A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

9 DE SETEMBRO-2011 25 DE SETEMBRO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO e MARISA LIBÓRIO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "9 DE SETEMBRO-2011 25 DE SETEMBRO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO e MARISA LIBÓRIO."— Transcrição da apresentação:

1 9 DE SETEMBRO DE SETEMBRO FACILITADORA: ROSANA CARDOSO e MARISA LIBÓRIO

2

3 3 DESENCARNAÇÃO NATURAL DESENCARNAÇÕES ACIDENTAIS DESENCARNAÇÕES PROVOCADAS SORTE DAS CRIANÇAS APÓS A MORTE VIVER É EDUCAR-SE PARA A MORTE

4

5 “A desencarnação é o fenômeno que liberta o Espírito de seu corpo físico, devolvendo-o a sua verdadeira condição É o mecanismo natural de transferência para a outra realidade da vida” Conhecendo o Espiritismo- Adenáuer Novaes

6 “O esgotamento das forças no corpo físico provoca a saída do Espírito As desencarnações variam de acordo com as necessidades cármicas de cada um Não existe uma desencarnação igual a outra” Adenáuer

7 “A morte do corpo, com consequente mudança de habitat vibratório é um fenômeno inevitável e necessário ao aprimoramento do Espírito. Com ela, completa-se um ciclo e inicia-se outro de igual relevância para o desenvolvimento espiritual. A vida se renova sempre a cada etapa. Encontros e desencontros são marcados pelas sucessivas encarnações. Cada Espírito terá aquilo que ele mesmo semeou em suas existências corporais.” Adenáuer

8

9 “Multidões regressam à Espiritualidade, diariamente, envolvidas em circunstâncias trágicas: incêndios, desmoronamentos, terremotos, afogamentos, acidentes aéreos, etc.” Por quê???? TRAGÉDIAS

10 “A Doutrina Espírita demonstra que tais ocorrências estão associadas a experiências evolutivas. Não raro representam o reajuste de compromissos contraídos no execício da violência no pretérito.” “Imperioso que mantenhamos a serenidade, cultivando confiança em Deus, não por nós apenas, mas sobretudo em benefício daquele que partiu. Mais do que nunca ele precisa de nossa ajuda.” Quem tem medo da morte- Richard Simonetti

11

12 “Não previstas para a atual encarnação. Se verificam em decorrência de imprudências, imperícias ou negligências” Adenáuer

13 “Poucos cumprem integralmente o tempo que lhes foi concedido Num momento de imprudência podemos complicar a vida física ou deixá-la antes do tempo” Quem tem medo da morte?- Richard Simonetti

14 EUTANÁSIA “Morte feliz” – Termo criado pelo filósofo Francis Bacon em 1623 “O Espiritismo nos ensina que compete a Deus promover nosso retorno a espiritualidade e demonstra que a eutanásia interrompe a depuração do Espírito, pela enfermidade, e lhe impõe sérias dificuldades no retorno ao Plano Espiritual” Richard Simonetti

15 “A eutanásia não permite que o Espírito, durante os momentos de dor e sofrimento, reflita e se melhore, aproveitando a situação para entender os mecanismos sutis de que se utilizam as Leis de Deus para educa-lo, visando seu próprio progresso” “Longe de situar-se por morte feliz é uma solução infeliz para o paciente” Quem tem medo da morte? – Richard Simonetti

16 SUICÍDIO “O maior sofrimento da Terra não se compara ao nosso” O suicida sofre após seu ato principalmente por constatar a continuidade da vida

17 “Lesionamento do corpo perispiritual Poderão repercurtir nas existências seguintes surgindo, muitas vezes como marcas de nascença.” Adenáuer SUICÍDIO DIRETO SUICÍDIO INDIRETO – Desregramentos e abusos do corpo físico levando ao gasto desnecessário de fluido vital

18 “Há choro e ranger de dentes” “Se nos parece desalentador atentar as prolongadas e penosas experiências do companheiro que partiu voluntariamente, consideremos que seus sofrimentos não serão inúteis. Representarão para ele um severo aprendizado, amadurecendo-o e habilitando-o a respeitar a Vida e voltar-se para Deus.” R. S “Há sempre a esperança, porquanto a reabilitação é sempre possível” Yvonne Pereira

19 HOMICÍDIO “NÃO MATARÁS” “Há crime no homicídio, vossa própria legislação o reconhece; ninguém tem o direito, em nenhum caso, de atentar contra a vida de seu semelhante.” R.S

20 “Não façais aos outros o que não quizerdes que vos façam”

21 ABORTO “O aborto,assim como o homicídio, pode provocar perturbação ao Espírito pela sua expulsão involuntária do corpo fisico” “Consequências graves àqueles que participam direta ou indiretamente no seu processo O desrespeito a vida significará a necessidade de aprender a valorizá-la no futuro, ensejando algum processo educativo” Adenáuer

22 CONSCIÊNCIA DO ERRO “Espíritos imaturos, comprometidos e inconsequentes, somos todos, ou não estaríamos encarnados na Terra O que distingue a mulher ou homem que praticou o aborto é apenas uma localização no tempo. Todos nos comprometemos com males, talvez mais graves, em vidas anteriores” R.S “Pode-se renovar o destino através do trabalho em favor da infância desvalida, adoções e tantos outros meios de ajudar o próximo” R.S

23 VÍCIOS “Os vícios de qualquer natureza podem encurtar a vida do organismo físico” Adenáuer

24 “Algumas desencarnações são antecipadas a fim de facilitar o processo de crescimento do Espírito” “Retira-se o Espírito, naquele momento, para que ele não se comprometa mais com seu próprio futuro espiritual” Adenáuer

25

26 “Por que a vida se interrompe com frequência na infância?” “- A duração da vida da criança pode ser, para seu Espírito, o complemento de uma vida interrompida antes do termo devido; e sua morte é frequentemente uma prova ou expiação para os pais.” L.E- 199

27 “Não tendo podido praticar o mal, o Espírito de uma criança que morreu em tenra idade pertence a alguma das categorias superiores?” “- Se não fez o mal, igualmente não fez o bem e Deus não o isenta das provas que tenha de padecer. Se for um Espírito puro, não é pelo fato de ter animado apenas uma criança, mas porque já progredira até a pureza.” L.E- 198

28 “Quando o Espírito já alcançou elevada classe evolutiva, assumindo o comando mental de si mesmo, adquire o poder de facilmente desprender-se das imposições da forma. Contudo, para a grande maioria das crianças que desencarnam o caminho não é o mesmo. É por esse motivo que não podemos prescindir dos períodos de recuperação para quem se afasta do veículo físico, na fase infantil.” André Luiz- Entre a Terra e o Céu- cap. X

29 No mundo espiritual há diversas instituições devotadas ao acolhimento e ao reajuste de Espíritos desencarnados na infância: LAR DA BÊNÇÃO- Entre a Terra e o Céu- André Luiz CIDADE DE CASTREL- A vida além do véu- G. Vale Owen

30

31 “A vida no corpo é uma oportunidade para o Espírito educar-se é preparar-se para novas jornadas cada vez menos dolorosas e em mundos mais adiantados, onde terá maiores e melhores oportunidades de crescimento. Nesse sentido, viver é educar-se para morrer, o que o faz retornar a seu mundo de origem, capacitando-o a novas realizações superiores.” Conhecendo o Espiritismo- Adenáuer

32 “Quando naceste todos sorriam, só tu choravas. Vive de tal forma que, quando morreres todos chorem, só tu sorrias”

33

34 CONHECENDO O ESPIRITISMO – ADENÁUER NOVAES QUEM TEM MEDO DA MORTE – RICHARD SIMONETTI MEMÓRIAS DE UM SUICIDA – YVONNE PEREIRA O LIVRO DOS ESPÍRITOS

35


Carregar ppt "9 DE SETEMBRO-2011 25 DE SETEMBRO- 2011 FACILITADORA: ROSANA CARDOSO e MARISA LIBÓRIO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google