A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Voz sobre IP Alexandre Campos

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Voz sobre IP Alexandre Campos"— Transcrição da apresentação:

1 Voz sobre IP Alexandre Campos

2 Porque Trafegar Voz sobre IP? u Dois fatores básicos: –capilaridade e crescimento da Internet; –redução de custos na telefonia de longa distância.

3 A Internet Está Sendo Adotada Mais Rápida do que Qualquer Outra Tecnologia Anos 50 milhões de usuários

4 Taxa de Crescimento u A Internet cresce, no mundo, 10% a. m.; u Taxa de crescimento = 7 usuários / seg !!! u Hoje já são 1 bilhão de internautas; u Existem em torno de 10 bilhões de equipamentos on-line; u O e-commerce no Brasil movimenta 800 milhões de doláres a. m.; u Nos EUA, são 9 bi a. m.; u Previsão mundial para 2.003: US 1,3 trilhão. Fontes: América Econômica, Joelmir Beting, Boston Consulting Group e Mundo Digital (set/2002).

5 Posição dos Países por Número de Hosts Fonte: Network Wizards (jul/2002).

6 Taxa de Usuários On-Line Fonte: Nua.com, IDG Now (ago/2002).

7 Crescimento Relativo de Banda Larga Fonte: Point Topics, IDG Now (Set/2002). Período: Jan a Jul/2002.

8 Utilização On-line de Serviços Bancários Fonte: Info Exame (ago/2002).

9 Importância da Internet u Internauta: A Web é uma necessidade em minha vida. Fonte: AOL Brasil.

10 Principais Fontes de Informação Fonte: Online Publishers Association (OPA).

11 Perfil do Internauta Brasileiro Fonte: Notitia, Gerência de Desempenho (CTBC), IDG Now.

12 Novos Hábitos Decorrentes da Internet u Os internautas têm ficado mais tempo on-line (cerca de 3% a. m.), mas têm navegado aleatoriamente menos. Estão aproveitando melhor o potencial da rede; –trabalhar em casa; –realizar transações financeiras; –fazer reservas e compras de passagens; –pesquisas escolares; –ler jornais e revistas. Bons Fonte: Notitia.

13 Alguns Outros Hábitos Decorrentes da Internet 23% dos internautas assistem televisão 30% menos tempo e diminuiu 15% os passeios ao cinema; 23% dos internautas assistem televisão 30% menos tempo e diminuiu 15% os passeios ao cinema; 60% das crianças e adolescentes internautas têm 30% menos atividades esportivas e sociais; 60% das crianças e adolescentes internautas têm 30% menos atividades esportivas e sociais; 12% dormem 2 a 4 horas a menos; 12% dormem 2 a 4 horas a menos; 6% saem 80% menos de casa. 6% saem 80% menos de casa. Fonte: Notitia.

14 Tendências do Mercado de Telecomunicações

15 O Novo Mundo (Criado pela Explosão do Crescimento de Comunicação de Dados)

16 Definição VoIP é uma tecnologia que permite realizar chamadas telefônicas e enviar fax sobre uma rede de dados IP, como se estivesse utilizando a Rede de Telefonia Pública Convencional (RTPC). VoIP é uma tecnologia que permite realizar chamadas telefônicas e enviar fax sobre uma rede de dados IP, como se estivesse utilizando a Rede de Telefonia Pública Convencional (RTPC).

17 Benefícios u Redução de Custos; u Convergência de serviços; u Aplicações avançadas de e-commerce: –Ex.: Contact Center Web.

18 Formas do Serviço Voz sobre IP 1) Voz sobre Internet –base é a Internet pública; –sujeita a congestionamento; –pouco controle sobre mecanismos de segurança. 2) Voz on the Net (VON) –base á uma rede privada (rede corporativa); –o correto dimensionamento/engenharia da rede resguarda congestionamento e segurança.

19 Arquiteturas Básicas u PC a PC; u com Gateway; u Híbrida.

20 Arquitetura PC a PC

21 Arquitetura com Gateway

22 Arquitetura Híbrida

23 Tempo de Ligações sobre Redes IP Fonte: U.S. Bancorp Piper Jaffay, Inc.

24 Convergência A telefonia convencional já pode ser considerada obsoleta; A telefonia convencional já pode ser considerada obsoleta; Será gradualmente substituída por redes integradas que oferecem: Será gradualmente substituída por redes integradas que oferecem: Telefonia Fixa; Telefonia Fixa; Telefonia Móvel; Telefonia Móvel; Transmissão de Dados; Transmissão de Dados; TV por Assinatura / Conteúdo; TV por Assinatura / Conteúdo; Internet. Internet.

25 ConvergênciaInternet Eletrodomésticos Alarmes Trancas Luzes Casa do Futuro

26 Mitos Sobre a Convergência u Mito 1:Tudo que existe hoje será obsoleto. –Convergência significa Evolução e Revolução: –Diferentes redes vão coexistir - voz, dados, wireless, fibra óptica; –Muitas empresas não vão simplesmente abandonar o que tem, mas as que não estiverem prontas para a convergência terão sua posição competitividade comprometida; –Teorema do Rádio e da Vídeo-Locadora Contra-exemplo: disco de vinil.Contra-exemplo: disco de vinil.

27 Mitos Sobre a Convergência u Mito 2: Convergência é redução de custos. –Redução de custos é apenas parte do benefício: Aplicativos Convergentes (Contact Centers, messaging, vídeo conferência, multimídia...) permitem que pessoas trabalhem mais rápido mesmo que distantes, atendendo melhor aos seus clientes - vantagem competitiva.Aplicativos Convergentes (Contact Centers, messaging, vídeo conferência, multimídia...) permitem que pessoas trabalhem mais rápido mesmo que distantes, atendendo melhor aos seus clientes - vantagem competitiva.

28 Comunicação de Voz, Dados e Vídeo Voz Vídeo Ring Intranet Nova Mensagem Nova Mensagem Ring

29 TendênciaRede integrada de vários serviços: dados, voz e vídeo u Integração de serviços de dados, voz e vídeo em uma estrutura única por pacotes usando IP; u Ambos em redes públicas e privadas. DadosVoz Vídeo Internet Infra-estrutura única Rede de múltiplos serviços por pacotes

30 Requisitos Diferentes Dados Bursty Usa toda banda disponível Usa toda banda disponível Sensíveis à quebra de conexão Sensíveis à quebra de conexão Indiferentes ao atraso Indiferentes ao atraso TCP retransmite TCP retransmite Voz Constante Banda constante Banda constante Insensível à quebra de conexão Insensível à quebra de conexão Sensível ao atraso Sensível ao atraso UDP não retransmite UDP não retransmite

31 Exigências da Voz sobre IP u Prover um nível de qualidade que seja, no mínimo, igual ao da rede telefônica atual; u A relação custo/benefício deve ser melhor; u Deve prover as mesmas funcionalidades existentes hoje: –chamada em espera; –teleconferência; –identificação de chamadas (BINA), etc.

32 Fatores que Influenciam a Qualidade da Voz sobre IP u Atraso; u Jitter (Variação do Atraso); u Perda de Pacotes; u Erros de Seqüenciamento.

33 Atraso u A arquitetura de VoIP deve controlar os atrasos. Mas este controle pode gerar dois outros problemas: – repetição (eco); –sobreposição de vozes (um interlocutor falando ao mesmo tempo que o outro); u Atrasos excessivos tornam a conversação incoveniente e artificial; u Cada componente na rede de transmissão adiciona atrasos; u A recomendação G.114 sugere um máximo de 150 ms de atraso máximo fim-a-fim.

34 Atraso

35 Atraso u Existem três tipos básicos de atraso: –de Propagação; –de Serialização; –de Processamento.

36 Atraso de Propagação Causado pela velocidade da luz em fibras ópticas ( Km/s) ou pela velocidade dos sinais elétricos em redes baseadas em fios de cobre ( Km/s) Causado pela velocidade da luz em fibras ópticas ( Km/s) ou pela velocidade dos sinais elétricos em redes baseadas em fios de cobre ( Km/s)

37 Atraso de Serialização u Tempo gasto para colocar um bit ou byte em uma interface.

38 Atraso de Processamento u Neste tipo de atraso são considerados os tempos de: –empacotamento/desempacotamento; –compressão/descompressão; –comutação de pacotes; u É gerado pelos dispositivos de rede que encaminham os pacotes. FAC NO IGX ULA CISCO ULA CISCO ULA NO IGX

39 Jitter (Variação do Atraso) u É a variação no tempo de chegada entre os pacotes; u A remoção do jitter requer uma coleta de pacotes e um armazenamento dos mesmos durante um tempo suficiente de tal maneira que eles possam ser apresentados na seqüencia correta, o que causa um atraso adicional (bufferização); u Jitter excessivo causa uma sensação de voz ondulada (vários espaços entre palavras ou sílabas).

40 Efeito Jitter

41 Perda de Pacotes u As redes IP não podem prover garantia de que todos os pacotes serão entregues, muito menos em ordem; u Os pacotes são perdidos em períodos de picos e de congestionamento; u Devido ao tempo de sensitividade da voz, os esquemas de retransmissão baseados em TCP não são adequados; u A perda de pacotes superior a 10% geralmente não é tolerável.

42 Perda de Pacotes

43 Área de OperaçãoAceitável.2.4 Atraso em um sentido (seg) Perda de Pacotes (%) Área de Operação com Qualidade Comprometida Área de Operação Inaceitável

44 Erros de Seqüenciamento u O congestionamento em redes de pacotes pode fazer com que os pacotes tomem diferentes rotas para um mesmo destino; u Os pacotes poderiam chegar fora de ordem, gerando um diálogo deturpado.

45 Erros de Seqüenciamento

46 Manutenção do QoS em VoIP u É alcançada com técnicas de: –Supressão de Silêncio; –Compressão da Voz; –Redes de Transporte com QoS habilitada.

47 Supressão de Silêncio

48 u É realizada a supressão do envio de pacotes contendo pausas; u O período de silêncio corresponde a 60 a 70% do tempo de conversação; u É necessária a introdução de um ruído confortável: o ruído rosa.

49 Considerações Finais u Em ambiente controlado pode-se alcançar QoS satisfatória para VoIP, utilizando-se técnicas adequadas; u Várias soluções de VoIP já estão em produção, com qualidade aceitável, mas aquém da atualmente existente na RTPC.

50 Dúvidas? Muito obrigado.


Carregar ppt "Voz sobre IP Alexandre Campos"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google