A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Sincronizato Palermo Sincronizato Palermo Messina.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Sincronizato Palermo Sincronizato Palermo Messina."— Transcrição da apresentação:

1

2 Sincronizato

3 Palermo Sincronizato

4 Palermo

5 Messina

6 Catania

7 MI HAI INCATENATO Você me acorrentou

8 ....Non ti lascio,carina (belluccia) non ti lascio Não te deixo querida, não te deixo..

9 Mi hai incatenato per tutta la vita. Me acorrentaste por toda a vida.

10 Etna Tu mi hai legato con un filo di seta Me amarraste com um fio de seda

11 Taormina ed il mio cuore è tutto tuo e meu coração é todo seu.

12 Siracusa Quando ti avvicini con questi occhi marini Quando você se aproxima com esses olhos marinhos

13 Siracusa questo è il segno che tu mi vuoi bene. Este é o sinal que você me ama.

14 Ragusa Mi hai incatenato,bellezza, a questo cuore, Me acorrentaste beleza, a este coração,

15 Ragusa per liberarlo (scatenarlo) ci puoi (vuoi) solo tu! e só você pode libertá-lo!

16 Agrigento

17

18 Trapani

19 Salina Trapani Non ti ricordi (non ci pensi) quando eri ammalata Não se lembra, quando você estava doente

20 Enna tu mi hai detto con un filo di voce.. e me queria sentado ao seu lado,.

21 Caltanissetta tu mi hai detto con un filo di voce... você me disse numa voz fraca...

22 Enna

23

24 MI HAI INCATENATO Você me acorrentou....Non ti lascio,carina (belluccia) non ti lascio. Não te deixo querida não te deixo. Mi hai incatenato per tutta la vita. Me acorrentaste por toda a vida. Tu mi hai legato con un filo di seta Me amarraste com um fio de seda ed il mio cuore è tutto tuo. e meu coração é todo seu. Quando ti avvicini con questi occhi marini Quando você se aproxima com esses olhos marinhos questo è il segno che tu mi vuoi bene. Este é o sinal que você me ama. Mi hai incatenato, bellezza, a questo cuore, Me acorrentaste beleza, a este coração, per liberarlo (scatenarlo) ci puoi (vuoi) solo tu! e só você pode libertá-lo! Non ti ricordi (non ci pensi) quando eri ammalata Não se lembra, quando você estava doente che mi volevi seduto accanto a te, e me queria sentado ao seu lado, tu mi hai detto con un filo di voce... você me disse numa voz fraca...

25 Poesia: Comu si maritaru Jachinu u vruccularu e Betta Arripizzatu di nobili casatu Como se casaram Joaquim, o Hortelão e Betty Arremendado, de família nobre. nell'interpretazione del nostro amico Armando Carruba. Ricevuta dal nostro amico Federico Vaccaro Presentazione: Salvatore Inguaggiato Poços de Caldas Brasile

26 La storia chi vi cuntu è storia vera, trent’anni hannu passatu di ‘stu fattu. Era ‘na matinata ‘i primavera (nun ci ni jiùnciu e mancu ci ni grattu) quannu Jachinu cu lu so’ carrettu passò d’a strata di li Scupittari, la vuci ‘un ci facìa nuddu difettu e si firmò un minutu a abbanniari: - Vròcculi duci, a cincucentu liri, cugghiuti frischi frischi stamatina. Si li manciati lu putiti diri ch’è na pitanza dilicata e fina. Si ponnu fari: fritti, arriminati, vugghiuti o comu sfinci a la pastetta, c’u sucu e cu li pàssuli affucati; p’i vròcculi nun manca la ricetta! –Betta, chi stava a lu secunnu pianu ‘nta lu palazzu di l’Arripizzatu, pinsava, stinnicchiata nna un divanu, pi comu capitari un nnammuratu. A história que eu vos conto é história verdadeira. Sete anos se passaram desde que aconteceu este fato: Foi em uma manhã de primavera (não acrescento nada, nem adiciono migalhas), Quando Joaquim, com seu carro, atravessou o caminho dos Atiradores, a voz não era de nenhum defeito e parou um minuto para anunciar* (* Proclamar em voz alta sua mercadoria): - Brócolis doces, cinco Reais, recolhidos agora esta manhã. Se vocês os comem podem dizer que é um prato delicioso e gostoso. Podem-se cozinhar: cozidos ou fritos, com massa, com molho e com as passas em uma panela. Para cozinhar os brócolis não falta a receita! -- Betty, que morava no segundo andar do Palácio dos Arremendado, pensava, deitada em um sofá, como obter um namorado.

27 La vuci di Jachinu la distò da chisti sogni di cuncupiscenza: scinnìu di lu divanu e s’affacciò pi vìdiri la funti ‘i l’eloquenza. Lu vruccularu stava a nasu a l’aria e pi chistu cu Betta si taliaru, vitti ca la picciotta ‘un era lària e ci dissi: - Calassi lu panaru! Ci mettu un vrucculiddu ch’è speciali, si lu manciassi in biancu, c’u limiuni, ca ‘u digerisci bonu e nun fa mali! – E ‘ntantu taliava ‘u finistruni! A la picciotta ci piacìu lu garbu e l’espressioni e puru la prisenza, ci parsi ca ci avissi fattu sgarbu e d’accattari si pigghiò licenza! Jachinu tutta a notti nun durmìu pinsannu a Betta pi quant’era bedda, e puru la picciotta, cridu iu, avìa spinnu di vròcculi a cartedda! A voz de Joaquim a despertou destes sonhos de luxúria e desceu do sofá para ver a fonte da eloqüência. O Hortelão estava com o nariz no ar e então seu olhar encontrou com o de Betty, viu que a moça não era feia e disse: - Abaixe o cesto! Vou te dar uns brócolis especiais, Se você come-lo puro com limão, digeri-lo bem, não faz mal! -- Entretanto, olhando para a varanda, a menina gostou da polidez, da expressão e também da sua presença, não querendo dar a ele uma má impressão, decidiu fazer a compra. Joaquim não dormiu a noite toda pensando como ela era bonita, e ainda a moça, eu acho, tinha desejos de brócolis uma cesta cheia!

28 Ma Betta era di nòbili casatu, mentri Jachinu sulu un vruccularu, puteva lu baruni Arripizzatu dari la figghia a cu’ nun era paru?! E’ fu accussì, comu ‘nto’ spissu fannu li nnammurati quannu cuntrastati, ca li picciotti studianu lu ‘ngannu: si scrìvinu pi nenti cuntrullati. Ogni matina in via d’i Scupittari la vuci di Jachinu si sinteva, la genti si firmava pi accattari, ma a iddu u cori forti ci batteva p’u finistruni d’u secunnu pianu, d’unni un panaru sempri si calava cu dintra pizzineddi c’a un cristianu liggènnuli li carni s’arrizzava: - T’amu, t’adoru, pensu sulu a tia, nun dormu e mancu vivu a ‘stu pinseru, pi tia nun mànciu, ca si’ a vita mia, anzi, tranni li vròcculi, pi ‘u veru! – Mas Betty era de linhagem nobre, enquanto Joaquim era apenas um verdureiro, como poderia o Barão Arremendado dar a filha a quem não era igual?! E assim, como tantos namorados fazem quando frustrados, aprenderam os truques: Escreviam bilhetes sem ser controlados. Toda manhã, na rua dos atiradores A voz de Joaquim que sentia, as pessoas paravam para comprar, mas, para ele, o seu coração estava batendo forte quando chegava à varanda no segundo andar, onde uma cesta sempre aparecia com bilhetes escritos com notas em que em cada leitura, deixaria os dois arrepiados: - Eu te amo, te adoro, penso só em você, Eu não durmo, ou mesmo vivo com esse pensamento, por você não como, você é minha vida. Alias, com exceção dos brócolis na verdade!

29 Jachinu, in tempu un nenti, ricambiava c’un vròcculu farciutu di pizzina: - Bedda di lu me cori, ‘ncuminciava, nun sàcciu cchiù s’è notti o s’è matina… - ‘Sta storia tirò avanti senza affannu ‘nfinu ca lu Baruni, ‘nsuspittutu, ‘nveci d’u capituni, a Capudannu, truvò ‘nto piattu un vròcculu farciutu! Vularu piatti, seggi e tavolini, ci foru chianti, grida, scrusci e botti tantu ca ‘nta la strata a li vicini ci parsi avìa sunatu menzannotti! Betta chiancìa, ma nun si detti vinta, ci dissi: - Patri miu, nun c’è chi fari, si chista barunìa è d’accussì tinta, è cchiù mégghiu la morti ca campari! E dittu fattu si pigghiò un vilenu c’avissi ‘ntussicatu a tri cavaddi, ma lu stòmacu so’ ni fici a menu c’a forza di li vròcculi avìa ‘i caddi! Circava lu baruni Arripizzatu a la picciotta di disincantari… nun pòttiru minacci ne avvocatu: Por muito tempo Joaquim nada retribuía além de brócolis recheados e bilhetes: - Bela do meu coração, começava, sem nem sequer saber se é noite ou manhã Esta história continuou, sem dor, até que o barão, desconfiado, em vez de peru recheado no Ano Novo, achou no prato uns brócolis recheados, com cartas! Voaram pratos, cadeiras e mesas, houve lágrimas, gritos, barulhos e safanões de modo que na rua os vizinhos acharam que tinha chegado um terremoto! Betty chorou, mas não se dando por vencida, disse: - "Pai, não há acordo, Se essa nobreza é tão ruim, melhor do que viver é a morte. E de fato tomou um veneno, que teria intoxicado três cavalos, mas seu estômago agüentou porque a força dos brócolis fez calos! Tentava o Barão Arremendado a jovem desencantar... Não adiantaram ameaças nem advogado.

30 senza Jachinu nun vuleva stari! Betta s’arriducìu comu un palicu, la facci smunta, l’occhi spiritati, la peddi giarna comu un quatru anticu… parìa a morti in vacanza, in viritati. P’u dijunu totali e li turmenti avìa arrivatu quasi in agonia. La matri dissi o’ patri: - Si accunsenti, po’ éssiri sarvata a figghia mia! – Allura allura, a postu di li sali, ci fìciru ciarari un vrucculiddu… s’arruspigghiò, comu si un stava mali, e ci passò di dintra l’ossa ‘u friddu! Ci dissi lu Baruni: - Figghia mia, vistu ca l’ami tantu e accussì forti, si si’ cuntenta tu, d’accussì sia, mégghiu ‘i vròcculi in casa ca la morti! –E fu accussì ca Betta Arripizzatu, vistuta ‘i jancu, s’acchianò l’artaru cu Jachineddu so’ misu a lu latu e pi buché… di vrocculi un panaru! Não querendo ficar sem Joaquim, Betty foi reduzida a um palito, rosto magro, de olhos selvagens, pele amarela, como uma pintura antiga... Parecia a morte em férias, na verdade. Para o jejum total e dos tormentos, chegou quase em agonia. A mãe disse ao pai: - Se você consentir, pode ser salva a minha filha! -- Logo, logo, assim, no lugar dos sais fez-lhe cheirar os brócolis... Acordou como se ela não estivesse ferida e percebeu que o frio no interior de seus ossos havia passado! Disse o barão: - Minha filha, como você ama tanto e tão fortemente, e se você estiver satisfeita, que assim seja, melhor brócolis em casa do que a morte! -- E foi assim que Betty Arremendado, vestida de branco, subiu ao altar, com Joaquim ao seu lado, e com o buquê de brócolis dentro de uma cesta!

31


Carregar ppt "Sincronizato Palermo Sincronizato Palermo Messina."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google