A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Associação entre o Índice de Massa Corporal e o Estatuto Socioeconómico em Contextos Africanos de Transição Sociodemográfica e Nutricional Leonardo Nhantumbo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Associação entre o Índice de Massa Corporal e o Estatuto Socioeconómico em Contextos Africanos de Transição Sociodemográfica e Nutricional Leonardo Nhantumbo."— Transcrição da apresentação:

1 Associação entre o Índice de Massa Corporal e o Estatuto Socioeconómico em Contextos Africanos de Transição Sociodemográfica e Nutricional Leonardo Nhantumbo Faculdade de Educação Física e Desporto, Universidade Pedagógica, Moçambique Leonardo Nhantumbo Maputo, 26 de Março de 2014

2 ASSOCIAÇÃO IMC - ESE INTRODUÇÃO Relação Directa Relação Indirecta Ausência de Qq Relação EUROPA ESE Baixo IMC; Obesos Sobrepeso, Obesos/I. Adulta EUROPA = ESE = IMC Outros Espaços Geográficos ESE Alto IMC; Sobrepeso; Obesidade/ I. Adulta

3 INTRODUÇÃO CONTINENTE AFRICANO Coexistência da subnutrição e obesidade Fortes assimetrias socioeconómicas

4 INTRODUÇÃO CONTINENTE AFRICANO Expansão das economias de mercado; Mudanças ainda mais drásticas na alimentação; Consumo de produtos cada vez mais processados e industrializados.

5 INTRODUÇÃO EM MOÇAMBIQUE Rápida transição socioeconómica; (Guerra: ; PIB:89U$D, 1992; 128.6U$D, 1997) Mudanças nos hábitos alimentares; Todos os segmentos da sociedade, incluindo os mais desfavorecidos

6 INTRODUÇÃO CIDADE DE MAPUTO Crescimento demográfico assinalável; Êxodo populacional do campo para cidade

7 INTRODUÇÃO CIDADE DE MAPUTO Zonas residenciais distintas (assimetrias socioeconómicas e demográficas abruptas); Área urbanizada (similitude com centros urbanos de 1 país industrializado); Área suburbana (ausência de plano urbanístico e densidade populacional elevada).

8 INTRODUÇÃO Nos países em desenvolvimento o ESE surge directamente associado ao sobrepeso e obesidade; Estudos realizados em África no geral e, em Moçambique em particular, são diminutos e dispersos; Pertinência e a relevância do seu estudo na saúde pública, considerando a multiplicidade de consequências maléficas associadas ao sobrepeso e obesidade.

9 OBJECTIVOS Averiguar associação entre o IMC e o ESE em contextos de um país africano em transição sociodemográfica e nutricional. Testar a coexistência entre a subnutrição e obesidade neste contexto particular

10 MATERIAL E MÉTODOS IdadeSexoTotal Mas.Fem Total Quadro 1: Caracterização da Amostra em Função da Idade, Sexo e ESE Sexo ESETotal AltoMédioBaixo Mas Fem Total ANTROPOMÉTRICAS Peso Altura IMC Pregas Tric, Subesc LOHMAN et al. (1998) C. CORPORAL % Gordura BOILEAU (1985) ESTADO NUTRICIONAL IMC (OMS, 2000) Localização e Tutela da Escola PROCEDIMENTOS ESTATISTICOS MDP; ANOVA; Bonferroni; SPSS, 21.0; 0,05

11 RESULTADOS Quadro 2: Valores Descritivos dos Indicadores Somáticos e da Composição Corporal em Função do Estatuto Socioeconómico VariáveisESE alto (N=134)ESE Médio (N=484)ESE Baixo (N=370) MinMax M±DP MinMax M±DP MinMax M±DP Peso ± ± ±9.64 Altura ± ±8.72 IMC ± ± ±2.80 %GC ± ± ±8.73 Estatutos Socioeconómicos VariáveisESE1 (N=134)ESE2 (N=484)ESE3 (N=370)FpBonferroni Altura156.32± ± ± ˂ =2>3 Peso51.60± ± ± ˂ =2>3 IMC20.92± ± ± ˂ >2>3 % GC22.64± ± ± ˂ =2>3 Quadro 3: Resultados da ANOVA Resultantes da Comparação dos Indicadores Somáticos e da Composição Corporal em Função do Estatuto Socioeconómico

12 RESULTADOS Quadro 4: Classificação Nutricional Através do IMC em Função do Estatuto Socioeconómico Grupo NutricionalEstatuto SocioeconómicoX 2 (6) p ESE altoESE MédioESE Baixo Subnutrido (N=229)17 (7.4%)84 (36.7%)128 (55.9%) ˂ Normoponderal (N=622)92 (14.8%)329 (52.9%)201 (32.3%) Sobrepeso (N=44)10 (22.7%)26 (59.1%)8 (18.2%) Obesidade (N=15)7 (46.7%) 1 (6.7%) Maiores índices de prevalência de sobrepeso e de obesidade nos ESE alto e médio, e de subnutrição no ESE baixo

13 CONCLUSÕES (1) Foi evidente um efeito de gradiente nutricional na instalação de sobrepeso e obesidade nas classes socioeconomicamente favorecidas, e de insultos nutricionais na classe socioeconómica mais desfavorecida; (2) Foi confirmada a coexistência da subnutrição e obesidade em todas as classes socioeconómicas, incluindo a mais desfavorecida.

14 MUITO OBRIGADO NÃO!


Carregar ppt "Associação entre o Índice de Massa Corporal e o Estatuto Socioeconómico em Contextos Africanos de Transição Sociodemográfica e Nutricional Leonardo Nhantumbo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google