A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESEIG – CTDI Aplicações Informáticas 2011/2012

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESEIG – CTDI Aplicações Informáticas 2011/2012"— Transcrição da apresentação:

1 ESEIG – CTDI Aplicações Informáticas 2011/2012
Gestão de Conteúdos com Aplicações Baseadas na Web e-Portfolio Ana Ferreira Bruna Almeida Márcio Monteiro

2 Sumário Introdução e – Portfolio Tabela comparativa DeviantART
PabblePAD Elgg Foliotek Behance Mahara Possível integração do Mahara no Moodle Conclusão Bibliografia

3 1 Introdução Este trabalho tem como principal objectivo a criação de um e-Portfolio na Web utilizando uma ferramenta gratuita Fizemos uma breve contextualização sobre e-Portfolios, onde tentamos demonstrar a sua utilidade numa perspectiva global e também no contexto de aluno e docente, evidenciando ainda as vantagens e desvantagens. Depois de conhecer e estudar algumas das diversas ferramentas existentes, elaboramos uma comparação com base numa tabela de funcionalidades. As ferramentas seleccionadas enquadram-se em contextos diversos, nomeadamente, educação (Elgg, Mahara, Foliotek, PebblePAD); no contexto profissional (Behance) e, por fim, na arte em geral (DeviantArt). Depois de escolhida a ferramenta mais adequada, explicamos como esta pode ser integrada no Moodle. Este trabalho conta ainda com a realização de um poster ilustrativo das ferramentas utilizadas e da sua implementação.

4 2 e - Portfolio Abordagem Geral conjunto de registos que demonstram o percurso de aprendizagem de uma pessoa ao longo do tempo; Adobe PDF Imagens Word Áudio Hiperligações

5 2 e – Portfolio (cont.) Suportam uma variedade de processos que ajudam a controlar e orientar melhor o trabalho e a sua finalidade; Para que um portefólio seja construído nas melhores condições deve ter: Sistema tecnológico de apoio que assegure um bom suporte para o armazenamento de ficheiros Suporte à criação e à edição dos documentos e às reflexões Condicionamento de acessos Suporte à interacção

6 2 e – Portfolio (cont.) Portefólio electrónico torna-se útil para quem o cria Normalmente associamos este tipo de ferramenta aos alunos mas os professores tiram partido da sua utilização para uma maior auto-confiança, uma maior intervenção dos alunos, redução de documentação em formato papel e também a reflexão de metodologias de ensino

7 2 e – Portfolio (cont.) Vantagens para o autor Desvantagens
Principais Vantagens e Desvantagens dos e – Portfólios Vantagens Gerais Mais facilidade de pesquisa de informação Maior rigor Fácil acessibilidade Menor dimensão do que um portfólio tradicional Vantagens para o autor Percepção do seu crescimento pessoal Qualidade na apresentação dos trabalhos Maior portabilidade e possibilidade de partilha Desvantagens Limitações técnicas nas instituições de ensino Segurança

8 3 Tabela comparativa

9 4 DeviantART É uma ferramenta direccionada para a arte;
Até 100 fotos é um serviço gratuito; Objectivo Liberdade de expressão e protecção dos membros da comunidade

10 4 DeviantART (cont.) Desvantagens Vantagens
Software Limitado Limite de 100 imagens (quando gratuito) Vantagens Software Open Source Segurança Comunidade DevianART com fóruns e grupos Apresentar arte de forma dinâmica

11 5 PebblePAD O PebblePAD pode ser utilizado ​​em contextos de aprendizagem tão diversos como escolas, faculdades, universidades e organizações profissionais; por alunos, professores e avaliadores Foi concebido com o aluno no centro do sistema Suporta aprendizagem pessoal e assegura um vasto conjunto de ferramentas para melhorar a aprendizagem em contextos institucionais

12 5 PebblePAD (cont.) Personalização(alteração dos rótulos, textos, dicas e cor ) Interface flexível Segurança Multimédia facilmente carregada Vantagens Há um limite de 10MB por arquivo por padrão Não é Open Source Desvantagens

13 6 Elgg É uma ferramenta de software livre, criada em 2004
Esta permite , por exemplo, a criação de: Redes de amigos e-Portfolios Fóruns Comunidades

14 6 Elgg (cont.) Pode ser utilizada em: Universidades; Empresas;
Instituições governamentais; Organizações sem fins lucrativos; etc

15 6 Elgg (cont.) Na educação
Permite a definição de objectivos de aprendizagem; Possibilita gerir a aprendizagem, controlando tanto o conteúdo como o processo de aprendizagem; Comunicação com outros utilizadores durante o processo de aprendizagem

16 6 Elgg (cont.) Esta ferramenta pode funcionar como: E-Portfolio;
PLE (Personal Learning Environment)

17 7 Permite-nos dispor de vários portfolios, publica-los, exporta-los e ainda compartilhá-los através de outras ferramentas Tem uma interface simples, com uma organização bastante intuitiva Permite-nos também ter uma grande variedade de temas e de páginas predefinidas Existe também um editor completo para gerirmos o conteúdo das páginas A desvantagem é que só pode ser utilizada gratuitamente por 7 dias, ainda que possa ser ampliada até três meses

18 8 Behance A rede Behance é conhecida por ser principalmente uma rede de portfolios e de contactos Os utilizadores podem colocar os seus trabalhos, visualizar os dos outros e dar e receber opiniões É também uma rede de pesquisa e desenvolvimento que tem como âmbito a criatividade, de forma a tornar ideias em algo concreto Para além de já ter ganho vários prémios pela originalidade do projecto, tem também a colaboração do LinkedIn, possibilitando a visualização de portfolios nos perfis do mesmo Existe ainda o Behance Prosite, que nos permite criar um site personalizado que pode ser sincronizado com os nossos projectos ou trabalhos na rede Behance

19 8 Behance (cont.) Não há limites de projectos, imagens ou vídeos
Aceita vários tipos de arquivos, inclusive upload directo de vídeos do computador ou incorporados do Youtube ou Vimeo Personalização dos projectos e da página de perfil Comunidade de artistas profissionais Vantagens Interface complexa Entrada através de convite Desvantagens

20 9 Mahara Financiamento do projecto: Fundo de Terciário da Nova Zelândia, em 2006, pela comissão de Educação para o desenvolvimento e-learning collaborative (eCDF); Desenvolvimento do projecto: Ministério da Educação da Nova Zelândia e da aplicação de fundos Mellon Foundation; Prémios: Colaboração tecnológica dos Open Polytechnic’s ,entre outros

21 9 Mahara (cont.) 10 características que distinguem o Mahara das ferramentas existentes para criação de e-Portfolio: Seleccionar quem visualiza os Artefacts; Toda a informação é colocada numa View; Diversas Views, com Artefacts diferentes, sendo que cada uma pode ter acessos diferentes a outros utilizadores; Permite aos criadores das Views obterem comentários sobre os Artefacts; Repositório de ficheiros, onde pode-se criar pastas e subpastas; Rapidez e eficiência na inserção de ficheiros; Cada ficheiro poderá ter um nome e uma descrição; Criação de Blog; Disponibilização de uma rede social; Possibilidade de criar um CV

22 10 Possível integração do Mahara no Moodle
Possibilidade de aceder à conta pessoal do Moodle Mahara permite detectar alguma ameaça contra o sistema e permite que os acessos de autenticação estejam interligados Mahara é uma ferramenta poderosa, podendo mesmo se dizer que está entre as plataformas mais sofisticadas que o mercado nos oferece sem qualquer custo A comunicação e interacção entre Aluno Instituição Professor são simplificadas através desta plataforma

23 11 Conclusão O conceito de e-Portfolio tem vindo a ganhar cada vez mais importância No contexto da educação, o e-Portfolio acaba por ser uma apresentação multimédia realizada pelo aluno e com materiais seleccionados por este e que mostra uma visão enriquecida e estruturada do processo de desenvolvimento e aprendizagem do mesmo De um ponto de vista geral, o e-Portfolio electrónico é um conjunto de provas electrónicas, por exemplo, ficheiros electrónicos como o Word, ficheiros PDF, imagens, multimédia, blogs, etc, criado e gerido por um utilizador, usualmente online Utilizamos o Mahara visto ser um software livre, ser fácil de utilizar, existir interacção, personalização e ser possível ser integrado no Moodle Como desvantagem, salientamos o facto de não existir em português

24 12 Bibliografia Disponível em URL: SILVA, Miguel - Digital Portefólios [Em linha]. [Consultado em 15 de Novembro 2011]. Disponível em WWW: <URL: Disponível em URL: Disponível em URL: > PebblePAD - Welcome to PebblePad! [Em linha]. [Consultado em 14 de Novembro de 2011]. Disponível em WWW: <URL:http://www.pebblepad.co.uk/ > Elgg - About [Em linha]. [Consultado em 18 de Novembro de 2011]. Disponível em WWW: <URL: SIMÕES, Jorge – A plataforma Elgg About [Em linha]. [Consultado em 18 de Novembro de 2011]. Disponível em WWW: <URL:

25 12 Bibliografia (cont.) Disponível em URL: Fazendo ideias acontecer [Em linha]. [Consultado em 18 de Novembro de 2011]. Disponível em WWW: <URL: Disponível em URL: Festival do Instituto de Artes 2010 – Publicação de trabalhos na web [Em Linha]. [Consultado em 12 Nov. 2011]. Disponível em WWW: <URL: MAHARA – About Mahara [Em Linha]. [Consultado em 12 Nov. 2011]. Disponível em WWW: <URL: MAHARA – Open Source eportfolios [Em Linha]. [Consultado em 12 Nov. 2011]. Disponível em WWW: <URL: MAHARA – Wiki Mahara [Em Linha]. [Consultado em 12 Nov. 2011]. Disponível em URL: https://wiki.mahara.org/index.php/File:Mahoodle.jpg> MAHARA – Features Mahara [Em Linha]. [Consultado em 12 Nov. 2011]. Disponível em WWW: <URL:


Carregar ppt "ESEIG – CTDI Aplicações Informáticas 2011/2012"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google