofos (saprófitos ou parasitas) Parede celular geralmente constituída de quitina. Glicogênio como material de reserva.

3 Características gerais Encontrados em ambientes aquáticos ou terrestres. Unicelulares como leveduras. Ou pluricelulares como o Armillariella que ocupa uma área de m². Nutrição: heterotróficos por absorção e distão extra-corpórea. Secretam enzimas digestivas para depois efetuar a absorção. Micologia: ciência que estuda os fungos.

4 Estrutura: Os pluricelulares formada por um emaranhado de filamentos – hifas. Ao conjunto de hifas dá se o nome de micélio. O micélio é considerado um falso tecido. Pode ser dividido em micélio vegetativo e reprodutivo. Fonte: D.A. Klein and M.W. Paschke. Filamentous Fungi: The Indeterminate Lifestyle and Microbial Ecology. Microbial Ecology, 2004

5 Estrutura: Vegetativo: formado por hifas situadas imersas no substrato onde retiram os nutrientes. Reprodutivo: pode se desenvolver fora do substrato e apresenta hifa que darão origem a esporos.

6 Classificação quanto as hifas Hifas septadas monocarióticas: monocarióticas. Apresentam paredes transversais denominadas septos, que separam os diversos compartimentos, cada um com um único núcleo.

7 Classificação quanto as hifas Hifas Septadas dicarióticas: Dotadas de septos separando compartimentos com dois núcleos em cada um dos compartimentos.

8 Classificação quanto as hifas Hifas asseptadas ou cenocíticas: monocarióticas. Apresentam paredes transversais denominadas septos, que separam os diversos compartimentos, cada um com um único núcleo.

9 Reprodução Assexuada Tipos de esporos assexuados: - esporangiósporos: esporos internos produzidos por mitose em esporângios esporangiósporos Rhizopus stolonifer Assexuada: Assexuada: por brotamento como observado nas formas unicelulares ou por fragmentação nos pluricelulares.

10 REPRODUÇÃO Sexuada: Sexuada: envolve a união de hifas (plasmagami a) e gaméticas com a formação do zigoto.

11 Reprodução: O principal meio de reprodução entre os fungos envolve a formação de esporos. Os esporos podem ser móveis (zoósporos-B) ou imóveis (aplanósporos) que são transportados pelo vento. São geralmente produzidos em esporângios(a)

12 Classificação: Basicamente os fungos estão divididos em: Oomicetos (chytridiomycota -1 ): são encontrados predominantemente em ambiente aquático, decompondo insetos mortos como ( Saprolegnia sp.) formado por hifas asseptadas. (Quitridiomicetos, Cythridiomycota): 1

13 Classificação: Ficomicetos (Zygomycetes, Zygomycota): São fungos primitivos com hifas asseptadas e representados pelo bolor-preto do pão (Mucor sp.). Geralmente são decompositores, porém algumas espécies são parasitas.

14 Classificação: Ascomicetos (Ascomycetes, Ascomycota): formado por hifas septadas e esporos denominados ascósporos são produzidos por esporângios em forma de um pequeno ascos. Nos fungos unicelulares a reprodução pode ocorrer por brotamento. Ex: Claviceps purpurea – LSD. Saccharomyces cerevisiae - Cerveja. Claviceps purpurea – LSD Saccharomyces cerevisiae - Cerveja.

15 Classificação: Basiciomicetos (Basidiomycetes): Hifas septadas. Pluricelulares encontrados em troncos de árvores, solos úmidos. Formam esporos (basidiósporos) que se fixam nos basídios, constituindo o basidiocarpo (cogumelo). Ex: Cogumelos e orelhas-de-pau. Alguns basidiomicetos produzem toxinas alcaloides como: Amanita muscaria, Psilocybe sp. Alguns comestíveis como: champignon, shitake, dentre outros.

16 Classificação: Deuteromicetos (Deuteromycetes) : São chamados fungos imperfeitos. Não possuem reprodução sexuada conhecida. Muitos são parasitas, dentre eles: Trycophyton sp. – micose; Candida albicans – candidíase, sapinho.

17 LÍQUENS: Associação mutualística entre algas e fungos. As algas são geralmente clorofíceas e os fungos, geralmente são ascomicetos. Reprodução assexuada por meio de sorédios. São pequenos fragmentos contendo hifas e gonídias.

18 LÍQUENS Muitos líquens produzem ácido liquênico, capaz de degradar choras, que lhes servem de substrato. Os líquens são sensíveis à poluição ambiental.

19 MICORRIZAS São fungo mutualísticos que vivem associados às raízes de plantas. As plantas precisam de compostos inorgânicos. Os fungos absorvem nutrientes inorgânicos para as plantas. As plantas fornecem glicose para o fungo. Micorriza: aumenta a produtividade agrícola.

20 Importância dos Fungos: 200 espécies comestíveis: Fermento biológico Levedo de Cerveja Molho shoyu Penicilina Fabricação de Queijo camembertii, coquefort, etc. Controle biológico na agricultura contra besouros, cigarrinhas, etc. Decomposição da matéria orgânica juntamente com as bactérias. Agaricus bisporus, o champignon de Paris Tuber melanosporum, a trufa negra Shiitake

21 Cogumelos comestíveis Shiimeji Laetiporus sulphureus, galinha da floresta Morchella esculenta Boletus edulis, porcini

22 Cogumelos comestíveis Pleurotus ostreatus, cogumelo ostra Laetiporus sulphureus, galinha da floresta Morchella esculenta Boletus edulis, porcini

23 Microrganismos na produção de alimentos Vegetais fermentados Molho de soja – Aspergillus oryzae, Pediococcus soyae, Saccharomyces spp., Torulopsis spp. Miso – Aspergillus oryzae Tempeh – Rhizopus spp. Tofu e Sofu – Mucor spp.

24 Doenças causadas por fungos: Micose Sapinho Candidíase Ferrugem no cafeeiro Frieira Impingem Alguns fungos como Aspergillus flavus e Aspergillus parasiticus – produzem aflatoxinas. O acúmulo pode causar, necrose aguda, carcinoma de fígado e cirrose. Substancia encontrado em alimentos como amendoim. Ferrugem no café Impigem Micotoxina

25 Referências MERCADANTE, CLARINDA, Biologia, UNO Sistema de Ensino, 2009, Brasil. Biologia 2º Período, UNIFICADO Sistema de Ensino, Brasil, MARTO, Abmabis, Biologia Moderna, Editora Moderna, Brasil. Extensino e Terceirão, Editora Positivo, Curitiba, IMAGENS: Ético: Editora Saraiva, Sites diversos que não divulgaram a fonte. Organização: Marlos Oliveira – – Site: Material desenvolvido para estudos dos alunos do ensino médio do CEJA Filostro M Carneiro Não pode ser comercializado em hipótese –


Carregar ppt "CEJA – FILOSTRO M CARNEIRO. Características Gerais Uni ou pluricelulares Aclorofilados Heterótrofos (saprófitos ou parasitas) Parede celular geralmente."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google