A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

GEOGRAFIA DO MARANHÃO. Q1. O Maranhão encontra-se entre os grandes polos pesqueiros nacionais, embora essa atividade ainda seja praticada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "GEOGRAFIA DO MARANHÃO. Q1. O Maranhão encontra-se entre os grandes polos pesqueiros nacionais, embora essa atividade ainda seja praticada."— Transcrição da apresentação:

1 GEOGRAFIA DO MARANHÃO

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11 Q1. O Maranhão encontra-se entre os grandes polos pesqueiros nacionais, embora essa atividade ainda seja praticada de forma bastante primitiva com o uso de instrumentos artesanais. O litoral maranhense é bastante favorável à pesca devido a) à existência de grandes berçários (mangues), à extensão de mais de 1200 quilômetros de litoral, à afluência de rios que trazem nutrientes da bacia amazônica. b) à pouca população que mantém estoques pesqueiros significativos, aos nutrientes trazidos pelos rios, às grandes áreas de dunas e mangues. c) à extensão, à grande plataforma continental, aos estuários fluviais, às marés e correntes marinhas. d) à grande quantidade de manguezais, à abundância de mão-de-obra tradicional altamente especializada e à facilidade em transportes favoráveis aos grandes centros consumidores do Centro-Sul. e) à facilidade de escoamento da produção para o Centro- Sul, à existência de grande litoral, ao grande número de barcos e a investimentos em alta tecnologia de pesca.

12

13 Q2. O mapa em destaque apresenta áreas onde empresas empreendem projetos de plantio com Eucalipto (Eucaliptus ssp) numa extensão de 400 mil hectares nas regiões oeste e sudoeste, dos Cocais e do Baixo Parnaíba, no Maranhão. Assinale a alternativa que especifica quais produtos advêm do eucalipto. a) Coque, celulose, lenha e carvão. b) Celulose, açúcar, etanol e carvão. c) Etanol, coco babaçu, carvão e lenha. d) Papel, celulose, lenha e carvão. e) Carvão, lenha, celulose e coque.

14

15 Q3. Assinale a alternativa que indica a que se referem as áreas destacadas no mapa. a) Territórios indígenas b) Territórios quilombolas c) Áreas de assentamentos d) Unidades de Conservação Estaduais e) Áreas de Agricultura de Commodities

16 Q4. O extrativismo vegetal constitui uma das atividades mais antigas desenvolvidas pelo homem, remetendo à sua origem e evolução no espaço e no tempo, mediante a extração de frutos, sementes, madeiras e outros recursos indispensáveis à alimentação, habitação e complemento da renda. Nesse contexto, a região da Baixada Maranhense apresenta muitas formas de uso extrativista dos recursos vegetais. Com base no texto e em seus conhecimentos responda: a)Quais os recursos mais utilizados na pratica extrativa nessa regiao? b)Cite tres impactos que esse sistema de exploracao da terra causa ao ambiente.

17 Q5. São Luís chega a ter o maior valor do metro quadrado em comparação a outras cidades do Nordeste. A informação é do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA) e se justifica pela avaliação de elementos como: organização, grandes corredores e saneamento básico; diversidade de empreendimentos e de construções imobiliárias também podem contribuir para o encarecimento de um bairro. Assinale a alternativa que especifique outros aspectos dessa dinâmica no espaço urbano citado. a) Poluição atmosférica; melhoria da qualidade de vida; verticalização. b) Crescimento de conjuntos habitacionais; universalização dos serviços de saúde pública; diminuição das alternativas de transporte. c) Ocupações irregulares; precarização dos serviços básicos; existência de condomínios verticais e horizontais. d) Harmonia entre a preservação e a expansão urbana; aumento de loteamentos fechados; ocupações irregulares. e) Excessiva concentração populacional; diminuição da demanda por aterros sanitários; ocupação de áreas de preservação permanente.

18 Q6. O Estudo “Migrações no Maranhão Contemporâneo” realizado nos municípios de Timbiras, Codó e São José dos Basílios revela a importância do fenômeno migratório. Das famílias entrevistadas em Timbiras, 63% têm pelo menos um membro trabalhando fora do município. Em São José dos Basílios,este percentual é de 42%, e de 24% em Codó, cujo percentual bem menor está associado ao fato da cidade possuir algumas indústrias instaladas e funcionar como centro regional, portanto com capacidade de geração de ocupação e empregos. Com base nos fatos relatados e em seus conhecimentos, responda: a) As áreas de atração dessa migração são os Estados de São Paulo, Mato Grosso e Pará, cada um deles com uma atividade diferente. Cite a atividade que atrai essa mão-de-obra nesses Estados. b) Comente três argumentos que justifiquem os motivos da migração dessa mão-de-obra.

19 Q7. A exclusão do modo de vida ocorre quando o Estado, ou costume social, rebaixa ou elimina a cultura de um grupo, incluindo a sua língua, religião ou costumes tradicionais, ou seu costume de vida. São necessárias políticas que dêem alguma forma de reconhecimento público, acolhimento e apoio à cultura de um grupo. Com base no exposto, o Estado do Maranhão possui grupos humanos vivendo sob essa situação. Aponte dois desses grupos, discutindo especificidades comuns a eles.

20 Q8. A economia maranhense, embora apresente atividades de vários setores, tem nas atividades primárias, sobretudo na agricultura, o dinamizador da renda e empregador da força de trabalho. É característica da agricultura no Estado a) a maneira como é desenvolvida, sob a forma tradicional itinerante e a moderna ou intensiva, ocupando diferentes áreas. b) a produção em latifúndios, em todo o Estado, com práticas mecanizadas, defensivos e insumos agrícolas. c) a prática agrícola tradicional, concentrada na pequena propriedade e voltada para a exportação, sobretudo nas regiões Centro e Sul do Estado. d) a produção de culturas temporárias, que dependem de um ciclo de produção de até um ano, como a soja, em função do período chuvoso. e) a predominância de culturas permanentes, sobretudo frutas como laranja, manga e coco da praia largamente comercializados no mercado regional.

21 Q9. É uma área de conflitos pela posse de terra, onde ocorre expulsão de posseiros em virtude da ocupação desordenada e da disponibilidade de terras ricas e com diferentes aptidões para sua utilização [...] Na década de 1980, o espaço mesorregional foi marcado pelo surto de garimpo [...] Recentemente, um certo expansionismo pecuarista tem ocorrido nas áreas abrangidas pelo movimento de ocupação e empossamento de terras [...] Marque a opção que apresenta corretamente a mesorregião e a região ecológica em questão. a) Norte Maranhense e Litoral. b) Sul Maranhense e Cerrado. c) Oeste Maranhense e Pré-Amazônia. d) Centro Maranhense e Chapadões. e) Leste Maranhense e Cocais.


Carregar ppt "GEOGRAFIA DO MARANHÃO. Q1. O Maranhão encontra-se entre os grandes polos pesqueiros nacionais, embora essa atividade ainda seja praticada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google