A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

SISTEMA DE INDICADORES DE MANUTENÇÃO 15ª Reunião dos comitês técnicos da Alamys São Paulo - Junho/2010 1.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "SISTEMA DE INDICADORES DE MANUTENÇÃO 15ª Reunião dos comitês técnicos da Alamys São Paulo - Junho/2010 1."— Transcrição da apresentação:

1 SISTEMA DE INDICADORES DE MANUTENÇÃO 15ª Reunião dos comitês técnicos da Alamys São Paulo - Junho/2010 1

2 OBJETIVO Estabelecer um conjunto de indicadores que permita analisar a evolução das atividades de manutenção dos diversos participantes da Alamys Instituir ferramenta para o desenvolvimento de estudos de benchmark 2SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

3 SUB-SISTEMAS A SEREM ACOMPANHADOS Material rodante Sinalização Máquinas de chave Alimentação elétrica Elevadores Escadas rolantes Bloqueios eletrônicos 3SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

4 INDICADORES DE APOIO Carro x km – somatório da distância percorrida por todos os carros em operação Trem x km – somatório da distância percorrida por todos os trens em operação Nota: alguns operadores possuem trens com formação variável, em função das características da frota, da linha em que circulam, da tecnologia, etc. Idade média dos carros – média ponderada da idade dos carros em operação 4SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

5 INDICADORES DE APOIO Idade média dos elevadores – média ponderada da idade dos elevadores em operação Idade média das escadas rolantes – média ponderada da idade das escadas rolantes em operação Idade média dos bloqueios eletrônicos – média ponderada da idade dos bloqueios eletrônicos em operação 5SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

6 INDICADORES DE MATERIAL RODANTE MKBF – representa a quilometragem média percorrida pelos trens entre falhas constatadas Trem x km no período MKBF = Total de falhas constatadas no período 6SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

7 INDICADORES DE MATERIAL RODANTE MTTR – representa o tempo médio necessário para reparo das falhas constatadas. Considera-se para efeito de cálculo, todo o tempo decorrido entre a entrega do trem para a manutenção até sua devolução à operação. Tempo total de atuação no período MTTR = Total de falhas constatadas no período 7SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

8 INDICADORES DE MATERIAL RODANTE D frota – Disponibilidade média da frota, calculado pela relação entre o total de horas de trens disponibilizados pela manutenção à operação em relação ao total de horas programadas de operação dos trens Horas x trem em manutenção no período D frota = 1 - Horas x trem em operação no período 8SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

9 INDICADORES DE MATERIAL RODANTE Custo carroxkm – Custo médio de manutenção da frota, calculado pela relação entre o custo total de manutenção própria e terceirizada da frota (incluindo peças, serviços e mão de obra) e quilometragem total percorrida pelos carros operacionais Custo total de manutenção da frota no período Custo carroxkm = Carro x km no período 9SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

10 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS SINALIZAÇÃO MTBF – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas de sinalização constatadas neste período por quilômetro de via. Excluem-se as falhas em máquinas de chave e nos centros de controle operacional Total de horas no período MTBF = (Total de falhas de sinalização no período) / E E = extensão total das vias sinalizadas, incluindo pátios e via principal 10SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

11 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS SINALIZAÇÃO D sinalização – Disponibilidade média do sistema de sinalização, calculado pela relação entre o total de horas indisponíveis do sistema de sinalização e o total de horas do período. Exclui-se máquinas de chave e centro de controle Total de horas indisponíveis da sinalização no período D sinalização = 1 - Total de horas no período 11SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

12 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS SINALIZAÇÃO TMR sinalização – Tempo médio de restabelecimento, calculado pela relação entre o total de horas necessárias para o restabelecimento das condições operacionais do sistema de sinalização e o total de ocorrências registradas. Excluem-se ocorrências de máquinas de chave e centro de controle. tempos de restabelecimento da sinalização TMR sinalização = Total de ocorrências no período 12SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

13 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS MÁQUINA DE CHAVE MTBF – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em máquinas de chave constatadas neste período. (Total de horas no período) x M MTBF = Total de falhas de máquinas de chave no período M = total de máquinas de chave operacionais 13SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

14 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS MÁQUINA DE CHAVE D maq.chave – Disponibilidade média das máquinas de chave, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis do conjunto de máquinas de chave e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis das máquinas de chave no período D maq.chave = 1 - Total de horas no período 14SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

15 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS MÁQUINA DE CHAVE TMR maq.chave – Tempo médio de restabelecimento, calculado pela relação entre o total de horas necessárias para o restabelecimento das condições operacionais do conjunto de máquinas de chave e o total de ocorrências registradas. tempos de restabelecimento do conj. maq. chave TMR maq.chave = Total de ocorrências no período 15SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

16 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS RETIFICADORAS MTBF retificadora – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em subestações retificadoras constatadas neste período. (Total de horas no período) x R MTBF retificadora = Total de falhas em subestações retificadoras no período R = total de subestações retificadoras 16SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

17 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS RETIFICADORAS D retificadora – Disponibilidade média das subestações retificadoras, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis do conjunto de subestações retificadoras e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis das retificadoras no período D retificadora = 1 - Total de horas no período 17SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

18 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS SUBESTAÇÕES AUXILIARES MTBF auxiliar – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em subestações ou cabines auxiliares constatadas neste período. (Total de horas no período) x A MTBF auxiliar = Total de falhas em subestações ou cabines auxiliares no período A = total de subestações ou cabines auxiliares 18SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

19 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS SUBESTAÇÕES AUXILIARES D auxiliar – Disponibilidade média das subestações ou cabines auxiliares, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis do conjunto de subestações ou cabines auxiliares e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis das subestações ou cabines auxiliares no período D auxiliar = 1 - Total de horas no período 19SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

20 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS REDE AÉREA MTBF rede aérea – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em rede aérea de alimentação dos trens constatadas neste período. (Total de horas no período) x E MTBF rede aérea = Total de falhas em rede aérea no período E = Extensão da rede aérea (inclui pátios e vias principais) 20SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

21 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS REDE AÉREA D rede aérea – Disponibilidade média da rede aérea de alimentação dos trens, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis da rede aérea e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis da rede aérea no período D rede aérea = 1 - Total de horas no período 21SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

22 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS REDE AÉREA TMR rede aérea – Tempo médio de restabelecimento, calculado pela relação entre o total de horas necessárias para o restabelecimento das condições operacionais da rede aérea e o total de ocorrências registradas. tempos de restabelecimento da rede aérea TMR rede aérea = Total de ocorrências no período 22SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

23 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS TERCEIRO TRILHO MTBF 3º trilho – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas no terceiro trilho de alimentação dos trens constatadas neste período. (Total de horas no período) x E MTBF 3º trilho = Total de falhas em terceiro trilho no período E = Extensão do terceiro trilho (inclui pátios e vias principais) 23SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

24 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS TERCEIRO TRILHO D 3º trilho – Disponibilidade média do terceiro trilho de alimentação dos trens, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis do terceiro trilho e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis do terceiro trilho no período D 3º trilho = 1 - Total de horas no período 24SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

25 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS TERCEIRO TRILHO TMR 3º trilho – Tempo médio de restabelecimento, calculado pela relação entre o total de horas necessárias para o restabelecimento das condições operacionais do terceiro trilho e o total de ocorrências registradas. tempos de restabelecimento do terceiro trilho TMR 3º trilho = Total de ocorrências no período 25SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

26 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS ELEVADORES MTBF – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em elevadores de mesma tecnologia ou fabricação, constatadas neste período. (Total de horas no período) x EL MTBF = Total de falhas em elevadores no período EL = Número de elevadores de mesma tecnologia ou fabricação 26SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

27 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS ELEVADORES D elevadores – Disponibilidade média do conjunto de elevadores, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis dos elevadores e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis dos elevadores no período D elevadores = 1 - Total de horas no período x EL EL = Número de elevadores de mesma tecnologia ou fabricação 27SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

28 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS ESCADAS ROLANTES MTBF – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em escadas rolantes constatadas neste período. (Total de horas no período) x ER MTBF = T otal de falhas em escadas rolantes no período ER = Número total de escadas rolantes 28SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

29 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS ESCADAS ROLANTES D ER – Disponibilidade média do conjunto de escadas rolantes, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis de escadas rolantes e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis das escadas rolantes no período D ER = 1 - Total de horas no período x ER ER = Número total de escadas rolantes 29SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

30 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS BLOQUEIOS ELETRÔNICOS MTBF – Tempo médio entre falhas, calculado pela relação entre o total de horas do período e a quantidade de falhas em bloqueios eletrônicos constatadas neste período. (Total de horas no período) x BE MTBF = T otal de falhas em bloqueios eletrônicos no período BE = Número total de bloqueios eletrônicos 30SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

31 INDICADORES DE SISTEMAS FIXOS BLOQUEIOS ELETRÔNICOS D BE – Disponibilidade média do conjunto de bloqueios eletrônicos, calculada pela relação entre o total de horas indisponíveis de bloqueios eletrônicos e o total de horas do período. Total de horas indisponíveis de bloqueios eletrônicos no período D BE = 1 - Total de horas no período x BE BE = Número total de bloqueios eletrônicos 31SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

32 QUADRO RESUMO DOS INDICADORES MATERIAL RODANTE 1)MKBF – quilometragem média entre falhas 2)MTTR – tempo médio de restabelecimento 3)DISP OP – disponibilidade operacional 4)CUSTO CARROxKM – custo de manutenção / carro x km 32SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO

33 QUADRO RESUMO DOS INDICADORES SISTEMAS FIXOS 33SISTEMA DE INDICADORES DE OPERAÇÃO SISTEMAMTBFDISPONIBILIDADETMR SINALIZAÇÃOSIM MÁQUINA DE CHAVESIM RETIFICADORASIM AUXILIARSIM REDE AÉREASIM 3º TRILHOSIM ELEVADORESSIM ESCADAS ROLANTESSIM BLOQUEIOS ELETRÔNICOSSIM

34 MUITO OBRIGADO Mário Fioratti Coordenador do Comité de Manutenção


Carregar ppt "SISTEMA DE INDICADORES DE MANUTENÇÃO 15ª Reunião dos comitês técnicos da Alamys São Paulo - Junho/2010 1."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google