A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FAZENDO AMIGOS E INFLUENCIANDO PESSOAS PARTE I: Técnicas Fundamentais para tratar as pessoas e fazer amigos Existem princípios básicos para começar ou.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FAZENDO AMIGOS E INFLUENCIANDO PESSOAS PARTE I: Técnicas Fundamentais para tratar as pessoas e fazer amigos Existem princípios básicos para começar ou."— Transcrição da apresentação:

1

2 FAZENDO AMIGOS E INFLUENCIANDO PESSOAS PARTE I: Técnicas Fundamentais para tratar as pessoas e fazer amigos Existem princípios básicos para começar ou melhorar os relacionamentos humanos, com palavras chaves para conseguir a façanha de conquistar as pessoas. Os primeiros princípios são: Não critique Não condene Não se queixe Faça um elogio honesto e sincero Desperte na outra pessoa um ardente desejo.

3 FAZENDO AMIGOS E INFLUENCIANDO PESSOAS PARTE II: Seis maneiras de fazer as pessoas gostarem de você Quais os comportamentos ideais para obter prestígio entre seus amigos ou novas amizades, levando em consideração que você já sabe usar os princípios básicos de tratar as pessoas? Interesse-se sinceramente pelas outras pessoas Sorria Lembre-se de que o nome de um homem é, para ele, o som mais doce e mais importante que existe em qualquer idioma Seja um bom ouvinte. Incentive os outros a falar sobre eles mesmos. Fale sobre assuntos que interessem sobre a outra pessoa. Faça a outra pessoa sentir-se importante, mas faça-o sinceramente.

4 PARTE III: Como conquistar as pessoas para seu modo de pensar? Quais os princípios sobre o relacionamento humano? Não somente na amizade mas também para influenciar as pessoas, mudar seu modo de pensar, faze-la repensar sobre as suas opiniões, aqui as técnicas são mais apuradas e menos subjetivas e visam muito o lado profissional. O melhor meio de vencer uma discussão é evita-la. Respeite a opinião alheia. Nunca diga: "você está errado" Se errar, reconheça o erro imediatamente e com ênfase.. Comece de um modo amigável. Consiga com que a outra pessoa diga "sim, sim", imediatamente.. Deixe a outra pessoa falar durante a maior parte da conversa. Deixe a outra pessoa pensar que a idéia é dela.. Procure honestamente ver as coisas pelo ponto de vista alheio.. Mostre-se simpático às idéias e desejos alheios. Apele para os mais nobres motivos. Dramatize suas idéias Lance um desafio

5 PARTE IV: SEJA UM LÍDER Como modificar as pessoas sem as ofender ou provocar ressentimentos ? São as formas pelas quais poderemos mudar também as atitudes das pessoas, pois um líder deve observar os erros e orientar de maneira a não se repetir. 1. Comece com um elogio e uma apreciação sincera. 2. Chame indiretamente a atenção sobre os erros alheios. 3. Fale sobre os seus próprios erros antes de criticar os das pessoas 4. Não envergonhe as outras pessoas 5. Faça perguntas em vez de dar ordens 6. Elogie o menor progresso e também cada novo progresso. Seja "caloroso na sua aprovação e generoso no seu elogio" 7. Atribua a outra pessoa uma boa reputação para que ela se interesse em mantê-la 8. Incentive a outra pessoa. Faça que os erros pareçam fácil de corrigir 9. Faça a outra pessoa sentir-se satisfeita fazendo o que você sugere.

6 Maneiras de ganhar um AMIGO Quanto vale um abraço? O custo é a coragem de se tornar vulnerável. E o preço é o risco de que nossos abraços possam ser rejeitados ou mal interpretados. Quando somos jovens, somos naturalmente abertos. Queremos dar amor e tocar tanto quanto queremos receber amor e ser tocados. Se formos privados de amor e de contatos físicos, passamos a não querer pagar o preço da vulnerabilidade. O amor reprimido transforma-se em dor.

7 FUNDAMENTO do ABRAÇO Faz a gente se sentir bem Acaba com a solidão Faz a gente superar o medo Abre passagem para os sentimentos Constrói a auto-estima ("Uau! Ela quer mesmo me abraçar!") Estimula o altruísmo ("PUXA! estou querendo dar um abraço!) Retarda o envelhecimento Emagrece. Comemos menos quando estamos bem alimentados com abraços e quando nossos braços estão ocupados, enlaçados em volta dos outros. Dá a oportunidade para exercícios de alongamento, se você for baixinho Propicia exercícios de flexão, se você é alto Tornas os dias mais felizes Torna viáveis os dias impossíveis Traz benefícios, mesmo depois de desfeito

8 CONTRA INDICAÇÕES A lguns poucos céticos acreditam, erroneamente, que o único propósito de um abraço é construir um relacionamento de intimidade física. Para evitar que as crianças adquiram essa visão estreita a respeito dos abraços, abracem-nas freqüentemente, afetuosamente, oferecendo apoio, de brincadeira, e suavemente. Deixem-nas ver os pais e outros adultos abraçando-se dessa maneira. Caso contrário, elas podem crescer acreditando que abraços são só para amantes, e que pra ser abraçado - uma pessoa precisa estar fisicamente atraída pela outra.

9 TOQUE ESPECIAL O abraço é apenas um tipo de toque terapêutico. Existem outros. Talvez você queira combinar o abraço com um outro tipo aconchegante de toque platônico, tal como batidinhas ou tapinhas suaves nas costas, um sorriso e todas as demais atitudes que a criatividade pode proporcionar a quem deseja ter SUCESSO EM TODAS AS AREAS DE SUA VIDA ! Rosângela-2003 Psicóloga Contato:


Carregar ppt "FAZENDO AMIGOS E INFLUENCIANDO PESSOAS PARTE I: Técnicas Fundamentais para tratar as pessoas e fazer amigos Existem princípios básicos para começar ou."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google