A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Efeitos Terapêuticos da Massoterapia Nayara T. C. Pereira.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Efeitos Terapêuticos da Massoterapia Nayara T. C. Pereira."— Transcrição da apresentação:

1 Efeitos Terapêuticos da Massoterapia Nayara T. C. Pereira

2 Efeitos Os efeitos da massagem são fisiológicos e psicológicos. Além do relaxamento, a massagem é benéfica devido à sua influência sobre diversos processos orgânicos. Esses efeitos são considerados mecânicos, neurais, químicos e fisiológicos (mecânicos e reflexos). Todos relevantes e estão inter-relacionados, uns com os outros e com fatores emocionais subjacentes.

3 Efeitos Para entendermos melhor os efeitos da massagem sobre os tecidos moles, vamos dividí-los em 3 tipos básicos de efeitos, são eles: mecânico, fisiológicos e psicológicos

4 Efeitos mecânicos Afetam diretamente o tecido por meio de técnicas que normalizam o tecido conectivo ou movem fluidos do corpo ou conteúdo intestinal. Os movimentos de compressão, tração, estiramento, pressão e fricção exercem efeitos mecânicos nos tecidos, distorcendo as redes de receptores nas terminações nervosas.

5 Efeitos psicológicos Relaxamento físico; Alívio da tensão (estresse); Alívio da dor; Sensação geral de bem-estar (conforto), pelo toque do terapeuta Melhora do humor positivo transitório e ao bem-estar psicológico Modifica a ansiedade e a percepção de dor Tem efeito calmante a massagem suave

6 Efeitos fisiológicos É o resultado do efeito mecânico e psicológico – Aumento da circulação sanguínea e linfática – Aumento do fluxo de nutrientes e remoção dos produtos catabólicos e metabólitos – Estimula a cicatrização, resolução do edema e hematoma – Aumento da extensibilidade do tecido conjuntivo – Alívio da dor e promoção do relaxamento local e geral – Aumento de ADM e facilitação da atividade MR – Estimulação das funções autonômicas – Estimulação das funções viscerais – Remoção das secreções pulmonares – Estímulo sexual

7 EFEITOS MECÂNICOSEFEITOS FISIOLÓGICOS Movimentos de: linfa; sangue venoso; secreções pulmonares; edema; conteúdo intestinal; conteúdo de hematomas. Aumento da circulação sangüínea e linfática; Amento do fluxo de nutrientes; Remoção dos produtos catabólicos e metabólicos; Estimulação do processo de cicatrização; Resolução do edema e hematomas crônicos; Aumento da extensibilidade do tecido conjuntivo; Alívio da dor; Aumento dos movimentos das articulações; Facilitação da atividade muscular; Estimulação das funções autonômicas; Estimulação das funções viscerais; Remoção das secreções pulmonares; Estímulo sexual; Promoção do relaxamento local e geral. Mobilização de: fibras musculares; massas musculares; tendões; tendões em bainha; pele e tecidos subcutâneos; tecidos cicatricial; aderências.

8 Efeitos reflexos Estimulam o SN, sitema endócrino e as substâncias químicas do corpo. É uma resposta involuntária ao estímulo

9 Resumindo Os efeitos mecânicos, fisiológicos e psicológicos da massagem dão origem aos seus efeitos terapêuticos. E cada região do organismo reagirá de forma independente.

10 Efeitos da massagem sobre a energia do corpo A abordagem terapêutica generalizada da massagem parece ter um efeito normlizador sobre os processos energéticos Equilíbrio energético

11 Efeitos sobre a pele Alguns autores comprovaram que a massagem atua de forma direta sobre as camadas superficiais da epiderme (melhorando a função das glândulas sebáceas e sudoríparas) Melhora a permeabilidade dos poros; Melhora a micro-circulação; Aumenta a hidratação da pele; Aumenta a elasticidade da pele e de estruturas abaixo desta.

12 Efeitos sobre a pele Rosenthal observou que a massagem aumenta a temperatura cutânea em 2 a 5 graus. Atua ainda sobre as terminações nervosas sensitivas, diminuindo sua hipersensibilidade, aliviando assim algumas dores. Nas fraturas, após a retirada do gesso, a massagem atua provocando descamação das células mortas e na propriocepção do segmento que sofreu a fratura. Nas aderências e cicatrizes, os movimentos de fricção são úteis para diminuí-las.

13 Efeitos do SNC Os efeitos da massagem serão desencadeados pelos mecanorreceptores presentes na pele; que podem ser: terminações nervosas livres, corpúsculos de Paccini, corpúsculos de Meisnner, órgão tendinoso de Golgi e fuso muscular. Homeostase – equilíbrio entre os impulsos

14 Efeitos nas substâncias neuroendócrinas Dopamina: influência atividades motoras, concentração e humor Serotonina: comportamento e controle, humor, calmante, modula o sono Epinefrina/adrenalina: ativação, excitação, alerta Endorfinas: levantadores do ânimo, modulam a dor Ocitocina: sentimentos de atração, lactação

15 Efeitos nas substâncias neuroendócrinas Cortisol: estresse Hormônio de crescimento: promove a divisão celular

16 Efeitos sobre a circulação Aumento do fluxo sanguíneo e linfático Diminuição do tônus muscular Liberação de agentes teciduais vasodilatadores como serotonina e histamina, e por meio do efeito térmico, ativará os termorreceptores, alterando a permeabilidade da membrana. Liberação de Bradicinina - vasodilatação

17 Efeitos sobre o músculos A aplicação com baixa velocidade e intensidade é capaz de diminuir o tônus de base. Recuperar a fadiga causada pelo exercício excessivo e retirada dos resíduos da contração muscular (ácido lático). Melhora o estado de nutrição, flexibilidade e vitalidade muscular, melhorando os processos cicatriciais. Influência na neoformação vascular após fraturas ósseas favorecendo a formação do calo ósseo.

18 Efeitos sobre as visceras A massagem abdominal pode aumentar o peristaltismo e assim intensificar o esvaziamento do intestino. Aumenta o fluxo circulatório visceral

19 Efeitos sobre o metabolismo renal Remoção do lixo metabólico existente nos músculos e líquidos intersticial por meio da corrente sanguínea.

20 MOVIMENTOSEFEITOS Effleurage Alisamento Rolamento da pele Estimulação da circulação linfática e sangüínea superficial; mobilização da pele e dos tecidos subcutâneos, promoção do relaxamento local e geral; alívio da dor. Amassamento Torcedura Beliscamento Mobilização do tecido muscular; estimulação da circulação mais profunda; promoção do relaxamento; alívio da dor. Cutiladas Pancadas Socamento Palmadas Estimulação da atividade muscular e da circulação profunda. Palmadas Vibrações Agitações Mobilização e remoção das secreções pulmonares. Fricção profunda Mobilização e alívio da dor em tendões; músculos, ligamentos e cápsulas articulares.

21 Efeitos x Técnica Efeitos sobre o corpo de acordo com a variação de três componentes: pressão sobre a pele, intensidade do toque e velocidade dos movimentos. Lenta e superficial - efeitos analgésicos e calmantes; Lenta e profunda - desintoxicação; Rápida e profunda - tonificante, trazendo nutrição aos tecidos. Rápida e superficial - excitação do sistema nervoso.

22 Efeitos x Técnica Relaxamento - a direção mais comum empregada, segundo a cinesiologia, é a centrípeta (em direção do coração) e paralela às fibras musculares. Fibrose - forças de tração nas estruturas envolvidas e deve ser aplicada na direção da restrição.

23 Objetivos de aplicação Todo e qualquer recurso tem uma indicação e contra-indicação porém devem ser seguidos alguns passos para diminuição de erros: – Evitar aplicação geral – Evitar aplicação localizada – Aplicar com cautela

24 Objetivos da aplicação Ajudar no relaxamento geral ou local Aliviar a dor (promover analgesia) Tratar problemas específicos: – Edema crônico – Tecido cicatricial (superficial ou profundo) – Lesões MR, tendões, LL ou articulações – Constipação crônica – Facilitação de movimentos – Prevenção de deformidades

25 Indicações Trasntornos muscoesqueléticos em geral (rigidez e ADM) Em distúrbios circulatórios sob recomendação médica Transtornos reumatológicos. Cicatrizes, evitando ou reduzindo aderências. Após períodos de imobilização. Aliviar a dor; Relaxamento específico e geral; Melhorar o bem-estar psicológico.

26 Contra-indicações relativas Estômago cheio Bexiga cheia Varizes estabelecidas Menstruação Gravidez até o terceiro mês Período pós-cirúrgico ( movimentos leves) Placas, próteses ( movimentos leves) Úlceras gástricas Cálculos renais Osteoporose, fraturas recentes ou descalcificação (movimentos leves) Indivíduo em idade de crescimento (cuidado com as epífises ósseas)

27 Contra-indicação absoluta Desordens da pele, que podem ser irritadas pelo aumento do calor da região ou pelo uso dos lubrificantes. Infecções Na presença de tumores malignos. Na presença de cicatrizes não-curadas ou feridas abertas. Gravidez de risco

28 Cuidados com gestantes Evitar amassamentos profundos. Paciente de decúbito lateral ou dorsal Na barriga aplicar movimentos suaves e circulares.

29 Ambiente Sala ampla (3X3m ou 9 m quadrados), arejada, de cores neutras, sem iluminação excessiva, de temperatura agradável (22 e 24 graus). Cuidados com limpeza e higiene. Música (opcional) relaxante e tranquila.

30 Material Mesa ou maca de massagem, de dimensões que variam cerca de 1,90m x 0,60m, e altura (EIAS do terapeuta) Deve-se utilizar para conforto do paciente : travesseiros, almofadas, cunhas ou rolos. Para deslizamento deve-se usar cremes ou óleos que facilitem as manobras sobre a pele (alergia)

31 Profissional Conhecer a técnica de massagem, unhas curtas e limpas, mãos livres de calos ou machucadas. Não usar adornos Usar avental (opcional) Observar as reações do paciente. Preparar as mãos e o corpo com alongamento, resistência e flexibilidade. Higiene das mãos (técnica de lavagem)

32 Paciente É necessário que o paciente esteja confortável em qualquer posição ( dd, dv, dl ou sentado) Vestimenta: somente a parte a ser tratada deve ficar exposta, e o resto do corpo do indivíduo deve ficar coberto para manter-se aquecido e evitar que ele se sinta envergonhado.


Carregar ppt "Efeitos Terapêuticos da Massoterapia Nayara T. C. Pereira."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google