A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Projecto de Intervenção

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Projecto de Intervenção"— Transcrição da apresentação:

1 Projecto de Intervenção
INSTITUTOPIAGET Campus Académico de Vila Nova de Gaia Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo (Decreto-Lei n.º 468/88, de 16 de Dezembro) João Nuno Iria Utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação: Gestão (In)adequada Projecto de Intervenção Mestrado em Administração e Gestão Escolar (1ª edição) Vila Nova de Gaia, Julho de 2010 Sob a orientação de: Cândida Mota

2 Resumo Apresenta-se um trabalho de investigação cuja génese se materializa numa reflexão sobre a forma de concretizar a integração das Tecnologias de Informação e Comunicação, quer no procedimento Administrativo quer no processo de Ensino / Aprendizagem, devidamente sustentada no Plano Tecnológico da Educação. No presente processo investigatório pretende-se descobrir métodos e ferramentas que contribuam para a melhoria da qualidade do Ensino / Aprendizagem, encetar em procedimentos que permitam a dinamização da utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação por toda a Comunidade Educativa e apoiar a Direcção das Escolas nos seus esforços a proporcionar um ambiente inovador e motivador onde os alunos queiram aprender e os professores almejem ensinar. Palavras-chave: Integração das TIC; Processo Administrativo com as TIC; As TIC no Ensino / Aprendizagem; Direcção Escolar.

3 Introdução

4 Introdução Momento de mudanças extremas nas Escolas:
Autonomia de decisão (Legislação); Implementação das TIC com o PTE (18 de Setembro de 2007). Surgimento de Competências TIC: Procedimento Administrativo e Gestão das Instituições; Processo Ensino / Aprendizagem dentro e fora da sala de aula.

5 Introdução A problemática assinalada é-nos muito cara, uma vez que o trajecto profissional se tem desenhado nesta área e que ambiciona compreender e interpretar a utilização das TIC na comunidade escolar. Espera-se que os docentes empreendam uma evolução e utilização diária das TIC incorporando todas vantagens que estas possibilitam com a sua correcta utilização.

6 As TIC aplicadas nas escolas
CAPÍTULO I As TIC aplicadas nas escolas

7 As TIC aplicadas nas escolas
A Sociedade da Informação e do Conhecimento depende da qualidade da acção educativa, assim as TIC apresentam relevância em duas vertentes: Da Administração e Gestão – Facilitar procedimentos Administrativos e burocráticos e relação entre toda a Comunidade Educativa; Do processo Ensino / Aprendizagem – Apoiar os docentes em sala de aula e permitir o uso de ferramentas de trabalho e didácticas. Existe uma panóplia de aplicações e ferramentas TIC que possibilitam a integração das TIC nas Escolas.

8 As TIC aplicadas nas escolas
Surge a necessidade de incentivar o uso das TIC e motivar à sua integração nas Comunidades Educativas. Com a implementação das TIC surgem atritos, havendo a necessidade de pensar e agir para os evitar e reduzir constrangimentos. Formação: Pessoal Docente – Usar as TIC e partilhar conhecimento; Pessoal Não Docente – Apoiar no uso das TIC; Apoio - Equipa PTE À Direcção na implementação das TIC; Aos Docentes na utilização dos recursos TIC dentro e fora da sala de aula. Implementa-se o Plano Tecnológico da Educação.

9 As TIC aplicadas nas escolas Plano Tecnológico da Educação

10 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
CAPÍTULO II As TIC na Escola: Processos de Operacionalização

11 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
Direcção, Coordenação e Equipa PTE têm de estar atentos às necessidades da Comunidade Educativa e mover esforços para colmatar todas as dificuldades. Encontrar os melhores procedimentos administrativos através das TIC; Analisar a utilização das TIC pelos professores em Ambiente de Sala de aula; Analisar a utilização das TIC nos processos Administrativos pela Direcção da instituição escola; Tornar o pessoal não docente numa solução para apoiar os docentes; Auxiliar os Docentes na preparação de aulas e na realização de todos os procedimentos administrativos inerentes à sua actividade; Encontrar soluções e medidas para contribuir na melhoria da Qualidade do Ensino; Entre outros.

12 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
Metodologia de Investigação / Acção em que o investigador será interveniente auxiliando a Direcção do Agrupamento em estudo; permitindo superar as dificuldades encontradas na implementação do PTE; integrando eficazmente as TIC no processo de Ensino / Aprendizagem; apoiar a implementação de atitudes inovadoras nos processos de Gestão e Administração. Age-se no sentido de uma Investigação / Acção em que se procura a resolução de um dado problema e a concretização de um conjunto de objectivos.

13 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
O acesso à informação, com algumas excepções documentais, nas escolas está demasiado limitado aos seus muros físicos. A elaboração de planos e materiais pode ser reutilizado e adaptado dentro de uma disciplina, de uma turma ou até num ano lectivo. Se por um lado temos docentes com recursos TIC em todas as salas e espaços de trabalho, por outro lado temos falta de recursos e competências TIC nos restantes membros da comunidade escolar.

14 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
A partir da análise dos resultados do inquérito por questionário, somos movidos a reflectir e a reformular o problema visto que as nossas percepções iniciais sofreram alterações. Esta problemática resume-se à… escassa utilização das TIC no processo administrativo e organizativo de toda a instituição educativa; escassa utilização das TIC no processo de Ensino / Aprendizagem.

15 As TIC na Escola: Processos de Operacionalização
Ao contrário do que se previa: Os docentes têm competências para a integração das TIC em ambiente de sala de aula; Os docentes estão desmotivados pelos constantes constrangimentos aliados à dificuldade de implementação do PTE; Há insuficiência na disponibilidade de ferramentas; Falta de incentivo à utilização das TIC; Entre outros. Os docentes a preferem o método “tradicional” para evitar as muitas dificuldades que têm vindo a surgir

16 Propiciar a integração das TIC
CAPÍTULO III Propiciar a integração das TIC

17 Propiciar a integração das TIC
Uma vez consciente de uma dificuldade, um bom profissional, deve contribuir eficazmente para suprimir essa dificuldade, apoiando a direcção na busca pela da solução e implementação da medida. As equipas PTE são compostas por elementos devidamente especializados nas TIC, desde docentes, não docentes, discentes ou estagiários TIC. Com a experiência de formação a docentes, abre-se uma oportunidade de executar e implementar várias ideias recolhidas ao longo do seu percurso como formador.

18 Propiciar a integração das TIC
As metas e objectivos definidos pelo PTE são quantificáveis e estão a ser solicitadas às escolas a comprovação do seu cumprimento para prosseguir a sua implementação. As potencialidades das TIC no processo de Ensino / Aprendizagem representam uma mais-valia significativa e desempenham um papel facilitador. A divulgação de todos os assuntos relacionados com a Instituição Educativa para toda a Comunidade criará um maior envolvimento no processo de Ensino / Aprendizagem de todos os intervenientes.

19 Propiciar a integração das TIC
Com as reflexões características de um método científico de Investigação / Acção podemos então considerar dois tipos de medidas a implementar de imediato: Organização de Recursos TIC – Criar as infra- estruturas e implementar as ferramentas TIC devidamente apoiado por uma equipa PTE; Formação contínua para docentes e não docentes – desenvolver e incentivar os docentes e não docentes na integração das TIC em ambiente de sala de aula e apoio à utilização e manutenção das TIC.

20 Conclusão

21 Conclusão A integração das TIC nas Instituições Educativas, apesar das competências TIC demonstradas pelos docentes, depende principalmente da motivação dos intervenientes. Deste trabalho resultou a vontade de aprofundar conhecimentos sobre as diversas tecnologias e aplicações das TIC na Gestão das Instituições Educativas e integração curricular no processo de Ensino / Aprendizagem. Os docentes são possuidores de competências TIC mas devido às constantes mudanças e constrangimentos na implementação do PTE, são demovidos a concretizar uma correcta integração das TIC no processo de Ensino / Aprendizagem. No procedimento administrativo, as comunidades educativas estão receptivas ao uso das TIC.

22 Conclusão As inquietações e conclusões darão origem a dois artigos científicos orientadores na integração das TIC. às Direcções das escolas para apoiar na criação da Equipa PTE e implementação das ferramentas; objectivo de partilhar com os docentes ideias e opiniões que auxiliem a integração curricular das TIC. Com a crescente utilização das TIC e implementação do PTE aumenta significativamente a necessidade de existirem técnicos especialistas que possam auxiliar e acompanhar a sua correcta integração.

23 Dedicatória   Aos meus pais que, através de muito esforço e sacrifício, permitiram que eu chegasse a este momento e que me tornasse na pessoa que sou hoje.

24 Agradecimentos Este trabalho representa o culminar dos esforços destes últimos meses e servirá de ponto de apoio para o salto que será necessário para concluir mais uma etapa da minha vida. A todos quanto, directa ou indirectamente, com a ajuda e boa vontade, tornaram possível este trabalho, deixo o meu sincero agradecimento, em especial: Ao João Ferrer que com a sua influência me levou a escolher este mestrado e sem ele não estaria neste momento a escrever estas palavras; À Cândida Mota que através das suas orientações e apoio, tanto contribuiu para o resultado final deste projecto e, mais importante ainda, no conhecimento que adquiri nestes últimos meses; À Manuela de Sousa que com a sua ajuda e paciência, mesmo em momentos de maior stress e irritabilidade, colaborou na concretização deste e muitos outros projectos.

25 João Nuno Iria www.joaoiria.pt  joaoiria@gmail.com
INSTITUTOPIAGET Campus Académico de Vila Nova de Gaia Escola Superior de Educação Jean Piaget/Arcozelo (Decreto-Lei n.º 468/88, de 16 de Dezembro) João Nuno Iria Licenciado em Engenharia Informática – Ramo de Computadores e Sistemas Docente de Tecnologias de Informação e Comunicação, Área Projecto e Instalação e Manutenção de Microcomputadores. Formador de Tecnologias de Informação e Comunicação a Docentes. Formador de Tecnologias de Informação e Comunicação a Doentes Mentais Adultos. Avaliador Externos Centro Novas Oportunidades. Assessor Informático de Empresas – Sistemas Informáticos e Tecnologias Internet. Administrador de Condomínios Mestrado em Administração e Gestão Escolar Vila Nova de Gaia, Julho de 2010


Carregar ppt "Projecto de Intervenção"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google