A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

PERÌODO DE SEMIDENSITEGRAÇÃO OU MEIA-VIDA ( P ou T 1/2 ) É o tempo necessário para que metade da quantidade dos átomos de uma amostra sejam desintegrados.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "PERÌODO DE SEMIDENSITEGRAÇÃO OU MEIA-VIDA ( P ou T 1/2 ) É o tempo necessário para que metade da quantidade dos átomos de uma amostra sejam desintegrados."— Transcrição da apresentação:

1

2 PERÌODO DE SEMIDENSITEGRAÇÃO OU MEIA-VIDA ( P ou T 1/2 ) É o tempo necessário para que metade da quantidade dos átomos de uma amostra sejam desintegrados. n 0 = nº de átomos inicial

3 Graficamente:

4

5 FISSÃO NUCLEAR É o processo de quebra de núcleos grandes em núcleos menores, liberando uma grande quantidade de energia.

6 O nêutron ao atingir um núcleo de urânio, provoca sua quebra em dois núcleos menores e a liberação de mais nêutrons que, por sua vez, irão Atingir outros núcleos e provocar novas quebras. É uma reação em Cadeia.

7 Cada 1g de urânio-235 equivale, sob o ponto de vista energético, a 30 t de TNT.

8 BOMBA ATÔMICA A bomba detonada em Hiroxima(06/08/1945), cuja massa de urânio-235 enriquecido era igual a 7 quilos, tinha o poder destrutivo de 20 quilotons (20 mil toneladas de TNT). Ela provocou a morte imediata de 100 mil pessoas aproximadamente. Três dias depois, outra bomba atômica, de Plutônio, foi lançada sobre Nagasaqui, matando na hora 20 mil pessoas A reação em cadeia da fissão nuclear só conseguirá se manter se a massa do material físsil for superior a um certo valor chamado de massa crítica

9 REATOR NUCLEAR É um dispositivo que permite controlar a fissão nuclear. A energia liberada durante o processo é usada para transformar água líquida em vapor, o qual faz girar uma turbina, gerando energia elétrica.

10 FUSÂO NUCLEAR É a junção de núcleos pequenos formando núcleos maiores e liberando uma quantidade muito grande de energia. Nas estrelas, como o Sol, ocorre a contínua irradiação de energia das reações de fusão nuclear. Nas estrelas ocorre a seguinte reação:

11 Para ocorrer a fusão nuclear é necessária uma temperatura muito elevada, Pelo menos da ordem de 10 milhões de graus Celsius. A energia liberada na reação de fusão é bem maior do que na fissão nuclear 1g de hidrogênio libera tanta energia quanto a queima de 20 toneladas de carvão. Em bombas de hidrogênio, ainda não usadas militarmente, ocorre a fusão dos isótopos de hidrogênio denominados deutério ( 1 H 2 ) e trítio( 1 H 3 ): Para conseguir altas temperaturas, nas bombas H usa-se uma bomba atômica como uma espécie de detonador: as fissões em cadeia liberam calor, condições solares são atingidas (T e P) e, então ocorrem as fusões que liberam muito mais energia que as fissões nucleares.

12 APLICAÇÕES DA RADIOATIVIDADE DATAÇÃO COM CARBONO-14 Este isótopo radioativo forma-se no ar atmosférico quando nêutrons de raios cósmicos Colidem com núcleos de nitrogênio: O carbono-14 reage com O 2 da atmosfera, formando CO 2 radioativo. Este CO 2 é absorvido por uma planta, através da fotossíntese. Por outro lado, uma animal pode alimentar-se do vegetal e incorporar ao seu tecido o C-14. Quando um animal ou vegetal morre, a quantidade de C-14 tende a diminuir, pois ocorre a desintegração. O carbono-14 tem o período de semidesintegração de 5600 anos. Aplicação de radioisótopos em medicina


Carregar ppt "PERÌODO DE SEMIDENSITEGRAÇÃO OU MEIA-VIDA ( P ou T 1/2 ) É o tempo necessário para que metade da quantidade dos átomos de uma amostra sejam desintegrados."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google