A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

I CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE TRANSPORTE VIII ENCONTRO DE TRANSPORTE DE CLORO-ÁLCALIS E DERIVADOS Rita Carvalho Líder de SSMA Logística para América.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "I CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE TRANSPORTE VIII ENCONTRO DE TRANSPORTE DE CLORO-ÁLCALIS E DERIVADOS Rita Carvalho Líder de SSMA Logística para América."— Transcrição da apresentação:

1 I CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE TRANSPORTE VIII ENCONTRO DE TRANSPORTE DE CLORO-ÁLCALIS E DERIVADOS Rita Carvalho Líder de SSMA Logística para América Latina Novembro de 2005 MODAIS DE TRANSPORTE - DOW BRASIL

2

3 D D OW América Latina 2900 Funcionários 3 Centros de Desenvolvimento 22 Terminais & Fábricas 200 Provedores Logísticos MÉXICO GUATEMALA COSTA RICA COLOMBIA ECUADOR PERU CHILE VENEZUELA BRAZIL ARGENTINA Argentina Dock Sud San Lorenzo - Rosário Chile San Antonio Colombia Barranquilla Cartagena Aratu; Isopol & EDN Cubatão, Casa de Sistemas,Jundiaí, Pinda, Branco -Dow, Selco-Curitiba, Franco da Rocha Terminal Fábricas Itajaí Legenda Cabo, Fábrica de Tlaxcala Aratu Guarujá Bahia Blanca Talcahuano Dow Brasil -Químicos 63 Provedores Logísticos 35 Rodoviário. 3 Ferroviário. 5 Navios Costeiros 20 Navios Internacionais 10 Armazéns 10 Terminais Despachos ano Rodoviário > 87% Dow América Latina & a Distribuição de Produtos a Distribuição de Produtos

4 Indústria de Detergentes Indústria Textil Indústria do Alumínio Indústria do Papel Indústria do Petróleo Prevenção de Doenças Aeroespacial Piscinas Farmacêutica Saúde Materiais de Construção Móveis Tubulações Esportes Moda Cosméticos Água Potável Nutrição: Telefone Televisão

5 O Século XX e os Acidentes Maiores : Flixborough Chernobyl Seveso Bophal …Distribuição… Exxon Valdez Vila Socó

6 O GRANDE DESAFIO DO SÉCULO XXI A BUSCA PELO ACIDENTE ZERO! EM TODOS OS NOSSOS DIAS.. PARA TODAS AS NOVAS GERAÇÕES! A SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL

7 As Indústrias Químicas o COMPROMISSO COM O PROGRAMA COMPROMISSO COM O PROGRAMA ATUAÇÃO RESPONSÁVEL ® Empresas químicas devem estender seus padrões de segurança aos seus provedores de serviços.TRADI Armazenamento, Transporte e Distribuição

8 ELEMENTOS DO CÓDIGO DE TRANSPORTES E DISTRIBUIÇÃO Gerenciamento Risco Atendimento Emergência Atendimento Legislação Segurança Transporte Distribuição Segura Manuseio Estocagem Gerenciamento do Risco envolvendo todos as áreas de Segurança

9 Nivel I Priorização dos Produtos Nivel II Nivel III Todos os Produtos Produtos Perigosos Grupo de Embalagem II PG I Auditoria periódicas nas Instalações e para todos os modais de Distribuição Processo de Avaliação dos Riscos no Transporte - TRAS Análise de Risco Detalhada Nível de Área Aprovação da Diretoria Global Grupo de Embalagem I & Área de Consequencia alta Gerenciamento de Risco na Distribuição de Materiais Químicos Análise de Risco Detalhada Nível de Global

10 TRADI Prática Gerencial 18 Qualificação de Distribuidores e Instalações Qualificação de Distribuidores e Instalações Qualificação de distribuidores e de outras instalações que estoquem produtos em trânsito da empresa, enfatizando os aspectos de Segurança, Proteção Ambiental e Atendimento às Obrigações Legais, incluindo auditorias regulares em todo o Sistema OPERADORES LOGÍSTICOS

11 SASSMAQ Objetivo: Avaliação padronizada e focada em Segurança, Saúde, Meio Ambiente e Qualidade Modelo: SQAS do CEFIC (Conselho Europeu das Federações das Indústrias Químicas). Sistema de avaliação de prestadores de serviços de logística, aplicado por organismos de terceira parte

12 SASSMAQ MÓDULOS RODOVIÁRIO TERMINAIS DE ARMAZENAGEM DE GRANEIS LÍQUIDOS NAVIOS DE CARGA GRANEL E DE CARGA EMBALADA FERROVIÁRIO ATENDIMENTO A EMERGÊNCIAS

13 SASSMAQ: MÓDULO RODOVIÁRIO Lançado pela ABIQUIM em Maio de Organismos Certificadores Qualificados ABS, BRTUV, BSI, BVQI, DQS, DNV, VANZOLINI, SGS 77 Auditores qualificados 192 Empresas de transporte (299 sites) avaliadas, aprovadas e divulgadas na web site da ABIQUIM

14 SASSMAQ MÓDULO RODOVIÁRIO Termo de Compromisso do Atuação Responsável Exigência de estabelecimento de prazos para implantação para todos os fornecedores de serviços de transporte das empresas associadas; Granel: Dez 2004 & Retira : Dez 2005 Embalados: Dez 2005 & Retira: Dez 2006

15 SASSMAQ MÓDULOS de TERMINAIS e NAVIOS TERMINAIS ARMAZENAGEM DE GRANEIS LÍQUIDOS NAVIOS DE –CARGA GRANEL –CARGA EMBALADA CDI RECOMENDAÇÃO Chemical Distribution Institute

16 Uma organização não lucrativa, fundada pelas Indústrias Químicas e Distribuidores da Europa Um sistema Global de inspeções e auditorias para avaliação dos riscos de processo. CDI Lançado pela ABIQUIM em Julho de 2002 Lançado pela ABIQUIM em Março de 2004 CDI -Terminals CDI -Marine CDI -mpc

17 RESULTADOS: Módulo Terminais 19 Auditores globalmente acreditados no CDI 06 Auditores brasileiros acreditados 08 /09 Terminais Marítimos no Brasil auditados Odjefiel, Stolthaven, Vopak -3, Tequimar, União-2 Extensão para América Latina: Chile - Dez 2005, Argentina & México CDI-T

18 CDI-M CDI-Marine Em atividade Global desde Navios Auditados /ano desde 2003 RESULTADOS: Módulo Navios a Granel CDI-m

19 SHIPPING COMPANY TCO & AGENTS CONTAINER TERMINALS SHIPS FORWARDERS CONTAINER TERMINALS AGENTS FORWARDERS TCO RESULTADOS: Módulo Navios Embalados Em Atividade Global desde 2002 Não trata apenas de navios ! Envolve todas as atividades da Cadeia de Distribuição Inclue todos os manuseios Terrestres CDI-mpc

20 SASSMAQ: MÓDULO FERROVIÁRIO Lançado em Junho de 2004 Adequação do Sistema Comentado pela ANTT-Nov 2004 Piloto Nov 2005

21 PROTOCOLO DE INTENÇÕES Distribuidores Makeni, Cosmoquímica, Akzo Nobel, Peróxidos Basf, Oxiteno, Dow Quimica, Copesul, Akzo Nobel, Peróxidos GRUPO DE TRABALHO : Março/05 Workshop Novembro / 05

22 PROGRAMA OLHO VIVO NA ESTRADA A PREVENÇÃO DE COMPORTAMENTOS INSEGUROS NAS ESTRADAS* O que é : Um modelo de melhoria contínua na segurança do transporte, com foco no comportamento humano * Em desenvolvimento a implementação para Armazéns Logo autor: Daniel da Silva Empresa de Transporte Luft

23 PROGRAMA:OLHO VIVO NA ESTRADARealização ABIQUIM / COMISSÃO DE TRANSPORTES & ABICLOR & SEST SENAT LANÇAMENTO : LANÇAMENTO : 17 de Maio de 2005 ApoioABTLPASSOCIQUIMFETCESPNTCSETCESP

24 Costeira Rodoviário Veiga Transportadora Dois Irmãos Transportadora Rossato Transplus Transultra Transportadora Cavalhinho Policargo Sotrange GM Costa Transportes Transportes Ramos Transportadora Menezes Transcob Grupo Mesquita Gafor Transportes Palmares Di Biazzi Transportes NGD Transportes Proluminas Lubrificantes Tquim Luft BIMEX Concórdia Transp. José Rubem Transtassi Sitcar Junho a Setembro de 2005: 26 Transportadoras &677 motoristas Total com Programa Dow : 1400 motoristas treinados T TREINAMENTO OLHO VIVO NA ESTRADA

25 Objetivo: Atingir o Zero Acidente Sério Através da Prevenção de atitudes inseguras na distribuição de produtos químicos Desenvolvimento do Programa: Desenvolvimento do Programa: DOW BRASIL Transportadoras. Motoristas: 350 –> 720 Treinamento: 2005 SEST SENAT Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte –Unidades de Treinamento em todo Brasil. São Paulo, Bahia, Pernanbuco,Rio Grande do Sul –Treinameto de 6 Horas – Informações: –Contato: Maria Inês Pereira da Rocha Coordenadora de Desenvolvimento Profissional Informações do Programa: ABIQUIM PROGRAMA:OLHO VIVO NA ESTRADA

26 RESULTADOS : Dow OBSERVAÇÕES – JULHO/ OBSERVAÇÕES: Caminhões Tanques & Embaladoss

27

28 Muito Obrigada! Perguntas?


Carregar ppt "I CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE TRANSPORTE VIII ENCONTRO DE TRANSPORTE DE CLORO-ÁLCALIS E DERIVADOS Rita Carvalho Líder de SSMA Logística para América."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google