A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO BAURU NÚCLEO PEDAGÓGICO Equipe de Educação Ambiental Orientação Técnica Grêmio Estudantil.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO BAURU NÚCLEO PEDAGÓGICO Equipe de Educação Ambiental Orientação Técnica Grêmio Estudantil."— Transcrição da apresentação:

1 1 DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO BAURU NÚCLEO PEDAGÓGICO Equipe de Educação Ambiental Orientação Técnica Grêmio Estudantil

2 Objetivos Subsidiar a ação do professor na mobilização organização e acompanhamento do grêmio estudantil; Sensibilizar a equipe escolar para agregar as ações do grêmio às necessidades do contexto escolar; Divulgar a importância da participação do grêmio na mobilização para a IV Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente – Vamos Cuidar do Brasil com Escolas sustentáveis.

3 Sugestão de Oficina para formação de Grêmio A oficina, sugerida a seguir, visa propor algumas ações a serem executadas com os alunos, para estimular e encorajá-los a participação pró-ativa e colaborativa das chapas.

4 OFICINA Escola e Democracia : como é a cidadania no contexto escolar.

5 Programa da oficina 1- Charge: Empresa Moderna 2 - O que cada um entende por cidadania? 3 - O conceito de cidadania Texto para discussão: “Princípios da Carta da Terra” 4 - Aproximação com o cotidiano: música Dias de Luta, Dias de Glória Charlie Brown Jr.Charlie Brown Jr. Composição: Chorão / Thiago 5 – Mobilizando o grupo 6 – Como sistematizar e acompanhar as ações realizadas pelos alunos.

6 Habilidades e competência Compreender a cidadania na escola na perspectiva dos papéis de cada sujeito inserido nessa instituição; Identificar a concepção de cidadania da comunidade escolar (professores, técnicos, pais, alunos e direção) a partir de uma pesquisa de iniciação científica.

7

8 Uso de charges Com a charge é possível debater com os alunos a necessidade de ouvir e atender de fato as expectativas do público que o Grêmio se propõe a representar. Deve ficar claro para os alunos que estes, e outros elementos em destaque, compõem a discussão de cidadania. Estratégias e recursos da oficina

9 Aproximação com o cotidiano Aproximação com o cotidiano música “Dias de Luta, Dias de Glória” Charlie Brown Jr. Composição: Chorão / ThiagoDias de Luta, Dias de Glória” Charlie Brown Jr. Com uma cópia da letra na mão, lendo e refletindo sobre o sentido dela, todos escutam a música. Cada um fala o que achou da música no geral e mais específico o verso: A vida me ensinou a nunca desistir Nem ganhar, nem perder mas procurar evoluir Podem me tirar tudo que tenho Só não podem me tirar as coisas boas Que eu já fiz pra quem eu amo

10 1 – Quais sentimentos que o trecho da música desperta em você? 2 – Como podemos relacioná-lo as atividades de campanha para eleições do grêmio? Análise da música

11 Sensibilizar os alunos em relação ao verso da música relacionando-o às eleições do Grêmio Não importa quem ganha ou quem perde, mas é fundamental trabalhar de forma colaborativa.

12 O que é ser Cidadão? Defina em uma única palavra: “tempestade de idéias”

13 SER CIDADÃO SER PARTICIPATIVO RESPEITAR DIREITOS E DEVERES DEMONSTRAR ENGAJAMENTO PARTICIPAR DAS DISCUSSÕES SOCIAIS TER SEUS DOCUMENTOS PESSOAIS VIVER E EXERCER A DEMOCRACIA SABER LUTAR POR SEUS DIREITOS COMPREENDER SEUS DIREITOS E DEVERES RESPEITAR NORMAS E LEIS SER SOLIDARIO TER IDEAIS

14 Através de aula expositiva ou Roda de Conversa/Discussão Conceituar o significado de cidadania e de ser um cidadão pleno. Sugestão: Discuta com os alunos os Princípios da Carta da Terra CARTA DA TERRA CARTA DA TERRA

15 Princípios da Carta da Terra Respeitar e cuidar da comunidade de vida Integridade ecológica Justiça social e econômica Democracia, não-violência e paz

16 O Grêmio é o espaço democrático para construir escolas sustentáveis e juntos podemos encontrar soluções para promover ações que extrapolem o espaço escolar.

17 Cidadania na escola https://www.youtube.com/watch?v=KigL00XJNNg “Se abrirmos mão e dispensarmos o direito de participar ativamente das atividades desenvolvidas na escola, não significa que não temos o dever da gestão da mesma, caso contrário estaríamos compactuando para um mundo injusto e violento para nosso filhos.”

18 Como sistematizar e acompanhar as ações realizadas pelos alunos?

19 Construindo o plano de ação campanha campanha

20 Educomunicação – educar utilizando mídias e tecnologias como forma de comunicação

21 Plano de Ação de Mobilização

22

23 Como sistematizar e acompanhar as ações realizadas pelos alunos Iniciando mobilização Atenção: para manter um bom relacionamento na escola, antes de passar nas salas de aula, combine esta atividade previamente com professores, coordenadores pedagógicos e diretores da escola. Coloque cartazes, faixas e, se possível, distribua panfletos estimulando os alunos a participar das oficinas. Caso a escola disponha de uma rádio escolar, faça a divulgação também por meio dela.

24 um bom Grêmio Lembre-se: um bom Grêmio é representativo e plural! Caso muitos alunos fiquem interessados, crie um processo de seleção e priorize jovens envolvidos em atividades culturais, esportivas, políticas e sociais. Porém, atenção: priorizar não é formar um grupo homogêneo. Nunca perca de vista o critério da pluralidade. Definidos os alunos participantes do processo de formação do Grêmio, divulgue uma lista com os seus nomes em todos os meios de comunicação utilizados na fase de mobilização dos estudantes.

25 Dê uma cópia da lista de alunos selecionados para a direção da escola e cole duas cópias na secretaria e na sala dos professores. Divulgue o máximo possível o local, a data e o horário em que irão ocorrer as oficinas, destacando a primeira, Oficina de apresentação. Se possível, telefone para os alunos selecionados, garantindo a presença de todos. Faça uma ficha com dados dos alunos selecionados: nome, série, sala, turno, endereço, telefone, caso necessite promover alguma comunicação fora do horário escolar.

26 SUGESTÃO DE OUTRAS ATIVIDADES QUE PODERÃO SER REALIZADAS COM OS ALUNOS PARA FORMAÇÃO DAS CHAPAS.

27 Pense Rápido Investigando a legislação: a)Você sabe onde estão registrados os deveres dos estudante? b) Você sabe onde estão previstos os direitos e deveres dos estudantes em relação à escola? Utilize o texto: “18 anos de ECA: a inclusão de crianças e adolescentes no estado de direitos brasileiro” Benedito Rodrigues dos Santos

28 Leitura do Regimento da Escola

29 Pesquisando para traçar metas Deve-se conversar com os alunos para que façam uma pesquisa por amostragem sobre as reais necessidades da escola. Sugerimos 10% no caso dos alunos e da família, com exceção dos demais grupos, professores, técnicos e direção que, neste caso, é viável aplicar a todos. O questionário deverá ser construído com os alunos.

30 Ética na pesquisa O professor deve conversar com os alunos sobre a forma de abordagem dos entrevistados. Mesmo tratando-se, eventualmente, de colegas dos pesquisadores, estes devem agir com seriedade para não invalidar as entrevistas com condutas tendenciosas ou atitudes que levem o entrevistado a não contribuir efetivamente com as respostas.


Carregar ppt "1 DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO BAURU NÚCLEO PEDAGÓGICO Equipe de Educação Ambiental Orientação Técnica Grêmio Estudantil."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google