A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

OS BÁRBAROS Povos que viviam além das fronteiras do Império Romano, de cultura diferente e que não falavam o grego ou o latim. Foram esses povos que desintegraram.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "OS BÁRBAROS Povos que viviam além das fronteiras do Império Romano, de cultura diferente e que não falavam o grego ou o latim. Foram esses povos que desintegraram."— Transcrição da apresentação:

1 OS BÁRBAROS Povos que viviam além das fronteiras do Império Romano, de cultura diferente e que não falavam o grego ou o latim. Foram esses povos que desintegraram o Império e criaram um outro.

2 Principais grupos Germanos Governo: patriarcal Aldeia: 100 famílias
Assembleias de homens livres Reis: Líderes que se tornam reis. Direito: costumeiro. Religião: Politeísmo (natureza). Economia: Agricultura – Troca de mercadorias.

3 GERMANOS NO IMPÉRIO ROMANO MIGRAÇÕES: SÉCULOS III E IV
Os germanos entraram nos domínios do Império romano de forma pacífica, por meio de acordos com o próprio governo de Roma.

4 GERMANOS NO IMPÉRIO ROMANO INVASÕES: A PARTIR DO SÉC. V
Corresponde ao período em que os germanos entraram no Império Romano de forma violenta e brutal.

5 Invasão dos hunos Características
O historiador Amiano Marcelino, que era oficial do exército romano, descreveu que os hunos: “Tem um modo de vida muito rude. Não cozinham, nem temperam os alimentos. Comem raízes de plantas e carne semicrua de qualquer animal. Vestem-se com tecidos de linho ou com peles de animais cozidas umas às outras. Depois de vestir suas roupas, não as tiram do corpo, até que o tempo as desfaçam em pedaços.”

6 Invasão dos hunos “Não possuem casas, nem cabanas, nem constroem túmulos para seus mortos. Vivem sempre montados em seus cavalos. É assim que compram e vendem, comem e bebem . Agarrados ao pescoço do cavalo, dormem em sono profundo. Os hunos não se dedicam à agricultura. Passam a vida andando pelas montanhas e florestas. Não tem nenhuma forma de organização estável. Parece que estão sempre fugindo em seus cavalos e carroças.”

7 QUEDA DE ROMA Roma saqueada pelos vândalos.
Queda do Império Romano em 476 (Odoacro). Criação de vários reinos. Surgimento de várias línguas. Ruralização.

8 França Francos Clóvis e Carlos Magno Dinastias
Merovíngia – Clóvis – Prefeito do palácio – Carlos Martel (batalha de Poitiers (732). Carolíngia – Pepino, o Breve (filho de Carlos Martel). Vence os lombardos e criou o Patrimônio de São Pedro. Carlos Magno: Imperador do Novo Império Romano do Ocidente.

9 Império de Carlos Magno
Administração A propriedade da terra era a fonte de riqueza e de prestígio. Para administrar um império tão grande , Carlos Magno estabeleceu muitas normas escritas, as chamadas capitulares, que funcionavam como leis. Carlos Magno preocupou-se em promover o desenvolvimento cultural de seu reino. Apoiado por intelectuais, abriu escolas e mosteiros, apoiou a tradução e a cópia de manuscritos antigos e protegeu artistas.

10 Império de Carlos Magno.
Administração Entre os administradores estavam: Condes: responsáveis pelo cumprimento das capitulares e pela cobrança de impostos dos condados,ou seja, territórios do interior; Marqueses: cuidavam dos territórios situados na fronteira do império, ou seja, das marcas. Missi-dominici: inspetores do rei, que  viajavam por todo o reino para fiscalizar a atividade dos administradores locais.

11

12

13

14

15

16 Referências CAMPOS, Flávio e MIRANDA, Renan Garcia. A escrita da História. São Paulo: Escala Educacional, 2005. COTRIM, Gilberto. História Global – Brasil e Geral. São Paulo: Saraiva, 2007. FIGUEIRA, Divalte Garcia. História – Novo Ensino Médio. São Paulo: Ática, 2004. REZENDE, Antonio Paulo e DIDIER, M. Thereza. Rumos da História. São Paulo: Atual Editora, 2005.


Carregar ppt "OS BÁRBAROS Povos que viviam além das fronteiras do Império Romano, de cultura diferente e que não falavam o grego ou o latim. Foram esses povos que desintegraram."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google