A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Workshop Bureau Veritas, 4 Junho 2013 Semana da Responsabilidade Social Práticas Operacionais Justas João Rui Ferreira, Presidente da APCOR.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Workshop Bureau Veritas, 4 Junho 2013 Semana da Responsabilidade Social Práticas Operacionais Justas João Rui Ferreira, Presidente da APCOR."— Transcrição da apresentação:

1 Workshop Bureau Veritas, 4 Junho 2013 Semana da Responsabilidade Social Práticas Operacionais Justas João Rui Ferreira, Presidente da APCOR

2 ÍNDICE: 1. Dados Chave da APCOR 2. Dados Chave da SECTOR 3. Sector que FUTURO? 4. Estratégia sectorial e a RESPONSABILIDADE SOCIAL

3 1. Dados Chave da APCOR

4 APCOR ÚNICA associação nacional 270 associados: 80% do volume de negócios e 85% das exportações Áreas de Intervenção: Internacionalização; Inovação e Desenvolvimento; Informação; Serviços de Apoio; Qualidade; Contratação Colectiva; Cooperação Institucional

5 2. Dados Chave do Sector

6 FLORESTA DE SOBRO NO MUNDO 2.1 Milhões Ha 201 Mil Ton produção de cortiça

7 23% da área florestal nacional 35% da área total mundial ha | 50% do total mundial ao nível da produção FLORESTA DE SOBRO EM PORTUGAL

8 8 000 trabalhadores 600 empresas 60% exportações mundiais 2% exportações de bens portuguesas 30% exportações florestais portuguesas SECTOR DA CORTIÇA EM PORTUGAL

9 845 milhões euros exportações 68,4% rolhas de cortiça 27,5% pavimentos, revestimentos e isolamentos 4,1% outros produtos SECTOR DA CORTIÇA EM PORTUGAL

10 3. Sector que Futuro?

11 APOSTAS DO SECTOR AUMENTO DAS EXPORTAÇÕES Rolhas milhões de €; Materiais de Construção, Decoração e Design - 50 milhões de €; novas aplicações - 50 milhões de €; Total: 1 mil milhões de euros.

12

13 4. Estratégia sectorial Áreas de intervenção

14 Areas de intervenção 4.1. Qualidade 4.4. Inovação; 4.2. Qualificação 4.5. Ecoeficiencia 4.3. Comunicação 4.6. Associativismo

15 4.1. Qualidade -Systecode -ISO 9001 e ISO HACCP – ISO Certificação Florestal (FSC, PEFC, …)

16 -280 empresas em PT – aprox 400 Europa -Certificação da cadeia de valor -Processo evolutivo -Integração de práticas operacionais justas na área do ambiente, dos fornecedores, dos trabalhadores -Sistema de mérito para quem inova, lidera, …

17 -Interligação com ISO nas áreas de: -Praticas Laborais -Ambiente -Práticas Operacionais justas (POJ) POJ: -Cadeia de Valor -Concorrência -Fornecedores -Inovação

18 4.2. Qualificação e Concertação Social -Oferta formativa adequada (papel do CINCORK) -Procura de nova qualificações/profissionais -Politica salarial em conformidade com o desempenho de sector -Politica de igualdade de género (acordo com sindicatos, 2008)

19 4.3. Comunicação - 12 anos de comunicação institucional - Intercork I e II maior aposta de internacionalização no país - Experiencia de parceria público - privado

20 - Novas aplicações de e com cortiça - Desenvolvimento e diversificação dos produtos consagrados (ex. rolha) - GAPI (sedeado no CTCOR) 4.4 Inovação

21 4.5. Ecoeficiencia - Sector aderente aos Contratos de Adaptação Ambiental (iniciativa de 2007 desenvolvida em colaboração com Mto. Economia) - ISO 14001

22 4.6. Associativismo - Politica de articulação com CTCOR (eixo técnico) + CINCORK (eixo formação) - Participação C.E. Liège (representação e lobby internacional) - Participação FILCORK (dimensão de FILEIRA – Produção e Transformação) - Participação AIFF (Pólo de representação das industrias de base florestal)

23 |


Carregar ppt "Workshop Bureau Veritas, 4 Junho 2013 Semana da Responsabilidade Social Práticas Operacionais Justas João Rui Ferreira, Presidente da APCOR."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google