A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Área de Projecto 12ºE O Futuro dos jovens de hoje Um Acesso Esclarecido ao Ensino Superior.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Área de Projecto 12ºE O Futuro dos jovens de hoje Um Acesso Esclarecido ao Ensino Superior."— Transcrição da apresentação:

1

2 Área de Projecto 12ºE

3 O Futuro dos jovens de hoje Um Acesso Esclarecido ao Ensino Superior

4 Grupo: Camila Petti, Catarina Nunes, Diogo Costa e Érico Fernandes

5 Objectivos: exploração, promoção e esclarecimento acerca do meio vocacional a seguir.

6 Resultados: Dos objectivos a que nos propusemos todos foram cumpridos: ida à Futurália organizámos visitas a 4 Universidades – Universidade Católica Portuguesa, Universidade Nova de Lisboa, Escola Superior de Comunicão Social e Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril realizámos 2 conferências na escola: a 1ª com representantes da Faculdade de Direito de Lisboa e a 2ª com a jornalista Conceição Queiroz

7 Na sua maioria a turma pensa seguir comunicação social/jornalismo, direito, psicologia ou relações internacionais (área do turismo).

8 Comunicação Social Rede Pública UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA, Faculdade de ciências sociais e humanas Escola Superior de Comunicação Social (Benfica) Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras Rede privada: Universidade Católica Portuguesa Universidade Autónoma de Lisboa

9 Comunicação Social (e variantes)

10 Rede Pública

11 UNIVERSIDADE NOVA DE LISBOA - Faculdade de ciências sociais e humanas

12 A faculdade A Faculdade entende o ensino e a investigação como duas actividades geminadas. O nosso corpo docente tem a elevada qualidade que lhe é consensualmente reconhecida porque participa em projectos de investigação científica avaliados internacionalmente e porque tem produção científica do melhor nível. Deste modo, os nossos professores podem dar aos nossos alunos a formação que eles esperam e certamente merecem. Por sua vez, muitos dos nossos alunos são pagos (através de bolsas) para participarem em projectos e actividades de investigação, e isto acontece desde a licenciatura até aos doutoramentos. A nossa preocupação com a internacionalização vem de acreditarmos que sem esta não é possível atingir os níveis de qualidade no ensino e na investigação que procuramos. A nossa preocupação com a inserção dos nossos alunos no mercado de trabalho tem sido orientada para a promoção de estágios curriculares e profissionais em empresas, autarquias e outras instituições, públicas e privadas mensagem do Director Professor Doutor João Sàágua

13 Cursos A Faculdade tem uma oferta curricular variada na área das Ciências Sociais e Humanas, sendo todos os seus cursos aprovados pela Direcção Geral do Ensino Superior. Licenciaturas : Ciências da Comunicação Ciências da Linguagem Línguas, Literaturas e Culturas Tradução

14 Escola Superior de Comunicação Social

15 Contactos Morada: Avenida de Berna, 26-C / Lisboa Telefone: Fax:

16 A faculdade Se formos apenas mais uma Escola, seremos uma escola a mais" Este foi o lema que a ESCS subscreveu quando assumiu, à data da sua fundação, o compromisso, perante a sociedade, de levar a cabo uma missão ousada e subordinada aos princípios que deveriam reger o Ensino Superior, em particular o Politécnico. Hoje, mais do que nunca, Portugal necessita de profissionais bem preparados, possuidores de capacidade crítica e com uma total adaptabilidade ao mercado. E o êxito pedagógico e cientí­ fico de uma instituição de ensino superior vive, cada vez mais, dessa sua capacidade de se abrir e de agir no mercado, seja este o das empresas, seja o seu próprio mercado, o mercado das outras escolas, nacionais e estrangeiras. Daí­ que, estruturas rígidas, desactualização tecnológica e professores dispersos ou desmotivados sejam incompatí­veis com os ní­veis de inovação e antecipação que a ESCS pretende continuar a possuir. Há já mais de uma década que a sociedade está dotada de uma instituição de alta qualidade, quer em meios tecnológicos, quer em concepção dos espaços físicos de aprendizagem e investigação, assumindo assim a liderança na formação de competências que lhe conferem o garante de que " nunca será uma Escola a mais, porque nunca será apenas mais uma Escola". António da Cruz Belo

17 Cursos Licenciaturas: Audiovisual e Multimédia No curso de Audiovisual e Multimédia os alunos aprendem a resolver problemas de comunicação através de uma integração dos saberes teóricos com os saberes práticos. Procura-se, logo desde o primeiro ano, conceber e desenvolver produtos Audiovisuais e Multimédia, como por exemplo sites web, produções de vídeo, animações 2D e 3D ou CD's e DVD's interactivos. O plano de estudos está adequado ao processo de Bolonha

18 Condições de acesso Provas específicas: História da Cultura das Artes Matemática Português (uma prova de entre as três) Pré-requisito: Modelo 1547 INCM (Auto-declaração) Média de Entrada: 1ª fase: 150,0 2ª fase: 154,0 Vagas: 60 Valor de propinas: 996/ano

19 Saídas Profissionais Vídeo e áudio Captação, edição e pós-produção vídeo e áudio Ambientes virtuais Concepção e desenvolvimento de ambientes virtuais interactivos Animação de imagens 2D e 3D Fotografia Concepção, registo e pós-produção de imagem fotográfica Internet, hipermedia e aplicações interactivas Concepção, desenho, produção, edição, e gestão de conteúdos multimédia para plataformas on-line (TV, web, dispositivos móveis) e off-line (Cd`s e DVD`s interactivos) Design de comunicação Direcção de arte e desenho gráfico para suportes digitais Comunicação multimédia Actividades que tenham como núcleo central a concepção e desenvolvimento de soluções de comunicação multimédia

20 Jornalismo O curso de Jornalismo destina-se a preparar profissionais capazes de responder às necessidades de um mercado de trabalho cada vez mais exigente e competitivo. O percurso dos alunos estrutura-se na área das ciências sociais e humanas, com vista a adquirirem as competências culturais e comunicacionais indispensáveis ao exercício da profissão. Em simultâneo, os ateliês de jornalismo - escrito, radiofónico, televisivo e digital - permitirão simular as formas de expressão e as rotinas produtivas adaptadas a cada meio de comunicação. O plano de estudos está adequado ao processo de Bolonha.

21 Condições de acesso Provas específicas: Geografia História Português (uma prova de entre as três) Média de Entrada: 1ª fase: 156,5 2ª fase: 154,5 Vagas: 60 Valor de propinas: 996/ano

22 Saídas Profissionais Jornalismo profissional - imprensa, rádio, televisão, agência ou suporte digital Produção de conteúdos para publicações jornalísticas institucionais em suporte impresso ou digital Investigação na área dos media e do jornalismo Actividades que tenham como núcleo central a transmissão pública de conteúdos jornalísticos

23 Publicidade e Marketing O curso de Publicidade e Marketing desafia a criatividade dos seus alunos. Oferecendo a possibilidade de escolha entre publicidade e marketing, os alunos trabalham situações reais, reproduzindo o funcionamento, por exemplo, de uma agência de publicidade ou desenhando a estratégia de marketing de uma empresa. O plano de estudos está adequado ao processo de Bolonha.

24 Condições de acesso Provas específicas: História Matemática Português (uma de entre as três) Pré-requisito: Modelo 1547 INCM (Auto-declaração) Média de Entrada: 1ª fase: 154,0 2ª fase: 164,5 Vagas: 60 Valor de propinas: 996/ano

25 Saídas Profissionais Ramo Marketing Account Gestor de Produto Gestor de Forças de Vendas Técnico de Marketing Research Gestor de Conteúdos Multimédia Director de Comunicação On-Line Director Comercial Director de Marketing Ramo Publicidade Executivo, Supervisor ou Director de Contas Director Criativo Art Director Copy Writer Planeador, Supervisor ou Director de Meios Negociador de Espaço Copy Criativo no Direct Marketing TV Producer Gestão de Projectos de Comunicação na Área do New Media

26 Relações Públicas e Comunicação Empresarial A área da Comunicação Empresarial é central em qualquer instituição: empresas ou organismos públicos. Através de laboratórios onde experimentam a realidade das Relações Públicas, os alunos passam por várias áreas e experiências, organizando eventos ou respondendo directamente a propostas feitas pelas empresas na área da comunicação. O plano de estudos está adequado ao processo de Bolonha.

27 Condições de acesso Provas específicas: Geografia História Português (uma prova de entre as três) Média de Entrada: 1ª fase: 150,5 2ª fase: 151,5 Vagas: 60 Valor de propinas: 996/ano

28 Saídas Profissionais Empresas e Instituições Técnico de Comunicação Técnico de Relações Públicas Técnico de Comunicação Institucional Técnico de Comunicação Corporativa Técnico de Comunicação Interna Director de Comunicação Director de Relações Públicas Director de Comunicação Institucional Director de Comunicação Corporativa Director de Comunicação Interna Consultoria Consultoria em Comunicação de Risco Consultoria de Imagem Consultoria em Gestão de Crises Consultoria em Comunicação Corporativa Consultoria Mediática e Mediatraining Gestor de Contas em Comunicação

29 Contactos Campus de Benfica do IPL Lisboa Tel.: Fax: Serviços Académicos: Gabinete de Comunicação:

30 Rede privada

31 Universidade Católica Portuguesa - Faculdade de Ciências Humanas

32 A faculdade A Universidade Católica constitui uma presença no mundo universitário português que se caracteriza por uma visão cristã do homem, dando um contributo específico ao conjunto dos conhecimentos.

33 Cursos Licenciaturas: Comunicação Social e Cultural O Curso de Licenciatura em Comunicação Social e Cultural da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa foi reestruturado de modo a consagrar a vertente teórica de cada variante, que lhe reconhece especialidade científica, com competências que permitam, aos que o desejarem, a integração no mercado de trabalho no final deste ciclo de formação. O perfil do Curso de Licenciatura distingue-se pelo seu carácter inequivocamente universitário, procurando fornecer ao formando instrumentos para uma produção crítica de saber, reconhecida pelos critérios fundamentais da comunidade científica em que se integram, se bem que reconhecendo que a formação universitária deverá considerar a empregabilidade e o perfil profissional do licenciado que coloca no mercado.

34 Variantes Comunicação Social / Jornalismo Comunicação Cultural Comunicação Digital Comunicação Visual Comunicação Organizacional

35 Condições de acesso Provas específicas: Português ou Inglês ou História Média de entrada: 9,5 valores (A nota de candidatura resulta da soma da classificação final do ensino secundário e do exame nacional da disciplina escolhida como prova de ingresso, em que a classificação final do ensino secundário entra com 60% e a classificação da prova de ingresso com 40%) Vagas: 150 Propinas:

36 Saídas Profissionais Jornalismo (Imprensa, Rádio e Televisão); Actividades de Comunicação Social nas Empresas; Actividades de Publicidade e Marketing; Internet e Comunicação Interactiva; Actividades de representação, de programação e de animação culturais em: Bibliotecas, Museus, Fundações, Centros Culturais, Pelouros da Cultura das Câmaras Municipais, outras Instituições ou organismos públicos e privados; Actividades relacionadas com o Novo Universo Digital Interactivo (Internet, Jornais online, etc.) Internet e Comunicação Interactiva

37 Contactos Palma de Cima Lisboa Telefone: (+351)

38 Universidade Autónoma de Lisboa

39 A faculdade A Universidade Autónoma de Lisboa encontra-se instalada no palácio dos Condes do Redondo. Com o actual estilo seiscentista, fruto da evolução dos séculos e de circunstâncias várias (sismos e diversa utilização), o Palácio foi vendido à Coope- rativa de Ensino Universitário (CEU). A Universidade Autónoma de Lisboa, Luís de Camões, é hoje esta realidade incontestada, orgulho de fundadores. Ano a ano se tem ampliado em frutos materiais e espirituais, nunca sendo de mais salientar o esforço do órgão administrativo responsável para que se viva na Universidade uma vida saudável. É, porém, obra sempre inacabada, a solicitar a participação de toda a comunidade universitária. Que os de hoje saibam transmitir o espírito que os anima e a noção de grande responsabilidade aos continuadores de amanhã, e que estes por sua vez, se mostrem dignos e dêem continuidade ao trabalho realizado; numa palavra: saibam suceder. Antes de mais, haja plena consciência de que a Universidade Autónoma, pelas provas dadas, é imprescindível no ensino universitário português e europeu. Nas páginas da história da educação e do ensino em Portugal o renome da nossa Universidade é irrefragável.

40 Cursos Licenciaturas: Ciências da Comunicação A Universidade Autónoma de Lisboa, a primeira Universidade privada a criar uma licenciatura em Ciências da Comunicação, com especializações em Jornalismo, Publicidade e Relações Públicas, foi também pioneira na construção de raiz de estúdios de Televisão e Rádio. Actualmente, a licenciatura oferece à sua população discente condições de aprendizagem e produção de nível profissional, mercê do recente investimento na requalificação de todo o espaço físico e no reapetrechamento tecnológico dos seus estúdios de Rádio e Televisão, que actualmente oferecem condições de produção em tudo equivalentes ao mercado real. É neste contexto que funcionam com regularidade canais internos de Televisão e Rádio. A Licenciatura em Ciências da Comunicação está de acordo com o processo de Bolonha

41 Especialidades: - Jornalismo - Publicidade e Marketing - Relações Públicas A Licenciatura em Ciências da Comunicação destina- se a formar profissionais superiormente qualificados para o desempenho de tarefas de responsabilidade na área da Comunicação social, institucional e cultural, com forte sentido humanístico e uma sólida base cultural integrados com uma componente tecnológica rigorosamente actualizada, cultivando o estudo transversal e fomentando a capacidade de criação e reflexão crítica.

42 Condições de Acesso Provas de ingresso: Português ou História ou Inglês Média de entrada: 9,5 valores Vagas: (sem informações) Propinas: 300 euros/mês

43 Saídas Profissionais - Jornalista (de Agência, de Imprensa, Radiofónico, Televisivo, Digital) - Assessor de Imprensa - Assessor de Relações Públicas - Técnico Superior de Comunicação e Imagem - Técnico Superior de Publicidade e Marketing

44 Tradução e Interpretação A licenciatura tem como objectivo responder ao desafio da internacionalização, da globalização, da existência de um mercado único, e, assim, formar profissionais que serão peças chave nesse mesmo movimento e cuja oferta é ainda bastante diminuta e, consequentemente, imperativa. Entre as áreas com maior expansão no nosso país está a tradução, sector em crescimento tanto a nível de ofertas profissionais como ao nível da investigação científica. A comunicação é, assim, peça chave para o sucesso de qualquer iniciativa, empresarial ou de outra natureza, e para que esta se estabeleça sem dificuldade é imperativa a formação de profissionais do mais alto nível, com conhecimentos de línguas estrangeiras, que permitam a Portugal colocar-se numa posição estratégica.

45 Condições de Acesso Provas de ingresso: Português ou Inglês ou Francês Média de entrada: 9,5 valores Vagas: (sem informações) Propinas: 300 euros / mês

46 Contactos SEDE: Palácio dos Condes do Redondo Rua de Santa Marta, nº Lisboa Call Center: Secretaria: /7 Fax: Transportes: Metro - Estação Marquês de Pombal Autocarros

47 Psicologia Rede Pública: Universidade de Lisboa, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação ISCTE Rede Privada: Instituto Superior de Psicologia Aplicada

48 PSICOLOGIA

49 Média de entrada em Psicologia

50 ISPA ormativa/Pesquisa/

51 Faculdade de psicologia e ciências da educação(fpce) Para a candidatura em 2009/2010, será necessário obter aprovação num dos seguintes conjuntos: 9 Geografia e 18 Português ou 11 Historia e 18 Português ou 17 Matemática Aplicada às Ciências Sociais e 18 Português Pré-Requisitos: Não são exigidos Regime de funcionamento: diurno Nº de vagas: 80 Candidatura 2008/2009, nota do último colocado: 1ª fase - 107,8 2ª fase - 129,0

52 Turismo Rede Pública: Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Rede Privada: UAL

53 TURISMO (e suas variantes)

54 Rede Pública

55 Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE)

56 A Faculdade A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril foi inaugurada no ano 1991 e é um Estabelecimento Público de Ensino Superior Politécnico, sob a tutela do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.1991 Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior A grande qualidade dos cursos ministrados nesta escola foi reconhecida pela Organização Mundial do Turismo (OMT) por um certificado TEDQUAL (sistema de certificação de Programas de Educação em Turismo) e é hoje em dia considerado o segundo melhor estabelecimento de ensino superior, nas áreas do Turismo e Hotelaria, da Europa, sendo o que detém mais cursos certificados neste domínio. Organização Mundial do TurismoOMTTEDQUALEuropa Actualmente, estão inscritos mais de mil alunos nas licenciaturas, e mais de cem nos cursos de 2º ciclo (mestrados e pós-graduações). Para garantir a grande qualidade e excelência do ensino, a ESHTE engloba um corpo docente com cento e dez professores que, além de académicos, são também profissionais deste sector, permitindo manter um ensino actualizado que é indispensável à viabilidade do sector.

57 Cursos Licenciaturas na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril Virada para a formação de quadros superiores do turismo, da hotelaria e da restauração, a escola lecciona cinco cursos de licenciatura, de acordo com o Processo de Bolonha: Licenciaturas Direcção e Gestão Hoteleira Gestão Turística - Gestão de Empresas Turísticas - Gestão de Produtos Turísticos Informação Turística Produção Alimentar em Restauração Gestão do Lazer e Animação Turística

58 Provas de Ingresso 2010/2011 Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) Gestão do Lazer e Animação Turística (Diurno e Pós-laboral) Gestão do Lazer e Animação Turística (Diurno e Pós-laboral) Economia ou Inglês ou MACS Gestão Turística Gestão Turística (Diurno e Pós-laboral) Economia ou Geografia. ou Matemática. Informação Turística (Diurno e Pós-laboral) Informação Turística (Diurno e Pós-laboral) Alemão ou Espanhol ou Francês ou Inglês

59 Rede privada

60 Universidade Autónoma de Lisboa

61 Licenciatura em Gestão de Actividades Turísticas Especialidades: -Gestão de Empresas do Turismo -Planeamento Estratégico dos Destinos Turísticos A licenciatura em Gestão de Actividades Turísticas contribui para a formação superior de profissionais da actividade do Turismo, que se encontra em expansão e carente de profissionais qualificados, preparando-os para participarem no desenvolvimento do Turismo local, regional, nacional e internacional. Objectivos: -Formar para gerir estruturas, actividades e projectos de natureza turística; -Habilitar para o desempenho de actividades de planeamento, promoção e gestão de destinos turísticos; -Capacitar para a elaboração, promoção e selecção de produtos e serviços turísticos.

62 Áreas abrangidas pela licenciatura em Gestão de Actividades Turísticas -Gestão Hoteleira -Gestão da Restauração -Gestão das Agências de Viagem e de Turismo -Gestão da Animação -Gestão dos Destinos Turísticos

63 Saídas Profissionais: - Hotelaria - Agências de Viagens - Operadores Turísticos - Empresas de Organização de Eventos - Administração Pública - Empresas e Sociedades de Lazer e Desporto - Centros de Formação e Escolas Profissionais - Associações

64 Condições de Ingresso: Disciplinas especificas: Português, Matemática aplicada ás ciências sociais ou História

65 Direito

66 Direito Rede Pública: Universidade Nova de Lisboa Clássica (Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa) Rede Privada: Universidade Católica Portuguesa Universidade Autónoma de Lisboa

67 Rede Pública

68 UNIVERSIDADE DE LISBOA - Faculdade de Direito de Lisboa

69 A Faculdade A Faculdade de Direito é uma instituição de criação, transmissão e difusão da cultura e da ciência, no domínio das disciplinas jurídicas em todas as suas vertentes e das demais disciplinas com elas conexas. A Faculdade de Direito goza de autonomia cultural, científica e pedagógica, sendo uma pessoa colectiva de direito público dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial. Enquanto elemento integrante da Universidade de Lisboa, a Faculdade de Direito é solidária com as demais escolas da Universidade na complementação dos saberes, na abertura a uma visão interdisciplinar, na prestação de serviços à comunidade e na defesa de um ambiente compatível com a realização da pessoa humana. A Faculdade de Direito ministra três ciclos de estudos conducentes a graus académicos: a licenciatura em Direito (1.º ciclo), os cursos de mestrado em Direito (2.º ciclo) e os cursos de Doutoramento em Direito (3.º ciclo) em diversas áreas. A Faculdade confere os respectivos graus de licenciado, mestre e doutor em Direito. A Faculdade de Direito ministra ainda cursos pós-graduados, designadamente cursos de aperfeiçoamento e de pós- graduação, não conducente à obtenção de um grau académico

70

71 Curso O ensino na Faculdade, a nível de licenciatura, comporta cursos diurnos e nocturnos, estes destinados em particular aos trabalhadores-estudantes. A Faculdade privilegia um ensino presencial e activo, através do método de avaliação contínua, sem prejuízo de garantir também a existência de um método de avaliação final.

72 Condições de Acesso Provas de ingresso para o ano lectivo de 2010/ Português 11 - História Fórmula de cálculo da nota de candidatura: - Classificação final do ensino secundário - 50% - Classificação final das provas de ingresso - 50% Classificação mínima na prova de ingresso: - 100, expresso na escala de 0 a 200; - Classificação mínima na nota de candidatura: - 120, expresso na escala de 0 a 200; O último candidato a entrar o ano passado na 1ª fase entrou com 15.3 e na 2ª fase com 14.8

73 Contactos Alameda da Universidade Cidade Universitária Lisboa Tel: (351) Fax: (351)

74 Universidade Nova de Lisboa - Faculdade de Direito

75 A Faculdade O nome Universidade Nova de Lisboa sugere e apela à constante criatividade e inovação. Reclama também uma juventude que lhe é devida, como uma das mais recentes universidades públicas da Área Metropolitana de Lisboa, que se estende por três municípios: Lisboa, Almada e Oeiras. A Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (FDUNL) foi criada para constituir um polo inovador no desenvolvimento da ciência jurídica e no ensino do Direito em Portugal, mediante o progresso da investigação, a leccionação de novas disciplinas, o uso de novos métodos pedagógicos, e com o objectivo de dar resposta a novas exigências da formação profissional. A FDUNL preocupa-se com o reforço da ideia de comunidade académica, estimando que a vocação profissional do ensino universitário do Direito deve desenvolver-se em equilíbrio com as outras funções essenciais, a cultural e a científica. Do ponto de vista pedagógico, a FDUNL tentará manter altos padrões de mérito e avaliação.

76 Provas de Ingresso para 2009: Uma das seguintes provas: História Português Classificações Mínimas e Fórmula de Cálculo: Nota de Candidatura: 100 pontos Provas de Ingresso: 95 pontos Média do secundário: 50% Provas de ingresso: 50% A nota do ultimo colocado na 1ª fase foi de 15,8 e na 2ªfase de 15.2 Condições de Acesso

77 Contactos Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa Campus de Campolide Lisboa Tel: Fax:

78 Rede privada

79 UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA – Faculdade de Direito

80 A Faculdade O curso de Direito da Universidade Católica nasceu em 1976, com o objectivo de trazer algo de novo e diferente ao panorama universitário português. O País precisava de bons juristas e de bons cidadãos - e a Católica propunha-se ministrar uma formação jurídica sólida e exigente, aliada a valores humanos e cívicos e a um forte sentido de responsabilidade social. Ao longo de mais de três décadas, o desafio quotidiano permanece o mesmo: preparar os nossos Alunos para uma vida profissional e social cada vez mais exigente, onde não lhes bastará serem bons, mas terem a vontade de estar sempre entre os melhores. E estão de facto entre os melhores - nas sociedades de advogados, nas magistraturas, nas empresas, na administração pública, na universidade.

81 Programa Bolsas de Mérito As Bolsas de Mérito permitem aos alunos a quem são atribuídas beneficiar da isenção (total ou parcial) de propinas durante um ano. Elas constituem não só um incentivo ao estudo como também uma recompensa pelo esforço dos alunos. Novos alunos: Prosseguindo uma política de apoio aos bons alunos, a Católica atribui a isenção total de propinas, durante o 1º ano, a todos os candidatos que venham a ser admitidos com classificação de candidatura de 17,5 valores. Os alunos admitidos com média de 16,5 valores beneficiam de uma redução de 50% das propinas durante o 1º ano. Os alunos admitidos com média de 15,5 valores beneficiam de uma redução de 25% das propinas durante o 1º ano. Anos seguintes: Ao longo do curso, estarão também isentos do pagamento de propinas os estudantes que obtiverem as seguintes médias no ano lectivo anterior: 15,5 valores - isenção total 15,0 valores - 50% de redução da propina 14,5 valores - 25% de redução da propina Deste modo, os bons alunos podem obter a licenciatura sem o pagamento de qualquer montante em propinas. Este programa de isenção de propinas através de Bolsas de Mérito beneficia do patrocínio de diversas sociedades de advogados e de outras entidades.

82 Candidaturas e Propinas 1. A candidatura ao curso de licenciatura em Direito para 2010/2011 pressupõe que os candidatos reúnam os requisitos gerais de acesso ao ensino superior público. 2. A candidatura à licenciatura em Direito, em Lisboa, não depende de qualquer pré-requisito de aptidão vocacional. 3. As disciplinas do ensino secundário que constituem provas de ingresso obrigatórias para a Licenciatura em Direito, para são: · Português e História OU · Português e Matemática * * Não é admissível a Matemática Aplicada às Ciências Sociais 4. Não são admitidas candidaturas com uma nota mínima de candidatura inferior a 95 (numa escala de 0 a 200) ou com uma nota mínima nas provas de ingresso inferior a 95 pontos. 5. A nota de candidatura é calculada de acordo com a seguinte fórmula: · classificação final do curso do ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente: 60%; · classificação das provas de ingresso: 40%. 6. Número de vagas: 120. Candidatura (candidatos provenientes d o ensino secundário) 65,00 Matrícula295,00 Propinas por unidades de crédito (5 mensalidades por semestre) * 13,20 Propinas Os valores das taxas de candidatura, matrícula e das propinas de Licenciatura, para o ano lectivo de 2009/2010, são os seguintes: * O número de créditos ECTS correspondente a 1 semestre é de 30.

83 Contactos FACULDADE DE DIREITO - Direcção Palma de Cima Lisboa Tel.: /70 Fax: GEFAP - Gabinete de Formação Avançada e Pós-Graduações Tel: / (ext e 4319) Gabinete de Direito Tel: Centro de Direito Comercial e Direito da Economia Tel: GEFAP - Gabinete de Formação Avançada e Pós-Graduações Centro de Direito Comercial e Direito da Economia Secretaria Escolar Tel: Secretaria Escolar GAPA (Gabinete de Apoio ao Aluno) - Questões ligadas a apoio social Tel: GAPA

84 Universidade Autónoma de Lisboa

85 A Faculdade A licenciatura em Direito da Universidade Autónoma de Lisboa tem como principal objectivo proporcionar aos alunos uma formação jurídica sólida, pautada por critérios de qualidade e rigor científico, que os prepare para o exercício profissional das actividades jurídicas, não só as tradicionais, como a magistratura, a advocacia, o registo e notariado ou a administração pública, mas também as ligadas às actividades do universo empresarial ou das organizações internacionais. Neste sentido o plano de estudos da licenciatura em Direito procura alcançar quatro objectivos específicos, nomeadamente:

86 Condições de Acesso Quem pode candidatar-se ao ensino superior na Universidade Autónoma de Lisboa? Podem candidatar-se ao ingresso num determinado curso superior da Universidade Autónoma de Lisboa, os estudantes que satisfaçam, cumulativamente, as seguintes condições: Ter aprovação num curso de ensino secundário ou habilitação legalmente equivalente Ter realizado, em 2007 ou 2008 ou 2009, as provas de ingresso exigidas por esse curso e ter nessas provas uma classificação igual ou superior à classificação mínima exigida Ter uma nota de candidatura igual ou superior ao valor mínimo fixado pela Universidade Autónoma de Lisboa Uma das seguintes provas: 11 História 18 Português Provas de ingresso mínimo 9.5 A mensalidade ronda os 300 euros por mês

87 Saídas Profissionais -Advocacia -Magistratura Judicial -Magistratura do Ministério Público -Registos e Notariado -Conservador de Registos -Assessoria Jurídica -Solicitadoria -Oficial de Justiça -Funcionário Europeu ou Internacional -Diplomacia -Mediação -Banca -Seguradoras -Entidades Policiais -Ensino Universitário

88 Futurália A Futurália é a maior feira de educação e formação que se realiza em Portugal, atraindo todos os anos milhares de visitantes. Este ano o Grupo organizou a visita, onde pudemos recolher preciosa informação que nos permitiu avançar o trabalho.

89 Conferências Representantes da Clássica No dia 24 de Maio, pelas 14h30, 4 jovens estudantes e membros da Associação de Estudantes da Faculdade de Direito de Lisboa vieram à ESPJAL Convidados pelo nosso grupo, os representantes da Faculdade deram uma pequena palestra no anfiteatro do Pav. E, onde divulgaram informação importante acerca do funcionamento da Faculdade, mas principalmente, da vida real do aluno universitário

90 Conceição Queiroz 31 de Maio de :00horas Convidámos a conceituada jornalista Conceição Queiroz, que falou do seu percurso pessoal e profissional Respondeu às vossas questões e deu uma nocção do que é ser Jornalista

91

92

93 Conclusão final do Projecto Este Projecto que o Grupo escolheu teve como principais objectivos facilitar ou ajudar os colegas a fazer uma escolha e um acesso ao ensino superior mais esclarecidos. Desenvolvemos inúmeras acções para tal, e empenhámo-nos na pesquisa de informação. O Grupo acredita que TODOS os objectivos e aspirações foram cumpridos….

94 Agradecimentos Professora e Psicóloga do SPO, Conceição Ribeiro, pelo apoio e informação que nos concedeu Professora Anabela Baptista Escola Superior de Comunicação Social, por se terem disponibilizado a fazer uma visita guiada em exclusivo Faculdade de Direito de Lisboa, pela disponibilidade e simpatia Jornalista Conceição Queiroz, também pela disponibilidade e ajuda para o enriquecimento do trabalho Todas as outras instituições que visitámos Turma 12º E


Carregar ppt "Área de Projecto 12ºE O Futuro dos jovens de hoje Um Acesso Esclarecido ao Ensino Superior."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google