A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PACIENTE DE 35 ANOS SEXO FEMININO, CASADA. QUEIXA PRINCIPAL: SENSAÇÃO DE SUFOCAMENTO NA GARGANTA. CRISES DE AMIGDALITE E RINOFARINGITE CRÔNICA.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PACIENTE DE 35 ANOS SEXO FEMININO, CASADA. QUEIXA PRINCIPAL: SENSAÇÃO DE SUFOCAMENTO NA GARGANTA. CRISES DE AMIGDALITE E RINOFARINGITE CRÔNICA."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 PACIENTE DE 35 ANOS SEXO FEMININO, CASADA. QUEIXA PRINCIPAL: SENSAÇÃO DE SUFOCAMENTO NA GARGANTA. CRISES DE AMIGDALITE E RINOFARINGITE CRÔNICA.

4 “ME SINTO SUFOCADA E TENHO A SENSAÇÃO DE ALGUÉM ATRÁS DE MIM, ME SUFOCANDO E FICO EM PÂNICO.” “MEDO DE IR DORMIR E TER INSÔNIA.” “ESSA SITUAÇÃO ME DEIXA ENCLAUSURADA, REFÉM, ESTOU NO MEU LAR, MAS NÃO TENHO LIBERDADE, ME DÁ TAQUICARDIA E RAIVA.”

5 “SONHOS: COM PERSEGUIÇÃO, ALGUÉM ME PERSEGUINDO, FECHANDO A PORTA, ALGUÉM CORRENDO ATRÁS DE MIM, TENTANDO FUGIR, CAINDO, O CORPO ACORDA ACELERADO.” SONHOU 2X QUE O PAI TINHA FALECIDO, COMO TIVESSE VIVENDO AQUELA SITUAÇÃO, COMO SE TIVESSE RECEBENDO A NOTÍCIA.

6 1-TEMA_reino animal (animal kingdom) - 155r 2-TEMA_reino animal_serpentes (ophidia) - 16r 3-MORTE_sonhos_funerais (funerals) - 29r 4-MORTE_sonhos_familiares (dead relatives) - 38r 5-PERSEGUICAO_sonhos - 52r 6-SONHOS_clarividentes (clairvoyant) - 30r 7-SONHOS_perigo (danger) - 86r 8-SONHOS_seguido (being pursued) - 38r 9-SONHOS_sufocar (suffocation) - 23r 10-PERSEGUICAO_medo que alguem esteja atras de s- 8r 11-PERSEGUICAO_seguido_inimigos (delusion pursue- 32r 12-PERSEGUICAO_perseguido, ilusoes (delusion he - 54r 13-MEDO_sufocar (fear of suffocation) (of chokin- 63r 14-MEDO_sufocar_noite (fear of suffocation at ni- 15r 15-INSONIA_por_medo (from fear, fright) [n.et] - 42r 16-ROUPA_pescoco agg. (external throat clothing - 43r 17-CALORENTO predominantemente (Gibson Miller) (- 111r

7 St/Pts lach /029 sulph /020 puls /018 merc /015 sil /011 cench /014 nux-v /009 crot-h /013 lyc /012 ars /011 bell /010 chin /011 med /011 sep /009 zinc /009 nicc /008 scor /008 kali-c /007 mag-m /007

8 arn /006 con /006 crot-c /011 spong /011 anac /009 ign /008 tarent /008 lac-d /007 nat-m /007 phos /007 thuj /007 mag-s /006 staph /006 verat /006 alum /005 carc /005 kola /005 nat-c /005 apis /012 naja /008 toxi /008 ant-t /006

9 verat /005 allox /004 bell-p /004 con /004 iris /004 kola /004 lipp /004 mag-c /004 ptel /004 apis /009 dig /007 kali-br /007 kali-i /007 hyos /006 plb /006 aur-m /005 cocc /005 stram /005 cann-i /004 mag-s /004 tarent /004

10 cann-i /006 graph /006 lac-c /006 lac-h /006 agar /005 cact /005 calc /005 allox /004 bell-p /004 brom /004 caust /004 hydrog /004 kali-n /004 lipp /004 mag-c /004 ptel /004 acon /009 elaps /009 kali-br /008 dig /007 dros /007 hydroph /007

11 hyos /007 kali-i /007 vip /007 bry /006 carb-an /006 hir /006 plb /006 ambr /005 arg-n /005 aur-m /005 cocc /005 hipp /005 lac-del /005 lac-f /005 led /005 ol-an /005 ped /005 plat /005 stram /005 chel /004 op /004 rhus-t /004

12 adam /003 am-c /003 arg-m /003 bapt /003 bart /003 bov /003 cupr /003 cur /003 eupi /003 hippo-k /003 ind /003 iris /003 kali-bi /003 meli /003 ph-ac /003 pitu /003

13 EM 09/04/2008, A PACIENTE COMEÇOU A TOMAR CALCAREA-ARSENICOSA EM DOSAGEM ASCENDENTE DAS POTÊNCIAS DE 1M ATÉ 500M, COM MELHORA DOS SINTOMAS FÍSICOS E DIMINUIÇÃO DOS SONHOS DE PERSEGUIÇÃO E SE MANTEVE A CULPA EM RELAÇÃO AOS PAIS E À FAMÍLIA. EM 14/05/2010, PASSEI LACHESIS 1M DOSE ÚNICA, MAS CONTINUAVA PERSISTINDO OS SONHOS DE PERSEGUIÇÃO E A CULPA EM RELAÇÃO À FAMÍLIA. EM 15/07/2010, TOMOU A POTÊNCIA DE 1M DE CROTALUS-CASCAVELLA

14 OS TEMAS APRESENTADOS PELA PACIENTE NOS DÁ UMA IDEIA DO GRUPO DAS SERPENTES. PORTANTO, A PRÓXIMA QUESTÃO É: QUE SERPENTE?

15 1.Uma maneira poderia ser a partir dos SONHOS. Mas se os sonhos não indicarem um medicamento. 2.Então procure pelos sintomas PECULIARES ou qualidades únicas que não sejam comuns a todo o grupo das serpentes. 3.O terceiro método consiste em ver se o paciente está conectado de alguma forma com a FONTE.

16 CROTALUS CASCAVELLA TEMÁTICA POR SANKARAN  Necessita a defesa do grupo, mas ao custo de ser forçada a fazer o que não quer, de forma a continuar sendo aceita pelo grupo.  Pacientes sentem-se menosprezados, como se não tivessem nenhuma importância para o grupo.  Sentindo-se desta forma desejam retaliar, mas seguram-se para evitar serem repudiados pelo grupo, perdendo sua segurança e sentindo-se desamparados, sozinhos e fracos.

17

18

19 CROTALUS CASCAVELLA

20

21 A Brazilian Rattle-snake (Clarke) Crotalus cascavella of Mure - species uncertain (T.F.Allen) Cascavel Sul-Americana (Crotalus durissus )

22 CROTALUS CASCAVELLA Anais da Academia Brasileira de Ciências vol.74 no.1 Rio de Janeiro Mar “A taxonomic bibliography of the South American snakes of the Crotalus durissus complex (Serpentes, Viperidae)”. PAULO E. VANZOLINI and MYRIAM E.V. CALLEFFO

23 CROTALUS CASCAVELLA Encontra-se no Ceará de onde foi trazida para o R.J. Mede de 1 a 2 metros. O veneno foi retirado de uma cobra que media 2,50 m. A extremidade da cauda é munida de 7 a 8 cápsulas que produzem um ruído estridente por agitação. Quando irritada, ou quando a temperatura é muito elevada, emite um odor de almíscar muito fétido.

24 CROTALUS CASCAVELLA Encontra-se no Ceará de onde foi trazida para o R.J. Mede de 1 a 2 metros. O veneno foi retirado de uma que media 2,50 m.

25 A cascavel brasileira é a prima, do sul, da cascavel norte- americana Crotalus horridus. As cascavéis são cobras muito sociais, vivendo frequentemente em grupos de famílias. Mantêm seus filhotes vivos e cuidam deles, ao contrário da maioria das cobras.

26 São conhecidas pelos anéis que advertem potenciais agressores, ou predadores, que estão armadas e prontas para atacar, salvando-as de lutas desnecessárias que poderiam ser fatais. Violentas e mortais se provocadas.

27 CROTALUS CASCAVELLA Introduzida por Benoit Mure (Patogenesia Brasileira). Efeitos numa mulher picada no dedo. Experimentação do medicamento.

28 Aluno de Hah. em Paris. Introduziu a Homeopatia no Brasil, onde chegou em Divulgou a Homeopatia, também, em outros países: Itália, França e Egito, onde morreu. Autor of "Doctrine de l'Ecole de Rio de Janeiro et Pathogénésie Brésilienne” BENOIT MURE

29 CROTALUS CASCAVELLA M.M.CLÍNICA (Vijnovsky) GERAIS  Pior: à noite, pelo toque, por roupa apertada, depois de dormir.  Falta de calor vital.

30 CROTALUS CASCAVELLA  Lateralidade direita.

31  Dores lancinantes, pior por lavar-se com água fria  Desmaios (melhor ao ar livre)

32 CROTALUS CASCAVELLA PARTICULARES  Soro sanguinolento pelo nariz.  Sente odor de hospital ou de serpentes.

33  Sensação do tórax apertado por uma armadura de ferro.  Sensação de água no tórax.  Como se o coração estivesse submerso em água.

34  Sensação como se um elmo de ferro apertasse a cabeça.

35 CROTALUS CASCAVELLA SENSAÇÕES De algo vivo caminhando dentro da cabeça. De um ferro em brasa cravado no vértex.

36 CROTALUS CASCAVELLA SENSAÇÕES: De corpo estranho na garganta. Dor constritiva da tireóide como se tivesse um fio amarrado ao redor do pescoço. De plenitude nas carótidas e jugulares. De frio no estômago depois de comer. De uma cavilha enfiada no fígado.

37 CROTALUS CASCAVELLA  Erisipela com edema, gangrenosa.  Febres sépticas.

38  Língua escarlate, paralisada, glossite.  Fala com dificuldade por peso na língua.

39  Difteria

40 CROTALUS CASCAVELLA Difere das outra cascavéis por afetar o mental e as sensações num grau e extensão muito maiores que os tecidos. Menos hemorrágica. Tem a mesma intolerância a roupas apertadas como em Crot. hor. e Lachesis.

41 CROTALUS CASCAVELLA Sintomas hepáticos e coloração amarelada da pele, mas não de forma marcante. “Esta provém da decomposição do sangue, como acontece na febre amarela, tifo, septicemia, pelo que não se deve sustentar a opinião de que é causada pela bílis” (Farrington). Hemorragias, geralmente de sangue escuro e decomposto, pelos orificios naturais do corpo e manchas equimóticas. Estos síntomas são mais marcados em Lachesis y Crotalus menos em Elaps, e muito menos em Naja.

42  Pessoas que precisam de medicamentos do reino animal... São frequentemente personalidades magnéticas e carismáticas, naturalmente atraentes e sensuais. Podem, inversamente, sentir-se inferiores, baixas, pouco refinadas, enciumadas, usadas, trapaceadas e abusadas. Entre estes extremos temos o espectro dos medicamentos animais. Remédios do reino animal têm primariamente questões relacionadas à sexualidade, competição, territorialidade e hierarquia.

43 CROTALUS CASCAVELLA TEMÁTICA POR SANKARAN  Necessita a defesa do grupo, mas ao custo de ser forçada a fazer o que não quer, de forma a continuar sendo aceita pelo grupo.  Pacientes sentem-se menosprezados, como se não tivessem nenhuma importância para o grupo.  Sentindo-se desta forma desejam retaliar, mas seguram-se para evitar serem repudiados pelo grupo, perdendo sua segurança e sentindo-se desamparados, sozinhos e fracos.

44 Sentem-se perseguidos...

45 Sensação de que estão sendo seguidos, chegando a ouvir passos imaginários de alguém atrás deles.

46 Podem ter ilusões ou sonhos medonhos com esqueletos negros gigantes ou aranhas peludas enormes.

47 CASO - SANKARAN Mulher de 34 anos queixando:  Febre baixa ao anoitecer, com calafrios, seguida por sudorese.  Cefaléia da dir.> esq., com peso na região occipital.  Dores nas pernas ao anoitecer, só conseguindo dormir com bandagens apertadas.

48 CASO - SANKARAN  Sonolência.  Raiva violenta pela menor provocação.  Quando enraivecida espancava seus filhos até cansar.  Uma vez, contrariada com o marido jogando cartas, entrou num ataque de raiva e jogou uma pedra pesada, machucando um amigo.

49 CASO - SANKARAN  A principal razão para a raiva é que seu marido e parentes.desperdiçaram seus bens com jogo e bebida.  Tentou suicídio por duas vezes.  Alucinações.  Ao dormir, alguém a chamava e, se ela respondesse, vinha para sufocá-la. Não podia abrir os olhos. A pessoa segurava sua mandíbula. Gritava alto mas ninguém ouvia.

50 CASO - SANKARAN  Deixava a luz acesa por medo.  Às vezes via uma mulher deitada ao lado do marido.  Uma mulher negra entrava em sua casa através das paredes, pegava arroz e ia embora pela porta.  Sonhos horríveis, principalmente nos três primeiros dias do período menstrual.

51 CASO - SANKARAN Sonhos:  Com o pai perseguindo-a e atirando-lhe pedras.  Um homem empurrava-lhe de uma montanha alta e ela ficava fincada no meio do caminho, sem poder subir ou descer...  Um tigre perseguindo-a e a seu marido.

52 CASO - SANKARAN Sonhos:  Alguém batendo à porta. Ao abrir era uma pessoa conhecida que, de repente, transforma-se num estranho que a persegue, com um porrete. Ela fugia gritando, mas ninguém vinha socorrer-lhe.  Seu filho cai dentro de um posso.  Cobra de cinco cabeças.

53 CASO - SANKARAN TEMÁTICA  Principal: raiva e fúria com tendência a ferir-se.  Perseguição, engano, sensualidade, ciúmes, enforcamento/sufocação, perigo.

54 CASO - SANKARAN  RUBRICAS  Delusion, some one is behind him.  Fear someone is behind him.  Del hears footsteps behind him.  Suicidal disposition.  Fear of death.  Unconsciousness. Prescrição: Crotalus cascavella 200, dose única.

55 REPERTORIZAÇÃO 1-ILUSÃO_pessoas_atrás (someone is behind him- 27r 2-MEDO_atrás de si, alguém está (that someone- 8r 3-ILUSÃO_auditivas_passos, ouve (hears footst- 5r 4-SUICÍDIO_disposição (suicidal disposition) - 117r 5-MORTE_medo (fear of death) - 196r 6-INCONSCIÊNCIA coma (unconsciousness= coma,- 343r Sintomas St/Pts med /009 crot-c /008 lach /011 anac /009 staph /005 calc /010 merc /010

56 CROTALUS CASCAVELLA

57 CROT- C CiúmeLoquacidadeMortePerseguiçãoClarividênciaRetaliação Menopausa

58 Crotalus cascavella difere de Crotalus horridus por afetar menos os tecidos, mas afeta a mente e a sensibilidade em maior grau. (M.Tyler). Forte necessidade de um líder espiritual (Shah). O sentimento de perseguição, comum a todas as serpentes, em Crot-c, provem do mundo dos espíritos, fantasmas, monstros. Uma das serpentes mais hipocondríacas. Acredita que ninguém pode fazer nada para cura-la. Guy Loutan.

59 Não posso compreender o sentido da minha vida com minha própria inteligência. Abre a porta sem saber o que procura. Precisa sempre de uma evidência para progredir. É preciso que eu compreenda, senão não me interessa. Fica na dependência do outro para conhecer. Rebela-se contra essa sensação de passividade.

60 OPHIDIA Elapidae - Bungarinae: bung-fa., dendr-pol., NAJA Elapidae - Elapinae: ELAPS Hydrophiidae: hydroph. Viperidae - Viperinae: ceras-ce., Cloth., Vip., vip-a., vip-l-f., vip-r., vip-t. Viperidae - Crotalinae : both., both-a., both-ax., Cench., Crot-c., CROT-H., LACH., toxi. Boidae: boa-co. SAURIA Sauria: helo., helo-h., helo-s., lacer.

61 NAJA DualidadeDever Auto- depreciação MaldadeTimidezMedo ChuvaFriorento

62 ELAPS SolidãoMedosAlucinaçõesCoresCairMedo Chuva Desejos

63 CENCHRIS AbandonoSúbita morteAparência SonhosPerseguição Penetração Excitação

64 VIPERA Excitação sexual Nervosismo Perseguido Satan Viciado Ódio e Vingança Flebite Hepatite

65 BOTHROPS FalaArticulaçãoWord huntingEsquecimentoHemorragias Cegueira diurna Medo coração

66 CROT-H Social Compassivo Ditatorial LoquacidadeSensibilidade Ilusões inimigos Aparência Malignidade

67 LACHESIS Língua afiadaMente forteCompetitivaEgocêntricaFanatismoOrgulho Desconfiança

68 D-US, HOMEOPATIA, GEHSH e FAMÍLIA

69

70 Preocupação em ajudar o meu semelhante

71 Afeto Humildade Gratidão Perseverança Dedicação Estudo contínuo Informática Inglês Paciência Atenção Cuidado Bom senso Respeito Amar e tratar o próximo com se fosse a si mesmo Amor Prazer Alegria no coração


Carregar ppt "PACIENTE DE 35 ANOS SEXO FEMININO, CASADA. QUEIXA PRINCIPAL: SENSAÇÃO DE SUFOCAMENTO NA GARGANTA. CRISES DE AMIGDALITE E RINOFARINGITE CRÔNICA."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google