A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Colisões. No dia 15 de janeiro de 2009, um Airbus decola do aeroporto de Nova York em direção à cidade de Charlotte (Carolina do Norte), quando uma de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Colisões. No dia 15 de janeiro de 2009, um Airbus decola do aeroporto de Nova York em direção à cidade de Charlotte (Carolina do Norte), quando uma de."— Transcrição da apresentação:

1 Colisões

2 No dia 15 de janeiro de 2009, um Airbus decola do aeroporto de Nova York em direção à cidade de Charlotte (Carolina do Norte), quando uma de suas turbinas começa a pegar fogo. O laudo técnico apresentado posteriormente, indicou que uma ou mais aves foram sugadas, obrigando o piloto a um pouso sobre as águas do Rio Hudson. O perigo que ronda as cidades!

3 Assista a um vídeo que mostra a colisão de uma ave com a turbina de um avião.

4 A imagem da salvação ! O avião Airbus da US Airways caiu no rio Hudson, em Nova York, nos Estados Unidos, cinco minutos depois de decolar. A companhia aérea confirmou que 155 pessoas estavam a bordo, sendo 150 passageiros e cinco tripulantes. Não houve mortos.

5 Suponha que uma ave de 2 kg colida com o parabrisa de um avião. A velocidade do avião no momento da colisão, em relação ao solo, era de 470 km/h. A velocidade do pássaro, em relação ao solo, no sentido contrário ao do avião era de 10km/h. Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

6 a)QUAL a velocidade do pássaro em relação ao avião ? b)QUAL a quantidade de movimento do pássaro em relação ao avião? Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

7 c) QUAL o impulso aplicado pelo pássaro na vidraça do avião durante a colisão? d) Suponha que a colisão tenha durado dois centésimos de segundo. QUAL a força aplicada pelo pássaro na vidraça? Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

8 e) A força aplicada pelo pássaro na colisão corresponde ao PESO DE UM CORPO COM QUAL VALOR DE MASSA? (Considere g=10m/s 2 ) Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

9 A colisão do pássaro com a turbina do avião poderia gerar os danos mostrados pelo vídeo? Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

10

11 IDENTIFIQUE duas providências que deveriam ser tomadas pelos administradores dos aeroportos para evitar a incidência dos acidentes envolvendo aves de rapina. Analisando a colisão entre um avião e um pássaro.

12 Analisando uma colisão microscópica. As descobertas do elétron e do próton foram possíveis graças à ação de forças magnéticas e elétricas sobre as partículas citadas, produzindo deflexões (desvios) nas partículas que se encontravam aceleradas.

13 A descoberta do elétron

14 A descoberta do nêutron O nêutron foi descoberto definitivamente apenas em 1932, graças ao uso do princípio da conservação da quantidade de movimento de um sistema pelo físico James Chadwick.

15 A experiência de Walther Bothe-1930 Num acelerador de partículas subatômicas, a partícula alfa, que é o núcleo do átomo de hélio, com dois prótons e dois nêutrons, é lançada contra o núcleo do átomo de berílio, com quatro prótons e cinco nêutrons.

16 A experiência de Walther Bothe-1930

17 Na colisão, o átomo de berílio adiciona a partícula alfa e transmuta-se no elemento químico carbono, com seis prótons e sete nêutrons, e número de massa treze (13). Por ser instável, elimina uma radiação de altíssima energia. O físico alemão imaginou que a radiação emitida eram raios gama, pois eles não são desviados por campos elétricos e magnéticos. O átomo de carbono instável transmuta-se no carbono estável de número de massa doze (12). A experiência de Walther Bothe- 1930

18 Descoberta do nêutron Experiência de James Chadwick A descoberta do nêutron foi possível graças ao grande sucesso da aplicação do Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento. Segundo este, a conservação da quantidade de movimento total de um sistema ocorre se a resultante das forças externas que atuam sobre o sistema for nula.

19 Descoberta do nêutron Experiência de James Chadwick Q SISTEMA (IMEDIATAMENTE ANTES DO EVENTO) = Q SISTEMA (IMEDIATAMENTE APÓS O EVENTO) Q alfa + Q Berílio = Q Carbono + Q neutron A confirmação da existência do nêutron reforçou a importância desse princípio que ficou conhecido como uma das leis fundamentais da natureza.

20 Descoberta do nêutron Experiência de James Chadwick Utilizando uma fonte de partículas alfa (emissor alfa puro), J.Chadwick bombardeou um disco de berílio que utilizou como alvo, analisando as radiações que provinham do berílio. Para detectar estas radiações, o pesquisador usou uma câmara de ionização que foi adaptada a um sistema capaz de registrar as partículas que produziam numa placa fotográfica.

21 Descoberta do nêutron Experiência de James Chadwick Disco de berílioParafina

22 Mediante suas experiências, Chadwick determinou o poder de penetração das radiações, assim como o poder de ionização das mesmas. Demonstrou também que quando estas radiações incidiam sobre a parafina, eram capazes de desprender prótons. Estes foram explicados pelo grande investigador, considerando as referidas radiações constituídas por partículas neutras, sem carga, e com massa igual (aproximadamente) à do próton. Estas partículas foram chamadas nêutrons. Descoberta do nêutron Experiência de James Chadwick


Carregar ppt "Colisões. No dia 15 de janeiro de 2009, um Airbus decola do aeroporto de Nova York em direção à cidade de Charlotte (Carolina do Norte), quando uma de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google