A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Obesidade, diabetes e índice glicemico. Carboidrato é a principal fonte de energia para muitas funções corporais. é um componente essencial de alimentos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Obesidade, diabetes e índice glicemico. Carboidrato é a principal fonte de energia para muitas funções corporais. é um componente essencial de alimentos."— Transcrição da apresentação:

1 Obesidade, diabetes e índice glicemico

2 Carboidrato é a principal fonte de energia para muitas funções corporais. é um componente essencial de alimentos completos para animais de estimação, com uma incidência variando de 30 a 60% da composição (Carciofi et al., 2007; de Olivera et al., 2008). Maior precursor do aumento da glicemia pós prandial (considerar qualidade e quantidade de alimento). O amido é um polissacarídeo composto de amilose e amilopectina ligados por ligações tipo alfa 1-4.

3 AmiloseAmilopectina (%) Batata2179 Trigo2872 Arroz1783 Amido Grânulos pequenos e cheios de ramificações, facilmente atacados por enzimas digestivas por possuirem uma maior superfície de contato.

4 Digestibilidade do amido Cão: 40-90%; Gato: % O consumo excessivo e prolongado de alimentos ricos em amido causam sobrepeso, obesidade, resistência à insulina → diabetes. Batata ao microscópio

5 Principais fontes de amido

6 Obesidade surge a partir de um desequilíbrio entre o consumo e o gasto energético, que provoca acúmulo de energia. varia de 22% a mais de 50% (McGreevy et al., 2005; Colliard et al., 2006; Holmes et al. 2007)

7 Administração escessiva de alimentos/calorias ; Estilo de vida; Falta de reconhecimento do problema pelos proprietarios. Fatores predisponentes Endocrinopatias,

8 Diabetes mellitus Diabetes mellitus A incidência desta endocrinopatia mudou drasticamente nos últimos anos. Casos notificados em 1970 foram menores que 1 em cada 1000 gatos, em 1999 já atingiu mais de 12 casos por 1000 gatos e um estudo retrospectivo mostrou um aumento nos últimos anos (Prahl et al, 2003;. 2007).

9

10 Conceitos Importantes Glicemia: fisiológica, altera na alimentação. Insulina: hormônio transportador da G para o interior das células – fígado G é depositada na forma de glicogênio – excesso é convertido em ac. gordurosos e triglicérides – gordura/tecido adiposo – em excesso causa resistência insulínica.

11 O índice glicêmico foi proposto a princípio pelo Dr David Jenkins – Universidade de Toronto – Canadá em O IG é um fator que diferencia os carboidratos e está relacionado com o nível de açúcar no sangue.carboidratos açúcarsangue Este fator é alterado de acordo com a velocidade com que a glicose do carboidrato entra na corrente sanguínea. Quanto mais rápido a glicose entra na circulação, maior a libertação de insulina pelo pâncreas.insulinapâncreas INDICE GLICÊMICO

12 O índice glicêmico (Glycemic Index) de um alimento, indica a velocidade com qual ocorre o aumento da glicemia após a ingestão de 50g de um carboidrato específico, quando comparado ao alimento controle. CLASSIFICAÇÃO DE ACORDO COM O IG:  < 55 IG BAIXO  ENTRE 55 E 70 IG MÉDIO  > 70 IG ELEVADO

13 Outros nutrientes que interferem na resposta glicêmica pós-prandial Proteína/amido; Fibra dietética solúvel, consistência e teor das fibras Procedência do cultivo Forma de cocção Interação entre os diferentes ingredientes

14 Resposta insulínica pós-prandial

15 Classificação dos alimentos em função do índice glicêmico

16 Onde encontrar valores de IG? Primeira tabela em 1981 Canadá, continha 62 alimentos. Brasil alguns alimentos vem sendo estudados na Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo (USP). Tabela de alimentos brasileiros criada em 1998, atualização em 2008 continha 41 alimentos.

17 Dr Salmeron, pesquisador da Harvard Scholl em 1997, desenvolveu o conceito da carga glicêmica(CG) CG é um produto do índice glicêmico (IG) e da quantidade de carboidrato presente na porção de alimento consumido, comparado com o alimento padrão. Mede o impacto glicêmico da dieta. CG = IG x teor CHO disponível na porção/100

18 MATERIAL E MÉTODO 6 gatos adultos castrados (peso médio 4,65 ± 0,34 kg; ECC a 5,7 ± 0,47; idade 3,5 ± 0,1 anos) O período experimental para cada tratamento durou um total de 30 dias ( ) 100 kcaEM/kg 0,67 3 alimentos completos para gatos adultos em manutenção: SP, composto da fontes de amido tradicionais (arroz e milho); N&D grain-free (hiperproteico sem cereais, com batata); N&D low grain (farro e aveia).

19 Características nutricionais dos alimentos DietaSPN&DgfN&Dlg % MN PB EE1520 ENN34,616,726,0 EM (kcal/kg)

20 Após 30 dias de consumo, foi coletado: perfil metabólico curva glicêmica (12 pesquisas em 24 horas de observação) acesso ao alimento (50 kcalEM/kg 0,67 /refeição) por 30 min. O efeito da dieta foi avaliado por ANOVA pelo Proc GLM do SAS (2000).

21 RESULTADOS E DISCUSSÃO Valor médio do peso e ingestão voluntária diária DietaPesoIngestão kgg/kg 0,67 SP 4,70±0,3526,15±2,61 N&Dgf 4,63±0,3321,39±5,47 N&Dlg4,60±0,3923,66±3,56

22 Valores médios dos parâmetros bioquímicos registrados com as três dietas DietaUréiaCreatininaGOTGPTγ GTFAProt glic mg/dl U.I. mg/dlµmol/l SPT 50,6±3, 11,50±0,0930,0±2,835,4 ±3,02,86 ± 0,2240,4 ± 2,9347 ± 17Aa N&Dgf 51,1±3,11,53±0,0930,7±2,736,1 ± 3,02,43 ± 0,2234,3 ± 3,1318 ± 17Ab N&Dlg 45,3±3,31,32±0,1034,0±3,040,0 ± 3,22,50 ± 0,2436,7 ± 2,9246 ± 18B Rif40-700,5-2< 90< 78< 10< GOT: aspartato aminotransferasi (AST); GPT: alanina aminotransferasi (ALT); FA: fosfatasi alcalina; Prot.gli. proteine glicate. A, B: P<0,01; a,b: P<0,05

23 Resposta glicêmica pós-prandial após administração das três dietas Nível de glicose no máximo 82,6, 72,8 e 71,3 mg / dl com dietas SPT, N & N & Dlg e DGF, respectivamente.

24 A utilização de alimentos livres de cereais ou contendo cereais alternativos ao arroz ou milho, permite o controle da resposta glicêmica pós-prandial principalmente em gatos, limitando o risco de aparecimento de resistência a insulina, diabetes, e atividade lipogênica que favorece a formação de tecido adiposo e o armazenamento de triglicérides nos adipócitos. Certas condições fisiológicas, para-fisiológicas e patológicas podem alterar o controle glicêmico normal (Kahn et ai., 2001), é recomendado utilizar dietas que podem minimizar e prolongar a resposta glicémica pós-prandial. Conclusões

25 UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Departamento de Alimentos e Nutrição Experimental/BRASILFOODS (1998). Tabela Brasileira de Composição de Alimentos-USP. Versão 5.0. Disponível em:

26 Obrigada pela atenção!


Carregar ppt "Obesidade, diabetes e índice glicemico. Carboidrato é a principal fonte de energia para muitas funções corporais. é um componente essencial de alimentos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google